fbpx

Arte

170 Matte Paintings de babar

Antigamente, quando o cinema ainda não tinha certos recursos tecnológicos que permitiam expandir os sets, gerando cenas de plano geral espetaculares, a...

Escrito por Philipe Kling David · 1 Minutos de leitura >

Antigamente, quando o cinema ainda não tinha certos recursos tecnológicos que permitiam expandir os sets, gerando cenas de plano geral espetaculares, a única maneira de se obter um cenário grandioso num orçamento limitado era usando uma pintura. Os primeiros matte paintings eram pinturas que hábeis artistas faziam em vidro, deixando certos buracos que encaixavam com pequenos pedaços de cenário ou ambientes externos reais, onde os atores contracenavam. Geralmente isso resultava em pinturas enormes, com grande realismo. Curiosamente este tipo de efeito especial costuma passar batido em muitos casos e talvez por isso a técnica recebeu o apelido de “a arte invisível”.

Photobucket

A câmera era colocada em foco infinito e capturava a pintura no primeiro plano e também os atores na cena aparecendo pelo buraco na pintura e a imagem que o espectador tinha era de castelos fantásticos e lugares grandiosos.

Photobucket

Hoje em dia, com a tecnologia do cinema extrapolando os limites da imaginação, temos diversas técnicas que visam enganar a mente humana, mas o matte paintig, esta ferramenta tão tradicional não deixou de existir. Ela evoluiu junto e se tornou ainda mais sensacional, aglutinando imagens, fotos e pintura tradicional em placas capazes de nos mostrar imagens nada menos que espetaculares. Hoje a copmputação ajuda a criar matte paintings com movimento, com dezenas e até centenas de camadas entre a pintura e a câmera, e nem preciso falar dos softwares de criação de paisagens digitais.

Photobucket

Neste post eu vou reunir algumas dessas imagens, que venho colecionando ao longo de muito tempo e que considero belíssimas.

Photobucket

Nem preciso avisar que este post tem muitas imagens.

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket
Photobucket
Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket
É isso aí. Espero que tenham gostado.

Editado: Estou adicionando mais umas 80, porém não vou mudar o titulo porque muita gente ja linkou este post.


Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

 


Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

 


Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Escrito por Philipe Kling David
Designer, blogueiro, escritor e escultor. Seu passatempo preferido é procurar coisas interessantes e curiosas para colocar neste espaço aqui. Tem uma grande atração por assuntos que envolvam mistérios, desconhecido e tecnologia. Gosta de conversar sobre qualquer coisa e sempre tem um caso bizarro e engraçado para contar. Saiba mais... Profile

Curso de História da arte online

em Arte, dicas
  ·   1 Minutos de leitura

Foto Gump do dia: Os sete anões

em Arte
  ·   12 segundos de leitura

8 respostas para “170 Matte Paintings de babar”

  1. Cara… demorei quase uns 25 anos da minha vida para entender o que era matte painting. Mas na minha época só tinha 3 enciclopédias com tema sobre efeitos especiais em cinema e um programa do globo repórter mostrando como foi fazer guerra nas estrelas. Muito simples e muito fácil. Viva a perspectiva forçada.

  2. Simplesmente incrível! *-*

    Philipe, posso ser chata e lhe pedir para colocar o nome dos filmes que vc souber como legenda de pelo menos alguma das imagens? Tem umas realmente lindas que eu gostaria de saber a origem ‘-‘

    Mas se não der, okey, o post continua sendo incrivel *-*

    1. A grande maioria aí são de estudos. Não de filmes específicos. Mas se eu tiver um tempo aqui eu faço isso.

  3. Philipe, você não teria estas imagens em tamanho grande para usar de papel de parede?
    Abraço!

  4. Sensacional mesmo!!!!!!!!!!!! Principalmente aquelas em que tem castelos no alto de montanhas e penhascos!!! Você poderia dizer de que filme é cada imagem né?!!!!! hehehehe
    trabalhão né???!!! hahaha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.