Vergonha, ódio e impotência nacional

Vergonha, ódio e impotência nacional

É com tristeza e resignação que percebo que o Brasil continua esta mesma merda de sempre. O Renan Calheiros não foi cassado. Era de se esperar que não fosse, uma vez que ele não optou pela renúncia. Não o fez porque sabia que sairia impune. Político é muito esperto quando lhe convém.

Eu estou puto. Me desculpem os leitores, mas se eu não tivesse muito a perder eu faria um atentado terrorista no congresso nacional. Explodiria uma bomba naquela merda. Lavaria com o sangue dos safados a honra dos brasileiros.

O que é o Brasil senão uma bagunça generalizada amarrada com milhares de gambiarras jurídicas para parecer que funciona? Há anos vivemos uma sociedade escrota de fachada. O Lula está tentando vender uma imagem do país. Mas a realidade bem diferente está atrás da imagem de um país em franco desenvolvimento que queremos exibir. Estamos podres, carcomidos por dentro por um câncer chamado estado. Já faz tempo que os governantes perderam as últimas raias da vergonha e estamos todos expostos. Nosso país não funciona. O governo trai suas próprias promessas quando lhe convém (falo da CPMF), o povo não acredita no estado. A violência gera mini estados paralelos. A ignorância se alastra cada vez mais.

Não há saída. Acabou. Nosso time perdeu.
Temos que aceitar isso. A inflação voltou com vontade, mostrando que os mais de dez anos de estrangulamento do crescimento econômico resultaram em uma grande perda de tempo. E de vidas.

Cada pessoa que morre hoje num corredor de hospital está sendo creditada no meu no seu, no nosso karma. Nós elegemos esses filhos da puta. Nós não sabemos votar. Se o país está essa merda, a culpa não é só da roubalheira. Não é só da procrastinação. Não é só do eleito. É também- principalmente – do eleitor.

A culpa é da escrota mania de pensar que político é tudo igual e que dia de eleição é pra fazer churrasco e beber até cair. A grande massa vota naquele número sem imaginar o que o número poderá fazer. Pensamos no voto como uma obrigação. Acompanhamos a eleição como se fosse um jogo. Não levamos a sério nossa própria existência.

E depois, quando os putos fazem como o casal Garotinho, que faliram as contas do estado do Rio fazendo assistencialismo de um real e botando asfalto de quinta categoria, gastando os tubos em publicidade de que o governo estava fazendo mil obras -absolutamente todas de fachada – aí reclamamos.
A culpa é da abstenção popular que vota nulo, deixando compra descarada de votos, os votos de cabresto do coronelismo mais infecto dominar o país.

Nós lutamos e não conseguimos impedir que as baratas mais degradantes da sociedade se infiltrem na política para mamar aquilo que geramos com tanto sacrifício.

Não há protesto. Só vejo protesto de palanque.

Quando é que vemos multidões nas ruas? Pulando no meio da sacanagem atrás de uma micareta. Num encontro evangélico para celebrar o Edir Macedo. Na visita do Papa.
Nós viramos um bando de babacas mansos que aceitamos passivos os caras meterem a mão no nosso bolso, tiram um mês do nosso ano para trabalhar pra eles e em troca o que recebemos são promessas fajutas, piadinhas do calibre do “relaxa e goza”, parábolas etílicas e bravatas inócuas regada a bebidas caras e putas de luxo em lanchas de empreiteiros (ou casas na Asa Sul, né Palocci?).

Estamos reféns de uma realidade grotesca. No mesmo dia em que Renan Calheiros vence a batalha no senado de um modo covardemente tramado nos bastidores, sob a ocultação dos votos de sua curriola (os amigos dele e também os que tem o rabo preso na reta) fica emblemática a noção de que é normal o presidente do senado ter as contas pagas por uma empreiteira. Logo depois não há reação. Não há protesto. Há apenas o jogo na Tv. As pessoas assistem alienadas um jogo de futebol.

Renan mostrou a faceta cruel da realidade política. Renan nos ensina que é normal enriquecer na política. Renan, que entrou na política declarando como bem apenas um fusca, tem um patrimônio hoje de mais de 10 milhões de reais (Valor declarado. Como sabemos, o político costuma declarar a metade do que realmente tem nas mãos de laranjas e testas de ferro)

Eu vejo um escândalo suceder o outro. Em ondas. O brasileiro deve estar anestesiado. Só pode.

A gente não liga mais. Juiz rouba cem milhões. Vai preso e depois é solto. Deputados sobem o próprio salário. Aí os juízes exigem equiparação. Então se estabelece um teto mínimo. Depois vem um teto máximo. E aí um nova equiparação. E tome de verba de gabinete, auxílio moradia, paletó, notebook…
Eos salários sobem novamente. Enquanto isso, o salário mínimo mal dá para o pobre desnutrido e analfabeto sobreviver. Este brasileiro é sujeitado a planos maquiavélicos de exploração assistencialista em troca de uma base votante gigante que tem por finalidade perpetuar uma dinastia de corruptos. O ódio aumenta a cada notícia, cada capa de jornal. cada editorial da revista Veja.

O Brasil se tornou uma ciranda infinita de escândalos pré-fabricados.

É o sorriso de impunidade do Delúbio. É deputado que justifica dinheiro estranho na conta afirmando que Deus o ajudou a ganhar mais de cem vezes na loteria. É dinheiro na cueca de assessor.
É denúncia de tudo que é lado. Neguinho pagando mensalão para obter vantagens de uma maioria safada e vendida. Talvez tirando um ou outro, são todos uns canalhas.
É desvio de verba, é amizade por interesse. É dancinha no congresso. É a farra dos bancos. É o roubo das empresas de telefonia. São enfim, milhares e milhares de coisas que nos matam aos poucos.
Coisas sérias como desvio de dinheiro no INSS e besteiras desgastantes, como o jantarzinho de desagravo patrocinado pelo governo. O menú? Pizza.
A chacota chegou no auge. O Brasil chegou no fundo do poço há dez anos atrás. Agora já estamos adentrando o sexto andar do subsolo do poço.
Nós somos chamados de otários diariamente. O mar de lama só aumenta. Bem como os impostos.

Acabou. O Brasil acabou.

Eu queria ver uma reação. Nem que fosse violenta. Aliás, preferencialmente violenta contra o senado, o governo e os deputados. Depois das primeiras mortes, o político começaria a pensar na própria segurança. Se a moral não os permeia, talvez o cagaço de serem assassinados em atentados terroristas o faça. Afinal, eles só pensam neles mesmo.

Related Post

30 comentários em “Vergonha, ódio e impotência nacional”

  1. vergonha…vergonha…vergonha…
    Philipe vc falou td, o Brasil ja era, essas horas até q seria bom algum golpe militar ou uma invasão estrangeira pra mete bala nesse bando de safado de brasilia….
    se alguem tive uma bomba atomica pequenininha pode joga la no planalto….

  2. o que me espanta é que por muito menos – botar a mão no nosso bolso e travar nossa grana – o Collor foi colocado pra fora naquele impeachement nacional. Mas agora, onde estão os protestos para estes Petistas que, além de botar a mão no nosso bolso, têm a cara de pau de rir da nossa cara?? Isso me faz pensar em coisas mirabolantes do tipo: o impeachment do Collor não foi iniciativa do povo mas orquestrado pela oposiçao… So pode ser… como é que tantos brasileiros se organizaram naquela época e agora não há reação nehuma… nem um movimento do tipo *use preto dia tal* …

  3. Sabe, eu até tentei esquecer de tudo e assistir ao futebol como MILHOES de outros brasileiros, mas eu não consegui. Vaguei pelo netvibes, atrás de posts sobre o assunto, mas achei poucos, pouquíssimos, aliás. Isso é só mais um exemplo, que até mesmo os blogueiros sérios que acompanho se absteram.. o Brasil é mudo, surdo e cego. É bom ler textos nos quais em concordo em absolutamente tudo, como o seu. Eu preferia ter a honra lavada com sangue desses filhos da puta.
    GENTE! Chega, chega. Acabou. Não falta mais nada. Gambiarras judiciais para todos os lados, impunidade, falta de vergonha na cara, corrupção ativa, violência, apagão aéreo.. Enfim, descontrole generalizado. Pombas, que MERDA é essa em que vivemos. Cansei, cansei de ser patriota, cansei de cantar “sou brasileiro com muito orgulho, com muito amor”.
    Quanto mais aumenta a sujeira, menos dinheiro vai para as forças armadas. Claro! Eles não podem deixar o exército fortalecido. Eles sabem que a merda é tão grande, que um golpe militar seria SIM apoiado pelo povo. Meu Deus…!
    Eu pergunto, aonde estão nos chefes militares? Estão sendo regidos por ministros envolvidos nos interesses políticos. O Brasil precisa reagir, o povo não tem coragem. A classe alta está confortavel andando em seus carros de luxo. Mesmo com tanta sujeira, eles estão ocupados demais planejando a próxima viagem à Europa. A classe média, se sente -pasmem- privilegiada. O poder de compra “aumentou”, foda-se a política, estou ocupado demais calculando as 324 prestações do meu carro financiado. A classe baixa se contenta com migalhas. Vive na miséria, na ignorancia. R$ 30 por mes compra o voto deles. Eles assim permanecerão pelo resto de suas vidas e os seus descendentes também. O pobre não sabe, mas seus filhos deveriam ter chances de serem bem sucedidos. Enquanto o pobre se contentar com miséria e a classe média que é quem sustenta essa bosta continuar inertes, nada vai mudar.
    Só um golpe militar salvaria o Brasil, quem tem medo de ditadura é viadinho. Só quem já esteve em alguma instituição militar sabe o quanto aquela engrenagem funciona. É tudo previsto, tudo documentado, tudo dentro de normas sérias e coerentes. Nada da errado, a não ser quando tem intervenção civil, como é o caso do controle aéreo que está repleto de apadrinhados completamente despreparados no comando. No exército a hierarquia existe e é respeitada. As forças armadas são as únicas instituições que ainda estão isentas dessas escandalheiras.
    Socorro! Precisamos de ajuda. Com ou sem censura. Eu prefiro a censura e a tortura à ver tantas imoralidades. Afinal, a surra que esses filhos da puta levaram no tempo da ditadura não fizeram tanto efeito assim. ELES DEVERIAM TER SIDO ASSASSINADOS.

  4. Cara, eu sinto em escrever isto, mas a verdade é que o povo não tá tão alienado nem anestesiado, não.
    O povo é conivente, porque se estivessem no lugar dos políticos, fariam a mesma coisa.
    A maioria, quando se revolta, fica assim porque não tá levando vantagem junto com os políticos. E não por causa da moral, ética, honestidade.
    Infelizmente o Brasil é um país onde a maioria maciça da população é covarde e ignorante. Todos querem dar um jeitinho, levar vantagem (por menor que seja) mas no fim, ninguém quer ser passado pra trás, ninguém quer pagar a conta.
    Quem elege os políticos é o povo. Eles são simplesmente nossos representantes. É por isso que ninguém faz nada, ninguém se manifesta.
    Não vai ter reação, cara. Os poucos honestos que existem (no poder e fora dele) não têm grande expressividade perto da grande massa de corruptos.
    A solução tem que vir de dentro. Cada um tem que fazer a sua parte e parar de esperar dos outros. E essa mudança, se vier, infelizmente vai demorar bastante…

  5. “Eu queria ver uma reação. Nem que fosse violenta.”

    Acho que todos também queria, mas…

    “…se eu não tivesse muito a perder eu faria um atentado terrorista no congresso nacional”

    Como todo mundo pensa dessa forma, ninguém faz nada e também nada muda. Simples assim.

  6. Eu tô abismado com tamanha canalhice…
    Também sou a favor de um golpe militar, mas com a propaganda anti-censura que a Globo vem fazendo, DUVIDO que a grande massa apoiasse…
    Acho que tá na hora de contratar os serviços de Osama Bin Laden.Quem topa começar uma vaquinha?

  7. Leandro Carrasco ..

    Mais uma vez a ELITE brasileira mostrou quem manda, não há justiça no Brasil .. a unica coisa q podemos fazer é sentar e chorar .. a unica coisa .. INFELIZMENTE .. os 40 amigos secretos salvaram Renan .. q tristeza ..

  8. O problema é que o povo não sabe o poder que tem. São aliendados, conformados, anestesiados nessa situação que ocorre por anos. Nos indignamos, falamos mal dos políticas mas simplismente não fazemos nada! Eu não sei o que esperam, chegou no limite, não se tem mais pra onde correr, estamos todos aqui, na mesma merda! Ninguém sabe nem ao menos os direitos tem! Os deputados votando entre si para aumentar o salário, isso é democracia? Votar no político ‘ele é ladrão, mas faz’? Nós é que somos patrões aqui, mas ninguém parece se importar, já temos problemas demais. A gente prefere se sentir menos culpado.

  9. Nossa cara, lendo um post desses, ouvindo “Até quando” de Gabriel Pensador, da vontade de se levantar e tomar uma atitude mesmo, mas não.
    Acontece que todos os brasileiros pensam “De que adianta eu ir protestar, se provavelmente vou sozinho?” e não da em nada.
    Precisa de alguma forma de unir todos, criar um site de protesto, e organizar um dia para uma marcha de protesto contra o senado algum dia, de preferencia uma data nacional importante.
    Alguem ai topa? =p

    Philipe, se possivel, edita esse post ou faz um novo adicionando esse video:
    http://br.youtube.com/watch?v=KGjTdt2AeGA
    Se quiser é claro ;D

  10. Certas coisas são totalmente atemporais… Deixo aqui as palavras de Ruy Barbosa, um dos maiores da literatura brasileira: Capacidade de trabalho excepcional e uma vida pública impecável até o momento de sua morte aos setenta e quatro anos de idade.

    …………………
    Ruy Barbosa
    SINTO VERGONHA DE MIM

    Sinto vergonha de mim
    por ter sido educador de parte desse povo,
    por ter batalhado sempre pela justiça,
    por compactuar com a honestidade,
    por primar pela verdade
    e por ver este povo já chamado varonil
    enveredar pelo caminho da desonra.

    Sinto vergonha de mim
    por ter feito parte de uma era
    que lutou pela democracia,
    pela liberdade de ser
    e ter que entregar aos meus filhos,
    simples e abominavelmente,
    a derrota das virtudes pelos vícios,
    a ausência da sensatez
    no julgamento da verdade,
    a negligência com a família,
    célula-mater da sociedade,
    a demasiada preocupação
    com o “eu” feliz a qualquer custo,
    buscando a tal “felicidade”
    em caminhos eivados de desrespeito
    para com o seu próximo.

    Tenho vergonha de mim
    pela passividade em ouvir,
    sem despejar meu verbo,
    a tantas desculpas ditadas
    pelo orgulho e vaidade,
    a tanta falta de humildade
    para reconhecer um erro cometido,
    a tantos “floreios” para justificar
    atos criminosos,
    a tanta relutância
    em esquecer a antiga posição
    de sempre “contestar”,
    voltar atrás
    e mudar o futuro.

    Tenho vergonha de mim
    pois faço parte de um povo que não reconheço,
    enveredando por caminhos
    que não quero percorrer…

    Tenho vergonha da minha impotência,
    da minha falta de garra,
    das minhas desilusões
    e do meu cansaço.
    Não tenho para onde ir
    pois amo este meu chão,
    vibro ao ouvir meu Hino
    e jamais usei a minha Bandeira
    para enxugar o meu suor
    ou enrolar meu corpo
    na pecaminosa manifestação de nacionalidade.

    Ao lado da vergonha de mim,
    tenho tanta pena de ti,
    povo brasileiro!

  11. Cara… concordo em gênero, número e grau com suas palavras…

    Do jeito que as coisas andam, só uma revolução armada prá cima desses fdp!

    Bom… tive que te linkar no meu blog… ótimo texto, tem tudo a ver com o que eu penso…

    Abraço!

  12. “CADA PAIS TEM O GOVERNO QUE MERECE.”
    meu professor de geografia uma vez disse essa frase e nos dias atuais ela simplesmente resume a situação do Brasil…O país do jeitinho, onde um vale gás compra o voto de uma família inteira, o país onde os juizes e deputados votam para aumentarem os proprios salarios, onde SE BOBEAR, MUUUITA GENTE NEM SABE QUEM É RENAN CALHEIROS….e eu vou dizer o porque de tudo isso acontecer e tornar a acontecer, escandalo atras de escandalo, roubo atras de roubo, num ciclo vicioso:
    A razao eh simples;
    eu e todo mundo simplesmente levantamos hoje de manha e fomos trabalhar/estudar, como se nada tivesse acontecido, comentamos uns com os outros “vc viu o renan, q absurdo” e paramos por ai, mais nada…ninguem saiu nas ruas, ninguem deixou de ir trabalhar, ninguem fez nada q fugisse à rotina…eh por isso q nada nunca acontece pra mudar essa porra de pais de merda…porque enquanto o brasil nao PARAR, eles vao continuar seus trambiques fajutos e suas pilantragens infectas…Muitos comentarios aqui falaram sobre o pobre e tal, o governo da esses vale num sei das quantas e bolsa seja la o q for, justamente pra q o pobre continue pobre porque quem elege esses safados sao os pobres…o dia q nao houvesse mais pobres nao haveria tanta gente safada na engrenagem do pais…essa eh a minha opiniao, eu defendo ferrenhamente q o voto no brasil tivesse peso, como nos EUA na epoca que o preconceito la era declarado…SO q la era pretosxbrancos, um voto do negro valia 2/5 do voto do branco….aqui podia ser assim, so q com pobrexrico, um retorno mais ou menos à epoca do voto censitario…
    o brasil (a partir de agora grafado com letra minuscula por mim) precisa eh ser reinventado, porque ele ja nasceu errado, eh um problema “congenito e nao endemico”.

  13. mas a melhor das frases ainda eh de RUY BARBOSA…vou por ela aqui:

    “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto.”

  14. Realmente é mais que revoltante!
    Pensar que esse bando de fdp deviam nos representar.
    Dificil acreditar que esse país possa dar certo um dia.
    Desanimador.

    Rapaz, tava de férias.
    Voltei ao batente!
    E tô de escritor numa blog-novela que é muito divertida.
    Quando puder, apareça por lá.

    Abraço,
    Leandro
    (o de Paraíba do Sul, rs)

  15. Sabe, eu tive um professor de história na faculdade que dizia uma coisa que eu acabei por refletir bastante depois de tanta sacanagem e impunidade.

    “País precisa de Dono”

    Ele dizia isso se referindo a monarquia, que dava certo por causa do reduzido seleto grupo que ocupava esse cargo… ou seja, um todo poderoso que sim, pode roubar a vontade, aliás rouber não por que tudo já é seu… mas a paixão humana uma hora cansa… e esse bolso uma hora enche… mas quando a coisa se recicla de 4 em 4 anos.. com milhares de assessores e ASPONES chegando com seus bolsos vazios prontos para fazer parte daquilo que é de todos…. bom… infelizmente quando tudo é de todos nada é de ninguém.

    País precisa de dono… Não sei se eu concordo com isso, mas pelo menos na antiguidade as pessoas eram educadas desde o berço pra missão que era governar um país… e se fizesse merda não tenham dúvidas de que sua cabeça iria rolar.

    Hoje nós temos um representante do povo para se aproveitar do povo.

    Que tristeza hein? é tanta liberdade que ninguém mais sabe o que fazer com ela e prefere ficar sentado do que fazer alguma coisa a respeito… triste mesmo…

  16. Eu tinha CER-TE-ZA de que você ia descer o sarrafo nessa história.

    Realmente é revoltante. E eu também acho que a culpa de cada morte nos SUS da vida caem sobre as costas de cada brasileiro que vende seu voto, após comprar as mentiras que esse bando de safados vende a cada quatro anos!

  17. Quem topa ir no senado por esses fdp para correr ??? Quantos advogados estão aí pra topar fazer algo diferente? Leis que atendam os que necessitam? Quantos juízes que se dizem honestos, quantos músicos, artistas, médicos, padres, pastores, professores e toda classe formadora de opinião que se diz realmente cansada de tanta bandalheira estão realmente com vontade de mover a comunidade a fazer o que precisa ser feito?? Quantos pais e mães estão dispostos a dar o exemplo para os seus filhos? Vamos nos unir, e dar uma lição, um cacete nos maus políticos!!!

    …o que me preocupa não é o grito dos maus, é o silêncio dos bons… Mather Luther King

    Elisa Lucinda – Só de Sacanagem

    Meu coração está aos pulos!
    Quantas vezes minha esperança será posta à prova?
    Por quantas provas terá ela que passar?

    Tudo isso que está aí no ar, malas, cuecas que voam entupidas de dinheiro, do meu dinheiro, que reservo duramente para educar os meninos mais pobres que eu, para cuidar gratuitamente da saúde deles e dos seus pais, esse dinheiro viaja na bagagem da impunidade e eu não posso mais.

    Quantas vezes, meu amigo, meu rapaz, minha confiança vai ser posta à prova? Quantas vezes minha esperança vai esperar no cais?

    É certo que tempos difíceis existem para aperfeiçoar o aprendiz, mas não é certo que a mentira dos maus brasileiros venha quebrar no nosso nariz.

    Meu coração está no escuro, a luz é simples, regada ao conselho simples de meu pai, minha mãe, minha avó e dos justos que os precederam: “Não roubarás”, “Devolva o lápis do coleguinha”, Esse apontador não é seu, minha filhinha”.

    Ao invés disso, tanta coisa nojenta e torpe tenho tido que escutar.
    Até habeas corpus preventivo, coisa da qual nunca tinha ouvido falar e sobre a qual minha pobre lógica ainda insiste: esse é o tipo de benefício que só ao culpado interessará.

    Pois bem, se mexeram comigo, com a velha e fiel fé do meu povo sofrido, então agora eu vou sacanear: mais honesta ainda vou ficar.

    Só de sacanagem!

    Dirão: “Deixa de ser boba, desde Cabral que aqui todo o mundo rouba” e eu vou dizer: Não importa, será esse o meu carnaval, vou confiar mais e outra vez. Eu, meu irmão, meu filho e meus amigos, vamos pagar limpo a quem a gente deve e receber limpo do nosso freguês.

    Com o tempo a gente consegue ser livre, ético e o escambau.

    Dirão: “É inútil, todo o mundo aqui é corrupto, desde o primeiro homem que veio de Portugal”.

    Eu direi: Não admito, minha esperança é imortal.

    Eu repito, ouviram? IMORTAL!

    Sei que não dá para mudar o começo mas, se a gente quiser, vai dar para mudar o final!

  18. É “nossa” culpa? É culpa da esquerda brasileira que só quer ficar sentado esperando do governo tudo. Tudo! E o pior é que alguns recebem…

    Populismo, ignorância e impunidade.

    Eu votei no maior governante que já tive, Geraldo Alckmin.

  19. Você esgotou meus argumentos e chegou a mesma conclusão que eu. Infelizmente “Pensadores” pensam demais. E é o meu caso, e é o caso de muitos. É como querer derrubar o inimigo na base do grito. E é o que são as passeatas e aquelas caminhadas idiotas na Esplanada dos Ministérios.
    Sabemos o que deve ser feito. Infelizmente nós sabemos.

  20. Eu fui da equipe de tiro com Fuzil no exercito. Você arruma a arma com mira telescópica? Ao invés de bomba, a gente faz um sniper com a mira voltada para o congresso…
    =]

  21. agente devia sim fazer uma equipe pra protestar e fazer algo(violento com certeza).
    algo pacífico não iria adiantar e nem seria a altura do que já fazem conosco.
    eu estou pronto pra me encher de bomba e entrar lá. alguém tá afim já?

  22. CANALHAS! IMORAIS! São estes os CINÍCOS HOMENS? Ou VERMES que DESGOVERNAM mais e mais esta NAÇÃO.
    Torturada, vilipendiada em seus direitos . E a culpa é NOSSA. Somos coniventes QUANDO PERMITIMOS que o POVO, A MASSA DE MANOBRA DESSES POLÍTICOS CORRUPTOS E SEM CARATÉR ganhem eleições no BRASIL. Precisamos urgentemente modificar esta situação. PRECISAMOS ensinar, orientar, aos que são comprados de todas as formas e que votam NESSES VERMES.PRECISAMOS ENSINAR CIDADANIA A NOSSO POVO, E FAZE-LO POVO DIGNO, RESPEITADO!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares