Um omedicast inesquecível

Compartilhe

Meu brother Rodolfo Castrezana lá do Omedi costuma fazer uns programas chamados Omedicast. Volta e meia ele entrevista figuras variadas, mas esta foi a melhor de todas. Eu dei uma gargalhada tão alta aqui que acordei o filho da vizinha. Vale a pena ver até o fim.

Artigos relacionados

42 comentários em “Um omedicast inesquecível”

  1. Cara, até eu que sou mulher tenho mais agonia do que rio. XD Mas têm um povo bem maluco mesmo. O massa que no Youtube, o comentário debaixo desse vídeo é de uma amiga do cara alegando qeu a figura é supersimpatica (e parece mesmo). Mas pqp, comparar o próprio penis ocm uma flor de lótus, rindo, é barra. 8DDDDDD XD

  2. Oi Felipe,
    Parabéns pelo site, adoro passar por aqui TODO santo dia pra ver os novos posts!
    Fiquei chocada com esse!!
    Para fazer algo assim ou apreciar a ponto de ser platéia, so podem ser Criaturas vindas diretamente do Umbral… Só pode ser.
    O que resta é sentir pena de pessoas assim!
    Acho que esse foi o post mai Gump que já vi aqui!

    Bjos!

  3. Caro Phill, eu fico penalizada com o pai desta criatura. Imagine só: seu filho nasce, é homem, e você comemora. Aí todo pai gosta de fotografar o bilauzinho, assim tchutuchco. Aí o miserável cresce e explode o pinto. pô chorei de rir por causa da flor de lótus. Que coisa gump!!!

  4. entao phillipe estava na procura sobre ocutismo e cai aqui e adorei seu conto sobre o tal…
    gostaria que vc falasse mais sobre o assunto, posta a parte 2 pelo que vi pretendo me aprofundar nesse quesito
    Aleister Crowley
    Helena Blavatsky
    Eliphas Lévi
    entao posta????
    estou no aguardo abrass.

  5. nunca usei essa expresão mais
    0.o
    cara
    que sistro
    colocar uma bombinha la
    cara
    tem duas cabeça
    e duas linguas tambem
    o cara é totalmente sinistro

  6. Pow outro dia eu tava vendo um filme bizarro, q acho ate q ja foi comentado aqui, chamava “a vagina dentada” nele uma menina descobre q sua vagina tem dentes, dps q durante sua primeira relação sexual seu parceiro perde o penis. eu sinceramente fiquei um pouco chocado com esse filme, e não pela ideia de existir uma vagina dentada, mas sim, pelo fato de q o penis é algo q nos faz sermos oq somos (homens), ta certo q no filme os capados, eram pessoas q estavam abusando de certa forma a pureza da moça, mas essa é na minha opinião uma das piores punições q existe, pelo fato irreversivel q sem um penis, um homem deixa de ser um homem e passa a ser algo q tbm não é uma mulher, ele passa a ser uma incognita, e todas as suas reflexões vão girar em tonro disso, é melhor morrer, do q levar uma vida dessa forma. agora o ponto chave da questão q mais me indignou, essa criatura, não é mais um homem a tempos, nem mesmo pode se considar um homem, ele deixou de ser um homem antes mesmo de fazer isso, pq um homem não cultivaria a dor, um homem saberia a hr de parar, apesar de parecer muito simpatica, essa criatura encontrou abrigo em uma cama de pregos e agora não consegue mais se levantar. Dor é inevitavel, o sofrimento é opcional, mas o deleite é diabolico!

    • Eu penso que o cara achou uma forma de viver, e se a automutilação, ou a autoflagelação, ou ainda as modificações corporais o fazem feliz, pra mim está tudo bem. Cada um é dono de si e deve saber o que faz com seu corpo.
      Mas vamos falar da questão da vagina dentada. A vagina dentada é um mito clássico, o que significa que aparece em diversas culturas do planeta ao longo de muitos séculos. A questão da vagina dentada foi tema de muita conversa e estudos na área da psicanálise.
      O que choca as pessoas neste filme é a questão da castração. O medo da castração é também o medo da perda da própria identidade. A grande maioria dos homens atribui sua existência e identidade ao pênis. Perder esta parte do corpo específica é vista em muitas sociedades como algo pior que a morte.
      Pessoalmente, eu acho que um homem que perde o pênis é apenas um homem sem penis. Do mesmo jeito que um homem que perde um braço, é um homem sem braço. Na minha percepção do mundo, eu entendo que não é o pênis que faz o homem, mas sim seu cérebro. Há por exemplo, homens que nascem com corpos masculinos mas que tem cérebros femininos. Muitas vezes essas pessoas recorrem a cirurgias de mudança de sexo para poderem se sentir completas na relação mente-corpo.
      Acreditar que o pênis é a fonte da masculinidade é algo gerador de certos problemas, a maioria deles que termina em consultórios terapêuticos. Um exemplo, o homem que broxa. Ele passa a se sentir menos homem, passa a sofrer e acreditar que sua vida acabou, pois seu pênis não funciona a contento. Ou ainda, os homens cuja impotência surge decorrente do medo da própria impotência.
      às vezes o sujeito não tem absolutamente problema nenhum, mas o grilo, o medo de decepcionar, a ansiedade por demonstrar sua virilidade é tamanha, que o amiguinho lá dos países baixos não levanta.
      Acreditar que o pênis faz o homem é acreditar na falácia de termos só um “órgão sexual”. O ser humano é TODO sexual. O pênis é uma parte do conjunto, mas não a única.

      • Ricardo Mello, concordo com você sobre a sensação da falta de identidade, deve ser muito difícil para um homem perder seu pênis, ou até um motivo mais comum que é a perda da virilidade como Philipe falou.
        Sendo mulher, tenho a seguinte opiniãoo: Homem é aquele que tem atitude masculina, decidido, protetor, que se impõe, que sabe tratar bem as pessoas, com pinto ou sem pinto, que gosta de mulher ou não….

        • É isso que você diria depois da castrar seu marido não é? Ter atitude masculina, decidido, principalmente protetor e não gostar de mulher não existe. Essa coisa partenal é de hetero que vê a mulher como algo frágil e inofensivo e que merece proteção. Todas mentiras.

      • Ricarrrdo!! Escrevi um montão de coisa há duas horas, mas não sei porque apagou.
        Resumindo, concordo que deve ser muito difícil para um homem perder o pênis, até mesmo para aqueles que perdem a virilidade. Mas discordo por putro lado.
        Na minha opinião feminina, o negócio é bom, mas não é ele que determina a masculinidade de um homem, até porque tem muito homem gay que é muuuito mais macho do que um que se acha um garanhão.
        Primeiro porque para ser gay eu acho que tem que ser muito macho. E segundo porque masculidade é atitudide e não pinto.

  7. Ô, Philipe, faz um post sobre a nova propaganda da Nike (“Escreva o futuro”)!

    É simplesmente a melhor propaganda da história! Faz um post sobre ela com curiosidades (como o quanto gastaram pra fazê-la!)! XD

    • vc tem que arranjar o widget do radio. olhe algum site que tenha e veja qual o widget que o cara usa. mas minha dica como blogueiro é pensar bem se vale a pena usar isso. a maioria dos leitores navega ouvindo suas proprias muiscas. ao entrar no seu blog com radio, eles vão ficar bolados com a confusão de sons e podem sair do seu site. os leitores corporativos, também não gostam de sites com sons. eu no seu lugar não faria isso. Mas vc que sabe

  8. Ele só não é louco o suficiente para ascende uma bombinha no anús! Com certeza por medo de ter que ficar um bom tempo não poder usá-lo para outras coisas que devem lhe dar mais prazer do que a automutilação.

  9. Fiquei passada com esse cara! Fiquei imaginando o que ele deve gostar de fazer na cama…Enfim, não é da minha conta!
    Philipe, eu sempre leio o seu site e decidi colocar o link no meu blog. Você não imagina quantos amigos meus comentam que adoram o mundo gump e morrem de rir. Particularmente tb adoro!
    Beijão

  10. Levei uma advertência por conta desse post, viu! Quando vc disse que tinha dado uma gargalhada tão alta, eu nem acreditei, pensando que era modo de falar. Fui cair na besteira de ver no CPD, durante a reunião de segunda…. kkkkk

  11. Eu senti dor a cada palavra dele. Q cara doente!
    Enfiou na uretra a bombinha e explodiu, kraca!
    A dor de enfiar qq coisa na uretra já deve ser tão grande q eu não sei como ele ainda teve coragem de ascender.

    putz!

  12. Tô quase desmaiando aqui só de imaginar…

    A melhor coisa deste post, sem dúvida, é que ele não veio acompanhado com uma foto da “flor de lótus”. x_x

  13. Só de ficar olhando aquele alargador do tamanho de uma tampa de garrafa de água sanitária no beiço dele já é agoniante, imagine então os tais “freakshows” que ele faz. Não aplaudiria um troço desses. Destruir o próprio corpo dessa maneira não chega muito longe do suicídio não.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.