17 Comentários


  1. Também me inclinei a pensar em avião.. até porque as duas faixas poderiam ser as luzes de navegação (verde na asa direita e vermelha na esquerda) o que corrobora com o sentido que o objeto descreve no vídeo.

    Responder

    1. Durante o vídeo vários objetos (aeronaves?) podem ser vistos no céu, em trajetórias que não correspondem a meteoritos, como aos 1:22, 1:26, 1:28
       
      Já no tempo 1:31 a 1:33 o objeto descreve a mesma trajetória duas vezes (ou seriam 2 objetos… um atrás do outro). Alguns aviões costumam dar uns giros aguardando permissão para aterrissagem. Acho que esse evento que acontece aos 1:31 é o mesmo que aparece na foto abaixo e em outro momento do vídeo, aos 1:59.
       
      Porém, notem que não só esse evento acontece no centro, como simultaneamente outros traços (característicos de aeronaves em timelapse noturno) podem ser notados no canto superior esquerdo e outro bem próximo as dunas.
       
      Não querendo duvidar da idoneidade dos produtores do vídeo, pois também é uma das hipóteses a se pensar tão plausível quanto a alienígenas pilotando uma nave no deserto, mas acho que os caras podem ter exagerado de alguma forma essa relação 5 segundos para 50 minutos, a fim de criar todo o “mistério” em cima das luzes e assim conseguir um belo VIRAL…

      Responder

    1. Hummm… Eu não sei. Por que alienígenas seriam demônios? Não vejo uma razão logica para demônios desperdiçarem energia em algo assim quando podem simplesmente se infiltrar entre as pessoas para a dominação mundial. Não me parece nem coerente e nem faz muito sentido.
      Usar frases bíblicas para dizer que isso significa que todos os seres de fora da Terra são da legião de Lúcifer é uma piada. A Bíblia é uma PRODUÇÃO CULTURAL HUMANA. Tão imperfeita que diz que insetos tem 5 patas.

      Igualmente essa ideia generalizada de que existam “aliens bons” e “aliens maus” é uma coisa que não creio muito, porque isso parece se originar no maniqueísmo cultural humano. Alguns ufólatras tendem a se prender a linhas de pensamento em que atribuem a certas espécies de alienígenas características angelicais, e em outras características demoníacas. Vejo isso mais como um espelhamento atualizado das crenças antigas. Se aceitarmos a hipótese extraterrestre como real e não como uma mera (e um tanto quanto bizarra) característica psicossocial pós moderna, não vejo porque ela não possa ser uma manifestação de uma outra espécie, vindo aqui com equipamentos avançados de deslocamento geográfico. Há quem veja neles deuses, há quem veja neles demônios. Mas sempre é bom lembrar que foi exatamente assim que os índios primitivos das Américas viram os colonizadores do novo mundo quando eles desembarcaram.

      Responder

      1. Na verdade, o que é estranho é “seres extremamente desenvolvidos”, tecnológica e intelectualmente, ficarem fazendo visitinhas “teaser’s” à terra e não manterem um contato REAL. Com a tecnologia humana tão “desenvolvida”, na era dos IPhones, imagem em 3D, resolução de 1920x1080I, ninguém conseguir uma imagem decente.
        Pelo menos para mim, não existe sentido nessas visitas sem contato real. Seria medo da parte deles? Que mal nós, reles seres humanos poderíamos causar a eles? Será que a Bíblia foi inspirada por “eles”? Mistério…; mas que “eles” aparecerão, não tenho dúvida.
        O triste disso tudo é perceber que muitos se deixarão levar por vãs filosofias científicas. Mas é sempre bom termos a liberdade de expressão e opinião; pois até isso será negado ao ser humano, não sei se nessa ou em outra geração.

        Um abraço, meu irmão.

        Que Deus nos abençoe!

        Responder

        1. Penso que não somos importantes o suficiente (numa escala espacial) para que qualquer explorador do cosmos precise se apresentar. Quando entramos num terreno baldio, nunca lembramos de pedir licença ao capim, ou às formigas. Simplesmente entramos.

          Responder
        2. Moll

          Exato, Philipe!

          Por muito tempo (e aí entra bastante da cultura judaico-cristã) nos vimos como o centro da criação, como os seres “por excelência”, e estamos com dificuldades de nos desapegar dessa idéia.

          Isso trouxe como consequência grave, não só a nossa relação despótica, injusta e cruel com os animais, mas também a dificuldade de reconhecer qualquer evidência de civilizações não-humanas – nosso ego não aguenta.

          As pessoas falam que estamos ja com “tecnologia avançada o suficiente”. Primeiro, esse “avaçado” é em relação a nós mesmos. Podemos estar sendo visitados por seres com uma tecnologia com a qual nem conseguimos sonhar.

          Segundo, talvez não seja só uma questão de tecnologia, mas de limites biológicos mesmos. Tentando fazer um paralelo, por mais que um chimpanzé seja inteligente, tem coisas da cultura humana que ele não conseguirá entender enquanto for chimpanzé.

          Responder
          1. Moll

            A tempo: não quis dizer que o video seja uma evidência de outra civilização; estou rebatendo o raciocinio que diz que, se existem outras civilizações, elas deveriam se apresentar.

  2. UmPonto

    kkkkkkkkkkkkkk
    divertido esses videos…

    ow Philipe só olha no video 9 e ve se voce reconhece a cara de alguem kkkkkkkkk

    Responder
    1. Paulo

      Para o ser humano, é mais fácil acreditar em “coisas mirabolantes”,como homenzinhos verdes com olhos de sapo, norte americanos na lua, etc, do que em Deus.

      Responder
      1. UmPonto

        interessante,

        pra mim é igualmente mirabolante um ser que te promete recompensas futuras conforme você seja bom ou mal e ainda pode estar em vários lugares ao mesmo tempo.

        em tempo, lista de bom e mal e onipresença é aplicável a deus e ao papai noel.

        Responder
    2. Carlos

      “Mas os deuses ficam como os homens, mais fácil é para os homens acreditar nos deuses, quando ambos têm apetite humano. Então patife deverá adorar patife.”

      “Pois virá o tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, sentindo coceira nos ouvidos, segundo os seus próprios desejos juntarão mestres para si mesmos. Eles se recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para os mitos.”

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.