Taxidermia bizarra

O termo “taxidermista” não é muito comum. Taxidermia é o ato de “empalhar” animais. Logo, um taxidermista é o mesmo que o “empalhador”, nome que o povo de antigamente dava ao cara que pega um animal morto e usa diversos recursos para fazê-lo parecer estar vivo. O nome provém do fato de que durante muitos anos a palha era usada para preencher espaços vazios sob a pele do animal.
O objetivo de todo taxidermista é atingir o máximo de realismo na recriação do animal. Muitas vezes eles pegam as peles em mau estado de conservação, faltando pedaços, ou com pontos de apodrecimento, ou ainda totalmente desfigurados.
Mas nem todo taxidermista deseja obter uma reprodução fel de um animal. Este cara é um exemplo disso.
Apresento a vocês Enrique Gomez De Molina. Ele é um artista baseado em Miami que usa a taxidermia para criar animais bizarros e inacreditáveis, provindos diretamente do reino da fantasia (ou do pesadelo, se preferir) .

Taxidermia bizarra

Taxidermia bizarra

Taxidermia bizarra

Taxidermia bizarra

Taxidermia bizarra

Taxidermia bizarra

 

Taxidermia bizarra

Taxidermia bizarra

Taxidermia bizarra

Taxidermia bizarra

Taxidermia bizarra

De molina vende algumas de suas obras nas mais prestigiadas galerias do mundo. Algumas de suas obras de arte chegam ao preço de mais de 80.000 dólares. Na última Scope Art Fair em Miami, duas de suas peças foram vendidas pela bagatela de U$ 100.000.

Embora seu trabalho seja bastante interessante e curioso, De Molina se estrepou lindamente graças a sua conhecida teimosia em desafiar a lei. Ele importou ilegalmente partes de inúmeros animais ameaçados de extinção, e como não podia comprovar a origem desse material, foi parar na cadeia, onde pagou fiança de 250.000 dólares e agora aguardará o inquérito em liberdade. Caso seja condenado por associação ao tráfico de animais silvestres,  pode amargar uns bons 5 anos de xilindró.

 

Related Post

8 comentários em “Taxidermia bizarra”

  1. Adorei a matéria XD Como não sabia o que era taxidermia, eu olhei a imagem e pensei que fosse alguma criatura pre-histórica XD
    Achei todos muito bonitos, alguns até estranhos, mas ainda sim muito bonitos, a ultima parece que a criatura se olha no espelho como se perguntasse “Que diabos é isso?”
    É triste uma pessoa com essa criatividade incomum estar envolvido em crimes como esse =/
    Enfim, adorei XD

    • Sexo entre humanos e animais não gera seres híbridos mutantes. Há uma incompatibilidade genética que impede que um embrião humano fecunde um óvulo de animal e vice-versa. O caso do porco é uma rara mutação genética mesmo.

    • Discordo. O taxidermista não mata o animal. Ele preserva a estrutura do cadáver, tentando reconstruí-lo como uma estátua, buscando o maximo de similaridade com as espécies. Sem a taxidermia, museus de história natural passariam aperto para mostrar espécies já extintas.
      A caça é o crime contra a natureza. A taxidermia é outra atividade, completamente diferente.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares