O porto da morte

O porto da morte

Era quase como um cemitério de elefantes, mas no mar. Eles vinham, gigantes, imponentes, enormes, impávidos e colossais, cortando a água como fizeram desde seu nascimento, para desacelerar os motores. Ao se aproximar da costa, já se notava uma mancha escura junto à praia. Era um verdadeiro enxame de pessoas, que aguardavam, como formigas, ávidas para desmantelar o gigante moribundo…

O navio mais cabuloso do mundo

O navio mais cabuloso do mundo

O maior navio de rastreamento já construído é esta coisa impressionante aqui:

2u58bjo

O nome dele é Kosmonavt Yuri Gagarin e ele era a peça chave de uma frota de destaque chamado de “Space Marine Fleet” ( Morskoj Kosmicheskij Flot ) da URSS. Um dos mais espetaculares equipamentos da era da Guerra Fria.

Você pode ver os demais navios da frota espacial aqui

Leia maisO navio mais cabuloso do mundo

Esquadra de palitos de fósforo

Olha só que legal este artigo que meu amigo Guilherme Lorenzoni mandou: Phillip Waren, um senhor de 79 anos de idade, passou 62 anos de sua vida criando incríveis miniaturas de navios de guerra feitas de palitos de fósforo e suas caixas de madeira. Ele começou a fazer as miniaturas quando tinha 17 anos, usando …

Leia maisEsquadra de palitos de fósforo

Vem aí o navio vertical

Veja que coisa curiosa a forma deste navio vertical. Criado por Jacques Rougerie, sua forma de faca permitirá que ele navegue com estabilidade, mantendo uma parte fora da água e outra abaixo. Achei curioso. Este deve ser o navio que o Jacques Custeau sempre sonhou em ter. Um arquiteto francês apresentou publicamente o protótipo do …

Leia maisVem aí o navio vertical

Viajando sem drogas

É impressionante o poder da mente humana. Nós temos a fantástica capacidade de viajar, de sair por aí em devaneios semi-delirantes, indo onde nenhum outro pensamento jamais esteve. Muitas pessoas precisam de drogas e instrumentos artificiais que libertem sua mente das garras cruas do real. Mas eu preciso confessar que bastam duas coisas para que …

Leia maisViajando sem drogas