Trilhas sonoras de terror para turbinar sua insônia

Trilhas sonoras de terror para turbinar sua insônia

Eu não tenho insônia. Minha última insônia foi a tanto tempo que eu sei exatamente a data. Foi o dia que eu escrevi A Saga de Varmod. Embora eu não tenha praticamente insônia, eu tenho uma coisa engraçada: Uma radio mental. Não sei explicar este treco, mas quase sempre eu me pego com uma musica tocando na cabeça. E não é musica que eu escuto normalmente. Daí nem imagino de onde sai essas coisas. Talvez seja algum bug do meu sistema operacional, sei lá.
Mas pensando nessa coisa de radio mental e insônia, eu me liguei de como deve ser uma merda o cara ter uma insônia aliada ao bug da radio mental. Agora ruim mesmo é se a radio estiver tocando esta playlist selecionada aqui.

De dia não tem graça, mas espera a madruga, abre um refri, certifique-se que não tem ninguém dentro do seu armário ou sob sua cama, tenha certeza que o crucifixo não está de cabeça para baixo, apaga a luz, e vamos viajar nesse som perfeito para um halloween. (não está por ordem de preferência) :

1-The Thing

2-Psicose

3-Poltergeist

4-O exorcista

5-Sexta feira 13

Leia maisTrilhas sonoras de terror para turbinar sua insônia

Suicide mouse: Mikey pode te levar para o inferno?

Suicide mouse: Mikey pode te levar para o inferno?

O leitor Lucca Bacal sugeriu um post sobre um video chamado suicidemouse, ao qual ele me desafiou a assistir até o fim.

Confesso que o desafio de “assistir até o fim” me levou a pensar que se tratava de mais um daqueles videos onde a gente espera que algo aconteça e do nada surge a cara de um monstro com um grito muito alto. Seria batido se fosse isso, mas felizmente não era.

Antes de mostrar o video, eu devo colocar aqui o texto que o acompanha.

Segundo muitos sites, trata-se de um video sinistro, nunca lançado oficialmente. Nele aparece o MickeyMouse, personagem mais famoso das indústrias de Walt Disney.

Alguns sites gostam de frisar que o próprio Walt Disney  foi ocultista, e sofria de depressão. Eu me lembrei de ter lido em algum lugar que Disney carregava uma grande culpa por sentir responsável pela morte da mãe. Isso teria inclusive contribuído para que ele tirasse a figura materna da ampla maioria dos seus personagens.
De volta ao video, que supostamente seria uma versão digitalizada de um filme que teria sido feito na fase ocultista de Walt, vemos Mickey andando cabisbaixo, com uma cara depressiva, passando em looping por 6 prédios, enquanto toca uma música sinistra no piano. Pelo som da musica podemos supor que é uma gravação de um piano real, num ambiente confinado, como uma sala qualquer. Pode ser que o piano esteja sendo tocado enquanto rola a projeção em loop na parede. Isso me levou a crer que talvez o loop do mickey não fosse exatamente sobre o personagem, mas sim uma condição repetitiva de conduzir a um transe. Me perguntei se Walt não estaria registrando uma tentativa de contato entre ele e sua mãe morta.

Inúmeros experimentos místicos são baseados na amortização da consciência. Monges usam a respiração cadenciada e o mantra. Certas praticas ocultistas do século XIX usam uma chama bruxuleante de uma vela, e os experimentos usando aparelhos de tv em feedback contínuo com uma câmera apontada para a tela jogando o sinal para a Tv é usada por pesquisadores para obterem o que se chama de trans comunicação instrumental. Basicamente o que muitos alegam é que este tipo de atividade repetitiva seria capaz de gerar um tipo de portão de comunicação entre mundos. Muitas pessoas alegam terem visto pessoas mortas nos aparelhos de tv exibindo loops infinitos.

Imediatamente quando notei o piano e a cena em loop pensei se não estaria vendo o registro de um experimento ocultista do século XX. Segundo os dados que eu levantei, o vídeo original tem 9:04. Essa versão é sem o final.

Subitamente, o som fica chiado e, aos 1:49, a tela fica preta. Quando volta, aos 2:40, o som muda pra choro, murmúrios e gritos desesperados. O vídeo começa a ficar distorcido. Aos 4:40 o som começa a ficar com uma voz grossa e tem coisas que parecem estarem passando atrás da imagem.

Depois, aos 5:15, o choro se transforma em grito de dor. Cores aparecem, o filme fica com um fundo obscuro. 6:18. O Mickey Mouse fica sem o rosto. Volta uma música estranha, diferente da do início.

O fim desse vídeo é desconhecido. Segundo o relato da descrição, duas pessoas estavam assistindo o vídeo, mas Leonard Maltin não aguentou e saiu, deixando um funcionário pra fazer anotações de tudo, até o último segundo. O cara teria saído da sala, dito 7 vezes “o verdadeiro sofrimento não é conhecido”, então ele teria tirado a arma de um segurança e se matado.

No final tem um trecho de um texto em russo, onde se lê: “As visões do inferno conduzem os telespectadores para ele”.

Não se sabe  como ou devido a quem este video teria vazado de dentro dos arquivos da Disney Company. Uma pessoa conseguiu uma cópia do material que Leonard Maltin e seu subordinado estavam registrando em mídia digital e enviou para um site de arquivos on line. Daí a coisa lentamente se espalhou. Há indícios de um email de Leonard Maltin questionando uma pessoa se ela teria informações sobre o video. Isso levou à suposição de que a Disney estaria usando todo seu poder e influência para obter e deletar esses videos na net.

Aqui está o video:

Leia maisSuicide mouse: Mikey pode te levar para o inferno?