A vodka mais cara do mundo 2

A vodka mais cara do mundo 2

Lembra daquele post da vodka mais cara do mundo que poderia virar seu xixi por um pouco mais de 2 milhões de dólares? Pois aquela foi desbancada por esta aqui em baixo, que custa a nababesca fortuna de 3,7 milhões de dólares! Ela tem o nome apropriado de “Billionaire”. A garrafa da vodka mais cara …

Leia maisA vodka mais cara do mundo 2

Um oceano de… Diamante? Isso mesmo!

Nós estamos acostumados a ver diamantes sendo usados por nobres e pessoas ricas, adornando lindos pescoços de celebridades nas festas de Hollywood e em exposição em museus. Os diamantes são pequenas pedras caríssimas e o fato de serem altamente cobiçados pode ampliar o impacto de descobrir que no planeta Netuno, existem MARES DE DIAMANTES LÍQUIDOS, …

Leia maisUm oceano de… Diamante? Isso mesmo!

Faca de safira

Faca de safira

Olha só que legal esta faca de safira. Além de bonita e altamente afiada, a lâmina  não apita no detector de metais. O cabo é feito de osso. A lâmina é obviamente feita de safira artificial, desenvolvida especialmente para fazer lentes à prova de arranhões e vidros de relógio que não se danificam. Apenas o …

Leia maisFaca de safira

Kinderovo do Czar

Kinderovo do Czar

Eu fui ali em baixo na padaria comprar um sonho para o café e durante o longo tempo que decorreu até eu ser finalmente atendido, acompanhei o martírio de um garotinho ao tentar convencer sua mãe de que ele merecia um kinder ovo. O kinder ovo, para quem não sabe é um doce. Um ovo de chocolate que vem com uma cápsula interna. Ali dentro vem um brinquedinho desmontável, que faz a cabeça de qualquer guri.

Kinderovo do Czar

O moleque pediu, pediu, pediu insistentemente e eu ja estava ficando de saco cheio. A mãe negava-se solenemente a dar atenção ao garoto. Comecei a prestar atenção naquela cena. O menino, coitado, olhava com olhos compridos para o kinder ovo, que estava majestosamente sobre uma pilha de bonbons na boca do caixa.

A mãe não queria levar. Comecei a observar a mãe. Nova, uns trinta e dois no máximo. Ainda bonita, mas visívelmente cansada. Provavelmente ela saiu do trabalho e foi pegar o bacuri na escola. Olhei e não vi aliança. Naturalmente é separada. Provavelmente vive com a mãe e mais dois garotos. Eu sei isso porque ela tinha um cordão daqueles com bonequinhos que simbolizam os filhos. Eu ali, só observando.

O moleque enchendo a porra do saco. Lá pelas tantas, ele ameaçou fazer uma manha. Sabe aquele choro fingido? Sim, aquele era o último argumento. O golpe derradeiro quando nada mais dá jeito. O moleque mal começou a manha e a mãe olhou pra ele de um modo tão bravo que eu pensei que iria sair pancada ali mesmo.

Mas me deu pena do menino. Ele só queria um doce, coitadinho.  Ficou engolindo o choro e olhando para o kinder ovo.

As pessoas em volta a esta altura já notavam aquela cena. Foi quando percebi um coroa ao lado, com uma cara que mais parecia o Magnum depois da gripe. Ele estava lentamente se aproximando. Ele vinha de butuca nas pernas da mãe do molequinho. Em menos de um segundo eu tracei a radiografia daquele cara. Um coroa, naturalmente separado ou solteirão, meio passado mas ainda se achando garotão -a julgar pelo seu relógio de mergulho e roupas no melhor estilo “veja, eu ainda sou jovem!”.

O cara chegou para a caixa e perguntou quanto era o kinder ovo. Ele fez menção de comprar para o menino. O menino virou pra ele com a melhor expressão que eu já vi uma criança fazer pra alguém.

Antes que a moça do caixa pudesse dizer o preço, a mãe do garoto sacou uma nota de dez reais toda amassada do bolso e comprou o ovo pro bacuri.

O Magnum de São Gonçalo ficou meio sem jeito, meio que pego no contrapé. Olhou pra um lado, olhou para o outro, virou e saiu. Assim que eu consegui pagar meu sonho de creme saí pra rua para ver se o “Magnum” estava seguindo a moça, mas não estava. Ela já tava quase na esquina. Andava rápido, puxando violentamente o menino pelo braço. pelo andar estava brava com a situação. Fora obrigada a pagar o doce para não ficar na obrigação com um velhote galanteador. O menino ia todo feliz com seu kinder ovo na mão. Pelo menos alguém ali iria conseguir comer o que queria.

O velho rabo de saia sumiu por aí e eu voltei para casa com mais uma história pra contar. Fiquei no elevador pensando sobre o fascínio que o kinder ovo exerce numa criança. É claro que nenhuma criança quer kinder ovo por causa do chocolate. Elas querem a surpresa, um brinquedinho de plástico chinês que irá se desmanchar em pedaços no dia seguinte, ou dependendo da criança, alguns minutos depois de montado.

O que nem todo mundo sabe é que a idéia do Kinder ovo não é recente. Ela remonta ao período de 1885 à 1917, quando Peter Carl Fabergé começou a construir ovos para os Czares russos.

Kinderovo do Czar

Eis o gênio, Carl Fabergé

Os ovos Fabergé como foram chamados, são feitos de uma combinação de esmalte, metais e pedras preciosas. Disputados por colecionadores, os ovos de páscoa criados pelo joalheiro russo são admirados pela magnífica perfeição e considerados obras primas da arte joalheira.
Curiosamente, ou nem tanto, os ovos fabergé vinham com brinquedinhos para os Czares. O primeiro ovo foi encomendado pelo Czar Alexandre III como um presente de páscoa para sua esposa Maria Fyodorovna.

Kinderovo do Czar

Exteriormente, ele parecia um simples ovo de ouro esmaltado, mas abri-lo, revelava-se uma gema de ouro, que dentro de si possuía uma galinha, que por sua vez continha um pingente de rubi e uma réplica em diamante da coroa imperial.

Kinderovo do Czar

Kinderovo do Czar

Kinderovo do Czar

Maria ficou tão impressionada com o presente que Alexandre escolheu Fabergué como o joalheiro oficial da corte imperial russa e passou a encomendar um ovo a cada ano, apenas determinando que ele fosse único e contivesse uma surpresa.
A joalheria de Fabergé prosperou, a preparação de um ovo chegada a durar um ano inteiro; assim que um tema era escolhido, um time de artesãos começava a trabalhar no projeto. No total, Fabergé fez 52 ovos e a tradição continuou até Nicolau II, o último Czar da Rússia, que presenteou sua esposa Alexandra Fyodorovna, com um dos ovos mais conhecidos hoje em dia, o Tricentenário Romanov, que possui dezoito retratos em miniatura de todos os membros reinantes.
Dos 52 ovos produzidos, apenas 42 foram localizados. Isso significa que outros ovos Fabergé -absurdamente valiosos – podem estar guardados em sótãos e porões do mundo, ou talvez tenham sido destruídos ou derretidos pelos seus valiosos metais e pedras preciosas.
Vamos dar uma olhada nesses kinder ovos de rico e suas respectivas surpresas:

Kinderovo do Czar

Kinderovo do Czar

Muito mais a seguir…

Leia maisKinderovo do Czar

O maior diamante do mundo

O diamante era chamado de Pedra Vênus na antiguidade. Seu nome se deve ao brilho da pedra, que rivalizava com o brilho de Vênus. Como Vênus era a deusa do amor, o diamante acabou virando a pedra dos apaixonados.

O nome diamante provém de uma origem grega -adamas – que quer dizer eterno, imutável. Como rocha, os geólogos sabem que o diamante é a parte mais jovem da rocha vulcânica. Como jóia os joalheiros sabem que o diamante tem seu valor de mercado determinado pela sua lapidação. Ela pode ser redonda, oval, em forma de coração, navete, gota, corte esmeralda, princess e radiante. Qualquer que seja a lapidação, os ângulos precisam ser exatos, simétricos e perfeitos em termos de polimento. Assim o diamante reflete melhor a luz.  As pedras que tem o melhor aproveitamento depois de lapidadas são as que custam mais caro. Mas não é só isso que determina o valor final de um diamante. O preço é definido também em função do peso exato da pedra e o numero de facetas lapidadas. Isso sem falar na cor. Os profissionais catalogam as pedras em uma escala que começa em D (incolor) e vai até Z(diamante amarelo). Em geral, quanto mais claro um diamante, mais ele vale. Já as cores nas letras X,Y e Z são bastante raras e chamadas de Fancy Colors. São os tons azul, vermelho, verde e rosa. Esses, não raro atingem preços exorbitantes no mercado mundial de jóias.

Um dos diamantes mais famosos que se conhece é o Hope.

O maior diamante do mundo

Ele tem 44 quilates e se resume a uma pedra azul enorme que a despeito do seu nome, causou desgraças em sua extração e também desgraçou a família real francesa. O diamante Hope foi roubado na revolução francesa e logo depois encontrado. Um sultão turco obteve o diamante, deu para sua esposa e logo depois ambos perderam o trono. Muitos acreditam que o diamante Hope seja amaldiçoado.

Um outro diamante super famoso é o Amsterdã.

O maior diamante do mundo

Trata-se de um diamante negro que foi encontrado num lugar secreto na África do Sul. O Amsterdã pesava 55,58 quilates em, estado bruto. Após sua lapidação, ficou com 145 faces e 33,74 quilates.Este diamante foi a leilão na Christies em 2001 pelo preço de 351.000 dolares.

Mas o maior diamante do mundo (em breve, após a lapidação), segundo alguns jornais, é esta pedra enorme encontrada na mina Letseng, na cidade de  Lesothoa, na  África do Sul no início desta semana.

O maior diamante do mundo

Tem 478 quilates e é considerado um dos 20 maiores diamantes já descobertos. O diamante não foi batizado ainda e nem lapidado.

Leia maisO maior diamante do mundo

Fatos incríveis sobre as pérolas

Então aqui estou eu novamente em busca de algum assunto curioso o suficiente para trazer um pouco de bizarrice para o seu dia. Eu pensei em escrever sobre inúmeras coisas, mas enquanto pensava acabei olhando para uma imagem da Lisa Simpson aqui no meu Hd e notei o seu indefectível colazinho de pérolas.

Fatos incríveis sobre as pérolas

Pérolas. Tá aí um assunto deveras interessante. Você sabia que uma pérola é na verdade um tipo de corpo estranho que invade uma ostra e que é recoberto com uma camada de carbonato de cálcio pelo molusco  para tentar isolar o “invasor”?

Fatos incríveis sobre as pérolas

Pois é. A ostra recobre a pedra ou grão de areia com esta camada que dá o aspecto brilhante ao material. Assim, ele passa a ter valor de uma gema e é altamente apreciado como uma jóia.
Nem todas as ostras podem criar pérolas. As ostras perlíferas vêm de uma família diferente, as Pteriidae. As pérolas cultivadas e pérolas naturais são obtidas dessas ostras, apesar de alguns outros moluscos, por exemplo mexilhão, também produzirem pérolas de valor comercial.

Segundo a Wikipedia, as pérolas de melhor qualidade no mundo encontram-se no Golfo Pérsico (pérola do oriente). Existe também extração na Índia e Sri Lanka, na Austrália e na América Central. As pérolas cultivadas são produzidas em larga escala no Japão.

O aspecto interessante da pérola é que ela não requer lapidação nem polimento. Em 3500 anos antes de Cristo, no Oriente Médio, a pérola já era valorizada como um elemento e símbolo da pureza e charme feminino.  A pérola está presente também na tradição Japonesa, onde eram usadas para confortar o coração e acreditava-se que a pérola tinha poderes sobrenaturais e medicinais, como ser capaz de interromper os efeitos de um envenenamento.   Mas muito antes disso, ela já era amplamente utilizada no sul da Índia, porque as tribos antigas que viviam da pesca  utilizam as pérolas e se alimentavam das ostras.

Leia maisFatos incríveis sobre as pérolas

Se você não é highlander, vire diamante!

Os diamantes são eternos. E ninguém quer morrer.  Mas é triste constatar que de todas as certezas da vida, esta é a mais certa: Você vai morrer! Então, tudo acaba, creia você em paraíso com anjinhos, inferno com capetinhas (e todas as musas dos filmes pornôs de todas as eras) ou num eterno recomeçar, o …

Leia maisSe você não é highlander, vire diamante!

A maior esmeralda do mundo

A maior esmeralda do mundo foi apresentada em Hong Kong. Trata-se de um enorme pedregulho de 536kg e 125cm por 78cm e 55cm de profundidade. Não foi mencionado o preço estimado da rocha, mas como a esmeralda é uma das pedras mais valiosas entre as gemas, o preço da pedra deve chegar a estratosfera. Segundo …

Leia maisA maior esmeralda do mundo