Meu primeiro boneco esculpido no Zbrush 4

Meu primeiro boneco esculpido no Zbrush 4

Como eu tinha dito, estou fazendo o Workshop de zbrush com o Vinicius Vilela, aquele que eu anunciei aqui neste post. 

Aqui está meu primeiro boneco feito no programa. Antes aquilo parecia muito confuso pra mim, mas aos poucos começo a entender o que faz cada coisa naquela joça. Como é meu primeiro boneco, espero melhorar mais nos próximos e não dar tanto mole quanto dei neste.

Leia maisMeu primeiro boneco esculpido no Zbrush 4

J. O boneco de action figure que vai fazer você ter um piripaque

J. O boneco de action figure que vai fazer você ter um piripaque

Olha o grau insano de realismo deste boneco! Sim, eu disse B-O-N-E-C-O.

Não, repetindo, não é um carinha. Não é de verdade. Isso é um BONECO, UM ACTION FIGURE. Segura firme aí o queixo e veja.

Leia maisJ. O boneco de action figure que vai fazer você ter um piripaque

White Walker Рpintura e finalização

White Walker  -  pintura e finalização

Ol√° pessoal. Espero que estejam bem. Aqui est√° a continua√ß√£o do White Walker. J√° pe√ßo desculpas antecipadamente porque este post tem muita imagem! Se voc√™ n√£o viu desde o inicio, a parte 1 est√° aqui e a parte 2 est√° aqui. Ap√≥s postar a parte 2 e receber alguns feedbacks dos leitores, fiz ajustes na …

Leia maisWhite Walker Рpintura e finalização

White Walker – Parte 2

White Walker - Parte 2

Ol√° pessoal, espero que estejam bem. Eu ia postar a sequencia do White Walker ontem, mas dados os √ļltimos acontecimentos pol√≠ticos aqui no Brasil, n√£o rolou. Fiquei vendo as manifesta√ß√Ķes pela Tv e quando resolvi postar me dei conta que estava meio b√™bado de tanta cervejinha. Da√≠ resolvi capotar e fazer o post de manh√£. …

Leia maisWhite Walker – Parte 2

Próxima escultura: White Walker

Próxima escultura: White Walker

Voc√™ curte Game of Thrones? Eu n√£o. Quer dizer, n√£o curto nem detesto, j√° que nunca vi nenhum epis√≥dio sequer. A culpa √© desse blog, do meu trabalho, do Davi, do GumpCast, do monte de tro√ßo que eu fa√ßo e n√£o sobra tempo pra ver s√©rie nenhuma. T√ī doido pra ver, mas n√£o acho tempo, …

Leia maisPróxima escultura: White Walker

Zumbi Padre – A pintura

Zumbi Padre - A pintura

Ontem eu encerrei o trabalho no zumbi padre, mas ainda precisava tirar as fotos dele para postar aqui e só fiz isso hoje para aproveitar a luz natural. Vamos ao passo-a-passo.

O Zumbi padre foi uma das esculturas que mais me impressionou pelo ganho de “vida” (num zumbi isso soa como piada) que deu na fase da pintura. Realmente, √® normal a pe√ßa dar um up quando a gente pinta, mas no padre, isso foi surpreendente. Outra coisa que eu gostei no padre √© que ele foi relativamente simples de pintar, j√° que a batina √© um preto cont√≠nuo. Eu tinha a op√ß√£o de fazer ela meio surrada, meio suja, mas achei que seria maneiro estabelecer um contraste nesse zumbi. Ent√£o temos uma parte corp√≥rea totalmente degradada, quase uma m√ļmia em decomposi√ß√£o e a roupa ainda impec√°vel. Na hist√≥ria desse zumbi, isso faz um certo sentido, porque ele ficou preso na igreja e virou zumbi por l√°. Sem estar exposto ao tempo, s√≥ estragou o que era realmente perec√≠vel, como a carne dele.

Como esta pe√ßa tem uma particularidade, que √© a roupa minimalista, eu pude ousar mais em termos de detalhes de pintura e acabamento na cabe√ßa. Para estudo, essa se revelou uma √≥tima pe√ßa, porque voc√™ n√£o perde tempo desnecess√°rio com pintura de roupa e vai direto aos finalmentes no rosto do zumbi. A roupa simples contrasta e conduz a aten√ß√£o na pe√ßa direto para a express√£o. E √© legal, porque ele n√£o tem uma express√£o de √≥dio ou de frenesi que muitos zumbis tem. Ele tem uma cara assim, como quem sofre, como quem esta meio perdido… Acho que consegui transmitir no olhar do zumbi uma certa inoc√™ncia e fragilidade e a pintura ajudou a mostrar isso.

Bom, quando eu tirei a pe√ßa da base, vi que a minha ideia de deixar ele meio corcunda, inclinado para frente tinha sido um tiro no p√©, j√° que sem o suporte a pe√ßa n√£o se sustentava sozinha sobre a mesa, tendendo a cair de cara pra frente. Solucionei isso cortando um um √Ęngulo sutil a parte de tr√°s da pe√ßa, e fiz tamb√©m um pequeno complemento de cerca de 5mm de altura na pe√ßa toda. Como efeito disso, ela cresceu, mas estabilizou. Quando eu cortei a base, percebi que a massa estava ainda bastante fr√°gil, indicando que n√£o havia atingido o ponto do assamento. Levei para assar de novo e ele ficou bem mais queimadinho, e duro. Tamb√©m fiz uns ajustes menores com epoxi na pe√ßa.

Zumbi Padre - A pintura

Também rachou perto da cabeça, mas eu consegui resolver com epoxi. A primeira coisa que eu fiz foi meter um pretão acetinado na peça, sobretudo na batina.

Zumbi Padre - A pintura

Posteriormente ao preto uniforme na peça que eu sempre faço, pintei com tinta acrílica branca a parte de pele.

Zumbi Padre - A pintura

Essa preparação é importante, porque os acrílicos que eu uso  tem a característica de aquarelar, então vão sendo depositados em camadas translucidas, o que permite efeitos interessantes, mas se a cor de base é escura isso vira contra o pintor.

Zumbi Padre - A pintura

Leia maisZumbi Padre – A pintura

Aberta a votação do terceiro pacote de concepts de zumbis

Aberta a votação do terceiro pacote de concepts de zumbis

Acabou que eu n√£o consegui colocar os concepts do Diogo ontem por conta de uns contratempos de √ļltima hora que surgiram. Mas aqui est√£o eles. Novamente volto a relembrar as caracter√≠sticas dessa vota√ß√£o: S√≥ pode votar num zumbi. O zumbi que ganhar ser√° o modelado pelo Diogo e duplicado, pintado e vendido (provavelmente) por mim. …

Leia maisAberta a votação do terceiro pacote de concepts de zumbis