Sujeito muda para apartamento e descobre um tenebroso segredo…

O Lucas Gimenes mandou a dica deste video. No video, um sujeito explica que após se mudar para um novo apartamento, descobriu algo estranho nele.

O imóvel havia sido construído sobre ruínas de um monastério abandonado do século 19! E dá pra acessá-las pelo porão!O lugar tem o maior clima de dungeon de RPG. Vou te falar, esse imóvel aí tá perfeito para o cara que coleciona vinhos e para o maníaco que esconde defuntos.

Você pode ver fotos do imóvel aqui

O lugar é escuro, sujo e bagunçado. Há paredes que foram lacradas (ninguém sabe porque) e há cabos de energia pendurados. Numa parte do lugar há um buraco no chão com terra bem fofa, indicando que enterraram algo lá.

Mn8k3gM

Quando me deparei com o caso, pensei seriamente que era algum tipo de viral para lançar mais um daqueles filmes de terror de baixo orçamento e alto poder de sustos, na linha do Atividade Paranormal, mas após ver que o caso saiu em vários jornais, pode não ser isso. Pode ser simplesmente um bom mote para no futuro alguém pensar em fazer um roteiro nessa linha. Se bem que já tem um, que se chama Poltergeist. No caso, uma família compra uma casa nhum loteamento barato que (eles não sabiam) tinha sido construída em cima de um cemitério (e que não removeram os corpos para baratear a obra)
JQpoJEF
Não sei quanto a você, mas eu ficaria meio bolado de saber que há uma dungeon sinistra debaixo da minha casa. Pra falar a verdade, eu nem sei se ficaria bolado ou empolgado, porque vamos ser francos: É maneiro demais!
Minha cabeça ferve só de pensar nas possibilidades de fazer escritórios estúdios e salas de videogame naquele espaço, com direito à passagem secreta do Scooby Doo!

Artigos falando da descoberta do cara:

artigo 1
artigo 2
artigo 3

Related Post

15 comentários em “Sujeito muda para apartamento e descobre um tenebroso segredo…”

  1. Philipe, o que aconteceu com o template do mundo gump? Está horrível navegar no seu blog, toda hora da página inválida e ele está todo desconfigurado, sei lá, as imagens do posts ficam GIGANTES, e quase não da pra ler suas publicações. Espero que tudo volte ao normal o mais rápido possível, senão você vai acabar perdendo muitos novos leitores, tá na hora de contratar um profissional né? Seu blog tem muito potencial, mas o template tá horrível, tudo desconfigurado =/

    • OI Rafael, realmente eu vou mudar o tema. O problema de pagina inválida eu notei também em muitas paginas ontem. Hoje, ao abrir o email eu entendi o que foi. Aqui está uma parte de um email do datacenter:

      Executamos nesta madrugada uma grande manutenção e mudança em nossa estrutura de banco de dados. Infelizmente estamos observando já a alguns dias sérios problemas relacionados à engine utilizada anteriormente e o software que estávamos utilizando “MariaDB”, que é um sistema de banco de dados altamente otimizado, porém não é estável o bastante para a estrutura que desejamos manter.

      Infelizmente este software não apresentou a estabilidade que desejávamos e após inúmeros testes e tentativas, optamos por assinar a versão ‘MySQL Enterprise Edition’ diretamente com a Oracle, e os testes se mostraram positivos desde que esta mudança foi feita.

      Decidimos fazer o procedimento de troca de software neste dia 16 de Maio, de madrugada, horário de menor visitação possível, e durante este período alguns clientes observaram algumas instabilidades, as quais foram completamente resolvidas.

      Esta foi uma alteração positiva e é um investimento que se converterá em maior qualidade do serviço que prestamos, pois reflete diretamente na estabilidade do seu serviço conosco. Iremos monitorar de perto o novo software instalado e esperamos que ele atinja nossas expectativas e as de nossos clientes.

  2. Com relação ao template, o que eu percebi é que quando acesso pela intranet do trabalho, desconfigura tudo, mas pelo celular ou em casa, fica normal. No trabalho temos alguns bloqueios (Facebook, por exemplo) e imagino que não há outra explicação. Alguma ferramenta que o Philipe está usando deve estar sendo bloqueada.

    Quanto ao vídeo, achei engraçado e forçado quando o cara desce e começa a cochichar, mas depois entendi: ele está sob o assoalho dos vizinhos; imagina que tenebroso, você está na sua casa e começa a ouvir ruídos vindos do chão… tenso…

    • Eu creio que pode ser isso mesmo, mas uma coisa que não podem me acusar é de não ouvir os leitores, então, este tema vai rodar HOJE! E vou cortar algumas propagandas também.

  3. È uma pena que apesar de nos esforçarmor para tudo se realizar com a melhor perfeição e a maior das boas vontades, ainda tenhamos que depender de terceiros e ainda por cima ter que ficar escutando (m…). Mas faz parte. Afinal é tudo para obem de todos. Não esquenta. Com o tempo tudo se resolve.

    Sobre o texto, deu pra ver que lá embaixo tem algo que parece com um desses cilindros pressurizados (oxigenio, gás, produto inflamável para soldagens etc, sei lá). Pelo jeito esse lugar alguma vez foi utilizado para alguma atividade (?) oculta.

  4. Também notei que alguma coisa não está bem como deveria ser, mas conhecendo você, pelo pouco que posso sei que você (que não é burro nem um pouco) ia acabar se inteirando disso e tomar alguma providência como de fato. Mas tem gente que não tem paciência, ne?

  5. Realmente fiquei meio bolado com essa história. Me parece que o prédio todo foi feito em cima desse tal monastério. É meio esquisito mesmo. A gente pode reparar que lá em baixo foi bastante mexido mesmo. Digo, furaram as paredes para fazer encanamentos e tem até um interruptor de energia (só pelo interruptor dá para notar que não é tão velho), tem uma janela na sala que está pichada que está fechada com tijolos que podemos ver que são bem diferentes dos antigos e que me parece o cimento não é velho não. E reparei que tem um cano que está passando por uma janelinha que foi feita com furos de furadeira (podemos ver nas perfurações em cada tijolo). Estranho mas não menos interessante.
    Valeu Philip!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares