Rodrigo Santoro em LOST!

Pra quem (como eu) é fã da série essa é uma boa (ou apenas curiosa)notícia.

Após emplacar um vilão em “As Panteras Detonando” e um rapaz tímido em “Simplesmente Amor”, Rodrigo Santoro, 30, continua conquistando espaço no exterior. O ator brasileiro estará na terceira temporada do seriado “Lost”.

O papel de Santoro ainda não foi definido, mas foi citado como um homem misterioso
O papel de Santoro ainda não foi definido, mas foi citado como um homem misterioso
Em entrevista a Michael Ausiello, colunista da publicação “TV Guide”, os produtores Damon Lindelof e Carlton Cuse garantiram que Santoro estará na próxima temporada. Seu papel ainda não foi oficialmente anunciado, mas o personagem foi citado como um homem misterioso.

“Gostamos de nos referir a ele [Santoro] como o Russell Crowe brasileiro, um grande ator que faz escolhas interessantes”, afirmou Cuse à revista. Já Damon, que o classificou como “inacreditavelmente talentoso” e o comparou a Tom Cruise, afirmou que Santoro é perfeito para “Lost” porque seu rosto não é muito conhecido pelos americanos.

A última participação de Santoro na TV foi na minissérie “Hoje É Dia de Maria”.
A última participação de Santoro na TV foi na minissérie “Hoje É Dia de Maria”.
Em tom de brincadeira, Ausiello conta que ao ouvir o nome de Santoro, soltou algo como “quem??”. E recebeu como resposta de Cuse: “Você não viu ‘Carandiru’, ‘Behind the Sun’ [título em inglês de ‘Abril Despedaçado’] e ‘Brainstorm’ (‘Bicho de Sete Cabeças’)? Você está um pouco atrasado… Ele já ganhou vários prêmios e é uma grande estrela no Brasil”, afirmou o produtor.

Santoro também fez “A Dona da História” (2004) e seu próximo filme a estrear nos cinemas será “Não por Acaso”, de Philippe Barcinski.

A última participação de Santoro na TV foi na minissérie “Hoje É Dia de Maria”. O ator não atua em novelas desde 2003, quando interpretou Diogo em “Mulheres Apaixonadas”.

Terceira temporada

A terceira temporada de “Lost” irá ao ar nos Estados Unidos a partir de 4 de outubro –o primeiro episódio vai se chamar “A Tale of Two Cities” (“Um conto de duas cidades”), nome que remete a um romance do escritor inglês Charles Dickens (1812-1870), que trata de temas como culpa, vergonha e retribuição.

Segundo anúncio oficial da rede ABC, irão ao ar apenas seis episódios dessa nova temporada, que será suspensa por 12 semanas para a estréia do drama “Day Break”. “Lost” voltará apenas no início de 2007, provavelmente em fevereiro –a data ainda não foi especificada, e terá mais 17 episódios.

O seriado conta a história de sobreviventes da queda de um avião em uma ilha misteriosa. Cada episódio traz flashbacks de um dos personagens. Na segunda temporada os principais personagens entram em uma escotilha onde funciona um abrigo do projeto científico Dharma. O final da segunda temporada ocorreu em junho nos Estados Unidos.

“Lost” recebeu o Emmy de melhor série dramática da TV norte-americana em 2005. Apesar de preterido pelo Emmy neste ano, o seriado recebeu seu segundo prêmio consecutivo da TCA (Television Critics Association Awards) na categoria seriado dramático no último domingo.

Fonte: Folha on line

Related Post

9 comentários em “Rodrigo Santoro em LOST!”

  1. Não nego que realmente acho o cara foda pra caralho.

    Queria ter o talento de atuar que ele tem. Sem falar no naipe do sujeito. O único defeito é ter levado uma corneada show da Luana Piovani quase em rede nacional. Mas ninguém é perfeito.

  2. POis é. Ao que parece ele não deverá ser um sobrevivente…
    Eu apostaria que ele vai entrar nessa como um forasteiro, alguém que cai com um avião pequeno ou mesmo espatifa um veleiro nas rochas.

  3. Pelo que já estão especulando pela net, ele é um dos “outros” e que provavelmente vai para o lado “bom” da força! Por isso o misterioso. Se ele for um dos outros, ele deverá morrer ao longo da série para não revelar demais da trama…

  4. Pra mim, a ilha é parte de uma pesquisa de uma companhia (Dharma) que usava energia elétrica condensada em alto grau para abrir uma fenda no espaço tempo, estendendo o limite da realidade. (busque referências a uma coisa chamada Projeto Filadélfia na Net. Sobreviventes do projeto secreto da marinha americana juram ter atravessado para um outra dimensão.)

    Sob uma ótica da física quântica, uma grande quantidade de energia poderia abrir um espaço interdimensional, ligando realidades paralelas. Isso só poderia aocontecer, se a teoria dos infinitos universos paralelos estivesse correta.
    Imagine um livro infinito onde cada página é um universo, com você, eu e tudo mais existindo normalmente, só que com tantas páginas que tudo poderia acontecer. Inclusive a inexistência. Eu posso existir em infinitos universos e não existir também. Nesse aspecto infinito não é um valor finito. Poderia haver um infinito pra sim e um pra não sem haver alulação.
    O que nós achamos ser a realidade seria nossa consciência atravessando em uma velocidade acima da luz essas infinitas páginas do tecido da realidade.
    A experiência da Dharma seria capaz de abrir um buraco, tal qual um cupim que perfura as páginas do livro, onde os elementos de múltiplas realidades colidiriam.
    nesse aspecto, numa ótica quãntica, essa ilha poderia nem existir. Pior, ela poderia existir e não existir simultâneamente.

    – EU NÂO FUMO MACONHA! EU JURO!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares