Quer ver uma cabeça bizarra em Marte? Faça o passo-a-passo comigo!

Gente, olha que coisa mais bizarra essa dica enviada por um leitor dos EUA que não quer se identificar. (já era, hein véio? Os amigões da NSA já sabem até a cor da sua cueca a essa altura!)

Primeira coisa, vamos baixar a imagem da Sonda que está lá em MARTE. Vamos baixar essa imagem direto do site da NASA. O link está aqui:

http://s3-sa-east-1.amazonaws.com/mundogum/wp-content/uploads/2016/01/0184MR0925102000E1_DXXX-1.jpg

(por via das duvidas, tá aqui, caso a NASA apague):

0184MR0925102000E1_DXXX

É só aquele monte de terra vermelha e uns pedaço de pedrinhas. Nada demais. Então, siga o que eu vou fazer aí no seu Photoshop ou similar.

Escolha essa pedra maior aqui.

essapedra

Dá um zoom aí na menina.

pedraclose

Logo você vai se ligar que essa pedra parece ter um “olho”.  Agora, com uma pequena alteração nos comandos (varia de programa pra programa) dos níveis da imagem, vamos exagerar o contraste. USei o comando “auto level”  e puxei o controlador do claro para o meio da curva. A pedra fica mais definida:

sorriso

Porra, parece que tem um olho esculpido ali!  Além disso, uma boca e um sorriso? O sorriso pode ser produto da compressão da imagem. Assim, usei o plugin DeJpg para ver como ele “limpa os artefatos da compressão”.

dejpg

Aí deu nisso, podemos ver que atenuou um pouco as linhas de compressão da imagem, mas tudo ainda está lá. O olho com pupila no centro, e o que parece ser uma boca com dentes. Testei outras configurações de contraste.

outraimagem

É no mínimo uma coisa curiosa essa pedra. A questão é:

Será pareidolia?

Pode ser pareidolia sim. Muito provavelmente, essa é a explicação mais racional para uma cabeça aparentemente esculpida em marte. A menos que a gente admita algum tipo de civilização em Marte, o que a própria NASA nega.

A quem ainda não sabe o que é pareidolia, leia aqui.

Eu entrei na internet para saber mais sobre essa pedra-cabeça-escultura em Marte e achei referências a ela nesse site, nesse, além de vários outros em que pessoas tem certeza absoluta que se trata de pareidolia, e que se trata de uma escultura. Eu não sei você, mas tenho pé atrás com qualquer pessoa que tenha certeza absoluta de qualquer merda que seja. Estamos em tempos de certezas absolutas de muita coisas no mínimo duvidosas…

Quanto a questão da tal cabeça, eu me lembro vagamente de ter topado com isso há mais ou menos uns dois anos atrás, mas não dei atenção, porque simplesmente não acreditei, na época que a foto original era da NASA mesmo, além de ter visto num daqueles sites bem duvidosos, então não dei muita pelota. Fazer o passo-a-passo  e ir vendo a cabeça aparecer é divertido, mas a verdade é que isso não prova lhufas. Tudo bem que não sei como poderia se formar aquele olho arregalado ali, tão parecido com os das esculturas astecas da antiguidade…

esteca

Talvez o olho seja só uma bolha que se formou e quebrou bem no zênite, e a boca é só uma fratura, com os dentes sendo formados por resultado da alta compressão da imagem.

Mas o que devemos levar de lição desse caso, que ainda me parece em aberto, porque ainda não consegui achar aqui se a Mars Hover foi la ver essa medra melhor ou não (se não foi, devia ter ido!) , é que uma coisa parecer com outra não significa que ela “seja”. Na Geologia, podemos encontrar algumas formações curiosas que parecem orgânicas. Há um amplo espaço para confusão, bem como uma permanente e instigante pulga atrás da orelha com Marte e seus mistérios… E se?

…E se?

Um dos mais legais mistérios desse tipo é o que trata do “roedor marciano”.

Marte não tem florestas, ao que se sabe. Não tem água potável e nem um ecossistema que permita haver vida. Assim, seria absolutamente ilógico achar um MAMÍFERO em Marte. Né?

mars-rodent-orig-rover-composite1

Daí surte este carinha aí numa das fotos de Marte. A foto foi feito pela sonda Curosity em Março de 2013. Muita gente olha para esta coisa e acha que é um roedor.

ratosmarte

Dá pra entender quem defende que isso não é pareidolia. De fato a suposta pedra parece um suposto rato. Mas porra, Rato em Marte não rola. Daí não lembro onde foi que eu li que tinha gente suspeitando seriamente que muitas das fotos enviadas de Marte, estariam sendo na verdade, enviadas da própria Terra.

Acontece que – algo que eu não fazia ideia – a NASA tem um espaço de “exercícios das suas sondas, num lugar absolutamente remoto da Terra, chamada Devon Island, no Canadá.

Devon Island não tem merda nenhuma de atrativo, mas é justamente por isso, que você ao acordar naquele lugar, juraria estar em Marte. Se liga aí:

Devon Island - Canadá
Devon Island – Canadá

 

Muita gente não conhecia este lugar e nem sabia que a Nasa tem uma base lá, mas depois que descobrem o lugar (e certamente podem haver outros desses locais de testes pelo mundo, além da conhecida base no deserto de Mojave) um número crescente de pessoas começaram a acreditar que os rovers da NASA nunca saíram de verdade aqui da Terra.

A ideia parece um tanto quanto doida. Afinal, seria viável admitir que com custos bilionários para levar uma sonda terrestre a outro planeta, a NASA precisava mesmo de um ou mais lugares onde eles poderiam simular as condições de Marte.

A NASA está testando seus novos robôs lá
A NASA está testando seus novos robôs lá

Segundo os que defendem a teoria do “Caô da Nasa”, os robôs na ilha do Canadá possuem filtros de correção de cor que fazem com que as fotos de lá saiam com cara de “planeta Vermelho”. Aliás, já tem um tempo que vejo cada vez mais gente desmentindo que Marte seja tão vermelho quanto alegam e quanto parece pelas fotos.  Basta ver as fotos da NASA com seus tons supersaturados de laranja, apesar de todos os telescópios amadores mostrarem o “planeta Vermelho” substancialmente mais desbotado. Estaria a NASA mentindo?

Três telescópios diferentes mostram as "verdadeiras cores de Marte". Cadê o Vermelhão ferrugem, gente?
Três telescópios diferentes mostram as “verdadeiras cores de Marte”. Cadê o Vermelhão ferrugem, gente?

Como  podemos notar pela imagem acima, principalmente a do MGS, há uma atmosfera em marte que deveria fazer um horizonte azul. Nelas. Mas não vemos horizonte azul em fotos da NASA. Provavelmente isso ocorre porque eles (assumidamente) alteram as cores das fotos.

Então, quando a NASA assume que deliberadamente faz uma “correção de cor”, “equilíbrio de cor,” e até “ajustes” das cores de suas imagens, a galera que tem o pé atrás começa a dar triplo mortal carpado! Afinal, a NASA ficou com a reputação arranhada depois que denuncias de adulteração imagens do programa Apolo surgiram de vários empregados, e o caso foi algo admitido por ninguém menos que o próprio falsificador, Ken Jonston.

Segundo Johnston, no dia 20 de julho de 1969, quando a Apolo 11 fez seu primeiro pouso na Lua, sua tripulação tinha como missão explorar o solo lunar. Mas o que a tripulação teria encontrado foi algo muito mais surpreendente, teriam encontrado construções antigas com origem artificial. Segundo depoimentos dados a seus supervisores, os astronautas da época afirmam terem encontrado ruínas de edifícios em formato de torre com mais de 300m de altura. Além disso, havia na base extraterrestre uma grande operação de mineração e tecnologia de gravitação desconhecida. Além de terem encontrado objeto voadores em formato oval pousados sobre a superfície da lua, os astronautas haviam batido mais de 100 fotos de tudo que foi encontrado. Mas segundo relatos, a NASA teria dado a ordem para Johnston destruir as imagens, porém ele se recusou a seguir a determinação.

Curiosamente, Ken Jonston não está sozinho. Existem outros ex-funcionarios da NASA jogando a M* no ventilador. O sargento Karl Wolf e uma mulher chamada Donna Hare, ambos ex-empregados da NASA, confirmaram em testemunho sobre o que viram em algumas fotografias da NASA. Estruturas alienígenas enormes no lado escuro da Lua e alguns UFO pairando sobre a superfície lunar fotografado e filmado por tripulações das missões Apollo durante seu voo espacial.

De volta às alterações de imagem de Marte; Por que não simplesmente tirar fotografias do ambiente tal qual ele é? Por que mudar sua cor? Valorizar os tons?

A melhor explicação é que a NASA esta obtendo imagens em RAW, que não é um formato “fechado” de dados de imagem. Ele pega informação pra dedéu, e a imagem precisa ser processada no final. Isso dá muito mais controle para gerar uma imagem final de qualidade. Eu sei porque eu faço isso também, ora bolas.

Mas acontece que o pessoal não confia nesse discurso de que “o governo sabe o que é melhor para você“.  E isso nos leva ao próximo degrau de desconfiança nessa escada espiral infinita que é a teoria da conspiração. Será que são apenas “ajustes de cor” mesmo?

Nesse caso, o que dizer dessa evidência de adulteração flagrante com o ambiente original (apagar áreas específicas e clonar a mesma rocha repetidamente):

Mars fake image - rocks blurred

nasa fake mars picture

Assim, quando apareceu aquela foto com o suposto “roedor” a mídia chamou ele de “rato”, mas de fato ele parece mais um Lêmingue do Ártico. E olha que legal, sabe onde existem Lêmingues? Se você chutou a ilha Devon no Canadá, acertou.

Even if everyone is quiet and still, lemmings don't stray far from their hiding areas. Radstock Bay, Devon Island, Nunavut, Canada.
Radstock Bay, Devon Island, Nunavut, Canada.

Claro que toda essa especulação aparentemente maluca nos leva a uma interrogação comum: Por que a Nasa estaria fazendo isso?

Há quem diga ( e eu não estou endossando isso, mas apenas trazendo essa hipótese para a mesa da doideira) que a Nasa é uma cortina de fumaça. Não apenas agora é, mas essas pessoas sustentam que ela SEMPRE FOI. Há quem acredite piamente que toda a NASA serve apenas para manter limitada e confinada a atenção do público para com os avanços do “programa espacial”, enquanto o verdadeiro programa espacial é muito, mas muito, mais incrível mesmo, e consome volumes inacreditáveis de dinheiro sem rótulo (do chamado orçamento Negro – Uma dinheirama oficial, que ninguém nunca soube bem para onde vai) e que envolve tecnologia muito avançada, em parte obtida de engenharia reversa de ufos acidentados/abatidos desde os anos 50, e visitar outros planetas é algo que já estaríamos fazendo há DÉCADAS!

naveufo

Em parte (ou no todo)  isso parece a mais pura ficção científica a la Star Trek, só que veja que louco, muito disso vai sendo gradualmente confirmado. Quando aquele hacker Inglês Gary Mckinnon conseguiu invadir um Pc de dentro da área técnica da Nasa e fuçou aquela porra toda lá por DIAS, ele acabou esbarrando em fotos mostrando versões “originais” de Marte mostrando coisas estranhas que em outra foto, haviam sido apagadas com photoshop, fotos inequívocas de ufos no espaço além da cereja do bolo: Um arquivo do Excel em que lista os “oficiais não terrestres” e suas “embarcações”. Eram dezenas de naves, com centenas de “oficiais”. O resto é história. Gary deu de cara com esta merda num computador da NASA e foi descoberto, rastreado e acabou fodidaço. Os Eua pediram sua extradição como terrorista. Foi o volume de rage contra McKinnon que levou todo mundo da ufologia a ficar com a orelha em pé neste caso. A história que ele contou parecia vinda de um doido, mas a reação do Governo dos EUA deixou claro que ele incomodou pra caralho. Por que?

Outro que deu munição ao lance da verdadeira exploração espacial foi Don Phillips, um engenheiro e designer da Lockheed, ligado à  CIA e à USAF . Don foi acompanhado de outro cientista sênior da Lockheed Martin que trabalhou na famosa Area 51, Boyd Bushman. Boyd  falou abertamente sobre os aliens e tecnologia “anti-gravidade”, pouco antes de falecer em 2014. (aliás, muitos que abrem o bocão comem capim pela raiz, como já mostrei no meu post quem matou Phillip Marshall, e a Revolta dos Subníveis, com o assassinato do Phil Sneider)

Ben Rich, diretor executivo da Lockheed Skunk Works, declarou em 1993 a curiosa frase  “Agora temos a tecnologia para levar o ET para casa.”

Ben Rich também admitiu que os discos voadores extraterrestres são reais, e que o programa espacial dos EUA é construído com tecnologia alienígena:

“Há dois tipos de UFOs -. Aqueles que construímos e os “deles”.  Aprendemos com ambas as recuperações de colisão e efetivas capturas.”

Logo depois surgiu um cara chamado Capitão Kaye (cujo nome real foi descoberto e é Randy Kramer)  que alegou ter passado nada menos que 17 anos em Marte e três anos a bordo de um espaço-porto enorme. Kramer revelou que seu envolvimento com projetos secretos começou em 1987, quando ele tinha apenas 17 anos. Ele iria passar os próximos 17 anos em Marte, trabalhando como parte da Força de Defesa de Marte (MDF) , que era propriedade da Mars Colony Corporation (MCC), um conglomerado de bancos, governos e empresas de tecnologia. A equipe de Kramer foi montada a partir de uma seção especial dos fuzileiros navais dos EUA e sua missão era proteger os cinco colônias marcianas recém-criadas. Seu serviço em Marte terminou depois que sua base foi arrasada numa guerra feroz contra os quatro espécies exóticas diferentes presentes no planeta naquela época. A história do cara é MUTCHO LOCA! Vai de luas de saturno a naves do lado oculto da lua, exploração do “Infinito e Além” nos moldes de Jornada nas Estrelas.

Andrew Basiago (que tem uma históia mais rocambolesca ainda, envolvendo até viagem no tempo e múltiplos universos) também alegou ter estado em Marte cerca de 40 vezes, e corroborou as afirmações do Capitão Kaye que “há uma colônia humana estabelecida lá”. Some a isso tudo as reivindicações Whistleblower Corey Goode , que alegou ter sido recrutados através de um dos programas Milab com apenas seis anos e, ter viajado para Marte por meio de um conglomerado empresarial Interplanetário (ICC). Outra testemunha surgiu alegando que já esteve em Marte. Era Laura Madalena Eisenhower, a bisneta do ex-presidente norte-americano Dwight David Eisenhower,  testemunhou que ela foi alvo de recrutamento para um programa espacial secreto que teria permitido a ela para ir até Marte, onde passou um tempo em uma colônia secreta de seres humanos.

Imagina o quão escalafobético seria se isso tudo se mostrasse verdade e que a Nasa serviria apenas uma mera distração da verdadeira exploração espacial?

Acredite no que preferir. Não vou ficar fazendo juízo de valor sobre as histórias que as pessoas são capazes de inventar, até porque eu também consigo inventar umas bem louconas, mas que isso tudo dava um belo filme, dava, hein?!

Bom, vou ficando por aqui. Se aquela pedra em Marte é apenas uma pareidolia ou uma evidência esquecida de uma estátua antiga de uma civilização já extinta, eu não sei. Só achei curioso. Se as fotos de Marte são na verdade da Terra, ou se elas são mesmo do Planeta Vermelho – que não parece tão vermelho assim – fica a critério da Nasa explicar as coisas estranhas em algumas das suas fotos como essa suposta “nave”.

Mars UFO 01 Tudo isso é muito confuso, parece bem improvável, apesar de que, quando você começa a fuçar dá de cara com coisas curiosas, como os depoimentos de ex-empregados da NASA, o tal orçamento negro, e projetos de naves da Skunk Works que são bem parecidos com os famosos ufos triangulares que há mais ou menos vinte anos aparecem de vez em quando por aí.

É muito divertido, eu poderia ficar escrevendo sobre este troço a noite toda, mas tenho que ir fazer o jantar.

[epico_capture_sc id=”43546″]

 

Related Post

21 comentários em “Quer ver uma cabeça bizarra em Marte? Faça o passo-a-passo comigo!”

  1. Poxa, pode escrever um livro que vou ler TUDO sobre o assunto. Eu acredito, mas duvido! rs
    Seus textos são tão envolventes e bem encaixados, que fica fácil de ler e ainda mais.. Eu saio pesquisando cada nome citado no texto depois de ler.
    Acreditar que existem pessoas que vivendo em Marte é bem difícil, mas nada impossível, se tiverem mesmo tecnologia alienígena!

  2. Philipe, você saca se tem algum estudo matemático sobre eventos aleatórios se transformando em padrão? Não pela questão da pareidolia em si; explico. Não apenas neste caso de marte, mas estava pensando sobre casos das famosas filmagens de objetos luminosos que ‘saem’ da lua, num famoso ‘e se…’ (vamos lá hehehe) alguém já estudou por cerca de quantos eventos aleatórios ou quantas possibilidades soltas algo passa de um evento – ou vários eventos soltos – a uma probabilidade remota de repetição? exemplo: Se X situações são assumidas em Y tempo/espaço, qual a probabilidade disso ser programado/recorrente?
    É claro que, no caso da pareidolia, há a questão psicológica da identificação com a imagem e, portanto, não seria tão bem sobre isso. Mas no caso das luzes sobre a lua realmente me intriga: quantos eventos já foram filmados e catalogados e com QUAL SEGURANÇA a gente poderia assumir que estes eventos podem voltar a ocorrer no futuro? Até para fins de estudo. Você sabe se já rolou algum estudo mais específico ou apenas os padrões de cálculos matemáticos recorrentes?

  3. Cara, adoro essas teorias conspiratórias. Agora, mudando de assunto, você que gosta de sonhos bisonhos: sonhei que achava uns animais recém nascidos minúsculos parecidos com filhotes de rato, eu pegava esses bichos e colocava num pano, aí eu olhava para meu pulso e tinha umas larvas, tipo aquelas de mosca. Logo depois essas larvas começavam a ”comer” meu pulso e de repente tinha um buraco nojento cheio de larvas. Alguém jogava um líquido e limpava tudo, o resultado era um buracão onde dava para ver a carne dentro da mão! Como se tivesse espaço para isso pois eu ainda mexia os dedos! Depois eu olhava o tal buraco e tinha uma espuma dentro, cara que nojo. Por sorte, acordei desse pesadelo bisonho vendo se meu pulso estava intacto; cara, que loucura. Não sonhava algo tão nojento assim desde que tinha sonhado, a alguns anos, que meu pé era uma espécie de molusco quadrado nojento! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. Que homem culto e inteligente. Ler o que vc escreve é um verdadeiro regalo porém quando o vizinho liga seu sertanojo universitário com seus 78 decibéis é o mesmo que eu ser tragado violentamente por um buraco de minhoca á realidade. Que raiva! Acho que é hora de testar minha parabólica magnetrom no som dele…

  5. sobre Corey Goode, para quem se interessa, existem cerca de 25 vídeos dos depoimentos que ele deu (ainda continua) a David Wilkock, na Gaian TV sobre o que está acontecendo e os porquês de estarmos nessa crise (o nosso dinheiro foi todo desviado para esse programa espacial secreto, inicialmente denominado Solar Warden)
    neste canal do Daylimotion:
    http://www.dailymotion.com/video/x3aibxr_corey-goode-e-o-programa-espacial-secreto-hd-episodio-1_school
    para ver os outros vídeos, vá em mais vídeos e procure nas outras paginas.
    Existe também este blog, cuja última matéria foi justamente sobre o Solar Warden, em 27 de julho de 2012. De lá pra cá, nada mais foi postado, apesar de o blog continuar funcionando, especialmente a sessão “Fique de Olho”:
    http://realidadefractal.blogspot.com.br/

  6. Assassinatos de pessoas que sabiam demais.

    NASA fachada para confinar e controlar as informações e o desenvolvimento tecnológico sobre o verdadeiro programa espacial.

    Presença na Lua de construções artificiais de origem extraterrestre.

    Funcionários da NASA testemunham sobre a veracidade dessas histórias.

    Por que Gary McKinnon incomodou tanto os EUA?

    Presença de Oficiais Não-Terrestres no exército norte-americano.

    Orçamento Negro.

    Histórias fantásticas.

    Quem garante que a verdadeira política mundial não gire em torno disso tudo?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares