Qual carro vai pagar mais imposto

O Brasil é uma piada mesmo. Levanta a mão aí quem acredita que realmente aquela decisão de sobretaxar em 30 pontos percentuais o imposto sobre alguns carros importados é uma decisão tomada sem o lobby das montadoras nacionais aí!

Pra mim é uma coisa tão límpida e cristalina que isso não passa de uma armação do cartel que a décadas oferece carroças cheias de plastico a um preço caríssimo para o consumidor brasileiro, enquanto envia para o exterior, (para ser vendido por um valor muito menor que o daqui) o mesmo carro repleto de conforto e opcionais.

Segundo a Abeiva (associação das importadoras), o aumento de IPI pode elevar os preços em cerca de 26%. “As empresas tentarão reduzir o repasse ao consumidor diminuindo as margens de lucro e o investimento em publicidade”, diz José Luiz Gandini, presidente da entidade.

Você acreditou no que disse este sujeito? EU não. Pra mim só vai acontecer uma coisa: Mais um aumento de imposto para a nossa coleção. Os Brasileiros se acostumaram a pagar as coisas mais caro. O nosso goiverno se acostumou a garfar cada vez mais no nosso bolso. Continuarão a fazê-lo. Tudo será miseravelmente como sempre foi.

A alegação para o golpe é que o governo elevou em 30 pontos percentuais apenas o IPI de carros estrangeiros que não tiverem ao menos 65% de conteúdo nacional ou regional. A suposta explicação para este fato resida numa pressão para os caras fabricarem os carros aqui e não apenas montarem. Você acredita nesse papo aí? Eu também não.

Você pode perceber o alcance malicioso de uma medida como esta analisando quem vai levar ferro. Os que serão afetados, são os modelos trazidos da Coreia do Sul, China, Japão e Alemanha (veja a lista abaixo). Por que? Na visão nada isenta do governo, porque eles estavam concorrendo deslealmente na medidia em que usam peças feitas no exterior, logo mais baratas.

Então, se pararmos para refletir sobre esta pérola da estupidez governamental, o governo ferra o cara que dá benefício ao consumidor para ajudar uma corja que tem preço alto. Mas por que os preços do carro brasileiro são tão altos?

A resposta reside na palavra IMPOSTO. Veja:

Qual carro vai pagar mais imposto

Tá vendo? Na China, o MESMO CARRO custa a METADE do preço que a gente paga aqui. Como ninguém é trouxa de imaginar que a montadora faz carro na China para levar prejuízo, dá pra perceber que na verdade este carro (e todos os outros) custam MENOS DA METADE DO PREÇO DE REVENDA! Em cima vai o lucro e o imposto.  Você imaginava que o bolo tivesse tanta cobertura? Nem eu!

É putaria, minha gente!

É o governo desgraçado que soca imposto em tudo que a gente paga. O problema é que a tragédia não para por aí. Nos pagamos muito mais caro por produtos de pior qualidade! Veja.
Este é o Ford Ka Europeu:
ka europeu
Este é o Ford Ka vendido no Brasil:
ka nacional  2
 

Observe que não estou me refeindo a uma frescuragem de estética, como rodas, lanternas, faróis e detalhes de design. Estou falando de itens de SEGURANÇA como freios ABS e Air Bag. Por que estamos fadados a pagar caríssimo para ter como opcionais os itens que são de série no exterior?

PUTARIA.

 
Observe também que não é algo que ocorre apenas no Ford Ka. Acontece com tudo quanto é carro. Veja a diferença de preços:

Vectra – Brasil: R$ 57.291
Chile: R$ 37.092 ($ 10.390.000)
Diferença: + 54,45%

Caminhonete S10 -Brasil: R$ 60.216
Chile: R$ 31.123 ($ 9.154.000)
Diferença: + 93%
– Cabine Dupla, motor 2.4

Palio Weekend – Brasil: R$ 48.934
Chile: R$ 29.595 ($ 8.290.000)
Diferença: + 65,35%
– Equipado com ar condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas e rodas de liga leve 14”

Siena – Brasil: R$ 44.972
Chile: R$ 24.954 ($ 11.990.000)
Diferença: + 80,22%
– Equipado com ar condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas e rodas de liga leve 14”

Focus Hatch 1.6 – Brasil: R$ 54.950
Chile: R$ 34.236 ($ 9.590.000)
Diferença: + 60,50%

Ecosport – Brasil: R$ 58.290
Chile: R$ 28.524 ($ 7.990.000)
Diferença: + 104,35%

Cerato – Brasil: R$ 61.900
Chile: R$ 35.307 ($ 9.890.000)
Diferença: + 75,32%

Picanto – Brasil: R$ 32.900
Chile: R$ 22.098 ($ 6.190.000)
Diferença: + 48,88%

Sandero Privilege-Brasil: R$ 44.140
Chile: R$ 24.240 ($ 6.790.000)
Diferença: + 82,10%
– Versão Dinamique no Chile, ambas com freios ABS e air bag duplo

Logan 1.6 -Brasil: R$ 41.240
Chile: R$ 23.883 ($ 6.690.000)
Diferença: + 72,68%
– Versão Dinamique no Chile, ambas com freios ABS e air bag duplo

 

A conclusão que eu chego é que somos todos considerados otários pelas montadoras, pelo governo e finalmente por todos os consumidores do exterior que se espantam em saber dos preços e a pergunta é sempre a mesma: “Mas por que eles pagam tão caro por tão pouco?”

Somos vitimas de um sistema perverso que oculta uma cascata de tributos em tudo que nós consumimos. Da água que bebemos ao sabão, do feijão ao papel higiênico.
Para não ficar feio na foto, eles eventualmente fazem certas alegações que poderiam fazer sentido, como “estamos aumentando os impostos para incentivar a industria nacional”.
Atitudes como este aumento do IPI localizado refletem uma questão importante. Ao invés de melhorar a competitividade do custo Brasil reduzindo os impostos que estão travando o país, preferem sobretaxar a concorrência! Não aprendemos a dura lição com a reserva de mercado gerada pela “lei da informática” nos anos 80.

 

VEJA QUAIS CARROS TERÃO IPI SOBRETAXADO PELO GOVERNO

aumento do IPI

Related Post

26 comentários em “Qual carro vai pagar mais imposto”

  1. Claro que grande parcela dessa putaria são os impostos mas o chamado “lucro Brasil” também é umas das principais causas senão a principal.

    http://queroficarrico.com/blog/2011/06/30/por-que-o-brasil-tem-o-carro-mais-caro-do-mundo/

  2. “Ao invés de melhorar a competitividade do custo Brasil reduzindo os impostos que estão travando o país, preferem sobretaxar a concorrência!”. Falou pouco mas falou tudo, e acredito que é o pensamento de 99% de quem tem um pingo de inteligência e não faz parte da corja que governa esse país.

  3. Cara… tu mandou bem demais neste post! Tinha que ir pro front da página do G1! hehehehe

    É impressionante como pensam que somos trouxas! Enquanto economizamos, pagamos e/ou financiamos carros de 40… 50… 60 mil que na verdade não passam de objetos medíocres perto dos carros que vendem lá fora. Para quem foi em outro país sabe do que estou falando.

    Lamentável! 

  4. Se pelo menos essa enormidade de imposto fosse revertida para a gente, seríamos um dos melhores países do mundo para morar.

    Um bom exemplo são as nossas estradas: as montadoras de todo mundo mandam os seus protótipos para serem testados aqui pela falta de qualidade e conservação dos nossos pavimentos (acredito que eles pensam: “se o carro não quebrou andando no brasil, não quebra em mais nenhum lugar do mundo!”.

    É uma pena mesmo o pessoal do comando não ter vergonha na cara e nós todos sermos um bando de bananas moles que não nos mexemos para mudar isso…

    Um super abraço,

    tio .faso

  5. Rapaz tu ta achando isso muito ? A coisa é bem pior, vamos fazer uma analise mais ampla:

    Antes de comprar o carro vamos ver o fluxo do dinheiro até ele virar carro.
    Imagina que a empresa X de onde voce é funcionario te paga 5 contos por mes. Desses o leão comeu um terço, uma cacetada de imposto aqui e acolá levam mais um bocado. Computando a grosso modo que metade do valor do seu trabalho ficou lá como ¨imposto¨.

    Depois tu pegou essa metade e gastou na carroça. Agora tem seguro, imposto a dar com pau, pedagio e pra variar MULTA.

    A parada é feia demais. Tu viu o que aconteçeu com os cigarros ? O governo achou que tava pouco o imposto que cobrava e resolveu aumentar. A industria ficou puta e baixou o preço de venda do cigarro. Conclusão: o governo cobrando um percentual maior arrecadava menos.

    O governo é o maior sócio dos brasileiros. Um sócio que não produz quase nada e na maioria das vezes ainda atrapalha.

  6. Se,
    mesmo com os impostos altos como estão hoje em dia, sujeito já compra
    carro a torto e a direito e o trânsito é essa merda toda que conhecemos,
    imagine como seria se os preços dos carros fossem de “primeiro mundo”.
    Tem mais é que aumentar os impostos PROS CARROS, mesmo…

    • Tem é que te dar de presente uma carroça e mandar você para o meio da selva, isso sim!

      Invista em infraestrutura e a redução do transito será imediata. Amplie o numero de ruas, otimize cruzamentos, repense o modelo organizacional das cidades e essa palhaçada termina!

      Agora, não venha falar que falta dinheiro, porque ai, meu amigo, tu perde a razão 100%…

    •  O numero de carros na rua não é por conta do preço os carros mas pela oferta de transporte público. Se voce tem um sistema de transporte publico decente e com preços acessiveis a quantidade de veiculos na rua despenca.  Se a qualidade do serviço é um lixo e o preço um roubo o usuario acaba dando seu jeito, seja comprando um caro novo ou velho, ou pior ainda, compra uma moto que pode fazer o diabo no transito pra “ganhar tempo”.

      Imagina por exemplo um professor que tem que dar aula em 3 ou 4 escolas. Vai esperar 40 minutos pra tentar um onibus que consiga entrar, mais o tempo que dure a viajem (pello menos 3 vezes) por dia ou compra dois carros e leva um carro (famoso financiado em 36 vezes)?

      A diferença do primeiro mundo é que o professor nao tem 3 empregos e o transporte publico funciona metro e onibus tem horario certo pra sair e pra chegar e nao cmo acontece no Brasil em que se trabalha com intervalo entre onibus

      • O meu irmão disse tudo. E é um problema em cascata, que gera outros. Por exemplo, uma via é dimensionada para um fluxo X. Quando o transporte publico é ineficiente como o nosso, também em função de cartéis (um dos piores cartéis do país, diga-se de passagem) esta via começa a gerar buracos, ondulações, afundamentos. Isso faz com que o trânsito piore, que carros quebrem e gera engarrafamentos, retroalimentando o merdelhê. Com o trânsito caótico e o transporte publico ineficiente, o que acontece? As pessoas buscam morar perto do trabalho. Isso causa o inchamento dos centros urbanos. E o inchamento produz diversos outros problemas entre eles a favelização.

  7. Quem não quiser pagar o imposto, é so não comprar carro novo. Parem de botar a culpa no governo. Ele não obriga ninguem a comprar carro. Quer pagar menos, compra carro usado. Ou melhor, não compra/troca de carro.

    O preço do carro no Brasil  sem imposto  é muito mais alto do que o mesmo carro sem imposto nos outros países. O imposto pode ser alto, mas ele é apenas uma parte do problema. A outra parte é a ganância das montadoras associada somada a imbecilidade do comprador brasileiro. E só está do jeito que está porque as pessoas pagam! Se ninguem comprasse carro o preço despencaria. Mas é muito mais legal ficar reclamando do governo na internet, do que realmente tratar com seriedade o problema.

      • Concordo com o que o colega anônimo acima comentou… Aliado aos impostos, deve-se considerar (e muito) o “Lucro Brasil”, conforme comenta a matéria do link abaixo:
        http://www.correiodoestado.com.br/noticias/lucro-e-nao-imposto-faz-brasileiro-pagar-o-carro-mais-caro_115896/

    • Economia é coisa de outro mundo, se é coisa de outro mundo é GUMP, logo a matéria está no lugar certo…
      E você também, principalmente se estiver clicando nos banners, certo?

  8. Esse lance da sobretaxa é determinação da Anfavea (Agência Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores do Brasil)… que é presidida por um corpo de safados das montadoras nacionais… http://www.anfavea.com.br/galeriapresidentes.html

    Em uma entrevista, o presidente da agência deixou claro que essa medida não foi pra beneficiar os consumidores, uma vez que eles não kerem vender mais carros, mas sim lucrar mais por cada carro vendido…

    O que falta no Brasil é um agitador… um causador do caos…. um revolucionário, como o Che Guevara… falta ao Brasil que seus residentes vão para as ruas fazer protestos… não uma marcha da maconha… ou parada gay… ou marcha das vagabundas… mas uma manifestação dos interesses da sociedade como um todo… ou seja, pelo fim da corrupção… pelo fim da violência… por melhores salários e melhor educação…

    Mas sabem qnd isso vai acontecer? Qnd pararmos de vermos BBB, novelas, domingão do faustão, ratinho, etc…

    Nós brasileiros aguentamos tantos impostos pq somos acomodados e alienados…

    É incrível como um país repleto de recursos, com pessoas inteligentes, que não sofrem pressão de ditadura, tenha uma nação tão fraca pra lutar pelos seus direitos…

    Belo texto Philipe, foi muito bem explicado…

  9. Mais uma vez eu digo e repito, Nóis tamo é fudido, com erro de português e tudo. Mesmo sendo carroças, esses carros são melhores que esses ferro-velhos ambulantes que circulam nas nossas ruas,não concordo com o comentario do Battuh,se nossas carroças tivessem preços similares aos possantes estrangeiros os caras iam trocar as velharias por carros melhores, tem tanta lata velha nas rua porque os novos tem preços nas alturas. Philipe, mais uma vez vc presta um serviço a nação, pena que são poucos os que enxergam essas mazelas e infelizmente o que impera é o conformismo,o comodismo. O povão preocupa mais com a novelas, bbb, fofocas dos famosos, Copa 2014 que com a realidade do país. Um abraço de seu otário,digo, fã de carteirinha.rsrsrsrs

  10.  Além do imposto tem o lucro abusivo das montadoras, dêem
    uma olhada nesse video
    http://www.youtube.com/watch?v=qdL8KEpg17M&feature=player_embedded

     Infelizmente o maior culpado é o próprio brasileiro que faz questão de
    ser ignorante, o povo gosta de comprar aquilo que é mais caro, afinal de
    contas, na cabeça de muitos quanto maior o valor do produto melhor é o produto
    e mais status ele trás.  O consumidor
    brasileiro é ignorante, muitos nem sabem da precariedade dos carros que são
    vendidos aqui (não servem nem para a importação), os 3 carros mais vendidos do
    Brasil tem plataforma tão antiga que   não suportam a incorporação de airbag (desses
    3 carros mais vendidos, 2 já lançaram versões novas para atender uma nova
    medida do governo que obriga que todo carro tenha abs e airbag até 2014).

     

     Vale lembrar que os
    maiores importadores são as montadoras nacionais, mas essas não vão sofrer o
    aumento de IPI porque importam carros de países que tem acordos comerciais com
    o Brasil… Esse aumento no imposto foi realmente um boicote as montadoras que
    estavam oferecendo carros melhores a preços mais baixos.

  11. Isso me lembra aquele episódio daquele modelo que tinha uma argola que se a pessoa botasse o dedo e rebatesse o acento, cortava o dedo fora. Isso no modelo brasileiro, porque o modelo que era exportado, tinha um tubo de proteção que não deixava o cidadão colocar o dedo na argola. Interessante, porque a colocação daquela argola deveria custar uns 50 centavos. Se economizam nisso, imagem o restante do carro…

  12. Como funciona o recolhimento de impostos sobre o produto? Por
    exemplo, o imposto cobrado de um carro avista e o mesmo valor do carro a prazo,
    se for assim para onde vai o valor que sobra tipo R$100.000,00 avista 40% de
    imposto igual a R$40.000,00  aprazo ficaria
    assim   R$120.000,00 40% de
    imposto igual a R$48.000,00 ou os mesmo R$40.000,00 .Queria saber se o imposto e
    cobrado sobre o preço final ou no inicial.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares