Projeto Boneco do John Locke – LOST – parte 9

Sharing is caring!

A duplicação do boneco do Locke.
Então pessoal, espero que vocês ainda tenham saco para acompanhar o passo-a-passo do boneco da promoção. Nunca apanhei tanto de um modelo para duplicá-lo na vida até chegar no Locke. Mas parece que está dando certo agora apesar dos (vários) contratempos.

O processo de duplicação do boneco é um pouco parecido com o processo de duplicação da base. Só o que difere é que esta é uma fôrma de duas partes. Criar um molde de duas partes é 100% mais difícil que criar um molde aberto, ou de uma parte só, como foi a base.

Para isso é necessário estudar a topologia do boneco antes de sair metendo silicone nele.
O Locke tem uma configuração meio chatinha, que é uma perna meio pra frente e a outra meio pra trás, o tórax torcido pro lado, um braço pra frente em ângulo e o outro dobrado para trás com a faca.
Isso quer dizer que não dá pra duplicar o boneco de uma só vez, como se faz com bonecos de santos. Por que? Porque o braço dá ângulo negativo. O silicone entraria ali de tal forma que ele estouraria o molde e nem um boneco seria criado. A única maneira de tirar uma peça deste tipo é seccionando os braços e talvez uma das pernas. Eu resolvi arriscar e não cortar uma das pernas, em função da dificuldade que estaria envolvida neste processo. Assim, optei por criar um molde maior, mais pesado e mais complicado de fazer. (clique nas imagens para ver maior)

Projeto Boneco do John Locke - LOST - parte 9
Então peguei minha mini-furadeira e meti um disco de aço para corte nele. Este equipamento permite uma taxa de rotação absurda. taxas de rotação absurdas são especialmente boas para efetuar cortes como se fossem feitos com sabre de luz na peça. Pena que não consegui tirar uma boa foto na hora que o disco pega no esqueleto de metal e saem milhares de faíscas.
Aqui vemos o Locke sem seus braços. Aleijão.

Então o segundo passo é pegar massinha. Muita massinha. Eu começo aplicando massinha ao redor do Locke. E vou com cuidado alisando ela para que ela cubra apenas metade do boneco, deixando a outra metade enterrada num blocão de massinha.
Depois de algum tempo o boneco já está pronto deitadinho numa cama de massinha.

Em seguida, usando ainda a polionda retirado da caixa de arquivo usada, eu construo uma caixa de retensão ao redor da peça. O certo é usar uma caixa de retenção quadrada, deixando uma boa margem ao redor de toda a peça. Este foi um grande erro que eu cometi e me arrependi muito.
A lição é clara:

NÃO FAÇA ECONOMIA PORCA!

Eu aprendi esta lição a duras penas durante a criação do boneco. Como este boneco é do meu pobre bolso, eu acabei tentando fazer uma economia e me achando muito esperto por fazer uma caixa de contenção ao redor da peça, com formato irregular ao invés do clássico (e funcional) box.
Me ferrei de verde e amarelo.

Por que? Porque quando você faz como os gringos, gastando uma boa grana comprando madeirinhas grossas e tal, perfurando elas e aparafusando quatro pedaços em forma de “L “, você constrói uma caixa universal que se adapta a qualquer modelo. Mais que isso, você consegue obter uma caixa estável, que funcionará como caixa de compressão da sua fôrma para a hora que for colocar a resina.
Projeto Boneco do John Locke - LOST - parte 9
Mas até esta parte eu estava bem mais burro do que hoje e então, fiz a caixa como achava que ia gastar menos material ao redor do boneco.
Com massinha eu vedei a caixa de polionda prendendo-a fortemente à base. O bom da polionda é que a massinha gruda superbem nela. Melhor que no MDF, no papelão, etc. Realmente, polionda é uma bom material para formas pequenas e baratas.
Na massinha eu faço uma série de marcas e buracos. Estas marcas irão formar pinos na primeira face de borracha. Esses pinos funcionam travando as faces da forma de modo que elas fiquem precisamente encaixadas. Isso evita SÉRIOS problemas no modelo. ( esta é a parte dois do suplício)
Projeto Boneco do John Locke - LOST - parte 9
Uma coisa que é bom falar aqui é que o boneco tem que ter dois pedaços de massinha em forma de cilindros sob os pés, porque é por ali que mais tarde a resina será derramada.
Projeto Boneco do John Locke - LOST - parte 9
E seguida, misturei o silicone com o catalisador rápido azul da MSFX. O processo é o mesmo da base. Mistura e mexe com uma colher até perder o marmorizado. Ficou homogêneo, já pode aplicar.
Eu derramo lentamente um filete no canto da peça. Não pode derramar direto no boneco, porque aprisionará ar. E ar aprisionado, ferra a cópia do boneco, ok?

Duas horas e meia depois, o silicone já catalisou e está pronta a metade da fôrma. Eu apliquei uma camada extra de gesso pedra em cima. A finalidade do gesso pedra, era dar uma uniformizada no molde, funcionando como uma espécie de berço. Era só um teste ( eu tenho a escrota mania de resolver fazer experiências em peças que gastam grana) e vi que realmente deu certo. Eu não ia usar o berço nesta peça. Era só pra teste mesmo, já que o silicone endurecia bem rápido.
Então, feito o berço, eu abro a caixa de contenção e o que está ali é um John Locke aleijado enfiado numa maça de borracha coberta com gesso pedra de um lado e de massinha do outro. Eu viro o bloco de cabeça para baixo e ali está a face de massinha. Com uma espátula pequena eu vou retirando lentamente toda a massinha que cobre o boneco, expondo-o à luz novamente.
Quando toda a massinha é retirada, temos meio boneco enfiado no silicone e a outra metade no ar.
Então eu recoloco os cilindros de massinha sob os pés do boneco porque eles tem que gerar uma espécie de tubo de enchimento de resina na fôrma.

Novamente eu construo a caixa de contenção em volta a peça. Novamente eu vedo a base com massinha pro silicone não vazar por baixo e novamente eu misturo silicone.
Projeto Boneco do John Locke - LOST - parte 9
Feito isso, eu aplico o desmoldante. E é justamente aqui que “A VACA FOI PRO BREJO“.
Tava tudo indo super bem. Fácil até demais. Quando as coisas estiverem fáceis demais, desconfie.

Eu não vi, mas meu desmoldante estava fora da validade e simplesmente funcionou como uma cola ao invés de desmoldar. Isso significa que eu tive o trabalho de cobrir toda a peça com desmoldante e derramei silicone em cima. Quando o silicone endureceu e eu fui abrir a fôrma, cadê que a porra abria? Não só não abriu como COLOU a porra da fôrma toda. Ou seja, perdi a Fôrma. Como eu não tinha muita opção, a solução foi pegar um estilete e cortar com cuidado a metade inteira da forma, para evitar perder as duas metades. ( é nesta parte que você tem que ler aquilo com letras garrafais em vermelho novamente)

Eu tinha perdido os pinos de travamento da fôrma. A solução foi cortar dentes ao redor da peça, de modo que uma face do molde encaixasse no outro. Isso não funciona bem como os pinos. Mas tendo em vista o prejuízo ferrado que eu levei com o desmoldante, resolvi arriscar. O que eu devia ter feito é voltado à estaca zero e recomeçado TUDO com uma caixa de contenção direito. Mas desobedeci a aparente vontade de Deus e mandei ver comprando mais silicone para derramar novamente na fôrma.
Dessa vez eu apelei e usei uma cera de desmolde nova. Até que isso funcionou legal.
Projeto Boneco do John Locke - LOST - parte 9
Derramei silicone, esperei ele curar e depois de pronto, abri a forma e consegui tirar o boneco. Não ficou lá uma forma apresentável, mas parecia que ia funcionar. É bom contar também quando as coisas não dão certo, porque evita que outros caiam nessas mesmas armadilhas. Alguém sempre tem que meter a cara e se estrepar. E é assim que eu aprendo, por tentativa e erro.

Outra lição que eu aprendi nesta peça é: Evite desmoldante à base de vaselina. Existem ceras especiais para desmolde. Mas realmente a coisa que eu vi que funciona melhor até hoje para desmoldar silicone é CERA POLIFLOR INCOLOR LÍQUIDA. Eu só fui descobrir isso no molde dos braços.

Para testar o molde eu fiz um boneco de teste. O primeiro boneco de um molde é como ter um filho. Dá uma tensão do caramba.
Com o molde aberto, eu coloco um pouco de resina nas partes mais ângulosas, para evitar que ar fique preso ali. As partes mais problemáticas da forma eram os ombros e a cabeça. Por isso eu preenchi com resina essas partes antes de fechar a fôrma.
Depois que endureceu, eu fechei a fôrma e amarrei ela todinha com elásticos. Muitos deles. A Fôrma tem que ficar ABSOLUTAMENTE fechada, porque senão a resina vai escorrer pelas frestas.

Como eu tinha feito uma forma sem os pinos de travamento, acabou que aconteceu isso. Então, eu tive que usar muito mais elásticos para apertar bem a fôrma ao ponto de não deixar a resina vazar.
Depois de 40 minutos mais ou menos eu abro a fôrma e tiro o boneco. Ele sai cheio de rebarbas. Dá a maior depressão ver a CACA que sai. Mas é assim mesmo, pela fôrma vagabunda que eu fiz, e com o tanto de problema que deu, até que saiu legal. Com um alicate de corte eu vou cortando a rebarba. Quando eu tiro toda a rebarba o boneco está preparado para ir para a segunda fase, que é a de acabamento.
No acabamento, eu pego a mini furadeira e coloco umas lixas nela. Com cuidado cirúrgico vou retirando a rebarba e reconstruindo pedaços eventualmente quebrados com massa epoxi.
Depois disso, eu aplico primer automotivo e então o boneco está pronto para a fase de pintura.

Com a fôrma dos braços é o mesmo procedimento da fôrma do Locke.
Projeto Boneco do John Locke - LOST - parte 9É isso aí. POr enquanto é só. Já já eu posto a continuação do sofrimento, trabalho.

29 comentários em “Projeto Boneco do John Locke – LOST – parte 9”

  1. É isso aí, Philipe! Escultor brasileiro sempre tem que dar um jeitinho… Acaba sofrendo mais, mas pelo menos viabiliza o projeto. Bom trabalho, cara! Sua escultura e seu tutorial estão de parabéns!

    Mas os detalhes da peça original estão ficando claros nessa cópia? Antes de virar uma “Vênus de Millo” tava incrível.

    Se eu não ganhar o sorteio, queria ver se dava pra comprar uma cópia. Pensa num jeito aí porque vai ter muita gente chorando por aí…
    Eu quero um!!!!!!!!!!!!!

    Abração!

    Responder
    •  Parabéns Phelipe pelos ensinamentos. Estou tentando fazer moldes para curtir hobby ou  até  desenvolver trabalho, tendo em vista que me aposentei ha pouco tempo. Fiz um com a imagem de N.S.Aparecida  no  sistema bipartido com epoxi, só que no momento em que se vai desenformar está quebrando na parte do pescoço por ser mais estreito e ser  mais sensível. Obrigado pelas orientações e Parabéns ao  futuro papai. Tony

      Responder
  2. Parabéns Philipe, porque o seu blog é dos mais interessantes que já. É incrível poder acompanhar o passo a passo do boneco. E como já tinha me candidatado, gostaria de uma cópia!!
    Grande Abraço

    Responder
  3. Valeu pessoal. Mindu, os detalhes ficam claros sim, porque a resina é translúcida. Os detalhes ( e defeitos) pequenos estão todos ali, mas estão transparentes. O primer é pra isso. Com ele dá pra ver a peça direito porque ela fica opaca.
    Como não fotografei o primer ainda, deixei pra colocar isso na parte de acabamento.
    Eu pretendo vender umas cópias do modelo para pelo menos zerar o meu custo. Além do que, se eu vender uns dois bonecos do Locke, a Nivea para de reclamar e vai aceitar quando eu resolver fazer a escultura de uma elfa negra do WOW. (calma amor. Estou só brincando!)

    Responder
  4. Cara, sobre a economia burra… Eu já fiz muito isso, lembra?! Eu esculpia em argila e epoxi peças de 40 cm… Da primeira (e única vez) que eu fui tirar molde deu tudo errado pelo fator pobreza… aiaiai.
    Mas tô curtindo muito o tutorial, processo.
    Que a força esteja com você.

    Responder
  5. Rapaz, o trabalho tá ficando jóia!
    E essas cópias do Locke estão parecendo aquelas balinhas de gelatina, deu até vontade de comer uma…
    Cara, eu tenho muita vontade de ter uma réplica do “Samaritan”, aquele trabuco do Hellboy… Como é feita uma réplida de uma arma ou objeto? É esse mesmo processo?

    Abração

    Responder
  6. Cara, esse boneco tá ficando foooooda!!

    Mas eu achava melhor as imagens que não eram todas juntas… vc explicava foto por foto, era melhor e consumia muito mais banda do seu site! kkkkkkkk

    Responder
  7. o boneco tá ficando muito bom e espero que compense o trabalhão que você está tendo com ele =)

    uma pergunta:
    é impressão minha ou a faca não saiu?

    Responder
  8. OI Cesar.

    Eu juntei as fotos em grupos porque o blogger só me deixa postar 5 fotos de cada vez. Posts com muitas fotos são um suplício de fazer. E o tempo estava contra mim.
    Eu tb prefiro do doutro jeito, mas esse é o que deu.

    Pendraggon, a faquinha ta ali, mas a resina em peças finas fica transparente.

    Responder
  9. Cara, ta ficando muito legal, mas eu acho que vc nao devia vender o boneco nao. Eu curti muito a ideia de se fazer so 7 copias e numeralas, eu sei q e foda arcar com o preju, mas vc pode penssar algo para o proximo boneco e recuperar parte da grana nele. Ou quem sabe montar um sistema de doacao por paypal para futuros projetos. Uma coisa q vc podia fazer era tornar elegivel para o concurso so aqueles que clicarem nos ads do google, ou algo parecido.
    Abracao cara, ta ficando muito bom.
    Andre

    Responder
  10. Andre, eu vou vender as peças dentro do limite das sete.

    Não posso pedir nem criar promoções que envolvam os leitores clicarem nos anuncios do adsense, porque isso é contra as regras. É proibido pedir para a galera clicar. As pessoas só podem clicar por vontade própria.
    A idéia do paypal é boa.

    Responder
  11. Caaara… c ta de parabéns… sempre me amarrei nesse tipo de trabalho… faço algumas cópias com silicone… mas não crio as peças… estou impressionado com seu talento… eu gostaria de começar a aprender esculpir… pretendo iniciar com um relogio de parede… acho que seria mais fácil… vou escolher o motivo e ai tentarei… o que vc me sugere que eu use…argila? eu só farei a peça para tirar o molde… não par usa-la… depois do prime que tinta vc usa para pintar suas peças? valeu abraços

    Responder
  12. Philipe, tenho acompanhado a criação do Jonh Locke com muito interesse (inclusive o interesse de ganhar um. Ainda é tempo de participar?) e dele tem vindo a vontade de um dia tentar esculpir algo. Como recomendaria começar? Algum curso ou apostila existente?
    2 – Lí a matéria sobre o projeto de trem gravitacional e pergunto (já que num determinado porst você cita que vive vendo coisas flutuarem em sua casa) se seria possível postar aqui um projeto possível de ser executado em casa com objeto em flutuação. Abraço. Rogério S. Freitas
    Em tempo: Acabei de iniciar meu blog experimental e tá lá o Mundo Gump como o primeiro link recomendado.
    http://ideiassemteto.blogspot.com
    p.s.: Tem idéia de onde eu aprendo mais sobre criação de blog? Que ferramenta usa?

    Responder
  13. Nossa! Haja paciência hein! É uma santa trabalheira… Eu certamente na primeira falha ou dificuldade jogaria tudo pela janela! Você está de parabéns! XD

    Responder
  14. Stradeiro, usa dim clay: http://www.dimclay.com
    Este é o material indicado para o que vc quer.

    Idéias, ara não tem muito mistério não. entra em blogger.com e tem o botão pra criar seu blog lá. è gratis e não precisa usar ferramentas complicadas nem saber nada de HTML (embora ajude muito se você souber)
    Sobre apostila de modelagem eu não sei… Acho que não tem não. Mas se você consegue fazer a cobrinha, a bolinha e a pizza de massinha, você esculpe qualquer coisa do universo.
    Sobre a levitação, pra fazer algo levitar em casa você precisará de algumas coisas que não são fáceis de achar… No caso do meu pai, ele tem acesso ao ìmã (é um ímã especial, mais de dez vezes mais potente que o clássico de ferrite)e nitrogênio líquido. E tem também a cerâmica supercondutora… Não é algo que se acha no supermercado.
    Vou ver se consigo arrumar o projeto de um lifter. Os lifters podem ser feitos em casa e LEVITAM MESMO! Se eu arrumar, eu posto aqui.
    Pra participar basta comentar. Ou divulgar. Ou os dois.

    Luis Almeida, o Leo da MSFX mandou amostras da maior parte da linha de produtos dele para que eu testasse e desse um feedback antes deles serem colocados à venda. O Leo sabe que eu sou um invetor de modas e que adoro testar novos materiais.
    Tem gente que até me perguntou se eu ganhava comissão pra falar da massa.
    Jamais ganho alguma coisa com isso. Eu falo bem da super sculpey desde que ela era completamente desconhecida no Brasil e nunca ganhei nada com isso. Pelo contrário. Graças aos meus artigos a massa sumiu do mercado nacional devido a alta procura e isso acabou até me ferrando algumas vezes.
    Eu falo do que eu uso. Se eu achar uma merda, eu vou falar. Por exemplo, a argila nacional, tirando duas marcas, é uma MERDA! E a massinha de modelar (plastilina) das principais marcas, é TUDO merda!
    No caso, embora até pareça, porque eu elogio os materiais dele que usei, isso não é uma propaganda, mas uma constatação. Se fossem ruins eu falaria. E aí não seria necessáriamente propaganda, né? Mas os materiais são bem legais. Muito acima da média. Quem está acostumado com o clássico durepoxi, até estranha o epoxi dele, de tão fino e puro.

    Willer , já joguei muito. Mas hoje eu tento me controlar mais.

    Responder
  15. Olá, eu estou querendo começar a fazer bonecos. Eu sempre fiz quando era pequeno, com maçinha de modelar ou cêra de carnauba. ficavam legais, porém não tinham bom acabamento nem endureciam. Não consegui encontrar as primeiras partes de seus tutoriais e não sei quais são os materiais que devem ser utilizados. Se for possível, me manda um link do seu primeiro tuto ou manda pro meu e-mail, por favor.

    Ah tuto muito bom, parabéns.

    Responder
  16. Aparecido, é só buscar pelas categorias.
    Na categoria dicas tem muita coisa:
    http://www.mundogump.com.br/category/dicas/
    E na categoria escultura também.

    Responder
  17. Ola amigo,eu gostaria de saber se vc sabe onde vende uma resina chamada super sculpey aqui em vitoria no espirito santo se souber por favor me de o endereço da loja ou o email,ou se alguem que ler esse post tbm souber e me dizer tbm agadesço,obrigado.

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.