• Eduardo Tomazett

    Difícil de acreditar viu… tem umas aí q realmente se tem a impressão de tinta, mas outras, parece muito com foto.

  • http://gospelrio.blogspot.com Thiago Couto

    Essa loira ae embaixo eh a ANGÉLICA???? 😎

    • rosacea gonzalez

      Nao e’ a Angelika, e’ a mae-joana.

  • Felipe

    Sem palavras.

    Me diz uma coisa: há 100 ou 200 anos atrás, tinha algum gênio que fazia pinturas assim?

    Porque Michelangelo, Leonardo Davinci, entre outros, não chegaram nem perto disso..

    • Herzog

      Olá!
      Estes pintores que você cita, FIZERAM muito com MUITO pouco. Acho que é sempre preciso levar-se em conta a época de cada um. Estas pinturas de hoje (realmente fantásticas), só são possíveis graças a estes pintores também…

      Abraço.

      • andre

        concordo com vc! é importante frisar a visualidade e a luminosidade a q somos condicionados hoje.

        analisar pinturas antigas tendo como referencia a visualidade contemporanea não é uma coisa fácil, hoje temos luz artificial. coisa q nunca foi imaginada no medievo ou na renascença.

        o discurso a respeito do espaço visual diz muito mais do que mero retratar do espaço visual ‘real’. e me questiono: não faz pensar em quanto tempo se leva pra ver uma imagem? qto tempo alguém leva pra concebê-la? e quanto se eh enganado pelos olhos justamente por não olhar para as coisas?…
        acho q o buraco é mais embaixo.

    • Darkside

      Os renascentistas foram os precursores, criaram técnicas utilizadas até hoje.Para o tempo deles fizeram coisas fantásticas com pouquíssima tecnologia e recursos rudimentares.

    • Pedro

      Muito pelo contrário esses pintores novos tem muito o que aprender pra chegar aos pés de um Michelangelo, naquela época os pintores fabricavam suas proprias tintas misturando minerios e óleos, fabricavam tambem seus pincéis e todo o resto, depsndiam da luz do sol ou de velas para definirem que gama utilizar ou cor regente. hoje as tintas sao misturadas em misturadoes digitais, os pintores conseguem qualquer cor apenas tirando uma foto e scaneando no programa, alem disso todos esses ai em cima usam fotos de alta definiçao como modelo e até mesmo projetores de slide para pintarem porcima, tem um monte de gente que faz curso de artes nas Unesp da vida que usa essa técnica, D´Vinci e Michelangelo aliais nao eram Hiper-realistas essa tendencia surjiu uns 200 anos depois.

    • Bill

      Gostaria que não escrevessem esse tipo de besteira…

      • myriam

        Desculpa, mas ele não disse nenhuma baboseira.
        Obviamente esses novos artistas usam sim de muito recurso tecnológico!
        Falo com propriedade!
        Sinto muito… :]

      • Anselmo lemos

        Não tem nada de besteira, a não ser q não conheça história da arte. Os pintores mencionados surgem na idade moderna com o renascimento e buscam, com o parco material da época retratar a realidade, não apenas com a excelente técnica, mas, sobretudo, um olhar cognitivo, um registro rico em simbologias de uma época. Hoje além das facilidade citadas, existe a computação gráfica como ferramenta de grande suporte, sem desmerecer o belo trabalho desses artistas e até mesmo de excelentes ilustradores. Contudo, como se viu no movimento moderno, que tentou passar por cima do que já havia sido feito, não se pode viver sem o passado. E Arte exige conhecimentos e estudos, portanto arte é ciência sim, mesmo quando empírica

    • rosacea gonzalez

      Felipe, va ao museu de Louvre para que vc saiba o que e’ Genio, pois nao e’ o tamanho que diz o valor, mas a mensagem que cada um expressa. Porem, te digo mais, vc vera que tem quadros deles 5 vezes maiores que esse de 5 metros…

      • Flavio

        Eu recomendo irem (virtual ou realmente) ao Museu do Vaticano; Michelangelo pintou simplesmente o TETO E AS PAREDES DA CAPELA SISTINA!!!! com cenas do Apocalipse e do Gênesis…..e não usava Suvinil ou Paredex….(desculpe não pude me conter neste trocadilho rsrsrsrs)….pense em montar andaimes que eram troncos de arvores amarrados com tiras de couro e ficar deitado a menos de um metro do teto e ter a noção de tamanho de todos os detalhes do corpo humano…para que a mão não saia maior que a cabeça por exemplo…lógico isto que digo não é para menosprezar os trabalho destes artistas de hiperrealismo e inclusive dou mais valor a eles do que os abstracionistas (estes qualquer borrão de tinta significa a alma humana….)….por fim é como comparar corridas de Formula Um com a Nascar…cada coisa é uma coisa…[]’s

    • Shelena

      Felipe acho que até ai é facil de explicar…porque não havia a tecnologia de hoje, digo, tintas super especiais, tipo de papel, secagem etc….. por isso , acho eu….eles Da Vinci etc….continuam sendo gênios. Já essas pinturas tem a vantagem de ter TODA A VANTAGEM que eles não tinham.
      Só acredito no FRANZ GERTSCH que pintou Johanna e demorou 6 anos.
      Um abraço

    • otávio

      sem falar que não havia a tecnologia de tintas e telas reflexivas.

    • Leonardo

      Acho que o objetivo dos artistas renascentistas citados nem eram os mesmos que os dessas pinturas. Além do quê, essas pinturas usam fotografia e grades pra reproduzir exatamente um momento que pôde ser congelado pro modelo da pintura. A questão dos renascentistas não era pegar uma foto e copiar “pixel” por “pixel”, e sim bem outra que envolvia, sim, também imitação, mas também estilo e composição.

      • Pedro

        Exatamente Leonardo!
        Alem disso naquela época esses artistas que tambem eram verdadeiros cientistas tinham um tipo de lema em comum
        que vemos até mesmo nos grandes artistas orientais que era
        ” Arte nao é imitar a natureza e sim representa-la” poucos
        ,muito poucos artistas de todas as épocas chegaram nesse nível de esclarecimento.
        Todo tipo de arte é válida, o que diferencia uma da outra nao é qualidade mas sim o resultado alcançado.
        De girassóis de Van Ghog a Monica e Cebolinha de Mauricio de Souza

    • Eder

      Os grandes pintores de ontem, além das limitações dos materias (já citadas), não tinham a proposta de retratar fidedignamente a realidade, era outro estilo o da época. Fora que eles contavam com a luz do dia, e a natural modificação do ambiente (luz e modelo/paisagem), os pintores realistas fazem suas telas mirando fotos. Fotos estas que podem ser aumentadas diminuida, olhadas e reolhadas, de longe, de perto e de muito perto, sem um pingo de mudança.

  • Giovanna

    Sério, difícil mesmo de acreditar.
    Como podem diferenciar tantos tons, luzes, sombras…uau…espetacular, que olho e que percepção das coisas esses artistas têm.
    A primeira artista é muito interessante…pintar o vidro embassado…que idéia inusitada…

  • Renato Trimegisto

    Medo, muito medo do trabalho que deve ser fazer reflexos em pinturas realistas como essas ._.

  • Luciana

    Pintura

  • Patricia

    Realmente (sem trocadilhos) parecem fotos, gostei muito. Mas o comentàrio sobre Da Vinci e Michelangelo é lamentàvel!

  • avascocc

    Pintar travecos é pra mata o guarda.

    • http://www.mundogump.com.br Philipe

      Travesti também é gente e merece ser retratado. Achei que a idéia foi boa.

  • Jeanne

    Foi a coisa mais feia que já vi em toda minha vida. Até minhas Lhamas fazem coisas melhores do que isso!

  • Islane

    Nossa!!! Até agora estou impressionada com a capacidade de percepção desses artistas… cada detalhe… estou sem palavras. Nunca antes havia visto obras com tanta riqueza de detalhes, desde a sombra em um carro, um vidro embassado, o cabelo molhado da mulher, a rosquinha e o café, a iluminação… muito impressionante! Estou verdadeiramente encantada pela arte do realismo.

  • umponto

    Não acho lamentavel a ideia de que os gênios do passado nao tenham chegado perto.

    É muito pertinente a colocação do felipe, afinal alguns desses trabalhos são oleo sobre tela então o material já existia.

    faltava alguém se propor a fazer.

    • Leandro

      Quando se fala em recursos não se trata apenas do material plástico.
      Por exemplo, a pessoa que pintou a mulher em 6 anos tem, hoje, o recurso da fotografia para lhe auxiliar. A hora que ela quizer olhar para a imagem a ser reproduzida tudo estará lá do mesmo jeito, a incidência da luz, a posição da modelo, a posição dos fios de cabelo, etc. Já na época de Da Vinci e Michelangelo, não havia esse recurso. O artista precisava da modelo ali na sua frente, e a cada segundo a luz não permanecia a mesma, a cada vento que ocorria a possição dos fios de cabelo mudavam, etc.
      Seriam necessários não 6, mas mais de 60 anos para se fazer uma pintura assim sem esses recursos que hoje temos….ou seja, naquela época era impossível!

    • http://www.mundogump.com.br Philipe

      Na renascença, muitos pintores fabricavam suas próprias tintas. Temos que lembrar que essas pinturas nos impressionam e nos deixam boquiabertos porque vivemos num mundo cercado por imagens. Nos tempos em que não havia foto nem nada do tipo, pinturas classicas como as Rubens, Leonardo e tantos outros mestres eram realistas o suficiente para impressionar e assombrar sim. Como exemplo, cito os efeitos especiais. Hoje vendo na Tv, podemos achar graça de efeitos especiais da década de 70, como o chroma key do super homem, mas na época, aquilo impressionou a todos. Quando os irmãos Lumiére mostraram seus filmes pela primeira vez, houve um pânico no cinema e pessoas desmaiaram e foram pisoteadas tentando fugir de uma locomotiva que parecia querer sair da tela.
      O que eu quero dizer com isso é que a percepção do realismo é adaptado a época em que o observador vê. Imagens totalmente fodas em 3d feitas a 5 aos hoje parecem malfeitas. E assim caminha a arte, evoluindo e se adaptando ao tempo.
      Mas para os que ainda duvidam da capacidade do homem do passado de retratar a realidade com precisão, dê uma procurada nas pinturas de Vermeer e me diga se os artistas não são mestres desde os tempos antigos.

      • caio

        Muito bem dito, pois o artista que se atrevese a fazer uma pintura hyper realista na renacensa, poderia ir para a fogueira por bruxaria

    • sorveteiromaluco

      Você disse se propor a fazer, porém o fato de se propor a fazer é muito relativo, pois os genios da pintura renascentista, apenas de seus estudos, feitos em papel rudimentar e carvão, ou em telas de tecidos tão rudimentares, que hoje não serviriam nem para limpar os pinceis, então relativisando, o que eles produziam já naquela época, com certeza causava o mesmo espanto que nos causam estas pinturas hoje! não tiro o mérito, as pinturas são de uma realidade estonteante, mas os mestres da pintura são simplesmente inquestionaveis.

    • Leonardo

      Eu confesso que não acho que o caminho pra se justificar os pintores renascentistas diante dessas pinturas seja dizer que eles tinham muito mais dificuldade tecnológica. Acho que o valor aplicado nessa comparação está sendo o realismo, e isso não é só arbitrário como valor de arte, como é um despropósito também: quer dizer que quem copia uma foto melhor é melhor pintor? O renascimento e o barroco têm grandes artistas com esse dom, como Caravaggio, que não fica muito atrás nesse sentido, mas esse nunca foi o objetivo em si da pintura na arte clássica. O estilo e a qualidade da textura que cada pintor imprimia à pele humana era algo valorizado, pois havia uma identidade na constituição da realidade da pintura. Mas, como eu dizia, acho que o valor da pintura vai ainda além disso: o renascentista, quando imitava a realidade, não se desafiava a imitar uma possível “fotografia”, e sim a recompor a realidade com o gosto da arte, e a retratar algo que fosse capaz de articular significados dentro do quadro.

      O “paradigma” é outro, então o valor é bem outro também, antes de compararmos as coisas.

  • Mario (ou cheetara)

    E mais uma vez Mundo Gump capa do yahoo.

    • http://www.mundogump.com.br Philipe

      oh, yesss! Eu tava com saudade já.

  • http://arteduardofiel.blogspot.com/ Eduardo Fiel

    Parabéns ao Mundo Gump pelo post “Pinturas Incríveis”. Espero ver mais sobre o realismo como cursos, entrevistas, exposições… bem, sou suspeito, mas tem uma galera boa aqui no Brasil que vale a pena conhecer.

  • Edson-Belo Horizonte/MG-BRASIL

    Fantástico. Adoro arte, impressionismo,cultura em geral. parabéns pelo trabalho. Esse conhece muito de arte.

  • Fab’s

    É incrível como pode existir 2 palavras “embassado” em 13 comentários. Realmente lamentável!

  • Jamilly

    Caramba, muito perfeito o_o
    a do vidro embaçado, até agora não acredito que é pintura, é MUITO real. A única pintura que eu vi realmente que era pintura, é a da mulher nua na piscina, o resto, nossa, me impressionou.
    Nota mil pra esses pintores.

  • GUILHERME MOZZAQUATRO

    SUCESSO TOTAL

    Gênio vivo que ainda temos e não é reconhecido!!!
    A questão de Leonardo da Vinci e outros pintores de época é de que eles não tinham material e recursos de fotografias e efeitos computacionais, também aprenderam toda arte sozinhos e sem curso algum e nem mesmo ajuda da internet, pois ferramenta de grande utilização para informações nos dias atuais!!!

  • Osman Matos

    A realidade pintada é a reinvenção da fotografia, ou seja, a pintura pintando a fotografia é para mim revolucionária, fantástica, genial… O que mais posso dizer… poesia, poesia, poesia.
    Osman Matos.

  • cristiano

    Impressionante, mas com toda rudimentariedade uma pintura que eu não quando penso no assunto vem logo à tona é a Monalisa aque sorrizinho sinistro e o olhar desfocado e focado ao mesmo tempo são super-impressionantes! Alguém acha que seria proibida a divulgação de figuras vindas da imaginação dos artistas, porém que afetam a legislação em um Estado? Tipo a foto de uma criança sem roupas, etc…

  • eliezer

    bsb

  • sonia

    As pessoas que pintaram essas obras de arte são verdadeiros gênios detalhistas. Elas fizeram um trabalho que, realmente, só uma máquina de muitos pixels faria. Maravilhoso!
    Haverão de concordar comigo que não deve-se desmerecer nenhum artista e suas obras, pois cada um tem e teve seu tempo e sua época.

  • sandra binello

    Amei apesar de ser amante da arte Abstrata, o Realismo dessas obras me impressionou e muito, simplismente apaixonante…

  • fernando

    Sério? Pirei então!!!

  • GUILHERME MOZZAQUATRO

    GUILHERME MOZZAQUATRO says:
    September 11, 2009 at 10:32 pm
    SUCESSO TOTAL

    Gênio vivo que ainda temos e não é reconhecido!!!
    A questão de Leonardo da Vinci e outros pintores de época é de que eles não tinham material e recursos de fotografias e efeitos computacionais, também aprenderam toda arte sozinhos e sem curso algum e nem mesmo ajuda da internet, pois ferramenta de grande utilização para informações :)

    • http://www.mundogump.com.br Philipe

      Bom, há controvérsias, meu amigo. O Leonardo estudou sim arte. Inclusive ele teve que apelar muito para conseguir estudar arte. Naquele tempo haviam os grandes ateliers de arte onde os jovens aprendiam com grandes mestres. Leonardo foi um desses aprendizes. Ali havia sim recursos, materiais e tecnicas sentro trocadas o tempo todo.
      Mas isso não tira nada, absolutamente NADA da genialidade do mestre Davinci. Curiosamente, na verdade, sua profissão era cozinheiro.

      • Marcos

        Concordo totalmente com o Guilherme…………

  • Andréa Ilha

    Passei aqui para agradecer por partilhar essas descobertas maravilhosas. Acho que se não fosse por causa desse teu espaço, eu jamais teria tido a oportunidade (ao menos hoje! :P) de ver essas pinturas impressionantes.

    Não entendo muito de artes plásticas, mas entendo que a sensação que essas pinturas causam é realmente “agoniante”, de tão perfeitas que são. Andei vendo o portifólio da Alyssa Monks e achei legal de perceber a evolução dela ao longo do tempo. Em 2003 ela já pintava maravilhosamente, não precisava melhorar em nada. Mas não é que ela melhorou mesmo? Lindo de ver isso!

    Olha, indiquei a tua página no meu blogue, porque não é a primeira vez que venho até aqui e me surpreendo com alguma postagem tão bacana. Agradeço por isso também!

    Run, Forrest!

    • http://www.mundogump.com.br Philipe

      É um prazer André. Um abraço.

  • Max

    meeeeeeeeeeeeu deus!

    =p

    perfeitos.

  • ViniZan

    Eu só acredito vendo um speed drawing de como foi feito, caso contrário é fake.

  • http://br.yahoo.com/ DYLA MORRISSEY

    DYLA

    IMPRESSIONANTE !!!!!!!!!!!

  • Mari

    Eu também sou uma daquelas que não entende de arte, mas estou completamente encantada com essas pinturas. Que maravilha! Esses artistas são, em minha opinião, tão gênios quanto os do passado. O que lamento é que muitos não reconheçam isso. Temos sempre a mania de super-valorizar os antigos e desvalorizar o novo, como se o primeiro fosse sempre superior ao último, inigualável, inatingível e outros sinônimos. Espero que não venhamos a reconhecer a genialidade desses artistas apenas quando eles não estiverem mas em nosso meio, como é de costume. Eu, repito, estou maravilhada, mesmo sendo uma leiga técnica do assunto. Expresso-me, portanto, de acordo com a sensação que senti ao ver.

  • SUZANINHA

    Ñ só ñ parece 1pintura ou 1 simples desenho, cm parece q a “foto” foi ajeitada no PhotoShop !!! Hahahahahahahahaha… :lol2:

  • Bárbara Rodrigues

    Se fica idêntico a uma foto… por que pintar?

    • http://www.mundogump.com.br Philipe

      Eu respondo com outra pergunta: Por que não pintar?
      Se o ser humano possui habilidades que podem o comparar com uma câmera, cujo funcionamento é físico-mecânico ou físico-eletrônico, não é interessante ver o exercício desta capacidade incrível? É.
      Eu acho graça de muitos comentários aqui de pessoas exigindo sentimento, exigindo poesia, exigindo isso e aquilo. Mas é bom lembrar que a arte não é uma via de mão única. A arte é formada pela combinação do exercício artístico do artista e a apercepção do observador. Um quadro, trancado numa sala escura não é merda nenhuma, certo? A arte DEPENDE diretamente do observador, e os observadores são diferentes, são seres distintos, histórico-social e culturalmente.
      Sendo assim, me parece extremamente prepotente que uma pessoa possa olhar para algo e dizer que não tem valor pois não transmite nada.
      Não transmite nada pra ela, mas pode transmitir para outro.
      E ainda assim, fora esta questão, quero lembrar uma coisa:
      O esporte.
      Sim, o esporte. O que é o esporte senão a tentativa da superação da capacidade humana? Se a busca da superação técnica é válida no esporte, por que não pode ser válida na arte?
      Então, eu, como artista, como um cara que já tentou fazer isso aí, sei da dificuldade e divulgo mesmo os artistas que conseguem pois eles são verdadeiros fenômenos.

      • rosa maria

        É exatamente isso. Resposta perfeita e inquestionável. É preciso ter finesse e paciência para “ouvir” certas tolices. Fazer o quê? Faz parte.

  • Amanda

    antigamente não dava p/ fazer as falcatruas de hoje em dia.
    eu não acredito que todas essas fotoa são obras de artes plásticas.
    acho que a beleza de uma pintura é ter aquele toque evidente da tinta,porque cara e jeito de foto tá cheio pelo mundo,mas o olhar pessoal,o estilo,e claro o toque especial da tinta…é imcomparável. :/

  • jurema

    Pintura não é fotografia, é algo muito mais complexo. Pintura é poesia visual, leva-nos a pensar no que o artista quis dizer, possue muitos sentidos e amplia a realidade. Trabalhos como os de da Vinci ou Michelangelo, utilizando os recursos que havia na época, apenas uns poucos homens, de séculos a séculos podem realizar. Pinturas como as de cima, qualquer pessoa bem treinada e com recursos tecnológicos adequados, paciência, e sem nocão do que seja a verdadeira arte pode realizar.

    • Teresa

      Não se pode olhar uma obra de arte do século XXI com um olhar do século XV. A obra pertence a seu tempo, a um contexto histórico, social e técnico- tecnológico. É impossível comparar Da Vinci com Picasso, dois gênios, cada a seu tempo e em momentos artísticos, sociais, históricos estóticos muito diferentes. Podemos sim, comparar a proposta de retratar imagens do cotidiano como fez Vermeer. Podemos abordar a questão conceitual, artística e técnica das obras acima contectualizando-as em sua época, ou seja nos dias de hoje.

      O uso das novas tecnologias caracterizam a Arte Contemporânea. Elas estão aí a serviço da arte… e por isso mesmo para serem usadas!

      Agora, a sensibilidade do olhar do artista é que faz de uma fotografia uma obra de arte. É esta sensibilidade do olhar, ou a sensibilidade da imaginação do artista, ao criar, ao compor, ao construir sua imagem (pintando, fotografando, usando Photoshop, vídeo, holografia, etc) que vai determinar a qualidade artística da mesma.

      As imagensacima são belíssimas sim, independente da técnicas utilizada para construí-las. São belas porque têm uma proposta de serem líricas, porque são diferentes, porque quem as fez tem sensibilidade e criatividade. Por que quem as fez apresentou um olhar diferente sobre o mundo. Criou cenas e momentos que falam à emoção, quede alguma forma mexem com “pele” das pessoas.

      E não é bem assim… qualquer um faz… A questão não é nem o fato da necessidade da técnica, mesmo utilizando a fotografia e outros recursos pois continua sendo PINTURA, e por isso mesmo TRABALHO. A questão está na criatividade, no um olhar sensível sobre o mundo! Estamos falando de escolha de tema, de assunto, de ângulo, de cores enfim, estamos falando de poesia visual no século XXI

      E viva a diversidade técnica, a diversidade conceitual e a diversidade formal nas Artes do Século XXI

  • Ramirez

    Estão achando essas pinturas fantásticas?
    Realmente elas são, mas tem um artista canadense, não lembro o nome do sujeito, que faz pinturas inacreditáveis no chão das ruas. Se alguem souber o nome, poste ai.
    Falando em uso de tecnologias, nada melhor que os desenhos feitos em photoshop. Se temos os recursos, não precisamos reinventar a roda… vamos usá-los, oras!
    Abs

  • Guilhermino

    Isso não é arte, não tem sentimento, não nos faz pensar em nada, não nos traz nada novo. De fotos o mundo já está cheio, queremos algo novo, chocante, que nos faca pensar, que elocubre os grandes gênios do passado. Esses pseudo “artistas” são apenas máquinas fotográficas.

    • Kejimayu

      Quero ver você fazer igual…

  • Kejimayu

    Simplesmente impressionante! Se falassem que eram fotos eu acreditaria facinho… XD

  • Leigo

    Facil….
    Facil mesmo é julgar. Nem eu nem voce, com recursos ou nao, fariamos algo desse nivel. Parabens, verdadeiros artistas.

  • Fábio

    Eu não entendo nada de arte, mas um artista plástico me disse que o artista tenta expressar algo em sua arte. Logo, vendo uma árvore verde, pode querer pintá-la vermelha, amarela, azul, torta, grande, pequena, seja lá como for, de acordo com o a idéia e o que está sentido e querendo expressar. Afinal, se for para copiar, que tire uma foto.

    Então, em relação aos pintores antigos, mesmo com poucos recursos, além de precários e difíceis, será que a intenção deles era fazer realismo em suas artes e pinturas? Não acho que a noção deles sobre luz e sombra seja tão diferente dos atuais. A noção de um físico atual que “aprende” sobre as leis de Newton é bem menor da noção do próprio Newton que as “descobriu”.

    Talvez, atualmente, a diferença não está só nos recursos, mas no “tipo” de arte, também. Afinal, a mentalidade de antes não é a mesma de hoje. Os atuais podem desejar realismo em suas obras. Antes, Leonardo Da Vinci e outros poderiam desejar outra coisa que só eles sabem hehehe. Portanto, acho complicado comparar artistas de épocas diferentes discutindo apenas a diferença de recursos. Se os antigos não tivessem feito grande coisa, eles não estariam fazendo sucesso como hoje.

    Eu que uso photoshop como lazer, mesmo tendo pequena noção de nitidez, saturação, luz, sombra, não consigo imitar o que vejo em vários vídeos de “speed painting” no Youtube. Até desanima hehehe, mas reconheço que minha percepção mudou um pouco após olhar trabalhos dos outros e preciso treinar mais se quiser alcançá-los. Por outro lado, existem os que não entendem o que é “aumentar ou diminuir saturação” de uma imagem mesmo usando várias vezes o menu Matiz/Saturação para trocar cor de cabelo, olhos ou outra coisa nos vários tutoriais repetitivos espalhados pela net.

    Seja como for, para pintar uma obra como antigamente, precisa conhecer mais do que pegar um pincel, molhar na tinha e passar na tela. Para pintar obras realísticas, não basta todos os recursos digitais modernos sem ter noção de luz, sombra, textura, etc. Em ambos os casos, precisa de vontade, determinação e gosto pela coisa. “Artistas, artistas. Obras à parte”.

    Eu adoraria saber pintar realismo para não ficar refém de encontrar fotos com a posição certa quando eu quisesse fazer uma montagem. É chato quanto deseja algo na posição X e só encontra na posição y, z, a, b, c… Acho que vai demorar esse dia hehe.

    Se alguém aqui conhece a revista Photoshop Creative Brasil, a edição cinco tem uma entrevista com Bert Monroy (Reconheci pela imagem da cadeira).

    Para quem acha que essas obras são falsas, basta dar uma olhada nos links dos artistas. Olhando em zoom, o “aspecto de pintura” e a diminuição do realismo se tornam mais perceptíveis em algumas. Quem é que nunca percebeu a falha de recortes que “entregam” a montagem quando olham uma montagem em zoom? Hehehehe.

    Seja como for, as imagens mostradas no texto continuam sendo ótimos trabalhos e, mesmo que alguns “revelem” a pintura, continuo achando interessante.

  • tony

    PRESISAMOS TER MUITO CUIDADO COM A OBRAS DE HIPER REALISMO, PORQUE MUITOS DOS ARTISTAS FAZ A FOTOGRAPIA NA TELA DE PINTURA, E DEPOIS PINTA A OLEO, DESTA FORMA QUALQUER UM SE TORNA UM PINTOR REALISTISCO.

    MUITAS PINTORES PEGAM A FOTO, ESTAMPA NA TELA E DEPOIS PINTA, E SE PODE FAZER DE QUALQUER TAMANHO.

  • RICHARD KOTSIS

    REALMENTE FANTÁSTICOS ESSES PINTORES FOTOGRÁFICOS

  • http://www.sanesociety.org/pt/esteves/ eduesteves

    Primeiro: esta porcariada técnica não e arte!
    Segundo: vai ver Rembrandt (Alto-Retrato )Neste trabalho não só ele pintou a realidade física como a espiritual.
    Quero ver a técnica pintar a alma!
    :X

  • VJMedeiros

    Chovendo no molhado para reafirmar os conceitos, todos estão certos sobre o comentário infeliz, mas sem ele não se iniciaria esta bela discussão. Por isso é necessário que todos escrevam, os que sabem e os que não sabem também. Abraços.

  • http://profetamalachai.blogspot.com/ Renato M

    Linda a Johana… mas confesso que eu ia sentir um pouco de medo sozinho à noite, numa casa escura, com uma pintura desse tamanho me encarando.

    • http://www.mundogump.com.br Philipe

      Eu tb, hehehe. Parece que ela tá te olhando mesmo, né?

  • Sergio

    Meu, na boa. Aprecio Picasso e outros grandes pintores como Michelangelo, mas a pintura do faról da Pick-up e o menino tomando leite são simplesmente PERFEITAS, não da pra acreditar que são pinturas. Nota 10!!!

  • Juca

    Eu queria vê-los pintando algo de fantasia, aí sim acreditaria que não é foto!

    • http://www.mundogump.com.br Philipe

      Então, cara. O lance é que para o hiper realismo não basta técnica. É necessário que o tema seja comum. Se o cara resolve pintar um dragão nesta técnica, ele estraga justamente o seu objetivo principal, que é de fazer as pessoa ficarem na duvida se é mesmo pintura ou uma foto, já que as pessoas sabem por antecedência que dragões não existem.
      É preciso oferecer uma imagem plausível para que o cérebro humano “caia”, sacou?

  • Sérgio

    Como fotógrafo estou embabacado! É “surrealista” e fantástico!Belo trabalho, inovador; eu diria até revolucionário…

  • andressa

    incrível….
    Uma demonstração de paciência e habilidade.

  • http://br.yahoo.com/ Miranda

    Belos trabalhos, mas não há nada de extraordinário. Curiosamente, quanto menor a noção de cultura artística, maior a tendência de valorização do realismo. Não há nada mais irritante para quem desenha ou pinta do que comentários antecipados do tipo “não está parecendo não”, como se a cópia estivesse acima da criação.

    • http://www.mundogump.com.br Philipe

      Quando um cara faz alguma coisa que eu não consigo fazer, eu chamo isso de extraordinário.
      Mas ao pé da letra, extraordinário é algo que sai do lugar comum. Imitadores de pintores clássicos, imitadores de pintores modernos e pós modernos existem aos montes por aí. Alguns faturando milhões a cada obra vendida. Se os imitadores são aclamados, por que os que imitam a realidade nua e crua devem ser menosprezados?

      Valorar o grau artístico de uma obra não é tarefa simples, ainda mais hoje que tem artista vendendo o próprio cocô numa lata e outros que colocam cachorros para morrer de verdade ante os olhos do público e chamam isso de “instalação”, de “arte”.

  • carlos

    Simplesmente sem palavras, acredito agora que nos seres humanos podemos fazer coisas incriveis quando realmente queremos

  • claudia

    Esta muito bonito.Nunca tinha visto nada assim na minha vida.Ja e bom

  • jarde

    pintura

  • Fábio de Paula

    Isso não é arte, é artesanato!!! Por mais bonito e “perfeito” que seja. A arte está no elemento subjetivo, na essência… As belas peças acima não tem conteúdo, só aparência.

  • Ana

    gosto muito de pintura, e fotografia.fico impressionada com o que vi,mas pra mim isso não é desenho,pintura só não.é fotografia com efeito – HDR ,e depois pode até ser que ele tenha dado umas pinceladas..pra parecer pintura.

  • Simonne Leles

    É simplesmente emocionante…

  • GIANE

    Parabéns pelas pinturas realistas das telas desses artistas fantasticos, que mostram o cotidiano das pessoas. Pintamos com a alma para chegarmos a perfeição.

  • Aureo

    Concordo com o guilhermeino, ISSO NÃO É ARTE! é uma mera reprodução de fotos, essa pegadinha pega muita gente mas é um trabalho meramente mecânico de reprudução das cores de cada área, cada um de nós comentando aqui pode fazer isso com um curso rasoável e muitas horas de treinamento e principalmente pasciência, não tem nada de gênio nesse nisso, mais crédito demos que dar ao trabalho de fotógrafo que à essas pinturas 171 se eles tirassem isso da imaginação ou pelo menos da paisagem direto como pitores de verdade, aí seria digno de aplausos.

    • Teresa Aragão

      E o que é um pintor de verdade?

      Repito abaixo a resposta que coloquei acima, para Jurema.

      Não se pode olhar uma obra de arte do século XXI com um olhar do século XV. A obra pertence a seu tempo, a um contexto histórico, social e técnico- tecnológico. É impossível comparar Da Vinci com Picasso, dois gênios, cada a seu tempo e em momentos artísticos, sociais, históricos estóticos muito diferentes. Podemos sim, comparar a proposta de retratar imagens do cotidiano como fez Vermeer. Aliás, nos séculos XV e XVI inúmeras pessoas tiveram acesso a tintas e telas… Estava ali… porém quantas usaram esses recursos com maestria? Quantos usam hoje os recursos tecnológicos com genialidade?

      Podemos abordar a questão conceitual, artística e técnica das obras acima contectualizando-as em sua época, ou seja nos dias de hoje.

      O uso das novas tecnologias caracterizam a Arte Contemporânea. Elas estão aí a serviço da arte… e por isso mesmo para serem usadas!

      Agora, a sensibilidade do olhar do artista é que faz de uma fotografia uma obra de arte. É esta sensibilidade do olhar, ou a sensibilidade da imaginação do artista, ao criar, ao compor, ao construir sua imagem (pintando, fotografando, usando Photoshop, vídeo, holografia, etc) que vai determinar a qualidade artística da mesma.

      As imagensacima são belíssimas sim, independente da técnicas utilizada para construí-las. São belas porque têm uma proposta de serem líricas, porque são diferentes, porque quem as fez tem sensibilidade e criatividade. Por que quem as fez apresentou um olhar diferente sobre o mundo. Criou cenas e momentos que falam à emoção, quede alguma forma mexem com “pele” das pessoas.

      E não é bem assim… qualquer um faz… A questão não é nem o fato da necessidade da técnica, mesmo utilizando a fotografia e outros recursos pois continua sendo PINTURA, e por isso mesmo TRABALHO. A questão está na criatividade, no um olhar sensível sobre o mundo! Estamos falando de escolha de tema, de assunto, de ângulo, de cores enfim, estamos falando de poesia visual no século XXI

      E viva a diversidade técnica, a diversidade conceitual e a diversidade formal nas Artes do Século XXI

      • http://www.mundogump.com.br Philipe

        Excelente comentário.

  • Nin@

    Não entendo de pintura e menos ainda de suas técnicas ,e nem é essa minha pretensão.Só deixo aqui minha opinião como alguém que se deparou com um trabalho ,bem feito por sinal.Uma nova maneira de expressar a arte de alguns .
    Mas como apenas alguém que passa e olha,digo que por mais impressionante que sejam esses trabalhos.Senti falta do que vemos nas pinturas tradicionais e nem sempre realizadas por grandes mestres ,mas que em suas tentativas nem sempre bem sucedidas de retratar o objeto de maneira perfeita,deixaram por isso mesmo ,a imperfeição impressindível a arte.

  • Fabio

    Como é que alguem ainda ousa falar de Da Vinci e Michelangelo???….esse cara ta doido é?Ta bom, são realmente impressionantes, beiram e perfeição, mas dai a falar de um cara que tinha a carroça como transporte e visionou máquinas de voar, sem falar em todas as outras coisas de que ele tinha conhecimento.
    Tem gente que perde a chance de ficar calado. O silêncio não é sinal de ignorância, falar do que não sabe sim.

  • Karina

    M poupe! Não entendo de nada vezes nada! E nem quero discutir! Mas, até a minha filha de 2 anos desconfiou disso aí! Hoje em dia não se sabe mais o que é só obra manual, obra computadorizada ou misturada. Seria melhor e mais correto e honesto se esses artistas se assumissem. O que é q tem usar a cibernética ou outra coisa q valhe? Não é invensão do homem tb?

  • Karina

    ops! é invenção! rsrssr. “disculpa” aí, ô meu!

  • GUILHERME MOZZAQUATRO

    As pessoas comparam, falam, citam o que é arte e coisa e tal!!!

    Mas não olham o grau de percepção, observação, atenção e inteligência colocado na tela! É isso que faz uma pessoa se tornar destaque entre outras!!! Vejo aqui as pessoas presas aos artistas do passado, onde só os artistas de antigamente eram gênios e julgando os atuais pra mim isso é preconceito puro com artitas de hj em dia!!! Não é fotografia que estamos falando, mas sim do grau de dificuldade para deixar algo realmente realístico!!!

  • Karina

    Auero, é o seguinte:é “reprOdução”; raZoável; paciência – sem o “s”; piNtores. o teu texto é horrível!

  • Shelena

    Desculpa, mas não estou querendo dizer que tudo é mentira, porém muiiiiiiiito difícil de acreditar.
    Se mostrarem um dia um deles pintando uma tela….

  • danielx

    è um relato sábio sendo livre a pintura a transcrição do cerne tem se um término maturo. :sly:

  • Magus

    Caso sejam trabalhos de reprodução visual reais e até mesmo que sejam todos fotos, vários trabalhos aí tem bom potencial artístico. Mas há alguns trabalhos pobres como o último por exemplo, em que é feito um retrato simples sem muita expressividade, não há movimento, apenas um retrato simples de cópia visual. Sou artista plástico formado e acho que nem precisaria ser para ver que isso é um trabalho bem pobre artisticamente falando. A menos que se tenha como expor como arte o fazer insano de dias e não o trabalho final exposto. Digo “insano” porque nos dias atuais essa coisa de reprodução soa “falso” como algo relamente expressivo pois não vivemos uma realidade como nos tempos de Michelangelo (que criava obras “do nada” e foi até citado por alguns aqui). Vivemos num mundo com tv, internet, transito louco, vidas em ritmos enfurecidos, onde se torna praticamente impossível que alguém faça trabalhos como aqueles daquela época em que se vivia a luz de velas!!! A arte é reflexo de seu tempo.

  • Dalva a sabidinha

    :( É sinto muiiiito,mas devo concordar com a pessoa daí de cima…eu por exemplo desenho desde criança numca fui ao curso de tecnica;acreditando que iria corromper minha criatividade de criar imagens,mas vem cá até hoje eu luto pra conseguir uma perfeição como essa,usando materiais MANUAIS,tais como papel verge e pasteis,tinta óleo ou até mesmo grafite,me adicione como amiga ou visite meu orkut [email protected] e confira,a dificuldade de se desenhar naturalmente;aí vem um mané,com recursos tecnologicos tentando me frustar…e consegue.

  • Anna

    Impressionante. Mais real que fotografia. Não apenas os detalhes, as luzes e sombras, os tons… que são de tirar o folego, mas o movimento!! Incrivel!!

  • magela

    …..A arte é a maior grandeza que um ser humano possa fazer assim conhecendo até mesmo seu mundo interior,… o que para os outros se tornam uma beleza, comparar artistas presentes com artistas do passado é uma coisa absurda pq cada um tem sua época assim como nós estamos tendo, cada um faz o melhor de sí caminhando em uma estrada de pura percepção são todos gênios e cada um tem seu ponto forte Davince com suas anatomias e dinamismo, vangoc com seus trabalhos tridimencionais, moné com suas paisagens vivas, então é inpossível questionar as épocas de melhor trabalho a única maneira seria colocando todos dentro de uma única época para vêr quem seria o melhor mas é simplismente impossível…

  • Telmo Valença

    Acho que está havendo um equívoco. Desde a renascença os artistas têm usado recursos tecnológicos (tudo bem, não são os nossos atuais) mas, em relação ao que era feito na idade média, eram recursos novos com uso da luz em câmera escura. O próprio Salvador Dali um dia respondeu à pergunta sobre o uso da fotografia em seus quadros e ele ressaltou este fato. De modo que dissociar a tecnologia da arte é algo no mínimo hipócrita. Tanto que as artes visuais têm utilizado infogravuras, câmeras de vídeos como instrumento de arte. Quero testemunhar que estes artistas citados acima são de uma geração que veio após a Pop art e eles têm seu valor sim, pois a pintura havia experimentado os deleites no neoexpressionismo e arte abstrata, como que lembrando as pessoas da capacidade humana infinita de retratar a própria realidade. Mais do que ver se a pintura é mais real ou menos real que a própria realidade, a intenção é mostrar o cotidiano como parte da vida e da arte (i.e., é um filho da Pop Art). Se alguém tem uma ideia diferente eu a respeito, porque arte não é ciência…
    abraço a todos

  • Bruno

    Rapas teve umas pinturas que eu não acreditei que era verdade não….

  • Lu

    As fotos poderiam ter algumas marcas provando q foram mesmo feitas à mão…Algumas parecem ter sido modificadas por algum recurso multimidia…
    É impressionante, realmente! :injured:

  • Ricardo65br

    Existem técnicas e critérios para se avaliar um vinho, uma tela e muitas outras coisas. Independente dos critérios, eu sempre digo aos entendidos e principalmente aos apenas apreciadores como eu que, o melhor modo para saber se um vinho é bom, é provar, fechar os olhos e ver para onde o gosto nos transporta, nos faz viajar. Essas pinturas, me fazem viajar muito e de olhos bem abertos. O resto, que fique por conta dos experts.

  • http://tentandoserhumano.blogspot.com Elton

    Sempre achei muito curiosa essa coisa das pessoas acharem que pinturas muito boas parecem fotografias e fotografias muito boas parecem pinturas.

    As pinturas do post são belíssimas, não simplesmente por parecerem fotografias pois fotografias não precisam nada se parecer com a realidade, mas por lembrarem aquelas fotografias excepcionais que – não por acaso – são excepcionais porque são diferentes de tudo o que percebemos da realidade apenas com nossos olhos e também dos bilhões de registros fotográficos “estéreis”.

    Enfim, fotografias e pinturas são tentativas de reconstruir alguma realidade (seja material, espiritual, psicológica), de uma forma idealizada – mesmo que essa idealização se proponha realista. Nunca são aquilo que retraram. Ambas têm valor enquanto arte, independente dos caminhos por que seguem, o importante é que “toquem” as pessoas.

    É como a literatura, não podemos dizer que ela é melhor quanto mais realista for o texto nem tampouco quanto mais fantástico. Tudo é possível, desde que resulte em bons livros (e quem dirão isso, no fim, serão os leitores). ;]

  • Wagner Cordeiro

    Não vou comentar se acho que essas pinturas são superiores ou não a obras de Da Vinci ou Michelangelo, porque há 500 anos, quando esses artistas viveram, as condições de vida e de materiais eram outras.

    Decidi comentar por dois pequenos detalhes (sim, sou bem picuinha): hiper se escreve assim, e não “hyper”; e os restaurantes/lanchonetes americanos são diners, com um “n” só.

  • C[átia de Oliveira

    Adorei as imagens, mas realmente é preciso saber mais pra acreditar.

  • Lizandra

    NOSSA!

  • Liza

    É inacreditável! Muito bom mesmo! Por isso que acho que a pintura deve ser “respeitada”.Hoje quase ninguém para p/ ir ao um museu,à uma galeria,etc…Só param p/ beber,fumar,ir a shows (que as vezes nem gostam,mas vão,só porque os amigos também foram)…Belas artes!! :] :] :]

  • Miriam

    Nessa mesma linha, há também o artista argentino-austríaco Helmut Ditch. Visitem http://www.helmut-ditsch.com

  • Inacio

    NAO ENTENDI, NAO SERIA MAIS FACIL TIRAR UMA FOTO ENTAO? SUCKS

  • kely

    Nooooooooooooooooooooooooooooooossa 😀 :gasp: :gasp:

  • http://www.cronicasdeumainiciante.blogspot.com Gabriela

    Concordo que esses artistas possam ter usado tintas reflexivas e outras mais tecnologias. Mas mesmo tendo isso tudo, é bom pensar que mesmo com isso tudo pintar esses quadros é muito difícil. Então acho que esses também são gênios. É igual calculadora. Ela só faz a conta, mas nós que temos que ser inteligentes pra conseguir usá-la.

    Gosta de crônicas? Entre nesse site que minha sobrinha criou:
    http://www.cronicasdeumainiciante.blogspot.com

  • Telmo Valença

    Achei muito interessante a discussão, sobretudo quando uma escola, já consagrada há 3 décadas como esta, foi comparada à pintura dos grandes mestres, principalmente dos renascentistas. Fiquei pensando que talvez fosse esse o propósito afinal, mas tenho muitas dúvidas. Fico imaginando que tudo que é realizado de novo deva sempre ser comparado à uma única época e isso me faz lembrar Manet e outros impressionistas quando foram chamados de loucos e delinquentes e, agora, são chamados de gênios…Será que todo olhar novo, ideia nova, deva sempre partir de um único foco? A ruptura que a resnascença criou após séculos de escuridão na idade média pode ser vista de várias formas…é conhecimento novo, do corpo humano, da perspectiva, da música, da física, personificada por Leonardo. Mas será que ele também poderia ter usado uma máquina fotográfica se a tivesse??? Creio que sim, para facilitar seus trabalhos, mas isso é pura imaginação, é ficção. Michaelangelo não a precisaria, porque dispensava modelos vivos, tamanho era seu domínio sobre a anatomia. Velázquez era uma máquina fotográfica!!! Dentre os propósitos dos artistas estava retratar as pessoas, mas não era só isso porque ficaria muito, diria, cansativo…Talvez o que incomode às pessoas é saber que tecnicamente alguém consiga se aproximar do que se julga chamar de perfeição. Contudo, tenho certeza que não era somente esse o propósito, porque seria igualmente cansativo. As obras acima são propositamente frias quando os artistas querem que sejam, e nos são familiares, quentes, quando isso é o objetivo. Posso contemplar perfeitamente Monalisa (pra mim, a melhor tela até o presente momento) e as obras acima como igual perplexidade, sem me sentir culpado por achar que estou traindo aos grandes mestres (creio que eles gostariam de ir à estas exposições).
    Se arte fosse ciência, ela existiria para resolver que problema(s)? Ela quer isso, como a ciência? Ela quer explicar algo? Elas nascem da mesma fonte e se complementam, podendo ser confundidas (isso não é uma opinião minha, mas de um dos pais da medicina moderna). Abraço a todos.

  • JucaAndrade

    O objetivo da pintura são inúmeros objetivos, com licença da concordância. Mesmo pintando para que o quadro se pareça com uma foto, ainda assim, o pintor pensa muito para resolver todos os passos e percalços do andamento da peça.
    Muitas pessoas buscam que o que está no quadro se pareça com isso ou aquilo. O melhor é se lembrar da lição do Sr. Cézanne que chamava a atenção das pessoas que faziam perguntas sobre os quadros que aquelas peças “são QUADROS” ( não era o que as pessoas pensavam ou queriam que fosse ).

  • FATIMA

    É PRECISO SE TER 2 ALMAS PARA CONSEGUIR EXPRESSAR ATRAVEZ DE PINCEL E TINTA TANTA BELEZA E SUAVIDADE.

  • Wedson Albuquerque

    DOM DE DEUS! Essa são as palavras para explicar esses trabalhos Assim como as obras de picasso, Da Vinci e etc… Todos são incriveis e merecem seus destaques.

  • Adelino vargas

    que loucura essas pinturas….eu assumo que tem umas que eu não acredito msm ..me desculpem …
    se for realmente verdade…vcs são perfeitos…
    :ohhyeahh: :ohhyeahh:

  • http://blogspot.com.surveys2012.co/blogs.php Lu Ferreira

    Nossa, impressionante!
    Mas aquela loira alí, tem certeza de q

  • Bia

    Desculpem, mas nao consigo acreditar que sejam pinturas.

    • http://www.mundogump.com.br Philipe

      Por isso que está neste blog.

  • Dinho

    Quem foi que colocou aqui a foto da minha namorada pelada no trampolim da piscina lá de casa?

    Assim não dá!

    Bom, pelo menos tão pensando que é pintura. Menos mal. ^^

  • Nathália Vidotto

    :ohhyeahh: Nossa, show todas essas pinturas.
    Adorei os reflexos do carro, muito real.
    Até tinha as masrquinhas dos dedos…
    Parabéns a todos!!!!!!!!
    Amei!!! :love:

  • André

    Show de bola !! Mexo com programas em 3d e a gente rala pra conseguir uma textura e realismo como esse agora imagina fazer isso na mão !!! Os caras são genios !!

  • http://isas-place.webs.com Isabela

    Caara , como pode eu gamei nas pinturas , achei que nem é pintura maas é , hsuahsuash, tipo princiipalmente aquela do carinha dando uma checada no bar , hsuhuashusausa , beijos

  • dinalva

    gosto de ler, gosto de artesanato, gosto de pintar. fico fascinada quando alguém se propõe a se superar, ou a superar outro alguém, antes dele. acho que sou um pouco preguiçosa e não me esforço o bastante . talvez se o fizesse conseguisse chegar mais longe. sempre digo que criticar ou simplezmente comentar é bem mais fácil do que “fazer”. acho bom que as pessoas comentem e/ou critiquem – isso também é arte. e, como arte, pode ser boa ou má. às vezes espanta perceber como algo que encantou a alguém, foi tido como ruim por outro. eu já passei por isso. telas pintadas por mim, que eu pensei em não expor, pois não me agradaram, acabaram sendo apreciadas por outros. ao fim de tudo, pode se dizer: viva o livre arbítrio! viva a liberdade de expressão! viva a democracia! e, por que não dizer:”- gosto não se discute, algumas vezes- se lamenta”. um viva especial para esses artistas,pois seja em técnica, seja em sensibilidade,em competência ou seja em esperteza, estão conseguindo se superar e, acima de tudo despertar todos esses comentários- todos válidos a seu modo.é disso, afinal, que a arte existe e subsiste. até mesmo miguel angelo, tão citado, deixaria de existir se não fosse comentado e discutido. ele não deixaria de ser o que é, mas não estaria tão vivo hoje, como em sua época. parabéns aos verdadeiros artistas e aos não tão verdadeiros- mas que tentam e fazem. parabéns a voces,sinceros e aos ‘nem tanto’, e até mesmo aos frustados e invejosos. tentem- façam. e parabéns acima de tudo a você, que selecionou essas obras- todas lindas!!!

    • http://www.mundogump.com.br Philipe

      Obrigado.

  • http://myleneleme.blogspot.com/ Mylene Leme

    Não é a Angélica???

  • Dena

    Hiper realismo não tem Y. Adotemos o português como língua pátria, sim?

    • http://www.mundogump.com.br Philipe

      Sim, já foi corrigido.

  • Ticiane

    Íncrivel!!! De outras coisas não, mas de alguém com um talento desses, eu tenho inveja!
    Você já viu as obras do artista Chris Scalf, ele é sensacional também! Extraordinário!

  • http://www.augepisos.com.br pisos industriais

    Impressiona pelo realismo, muito bom!

  • Flavia Rodrigues

    Muito maneiro !! tudo bo Felipe ,estava vendo as pinturas incríveis daquele artista Kurt Wenner ,e achei sua página ,faz uns comentários ,dele no seu site ,também é realmente impressionante ,

    Um Abraço para vc e para Nívea também ,Tchau!!