O menor apartamento do mundo?

Compartilhe

Este é considerado um dos menores apartamentos do mundo. O lugar é praticamente um quarto e cozinha, sendo que é difícil imaginar alguém morando ali. Pra variar o “apertamento” de pouco menos que seis metros quadrados, fica em Londres, terra famosa tanto por seus cubículos quanto por seu clima maldito. Sem falar nas mulheres feias bragarai.

apartment11 O menor apartamento do mundo?
A cama é acessada através de uma escadinha na parede, atrás ali do armário, e fica acima da cabeça desse cara. O sujeito com aparência feliz é o corretor, Gordon Blausten.
O mais absurdo é o preço. Quase dois mil reais o aluguel.
Não deve ser fácil morar num apartamento tão pequeno assim. A menos que você seja este cara aqui.

fonte

Ao que parece, o projeto deste imóvel foi  criado em 1980 por um empresário que morava em Carlisle, mas visitava Londres a negócios frequentemente.  O atual proprietário comprou-o em um péssimo estado de conservação por um preço ridiculamente baixo e ele ficou vazio por vários anos.

Gordon Blausten (este cara aí da foto) , é quem ajuda a encontrar os inquilinos. Ele  diz: “O apartamento é adequado para um jovem com uma vida social ativa. Ele está bem situado para quem quer ir a  lojas de moda na Ledbury Road, Westbourne Grove e Portobello Road.

Outra saída para sobreviver no (apinhado) mundo das cidades grandes surgiu com o escritório Piercy Conner Architects.
2154320592 8525983af7 o O menor apartamento do mundo?

 

Eles criaram uma solução de habitação de alta densidade criada exclusivamente para quem vive em condições de alta pressão populacional. O microflat resume-se a um diminuto quarto. Inspirados no design de iates, os arquitetos fizeram uso de cada centímetro de espaço disponível, que incorpora um pequeno quarto de casal, uma capsula que contém um ducha e um sanitário, além da dispensa e uma cozinha que também é a sala de estar e que oferece acesso a uma varanda aconchegante para dois. Os teto está a  2,8 metros de altura para proporcionar uma maior sensação de espaço, permitindo maior entrada da  luz natural. As grandes janelas, que vão do chão ao teto reduzem a sensação de confinamento.  Além de ser eficiente em termos do espaço, a sua construção modular pode ser instalada em espaços acima empreendimentos comerciais como supermercados e parques de estacionamento públicos.  Ao desenvolver o Microflat, a Piercy Conner provou que é possível combinar um bom design e construção eficientes para se chegar a soluções de habitação a preços acessíveis para os compradores da primeira casa, que muitas vezes são as pessoas mais afetadas quando a acessibilidade da habitação está comprometida nos grandes centros urbanos. fonte
2153527839 1e3c7585bb o thumb O menor apartamento do mundo?
Parece que a moda dos microapartamentos vai piorar.

Artigos relacionados

13 comentários em “O menor apartamento do mundo?”

  1. Beeeem compacto.
    Infelizmente aquele carinha que vc citou não poderá mais desfrutar dessa “enorme” moradia, ele já morreu. Mas agora imagino como ficaria o maior homem do mundo aí nesse cubículo, hehe.

  2. O cúbiculo… Dava pra mim mas eu ainda acho que falta um “detalhe” que não lembro o que. Mas será que tem janelas? Principalmente uma microjanela no banheiro?

  3. Philipe, desculpe a falta de educação… antes de comentar sobre a foto, deveria ter perguntado… Está tudo em ordem com tua família?
    Pois sei que mora no Rio, ou Niterói (perdoe-me, não me lembro onde exatamente!)… espero que esteja tudo em ordem com familiares e conhecidos!!!!!

    • Aqui tá tudo em ordem, mas a minha vizinha do lado perdeu tudo, pois a casa dela é praticamente um buraco. Ela mora na parte de baixo, e tem uma clinica em cima. Daí a água da vizinhança entrou toda na casa dela. Meu, pra vc ter uma idéia, a marca da água chegou em quase 2m. A Nivea foi lá ver e disse que tinha um pedaço dum COQUEIRO boiando no meio da sala dela.
      Eu moro em Niterói, onde teve mais merdelhê. Mas minha casa é alta, sobre pilotis e aqui ficou tudo bem. Obrigado por perguntar.

  4. Nesse primeiro ap, o de Londres, eu tiraria essa pia enorme e até mesmo as 2 bocas de fogão, substituindo tudo por uma pia beem minúscula e um microondas, afinal, se o intuito é ser tipo um lugar só pra ter onde cair morto quando se está de passagem pelo local, não há necessidade de cozinha. Ainda mais pq quem é q vai fritar um bifão aí e conseguir dormir depois, com o cheiro? kkkk
    Eu gostaria de ter um desses na Av Paulista ou na Augusta, pq sempre q vou virar a noite de balada ‘durmo’ na rua e é foda =/

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.