O incrível templo Wat Phra Dhammakaya.

É difícil pensarmos na religião budista como sendo uma religião ostentativa. A ostentação costuma cair bem em algumas religiões e em outras parece bem deslocada. Todo mundo conhece -e critica – o trono de ouro do Papa, (se bem que o Papa Francisco é bem austero com relação as extravagâncias ostentativas papais) ou os gigantescos templos de algumas denominações neopentecostais que mais parecem grandes estádios cobertos.

No post de hoje veremos alguns templos budistas que vão fazer você ficar absolutamente bolado. Eu garanto!

O templo em questão fica localizado na Tailândia. Este é um país de muitos templos, e para se familiarizar com todos eles, é preciso muito mais que um ano! Cada templo tem a sua própria peculiaridade. Há cerca de 40 mil templos. Com todo este volume de locais sagrados, era de se esperar que alguns deles chamassem bastante a atenção. Por isso, um dos mais interessantes é o templo budista Wat Phra Dhammakaya. Este lugar é famoso por seu enorme tamanho e está localizado no distrito de Khlong Luang, a apenas 16 km do aeroporto internacional de Bangkok, mas, apesar disso, pouco se sabe deste templo aqui no mundo ocidental.

0_109e03_c5918613_orig

 

O templo começou a ser feito em 1970, e tornou-se parte do Movimento budista Dhammakaya, que mais tarde tornou-se o centro de um escândalo em escala nacional.

Tudo começa em 1916, na Tailândia, quando surge a seita Dhammakaya. A seita foi criada pelo mestre de meditação Luang Pu Wat Paknam (Phramongkolthepmuni) -Tente falar isso rapido!

 

Makha Bucha Day

 

De acordo com os ensinamentos do mestre, ele estava meditando, e percebeu que a pratica meditativa não só pode fortalecer o corpo e alma, mas leva a pessoa mais perto do verdadeiro conhecimento de Buda. Após a sua morte, um de seus discípulos, Ubasika Chandra Khonnokyoong ascendeu ao cargo de mestre e continuou a prática: ela ensinava a meditação em sua residência. Quando o lugar ficou pequeno demais para todos os alunos, o grupo religioso criou um novo centro de meditação, que depois veio a se transformar no Wat Phra Dhammakaya.

A construção do Wat Phra Dhammakaya foi iniciada em fevereiro de 1970, numa área de 78 hectares formada de campos de arroz. O local foi doado por um grupo de Lady Prayat Phaetayapongsa-visudhathibodi. Sabe quanto custou? Apenas 3.200 baht (cerca de US$ 100) que o Mestre Nun Chandra Khonnokyoong e seus discípulos Phrathepyanmahamuni pagaram. Depois começou a corrida por investidores na construção do templo.

Em 1982, a primeira capela foi concluída, e três anos mais tarde, foi realizada a primeira cerimônia no templo. Mas a construção de todo o complexo só foi concluída em 1999.

0_109e17_14359c91_orig

 

Os escândalos começaram a surgir entre 1999 e 2002. Eram escândalos envolvendo acusações ao sacerdote Sulak Sivaraksa em diversas violações da lei, que vão desde fraudes a corrupção. Em funções das acusações de enriquecimento ilícito Sivaraksa foi retirado do controle mosteiro temporariamente.

Apesar da pressão da imprensa, da mídia e do público, nos anos 2001-a 2003 as investigações revelaram que as acusações não podiam ser provadas. Posteriormente, em 2006, o Escritório Nacional de budismo na Tailândia (Thai Serviço Nacional de Budismo) retirou completamente todas as acusações contra Sulak Sivaraksa e reintegrou o monge ao seu posto. Constatou-se também que tentaram fazer dele um “bode expiatório” para o abuso de outros funcionários que estavam negligentes em questões de dinheiro.

0_109e15_243f1d46_orig

 

Por volta de 2010, alguns artigos na imprensa mostraram que apesar de não enriquecer, Wat Phra Dhammakaya conseguira doações de bilionários e apoio de políticos influentes, e usou isso para ganhar o poder entre o clero.

Apesar de toda polêmica, que me parece em grande parte movida por inveja, o Wat Phra Dhammakaya é mais do que um complexo gump.

 

0_109e0e_d13dd6b9_orig

0_109e0f_a383d2ad_orig

0_109e24_4eb1b040_orig

 

É impossível resistir a enorme cúpula dourada no centro do complexo. Do mesmo modo, ficamos chocados ao ver de perto que a massa dourada vista à distância é formada por nada menos que centenas de milhares de estátuas de Buda de ouro.

0_109e07_ad11f6c2_orig

 

12497519155_05cb68f580_o

Por mais incrível que pareça, a realidade ainda é mais chocante: Outros 700.000 budas de ouro estão dentro do templo.

A cúpula dourada é cercada por uma plataforma para a meditação e serve como um memorial em homenagem ao fundador da seita, Phramonkolthepmuni.

0_109e11_c8be8e66_orig

 

O templo de Wat Phra Dhammakaya é planejado para rituais de massa, permitindo que medite ali cerca de cem mil religiosos!

12497655553_47b89fa57f_o

 

0_109e25_ed1b1781_orig

12497659423_e88faf99c5_o

 

Habitam permanentemente o templo de cerca de três mil monges, noviços e leigos.

0_109e28_5604716b_orig

 

Ao custo de um bilhão de dólares, o complexo foi construído em estilo tailandês Dhammakaya Capela, Memorial Hall Phramongkolthepmuni, situado no centro do qual uma estátua de ouro dos Grandes Mestres, o Memorial Hall Mestre Nun Chandra Khonnokyoong, que também contém uma estátua dourada de Mestre Nun, e é onde suas relíquias estão em um pagode em miniatura. Um centro em forma de estádio de meditação com dois andares, com capacidade para 600 mil pessoas, um grande salão para meditação de 300.000 – Grande Sapha Dhammakaya, a escola Dhamma, escritórios, centros de pesquisa, salas de conferência, salas de treinamento e, claro, o “disco voador” – Maha Dhammakaya Cetiya.

12498014744_9d75093a43_o

12498013744_7d59b1fcc3_o

A impressionante cúpula simboliza a unidade do Buddha, Dharma e Sangha. Ela é semelhante ao antigo stupa indiano e deve durar por pelo menos 1.000 anos.
Com 200 metros de altura a cúpula da superfície esférica exterior do Dhammakaya Cetiya decorada com 300.000 estátuas banhadas a ouro de Buda, contém em seu interior outras 700,000.

0_109e1d_a5013460_orig

 

Muitas figuras contém inscrições. São feitas de uma liga de titânio-ouro (criada especificamente para o templo, tendo em vista a garantia de 1000 anos necessária para a obra) e foi todo pago por “patrocinadores”, que tiveram seus nomes imortalizados, gravado em cada uma dessas figuras.

Wat Dhammakaya 7mm

 

0_109e12_d2c42668_orig

 

0_109e26_6c1463e4_orig

0_109e27_66bce297_orig

 

0_109e1f_aa964650_orig

 

0_109e13_fc2a612d_orig

0_109e14_ef08e655_orig

Wat Dhammakaya F1.4

0_109e16_9e70c0e6_orig

 

0_109e18_1df2c2f2_orig

0_109e19_2d09061e_orig

0_109e1a_c2e22cb3_orig

0_109e1b_908218bd_orig

 

0_109e1e_1937a51d_orig

0_109e20_6381c7af_orig

0_109e21_b5e84d5a_orig

0_109e22_102ce1cd_orig

0_109dfc_2eafea89_orig

0_109dfd_8af668ec_orig

0_109dfe_544e92a8_orig

0_109e00_c4ce4299_orig

0_109e01_684593f5_orig

0_109e04_88f24be1_orig

0_109e08_a90acad6_orig

0_109e09_8fdbe207_orig

Makha Bhucha Day

Buddhist monks pray at the Wat Phra Dhammakaya temple in Pathum Thani province, north of Bangkok on Makha Bucha Day

Thailand Visakha Bucha

0_109e0d_1dadc87b_orig

 

12497521705_0a16e7b1e9_o

 

fonte

20 Comentários

  1. Carol 20 de abril de 2014
    • Carol 20 de abril de 2014
    • Philipe 21 de abril de 2014
  2. Rafael 20 de abril de 2014
    • Philipe 21 de abril de 2014
  3. Name 20 de abril de 2014
  4. Bruno Guimarães Zavan 21 de abril de 2014
    • Monster 21 de abril de 2014
  5. Camila Tkatch 22 de abril de 2014
    • Philipe 22 de abril de 2014
      • Fabio 24 de abril de 2014
    • Tsu 16 de maio de 2014
  6. Future Trunks 22 de abril de 2014
    • Philipe 22 de abril de 2014
  7. Paulo 22 de abril de 2014
    • Philipe 22 de abril de 2014
      • Paulo 23 de abril de 2014
  8. Tadeu 23 de abril de 2014
  9. Jorge Elias Hakim 26 de abril de 2014
  10. Tsu 16 de maio de 2014


Deixe seu comnetário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *