O incrível cão lobo Checoslovaco

Eu curto muito cachorro. Conheço muitas raças e tal, mas não conhecia o cão-lobo checoslovaco até o meu amigo Thiago Bernardon contar que está com filhotes dessa raça em casa pra vender.

Primeiro achei o nome muito estranho. Cão Lobo Checoslovaco? 

O Thiago esclareceu porque este cão é tão incomum. Atualmente, existem só quatro criadores da raça no Brasil, sendo que ele, o Thiago, é  o único com filhotes disponíveis no momento. 


A história da raça

Um dos primeiros cães lobo
Um dos primeiros cães lobo


Em 1955, na antiga União Soviética, com a intenção de comprovar que animais de espécies diferentes poderiam ter descendentes férteis, o cientista Ing.Karel Hartl cruzou um cão Pastor Alemão com uma Loba dos Cárpatos, e percebeu que os filhotes continham todos os requisitos genéticos necessários para dar continuidade à nova raça. Dez anos depois, Ing.Karel começou então a criar definitivamente a raça, chamada Cão Lobo Checoslovaco, que nasceu com a intenção de combinar a resistência e atributos físicos do lobo com a docilidade do Pastor Alemão.

Dá pra sentir o lobo dentro desse cão
Dá pra sentir o lobo dentro desse cão

Em 1982, então, a raça Cão Lobo Checoslovaco foi reconhecida como raça nacional pela Assossiação de Criadores da República Checoslovaca daquele tempo, e reconhecida internacionalmente em 1989.

A raça foi muito explorada pelo exército da Checoslováquia, onde foi utilizado para guardar fronteiras. E por se tratar de uma raça nova, o exército a testou de várias formas, comparando com a performance de outras raças. Dois experimentos em questão tiveram resultados surpreendentes:

O primeiro, um soldado enterrava comida e soltava o cão faminto para procurá-la, testando sua capacidade de faro. Um cão Labrador submetido a esse mesmo teste conseguiu encontrar a comida enterrada a 20m de profundidade. O Cão Lobo Checoslovaco conseguiu encontrar a comida enterrada a surpreendentes 43m.

10717662_702284266529696_31592385_n

No segundo teste, colocava-se um cão a correr uma distância de 100km, que devem ser completados em até 6 horas. O recorde da raça é do cão Boltis (tem até nome de corredor) z Peronowki, que completou os 100km em 04:30 horas.

Quer moleza? Esquece essa raça!

Os cães-lobos não são adequados para donos inexperientes.
Pra começar, o bicho consegue fazer coisas surpreendentes, como CAVAR NO CONCRETO!  Segundo a Wikipedia, Os dentes caninos deles são maiores do que os dos outros cães.

10723196_702283979863058_1562569248_n
Ter um Cão Lobo Checoslovaco não é tarefa para qualquer um. Os exemplares da raça tendem a ter muita energia, serem extremamente inteligentes e testar o proprietário a todo momento.

Existiram outras tentativas de criação de cães-lobo. O checoslovaco é só um dos tipos. Segundo a wikipedia, um dos problemas com os cães lobo é que certos cruzamentos tendem a gerar animais que podem se tornar agressivos, principalmente com crianças. Não raro, ataques resultam em morte. Segundo este site, alguns espécimes de cão lobo são tão difíceis de lidar que a maioria dos abrigos para  animais nos EUA MATAM o cão lobo assim que ele chega. Casos antigos de tentativa de adoção do cão lobo resultaram em tragédias, como um caso que gerou a morte de um menino de 4 anos, após um cão lobo fugir do cativeiro no mesmo dia em que foi adotado.

De volta ao cão checoslovaco, não espere de um exemplar que ele seja um mero subordinado, que irá obedecer comandos e conviver numa relação onde o líder é superior aos outros membros da matilha.  Nessa espécie seu lado “lobo” é bem presente.  Podemos descrever o Cão lobo Checoslovaco como um parceiro que irá viver numa relação de igualdade com o proprietário, devendo o este apenas colocar limites no cão para a boa convivência.

10677078_702284309863025_1686092280_o

Levando isto em consideração, podemos explicar um pouco da independência existente na raça, uma característica que se manifesta de forma relativamente diferente do que aquilo que vemos em outras raças consideradas independentes e que, por isso, a torna mais difícil de ser compreendida por aqueles que estão querendo aprender mais sobre a raça. Cães Lobo Checoslovaco são cães extremamente independentes, isso significa que, para eles, a presença do proprietário não é necessária para a sua sobrevivência e que, para que esta convivência ocorra de forma pacifica, ela deve ser agradável e trazer benefícios para ambos.

cao-lobo-checoslovaco-04

 

Criando este vinculo de amizade, o Cão Lobo Checoslovaco será um dos animais mais carinhosos e presentes na vida de seu proprietário, uma verdadeira sombra que passa o dia o seguindo pela casa, dormindo no mesmo cômodo onde o proprietário se encontra e esperando que ele o convide para algo, e caso isto não ocorra, não é incomum o cão chamar (ou forçar) o dono para o passeio.

Tá aí a dica. Quem ficou interessado em ter um cão lobo, basta dar um toque lá pro Thiago.

Para mais info sobre filhotes

[email protected] (45) 9141-4212

fonte fonte

Related Post

16 comentários em “O incrível cão lobo Checoslovaco”

  1. Leandro A Kopper, o valor de um macho é R$6.000,00, e a fêmea R$4.500,00. A raça é bem rara no Brasil, conta com 25 exemplares. E por conta disso, precisamos importar matriz e padreadores para evitar problemas oriundos de consanguinidade. E a burocracia para um cão importado entra aqui no Brasil não ajuda a baratear o custo, infelizmente :/

  2. sabia que ja tinha ouvido falar desses cão na tv … bom na verdade n bem deles mais do que vc falou acima das outras tentativas que derão em cães agressivos .
    pormin eu criaria um desse mais aqui em casa n tem espaço para um cachorro rsrsr “magina” si n tem para um cachorro comum como ia ter para um parente tão prosimo de um canino tão resistente e atlético quanto um lobo rsrsrs
    mais sou muito fascinado por cães e lobo por min eu criaria um desses já que adoro animais selvagens como o pro pio lobo e leões raposas etc.
    Philipe eles realmente sempre terão tendencia a serem animais que respeitarão seus donos e serão muito prosemos ? e terão extintos muito parecidos ao de um lobo legitimo ?

    • Junior, nós temos dois exemplares em casa. O comportamento deles é igual a qualquer cão, se o dono for amoroso, que ensine quais são os limites, eles vão respeita-los – Terão o dono como Alfa da matilha. Se o proprietário tiver na cabeça que é só deixar no canil, dar água e comida, e não tiver nenhum tipo de socialização com eles, eles poderão sim se tornar agressivos, como qualquer raça, seja um Pinscher ou um Pit Bull, neste caso, o que o torna mais perigoso do que qualquer outra raça é sua força, vinda do lupino.
      Meus cães são uns doces, carinhosos, espuletas, o que importa mesmo, é fazer uma adoção consciente, qualquer peludo é reflexo do seu dono.

    • O cão é uma mistura do cachorro e o lobo, então ele pega um pouco de cada. Acho que a forma como o dono o educa ajuda a manter o comportamento final dentro do aceitável.

  3. Muito bacana, deve ser um animal muito bom e útil para sítios e fazendas, em apartamentos na cidade não deve ser bom para o cão e nem para o dono…

  4. Muito legal, conhecia um pouco sobre essa raça mas não imaginava que havia criadores no Brasil.
    Felipe, já que estamos falando de cães você poderia fazer um artigo sobre a raça Bully Kutta.
    Tive conhecimento dessa raça poucos anos atrás e é uma raça muito interessante. Curioso que livros sobre cães nunca abordam nada sobre.
    Fica a dica!

  5. Philipe, já que estamos falando de cachorros, frequentemente eu vejo pessoas falando mau sobre os pitbulls. Desde pequeno eu sempre quis ter um, mas meus pais nunca deixavam. Depois que sai de casa e fui morar sozinho, comprei uma fêmea. Hoje os meus pais AMAM a minha cadela, tenho irmãos pequenos que adoram brincar com ela.

    Quando sobrar um tempo (se sobrar) tente escrever algo sobre essa raça, muito descriminada pelas pessoas.

  6. Só gostaria de dizer que por esse post eu conheci a raça e acabei com uma monstrinha que fez 11 meses esses dias haha Ela foi responsável por me tirar de uma crise depressiva, então muito obrigada 🙂

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares