O homem que faz sexo com um helicóptero e muito mais


O mundo está cheio deles. Olhe bem para este cara aí perto de você… Ele pode ser um e você nem se deu conta. Eles são os ESQUISITOS:

CASO 1- O homem que faz sexo com um helicóptero

O homem que faz sexo com um helicóptero e muito mais

Olha o naipe do cidadão

O nome do cara é Edward Smith. Com 57 anos de idade ele admite que já fez sexo com 1000 carros até conhecer o verdadeiro “amor de sua vida”.

Smith diz que seu amor por carros começou aos 15 anos. Ele começou admirando e apreciando o design, mas em pouco tempo, essas sensações mudaram e ele se viu desejando sexualmente os veículos. Smith ficava excitado sexualmente ao assistir filmes como “Herbie- se meu fusca falasse” e series como “Supermáquina”.

Segundo ele diz, seu relacionamento com os carros era levemente libertino, (nota: O cara faz sexo com o carro mesmo, lambendo a lataria e se esfregando totalmente nú no veículo) com desejo por muitos carros. Ele teve até um período em que andou na linha, com compromisso com um belo e sensual fusquinha branco
, mas Smith (desculpa o termo aí) descacetou de vez quando viu o seriado Águia de fogo.

O homem que faz sexo com um helicóptero e muito mais
Se vc não lembra aqui vai uma imagem para refrescar sua memória. Este seriado só teve 80 episódios e se não me falha a memória, nunca passou da segunda temporada porque o ator principal dava ataquinhos de frescuragem. Foi exibido na Globo como tapa-buraco de domingo nos anos 80. (eu lembro que tive um águia de fogo da glaslite e usava ele para explodir o acampamento dos comandos em ação no quintal da minha vó…)

O cara nutriu um tesão pelo helicóptero da série e finalmente conseguiu comprá-lo num leilão.

Ou seja, Smith surtou de vez e não descansou até “comer” o água de fogo, que ele diz ter sido sua mais intensa experiência sexual até hoje.

O homem que faz sexo com um helicóptero e muito mais

Mais sensual que isso só música do Pepino di Capri

Edward Smith não é monogâmico com os carros e atualmente ele mantém um relacionamento no melhor estilo Hugh Heffner com “Vanilla” (o fusquinha sensual), dividindo atenções com um Opala GT 73, e um Ford Ranger Splash 93, chamado “Ginger”.

Além disso Smith diz que mantém correspondências com pelo menos outros 500 “car lovers.”

Ao que parece ele sofre de um transtorno chamado mecafilia.

Não acredita? Veja aqui.

CASO 2- A mulher que desposou a Torre Eiffel

O homem que faz sexo com um helicóptero e muito mais

Uma foto fala mais que mil palavras

O nome dela é Erika. E ela obviamente tem um fetiche estranho por objetos inanimados. Erika é uma ex combatente de 37 anos, que se viu perdidamente apaixonada pelo monumento parisiense. Seu primeiro caso foi com um arco. Não, não era o Arco do Triunfo. Era um arco de disparar flechas.

Ela tipo “namorou” com ele por um tempo, e graças a esta relação, Erika virou fera no arco e flecha. Posteriormente numa visita a Alemanha, Erika descobriu um certo desejo por nada menos que o muro de Berlim. Levou um pedaço dele para casa, e confessa que ainda mantém nas proximidades de sua alcova. Segundo a própria, ela usa o pedaço do muro para tórridas noites de paixão e luxúria.

Mas foi então que Erika viajou à Paris e tão logo deu de cara com aquela figura alta e eroticamente ereta para o céu, foi tomada de desejo, paixão e amor que conduziram-na direto ao casamento.

Erika celebrou sua união com a Torre Eiffel em uma cerimônia simples e discreta, só para os mais chegados.

(eu estou tentando entender como alguém casa com a Torre Eiffel e quer uma coisa discreta)

Então ela mudou o seu nome legalmente para atestar o compromisso e por isso, se chama agora Erika La Tour Eiffel.

Não acredita? Veja aqui.

CASO 3- A mulher que casou com o Muro de Berlin

O homem que faz sexo com um helicóptero e muito mais

Eija Acariciando o ponto G do muro.

Era uma vez uma mulher suíça chamada Eija-Riitta Berliner-Mauer, que como você deve imaginar, já está com o nome de casada. Eija sente tamanho tesão pelo seu muro (desde quando ele estava inteiro) que o caso dela virou um documentário para a Tv. Em sua casa, ela vive com maquetes e representações artísticas do muro de Berlim, além de varias guilhotinas. Sim, isso mesmo. Guilhotinas. Eija tem fixação também em guilhotinas, que ela afirma serem objetos altamente eróticos e sexuais. Sem falar no peculiar detalhe que de segundo Eija, as guilhotinas tem alma, sentimentos e desejos, e talvez por isso, podem se comunicar telepaticamente com Ela. Eija tem um site em que conta sua experiência matrimonial com o muro. detalhe para a parte:

“Nós estamos juntos por muitos anos, fisicamente e espiritualmente. Como todo casal, nossa relação tem altos e baixos. Mesmo após o trágico dia 9 de novembro de 1989, quando meu marido foi atacado por uma multidão assassina. ”

Veja o site dela.

Related Post

3 comentários em “O homem que faz sexo com um helicóptero e muito mais”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares