4 Comentários

  1. Philipe

    Espero sinceramente que vocês entendam que o analista é o rapaz e que a história é uma brincadeira literária com o termo analista de sistemas.
    Com o avanço da computação, e com a facilidade de trazer dos mortos e simular em realismo as pessoas usando o 3d, bem como as inovações de inteligência artificial, Freud digital poderá ser possível algum dia. Se fiosse ele poderia precisar de um analista? Máquinas poderiam sofrer de problemas psicossomáticos?
    Bem, espero que entendam onde eu quis chegar.

    Responder
  2. Marcelo

    Ta otimo! =D Teu estilo de escrita é muito bom!

    Precisar de analista não sei se ele precisaria, mas com certeza iria passar o resto de sua “nova vida” quebrando a cabeça pra entender “Novo mundo” em que chegou!

    A propósito, meu computador já está precisando de um dos bons!

    Responder
  3. Bianca

    Muito criativo esse post!! Adorei o trocadilho com o analista!! Engraçado que, pra assuntos mais elaborados quase ninguém comenta… por que? Será que não entenderam? Ou porque preferem assistir BBB10? Triste humanidade… ¬¬

    Responder
  4. Amarildo valim

    Embora improvável que maquinas com sistemas lógicos tenham um colapso deste tipo o conto futurista é muito bom,já pensou em escrever para o recanto das letras?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.