Netflix vale a pena? Compensa?

Antes de começar este post eu tenho que dizer que ele NÃO É UMA PROPAGANDA! Não quero que se repita aqui aquela sessão desconfiança de quando eu elogiei um tênis que eu gostava há trocentos anos atrás, e o povo ficou achando que eu tava ganhando dindim do fabricante pra promover o produto veladamente. (quem me dera ganhar dindim para promover produtos, mas eu NUNCA faço publicidade velada. Isso é uma REGRA. E quando agências me sondaram para isso – já aconteceu umas duas vezes – eu recusei. )

Depois de ir na casa de vários amigos e todos eles me recomendarem aderir ao tal do Netflix, finalmente aceitei fazer um teste. Eu sabia que o Netflix faz sucesso sobretudo nos EUA, onde surgiu inicialmente mandando filmes para a casa das pessoas, mas logo ficou muito cara a logística e sabiamente migraram para o streaming.

Sempre tive um pé atras com serviços de streaming, sejam eles quais forem. Mas quando percebi que até o Telecine inventou o Telecine Play, que é uma parada que é basicamente uma réplica do Netflix, comecei a pensar se aquele treco talvez estivesse mesmo dando certo, afinal, dificilmente se copia os perdedores, né?

Some a isso o fato de que esse mês, o Netflix disse que teve um lucro líquido recorde de 29 milhões de dólares no trimestre, comparado aos 6 milhões de dólares no mesmo período do ano passado, quando a companhia estava gastando pesadamente para atuar em mais países.

Eu entrei la no site do Netflix (não vou dar o link. Se você quiser, procure no Google) e vi que eles -ainda- estão com aquela promoção de um mês grátis. Então eu pensei, “se eles dão um mês grátis, é porque se garantem”.

Aí eu me cadastrei, tem que dar o cartão de credito para criar a conta, é um procedimento normal. Eles te permitem cancelar sua assinatura em qualquer momento dentro de um mês e não será cobrado. Você cria seu login e entra.

%name Netflix vale a pena? Compensa? Ao que parece, o tal do Telecine Play é gratuito para quem já é assinante de pacotes que incluam os seis canais da rede. Através de conexão de internet, o serviço oferece cerca de mais de 1500 títulos veiculados em seus canais e que podem ser vistos no iPad, iPhone, iPod touch ou PC. Para ter o acesso ao serviço em aparelhos móveis, é necessário realizar o download do app do Telecine Play, disponível lá na App Store, que pode ser baixado em até quatro dispositivos diferentes. Segundo a rede, o serviço contará, em breve, com uma versão para Android. É uma boa opção que eu vejo como complementar ao netflix por ampliar suas potencialidades de achar um filme legal no streaming.

Uma vez la dentro, você passa por uma sucessão de perguntas que visa definir seu “perfil de cinéfilo”, basicamente elencando o que você mais curte ver. Isso -me parece- define a ordem em que os filmes vão ser sugeridos pra você na tela principal.

Depois disso ainda fiquei um tempão enorme marcando filmes que eu já vi e qualificando-os dando estrelinhas pra eles.

Finalmente, depois de entrar, vi que tem filme pra caramba. Muito filme antigo, que eu estava esperando uma oportunidade para ver. Muitos filmes que eu já vi também. Tem um monte gigante de filme merda, é importante dizer.

Mas tem uns muito bons lá no meio.

Uma vez que você entra naquele bagulho, vai aparecer uma cacetada de capinha de filme. Parece uma locadora. São agrupados em “prateleiras” com estilo, tipo comedia, terror, drama, infantil, etc. Quem ta acostumado com locadora sabe como que é. A parte mais interessante é que você escolheu um, clicou, começou. Não tem download, não tem torrent pra baixar, não tem que procurar o filme em sites especializados, nem esperar nada. Escolheu, clicou, começou.

E foi aí que meus problemas começaram.

Escolhi aleatoriamente um filme para teste. Quando o filme começou tava legal, o som, a imagem e as legendas. Tudo no automático, não configurei nada, até pq não vi onde poderia fazer isso. Parece que o negócio é criado para você ter o menor trabalho possível. Aí depois de um tempo, notei que de tempos em tempos o som sumia tipo um segundo, mas o filme continuava. Não tardou, percebi que a cada volta, ele retomava do ponto em que havia parado. Com uns vinte minutos de filme, o delay era de seis segundos entre som e imagem. (deixei pra ver até onde ia)

Cheguei a conclusão que realmente, “tava muito bom pra ser verdade”. O tal do Netflix tinha que ter um defeito, né?

Eu desconfiava que era problema do  serviço, porque minha internet é de 15 mega e bate fácil em 30 mega e em dia bom, chega a 50. Então tava muito acima do necessário. E minha maquina, é uma maquina pra mexer com 3d. O que significa que eu tenho o máximo de memoria ram que minha placa mãe aguenta, minha placa de video (novinha) tem trocilhões de núcleos de processamento gráficos otimizados para vídeo e render de video e meu processador é um intel core i7, com 3 tera de Hd. Não posso por a culpa na maquina.

Eu simplesmente não podia acreditar que os malucos da Netflix ofereceriam um mês grátis dando um serviço de merda ao cliente. Não fazia sentido.

Entrei no Facebook e reclamei, já que talvez houvesse algum macete na configuração do Netflix. Para meu espanto, varias pessoas me disseram que não tem problema nenhum. Muitos dos meus amigos disseram que “já não vivem mais sem”.

Então tem alguma coisa errada aí! Não é possível que só comigo o serviço seja uma bosta. -Pensei.

Reiniciei o roteador. Melhorou um pouco, mas dali a dez minutos de filme, começou a falha de sincronismo de audio-video.

Não demorou muito para eu perceber que só poderia ser algum tipo de conflito com codecs de video. Por trabalhar com “merdas graficas” eu tenho um porrilhão fantástico de codecs na maquina, e certamente algum deles estaria dando conflito.

Resolvi então fazer um outro teste. Peguei meu tabletSAMSUNG Galaxy Tab de 7pol e entrei na google store e baixei o aplicativo da Netflix.

Assim que eu instalei e entrei com meu user e senha, a primeira surpresa positiva. O treco me mostrava o filme que eu tava vendo e na parte que eu tinha pausado no computador. Sei que parece bocó dizer  isso, mas me deu um gostinho de futuro esse troço.

Toquei o play e ele continuou dali. Inicialmente a tela ficou horrendamente repleta de artefatos de compressão vagabunda. Aí eu pensei: “Porra, vai dizer que o bagulho vai passar o filme com resolução de celular!”

Mas em três segundos estabilizou a compressão, os artefatos sumiram e caralho, ficou SENSACIONAL! Altíssima resolução, nem uma flicadinha, som bom, sincronismo total.

A grande vantagem é poder com a mesma conta ver na televisão (se ela for smart Tv) no playstation 3, no celular, no tablet, no Pc… Tendo internet, você vê.  E no tablet, onde eu imaginava que poderia ficar capenga, dado o fato que nem todo tablet é muito potente, me surpreendi. Rodou “filé”!

Eu simplesmente não podia acreditar. O que haviam me dito era verdade mesmo. É maneiro o bagulho. Isso resultou em quatro filmes seguidos, e fui dormir de madrugada. Nada travou nesse tempo.

Depois de reiniciar o meu Pc e executar como administrador, os problemas no Pc se atenuaram bastante, mas ainda não sumiram totalmente. Mas agora está tipo 98% de qualidade. Já no tablet é 200%.  Maravilha poder ver o video na cama com o tablet no meu peito e fones, sem acordar o Davi.

Falta ainda encontrar um jeito de fazer o Netflix funcionar no meu PS3. Quem tem diz que roda redondaço no videogame, mas eu fiz a burrada de registrar meu ps3 como Portugal e ele diz que não pode instalar o Netflix porque ele “não esta disponível para o meu país”. Ainda tenho que ver como que instalo lá, pra ver na Tv na sala com tela grande, se bem que com o tablet no peito e fones de boa qualidade, é uma sensação de estar num cinema sozinho de frente pra maior tela que você pode imaginar.

%name Netflix vale a pena? Compensa?

Outro serviço inaugurado no começo do ano pelo Portal Terra, o Sunday TV pode ser adquirido de três maneiras: por assinatura mensal, que custa cerca de 15 reais, com a aquisição individual de um filme, por exemplo, como se o mesmo tivesse sido alugado em uma locadora convencional, ou comprando o título desejado, podendo o usuário realizar o download do mesmo. Seu grande destaque são os impressionantes mais de 30 mil títulos oferecidos pelo serviço que serve para Tv (usando cabos e algum equipo ligado à internet) além dos PCs, Macs ou ainda através de dispositivos móveis equipados com iOS, da Apple, ou Android. Não testei e não sei como é.

Bom, agora que tenho e já vi alguns filmes no negócio, posso avaliar melhor o serviço. Passado meu problema inicial, devo dizer que adorei. Mas eu acho que não é um serviço que atenda a todo mundo.

Por que? Porque o Netflix tem muito filmes e series antigas. Mas não vi NADA de novidade. Sempre foi essa a maior crítica que vi sobre o serviço. Poucos filmes e filmes antigos. Hoje já tem filme pra dedéu ali, e me parece que foi vantajoso entrar tão tarde no Netflix. É uma questão de perfil. Não sou do tipo que só vê novidade. Aliás, era comum eu futucar justamente as prateleiras que dão dor de coluna na locadora, em busca de perolas cinematográficas  esquecidas.

Também me parece que não é o serviço ideal para aquele cara que busca aquele filme iraniano completamente desconhecido, ou aquele ator que só fez um único filme na vida e ele viu um trecho no corujão de 1983. Pra esse, a solução é a banquinha do “camelô pirata cult”, que geralmente abre sua tenda de raridades e preciosidades em portas de universidades. Esses caras geralmente trabalham com encomendas e sabe-se lá como conseguem desencavar velharias que você não acha em lugar nenhum. Mas é aquele negócio, é pirataria, é crime… Mas quando o filme não tem em lugar nenhum, nem na Amazon, esse é o único jeito.

Já para os caras que só gostam de ver o que tá rolando nos cinemas, o bom e velho p2p como o emule ou torrents acaba sendo a solução. O inconveniente é isso, ter que procurar, vasculhar e eventualmente quebrara a cara achando que vai ver o novo filme do Super Homem e vir “O melhor do Scat mundial” (obs: Para sua sanidade mental, não procure isso no google!)

Para essas situações existem aqueles sites tipo o Armagedom filmes. Mas embora ofereça lançamentos com baixa resolução (esquece se você é fanático por Hd e som 5.1) e legendas de qualidade nem sempre excelentes (mas bem aceitáveis em 90% dos casos) você ainda vai ter que baixar, esperar, e tal. Não é instantâneo. E é aquele lance de consumir um negócio que não é lícito. Há quem lide bem com isso, há quem se sinta constrangido. Cada cabeça, uma sentença. Tem gente que não baixa nem Mp3, nem joga game pirata. Tem gente que nem se der de graça o troço original o cara não quer e vai procurar uma versão pirateada porque esse  é seu estilo corsário de ser.

Para uma faixa de consumidores de filmes, eu acho que o Netflix compensa e muito. Essa faixa é daqueles caras que não vêem somente as novidades, e que seja por falta de tempo, seja por falta de grana ou ambos, ficaram muito tempo sem ir ao cinema, de modo que o Netflix aparece com muitos filmes interessantes para se ver. Com o Davi na área, fiquei praticamente um ano sem ir ao cinema. E ver filme na Tv é aquilo, você fica a mercê de um equipamento que não quer saber se o moleque caiu, se ta na hora de botar ele pra dormir… O filme continua lá na televisão e foda-se você. (a menos que você tenha time machine, coisa que eu não tenho)

A outra opção existente é pegar um filme na locadora. Aí entra em cena outro leque enorme de problemas. As locadoras hoje estão sentindo a tripla pressão dos serviços de streaming, Tv a Cabo e diversificação de entretenimento, como facebook, shopping, games e tal. Antes, fim de semana com chuva era garantia de lucro pro dono da locadora, mas hoje, não mais.

Atualmente é quase um sacrilégio dizer que você está atoa, sem “nada pra fazer”.

A pressão tecnológica também atua firmemente. Enquanto antes bastava comprar fitas de VHS, logo surgiu o DVD, e depois o Bluray. Cada tecnologia obriga ao cara a se desfazer de todo seu acervo para acompanhar a tendência. E isso implica em vender barato o acervo da tecnologia obsoleta e comprar a peso de ouro a nova. Com isso, não sobra muita solução senão subir o preço da locação. Na locadora da minha esquina é dramático: Locar dois blurays hoje custa mais caro que um mês de Netflix. 

Quando você ainda bate o pé e aluga, corre o risco (isso dá “ódeo”) de pegar um bluray arranhado, que vai agarrar e saltar longos pedaços do filme, FODENDO completamente sua experiência de imersão cinéfila, também chamado de “supressão da descrença”. Poucas coisas na face da Terra tem o poder de me deixar mais puto que ser vomitado da matrix porque havia uma escrotíssima marca de dedão gorduroso no bluray da locadora e o playstation engasgou. Pior quando é arranhão. Sim, porque tem gente que é tão civilizado quanto uma barata de Madagascar, e ao alugar um filme, (pior fica quando é de criança) parece que joga futebol no cimento com a porra do disco antes de devolver na locadora.

Por essas e outras, o Netflix me pareceu uma boa solução, mas como eu disse, não é a solução perfeita e pra todo mundo.

Com o aumento na difusão da banda larga, eu acho que o Netflix vai se firmar cada vez mais e com um volume de clientes pagantes cada vez maior, é provável que a empresa compre mais filmes, diversificando e talvez até mesmo atendendo aos anseios dos clientes por lançamentos. Pessoalmente, eu cago e ando para os lançamentos, que ainda prefiro ver no cinema, (embora esteja caro pra caralho) e gostaria mesmo que o Netflix fizesse bem seu dever de casa, comprando todos aqueles filmes que eu citei no post com os melhores filmes dos anos 80 (parte 1 e parte 2), os melhores filmes com robôs, os melhores filmes de Sci-fi os melhores filmes de fantasia, os melhores filmes de terror, os melhores filmes de alienígenas, os melhores filmes de segunda guerra, os melhores filmes com heróis dos quadrinhos… Enfim.

Compre os antigos. Quero que o Netflix compre é mais e mais filmes antigos e bons! Eles devem estar com preços ótimos no mercado , e embora velhos são filmes sensacionais.

Quem pode negar que O nome da Rosa é um filme fodástico? Quem se recusaria em sã consciência a ver uma obra clássica como A missão, ou Tora!Tora!Tora!, Papillon, Ensina-me a viver, Love Story, Em algum lugar do passado,  Les parapluies de cherbourg, A doce vida, O selvagem, Juventude transviada… Quero todos os filmes do Jason. Quero series como Terra de gigantes, Esquadrão classe A, quero tudo do Chaplin que existir,  Platoon, Ivanhoé, filmes da Lassie, Rintintim, O elo Perdido… Porra tem muita coisa velha que é foda demais. Filmes que eram bons sem precisar explodir cidades, nem provocar surdez funcional, epilepsia ou labirintite na audiência. Filmes quem eram bons pelo roteiro, tipo Os Goonies, festim diabólico e Conta comigo.

Então eu acho que o Netflix compensa hoje e compensará muito mais se seguir essa linha no futuro. Mas como eu disse antes, não é pra todo mundo.

Pra quem tem criança, dei uma olhada por alto ontem e me espantei com a quantidade de filme. Bastante, o que é bom. Não vi desenhos clássicos dos anos 80, que seria bem legal de ter… Como todas as temporadas do He-Man, dos Thundercats,Space Rangers, Galaxy trio… Mas talvez eu esteja exigindo demais.

O que é legal no streaming é isso. Saber que o filme que você quer ver pode estar a um mísero clique no botão. Um montão de filme ao custo de cerca de 16 merréis no mês, achei válido. Menos que um ingresso de cinema. Melhor que torrent, pq você começa a ver e se achar uma bosta cancela logo, sem precisar baixar o filme todo para começar a ver.

Claro, pode ser que eu esteja na fase da Lua de mel com o Netflix. Talvez daqui a uma semana vou achar aquilo um saco. Mas é provável que não.

Você vai gostar? Não sei. Mas acho que é pra isso esse lance de te dar um mês para usar avontê e cancelar quando quiser. Uma coisa é certa, o troço é perfeito pra te fazer ver aqueles filmes que você jamais desperdiçaria sua banda baixando e muito menos gastaria grana pagando na locadora, como os filmes do Zé do Caixão, hahaha.

Seja como for, eu estava vendo aquele negocio ali no tablet, no meu peito, vendo o Zé do Caixão trepando com uma mulher pelada sob um banho de sangue que pingava dumas bruxas mortas penduradas no teto quando me peguei pensando num momento de quando eu tinha somente uns nove anos de idade.

%name Netflix vale a pena? Compensa?

Naquele tempo, a gente morava em Juiz de Fora e o mundo era muito diferente do que é hoje. Já começavam a surgir, ainda bem incipientes os primeiros computadores. E não existia a internet. Naquele dia, meu pai e eu estávamos conversando e ele me disse que no futuro, haveria um predio cheio de videocassetes onde você ia telefonar e dizer que queria ver um certo filme, e neste prédio teria um videocassete ligado num fio que ia ate sua casa. Aí assim que você ligava e pedia começava o filme na sua televisão!
-Nossa pai! Que maneiro!
-A televisão do futuro vai ser assim. Você que vai dizer pra ela o que você gosta de ver!
-Até desenho, pai?
-Tudo, até desenho! E vai ter gente que só vai ver noticia o dia todo!
-Ah, só maluco, né?

Descontando o videocassete e o fio que vai do predio gigante até a sua casa, acho que o meu pai estava certo. Ele previu numa só tacada os filmes por streaming, o pay per view e as tvs à cabo.

 

Artigos relacionados

Comments

comments

63 comentários em “Netflix vale a pena? Compensa?”

  1. bacana o post! concordo com vc! tem pouco novidade mesmo….mas tb nao sou de ir com regularidade no cinema, vou só quando é algo q quero muito ver….então tem muito filme que pra mim é novo heheheh
    mas acho legal principalmente pra ver séries! tem muita série antiga que nao vi, aí vc pega pra ver do começo, e fica salvo onde vc parou, é muito bom.

  2. Eu assino Netflix a quase 2 anos e está cada vez melhor. É uma pena que a burocracia brasileira impeça que tenhamos um catálogo tão extenso quanto o americano, mas está melhorando.

    Se você quiser dar uma olhada no catálogo dos gringos é só instalar a extensão do Media Hint no Chrome: https://mediahint.com/install_chrome.html

  3. Cara, o Netflix é uma coisa “essencial” na minha casa. Tenha na minha smartv, tablet e PS3, e roda sempre “lisinho”, detectando, automaticamente, se é full hd ou não. Mostra inclusive o que meus amigos de facebook estão curtindo e vendo. Além disso, tem temporadas inteiras de diversos seriados (é claro, lançamento não tem muito), e as crianças gostam muito, pois têm centenas de desenhos. Vale o preço.

  4. Philipe, eu tmb sou um usuário assíduo de Netflix, mas por experiência eu vou te dar umas notícias ruins agora, antes que voce descubra por si só.

    É como, muito comum, não só eles colocarem filmes novos, como tirarem das ”prateleiras” um montão que voce estava afim de ver um dia…

    Esses dias eu comecei a ver o Devolta para o Futuro, e quando eu resolvi ver o segundo e o terceiro num outro dia, veio a surpresa… Tiraram do ar.

    Isso de tirar do ar ficou comum até… Não sei o porque.

    Mas uma coisa boa é que as vezes, (é bem raro) eles colocam lançamentos lá sim… Mas quando eles colocam lançamentos eles fazem um grande alarde para todos saberem! Isso aconteceu com Jogos Vorazes que mal tinha saído dos cinemas e a Saga Crepúsculo (arght!).

    • Isso deles tirarem da “prateleira” acontece mesmo. Teve uma época ano passado que vários filmes foram tirados na mesma semana. O que acontece, pelo que eu li, é que eles fazem contratos de exibição dos filmes por um período determinado. Quando esse prazo acaba, as vezes eles não renovam, ou deixam pra renovar depois o contrato e eles saem de exibição por um tempo..

  5. Quem curte coisa recente ‘na hora’, tem que manjar de inglês, ter cartão internacional e um proxy (de preferencia um serviço de vpn pago) que te dê IP americano e assinar o netflix dos EUA, esse sim é o fodão.

  6. Ae Philipe, testa esse app pro chrome, ele libera todo o conte~udo da netflix americana

    https://chrome.google.com/webstore/detail/netflix-unlock/hlacajbkonocfmdfgdkdjmpneojpbllj?hl=en

  7. Cara, quanto ao PS3.
    E fácil de resolver, e só criar uma conta brasileira na PSN, vinculada a outro e-mail, fazer download do aplicativo do Netflix e ta resolvido!

  8. Ganhei um cupom de 6 meses gratuitos de um grande amigo meu e com certeza continuarei pagando após o termino desse tempo, realmente muda seu conceito de ver filmes online tanto pelo preço acessível e a enorme qualidade que eles oferecem. Já testei a Netflix em Internets de até 1mb e rodou tranquilo 🙂

    Também vale ressaltar as séries. Pra quem quer acompanhar sem ter que baixar a maioria das temporadas de Breaking Bad, Dexter, Star trek ou Doctor Who (entre outras) é só pegar o 1 mês gratuito e ver tudo por lá. Realmente é o tipo de serviço que faz a diferença quando você tem nada pra fazer (e olha que eu só uso no PC, se tivesse um tablet então…)

  9. Muito bom texto.

    Realmente você tinha razão de ter um pé atrás. todos temos ou tivemos uma hora. Como assim ver filmes nessa net vagabunda que temos, mas nem tem nada pra ver direito, só coisa velha e tal.

    Mas está melhorando bastante, tem algumas coisas razoavelmente novas, tem séries próprias para o serviço (Laranja é o novo Preto, House of Cards, entre outros) tem stand-up, tem desenhos de monte para a criançada (tá, não tem os NOSSOS desenhos, mas tem esses que eles gostam hoje em dia).

    E assim como você, eu também curto ver umas velharias legais que faz tempo que vi ou que só ouvi falar.

    Além disso, consegui com a patroa, assistir as 6 primeiras temporadas de Bones (que hoje está na 8ª temporada, então é coisa nova), estamos vendo Buffy (que está completa), estou vendo Esquadrão Classe A (e ainda é bem divertido) entre outras coisas.

    Lá em casa também é razoavelmente indispensável. e olha que tenho uma imensa coleção de filmes.

  10. Minhas filhas pequenas vivem assistindo desenhos e não desgrudam do Ipad.
    Se você gosta de séries também é um prato cheio, como a temporada completa do Arquivo X e indico também a série Breaking Bad que é muito boa.

  11. Bacana o Post, é verdade, o Netflix tá bombando, eu ainda não tenho. Sou fãzaço, kkkk, de filme antigo, eu tenho aqui em casa em DVD a trilogia de volta para o Futuro e um Tira da pesada e é tudo original que comprei na submarino.com. Phillipe, me diz aí, você que tem a Netflix, por acaso tem o filme: O Resgate, é um que passava no cinema em casa do SBT, é um que uns militares americanos que moram na Coréia do Sul saem em missão e são pegos no mar por Norte Coreanos, aí os filhos deles decidem ir sozinhos para resgatar seus pais, o filme é muito bom e não acho em lugar nenhum…

  12. Prefiro baixar pelo torrent. Baixo muito rapido em 720p ou 1080p o filme ou serie que quiser, não pago nenhum tostão e vejo algo de qualidade de verdade.

    • Cada um tem suas preferencias. Eu pessoalmente acho extremamente conveniente chegar em casa do trabalho cansado e poder ver um filme ou série instantaneamente sem ter de baixa-la.
      Faz 6 meses que assino netflix e desde então não tenho sentido vontade de baixar mais nada.

  13. Hoje em dia praticamente assisto mais Netflix do que tv paga, minha tv veio com o aplicativo que funciona perfeitamente. Ótimo conteudo em se tratando de série, das mais antigas como as mais recentes e filmes muito bons, definitivamente vale a pena!

  14. Muito bom!
    Já faz mais de um ano que assinei, assisto no PL3 e a qualidade é ótima, nunca tive problema… Realmente, não tem novidade quase nunca, mas para pessoas que como eu, adoram filmes antigos vai sair no lucro! Já não vivo sem netflix. rs O legal também são os documentários!! adoro!

  15. Olha, eu tenho Netflix desde que começou. No ano passado, só tinha filme velho e série velha, e o pessoal reclamava muito. Eu não ligava, porque tinha muito filme que eu nunca tinha visto (tipo tubarão) ou que queria rever.
    do final do ano passado para cá, melhorou muito. Eles compraram muitos filmes e séries e tem até as séries e filmes exclusivos.

    Vou te contar, as séries exclusivas são minhas coisas favoritas. Porque eles lançam a temporada toda de uma vez só, sem essa viadagem de ficar reprisando o mesmo ep por 4 semanas. E as séries são iradas!

    Tem uma meio boba que eu adoro, se chama Wharehouse 13. É sobre um galpão onde ficam armazenados todos os objetos gumps que marcaram a história. É muito legal! É tipo a pena do Edgar Alan Poe, uma estátua egípcia de ramses… objetos que tem alguma espécia de “mágica gump”. Tem 3 temporadas, e acho que você pode gostar.

    E está muito famoso agora o Orange is the new black, uma série nova sobre uma mulher que acaba na cadeia. Muito maneira.

    Hoje em dia, procuro sempre os filmes no netflix antes de pensar em baixar. Quando não acho, pelo menso tem uns “similares”e umas recomendações legais. Aliás, as recomendações sào ótimas!

  16. Recomendo assistir as séries que a própria Netflix produziu.
    House of Cards
    Orange is the new Black

    Coisa fina mesmo, os caras manjam das putarias de hollywood.

  17. Cara, assim como voce eu também sempre tenho um pé atras quando se trada de “!Muita esmola o santo desconfia”, principalmente quando pedem para registrar algum cartão (de crédito). Mas agora que voce já esclareceu um monte de coisa (faltou dizer o custo da mensalidade quando vercer o mes gratuíto), fico muito mais tranquilo e voce conseguiu “atiçar” minha curiosidade. Tambem ja recebi essa oferta, várias vezes e tenho todas as comodidades possiveis. internet boa, tv grande, ps3,2,1 celular tela grande etc. Acho que vou mergulhar nessa “marola” aí também.

  18. Assisti muito seriado, um chamado “Sliders”. Só fico triste porque comprei um cabo HDMI pro meu Galaxy S3 e o Netflix não roda na TV em tela cheia (imagem “esmagada”), a qualidade é podre e as legendas não aparecem. No celular é uma maravilha, mas ligando na TV é ridículo!!! A Netflix tomou actívia e Johnny Walker pra isso. Sai cagando e andando! RSRSRSRS

    • Vc ta jogando a imagem do celular para a tela grande via Hdmi, né? Realmente, nunca imaginei fazer algo assim. O meu ta no ps3 jogando para a Tv com hdmi e para o hometheater via cabo otico. Roda Hd numa boa. Aliás, a resolução, para um streaming me impressiona bastante. Há uma certa granulosidade, que não sei ainda se é proveniente do filme e eu consigo ver pq minha tv é fullHd ou isso é nativo do processo de compressão usado pela netflix. Mas é algo muito sutil, que não chega nem perto de ser um artefato de compressão tradicional. Parece mesmo o grain de filme. Pelo ps3 funfa legal.
      Me parece, pela sua descrição que este é um problema de hardware, pq pensa bem, é um celular jogando o sinal de video pelo hdmi para uma tv. Ele vai comprimir tudo que chegar pelo sinal de video, não entendo o que a netflix teria a ver com isso. Provavelmente, o que ocorre é que o aplicativo deve estar sendo desenvolvido para exibir para esta resolução nativa da “maquina” que é a tela minuscula do celular. Ao jogar para uma tela externa, a maquina deve fazer um scale up para a janela da Tv, o que não é o ideal.

  19. Post legal Philipe, fiquei até interessado. Mas minha conexão é de apenas 1 MB; no site do Netflix fala que a partir de 500 KB já roda, mas, e na prática? Será que 1 MB é viável? Alguém pode me ajudar? Obrigado!

  20. “parece que joga futebol no cimento com a porra do disco antes de devolver na locadora”

    Chorei de rir com esse comentário hahahaahahaha

    Mas então, me falaram que tem Xena e Mundo de Beakman no Netflix, só isso já me valeria toda a nostalgia do cosmos!

    Se a internet da cidade onde moro fosse melhor, eu assinava fácil.

  21. Philipe, eu gosto de ter a facilidade do netflix a disposição, e mais ainda: o catalogo do netflix do EUA também. Para assistir com a patroa em geral é via netflix Brasil pelas legendas, mas sozinho vejo muita coisa a mais no catalogo americano. Pra isso pago o unblock-us.com, é muito bom, fácil de configurar através dos servidores DNS configurados no pc ou do router, e eles permitem escolher qual país/base do Netflix vc quer acessar. Abraço ae.

  22. Ótimo post com suas impressões cara. Assinei o Mês grátis pra ver qual é e estou um pouco desapontado… Achei algumas coisas interessantes sim (como as séries originais) mas em geral, 80% do que eu procuro não tem e os outros 20% eu já assisti… E não é só coisa nova não, coisas “velhas” como o Guia do Mochileiro, Blade Runner e Senhor dos Anéis não tem. Isso me desanima muito de continuar com a assinatura. Eu testei a extensão que alguém mostrou nos comentários, Netflix Unlocker, e realmente abre toda a biblioteca absurda do Netflix US, mas me parece gambiarra, e eu não suporto gambiarra (muitos problemas passados). Eu gostaria muito de ver o Netflix BR se esforçar mais em aumentar a biblioteca e deixar lá. Eu já notei e alguém nos comentários também falou que os filmes simplesmente somem do catálogo do nada. O último lançamento alardeado deles foi Jogos Vorazes e Crepúsculo que já tem quase 1 ano de lançados, mesmo que você não seja fanático por lançamentos, acaba parecendo que eles não tem tanta importância.
    Por enquanto eu descontinuarei a assinatura e continuo observando a evolução. A Sky me supre bem na questão filmes. Tenho assinatura do Sky HD, daí da pra pausar e gravar se não puder assistir naquela hora.
    Enfim, essa é minha opinião fecal sobre o Netflix atualmente, torço muito pro serviço melhorar e chegar perto do que os Americanos do norte tem.

    • Realmente, eu acho que vc testa e se acha que não te agrada tem mais é que sair fora mesmo. No m,eu caso, estou gostando, pq tem muitos filmes que eu nunca tinha visto ainda, e tava planejando pegar na locadora. Acho que já fiz uns 300 conto de economia só em filmes que eu não tinha visto ainda. Estou deixando as series para o fim, ja que das que tem la só vi friends e Xfiles ate hoje. Como eu disse no texto, eu acho que netflix é pouco útil para quem busca novidades. O que me deixa intrigado é a questão do catálogo. Por que diabos na netflix EUA o catalogo é tão gigante e no Brasil bem mais restrito? Eu tenho duvidas que seja em função da falta das legendas. Talvez a falta seja das versões dubladas, já que aqui eles oferecem isso tb, embora (estou chutando) acho que nem 2% do publico use versão dublada.
      Então minha suspeita maior é que há uma pressão junto a MPA (motion pictures association) das emissoras, principalmente as de tv à cabo para conter o licnenciamento de filmes para a netflix, já que eles perderiam atrativos. Como se combate isso? A princípio com massa critica. Mais usuarios significa mais grana pra eles brigarem e comprarem mais filmes para o catálogo. E mais gente = mais pressão por um serviço de mais qualidade.
      Somando o netflix e o serviço de streaming do telecine, o volume de filmes disponíveis para ver aumenta substancialmente, num nível insano.
      Agora recentemente apareceu a notícia que a associação das emissoras quer exigir que a agencia reguladora do setor crie um imposto para aumentar o preço do netflix, que eles consideram barato demais e por isso concorrência desleal. Se isso acontecer, sou o primeiro a sair dessa porra.
      Brasil é foda, meu!

      • Como tudo no Brasil que é bom, não pode ser barato se não quem quer cobrar caro ta “sofrendo” concorrência desleal. É triste saber que existe essa ideia e saber que isso provavelmente vai passar :(. Eu acho que a diferença aqui realmente é o licenciamento das coisas, legendas são tão difíceis de fazer que nego faz de graça pra filmes/séries piratas e devo dizer que a qualidade é deveras boa pra algo feito de modo amador. A dublagem realmente pode ser um probleminha, mas não creio que seja O problema que impede a disponibilização dos títulos (até pq boa parte já tem dub/leg oficiais de seus lançamentos). Eu não sei como funciona a questão do licenciamento nos EUA mas aqui a briga pelos “exclusivos” é foda! Só o usuário que se ferra, pq tem que ficar quicando entre os serviços pra achar o conteúdo que lhe agrada. Se ficar mudando de um pro outro for só chato, já é um motivo pra baixar um torrent que se acha fácil por aí.
        Quanto ao serviço de streaming do Tele Cine, vou aproveitar a assinatura da Sky da minha namorada para testar, já que ela tem o pacote Tele Cine e pode usar o serviço sem pagar nada mais. Na minha assinatura eu posso usar o HBO Go que funciona bem pra filmes e séries. Principalmente séries, já que o catálogo de filmes é BEM pequeno em relação a tudo que eles tem licenciado, são só 176 filmes no total disponíveis no serviço atualmente.

  23. Tbm assino e é realmente muito bom…
    Porque vc não assina tuas postagens, sou leitor novoo do blog e tou com dificuldades de identificar os personagens das historias todas…
    Afinal, ou vc é gay ou o Davi é teu irmão(nada contra).
    Na verdade to meio perdido no blog ainda, não sei nem a data do post. Mas gostei do conteúdo em geral…
    Voltando ao foco do tópico, você já assistiu as series de TV da netflix? ele emenda os episódios pra você, você poe o episódio 1 da primeira temporada pra rodar e deu, os outros tudo em sequencia, quando eu vi meu primeiro espisódio la, no finalzinho eu fiquei pensando, BAH (sou gaucho), bem que poderia ir direto pro segundo e foi… isso me deu esse gostinho de futuro ai que vc falou.

    • Oi Will. Não assino pq não precisa. 100% dos posts deste blog são meus.
      Sobre ser gay, não sou não. Nada contra com quem é. A data do post aparece no alto dele.

      • Maneiro Philipe, curti o blog, curte que vc responde tbm, nem todos fazem isto! Noticias bacanas! a da pizza de cogumelo que eu queria que fosse verdade, adoraria experimenta-la. hehe.

  24. A reportagem sobre a NETFLIX ficou muito boa. Tinha a mesma impressão que você. Sobre o seu Pai, o momento foi nostálgico e ao mesmo tempo lembra da conversa de um Pai com o seu filho como sempre existirá!

  25. Phillipe, eu estou ainda mais atrasada do que você porque nem tenho a Netflix… Mas eu me interessei pelo post e inclusive o favoritei. Parabéns pela imparcialidade e sinceridade de sempre. Favorece e muito o nosso interesse pelas outras coisas que você publica. Sucesso!

  26. CHOREI com a historinha no final ><
    Amei o post, seria perfeito se não fosse pelas iniciais dos filmes, escritas com letras minúsculas, e pequenas patadas desnecessárias (mas que me fizeram rir xD)

  27. Muito bacana o seu post.
    Eu tenho um certo receio sobre o Netflix, exatamente por ser aquele tipo de consumidor que curte assistir lançamentos. Porém, como você, adoro assistir coisas antigas e que fizeram sucesso, filmes como Sexta feira 13, A hora do Pesadelo, Halloween…enfim, esses filmes de décadas atrás.
    A grande tendência no futuro são filmes em streaming, eu mesmo não sei aonde têm uma locadora perto da minha casa mais, e olha que mora no grande ABC em São Paulo. Sem contar que, atualmente, só o fato de você assistir um filme em casa, seja baixado pela internet ou pelo Netflix, é realmente uma comodidade que não há valor. Ter de ir numa locadora, na esperança de haver aquele filme que você ta doido pra assistir e se decepcionar porque alguma outra pessoa chegou 10 minutos antes e alugou, é frustrante.
    De qualquer forma, parabéns pelo tópico, me deu uma boa ideia do que farei sobre o Netflix.
    Acredito que assinarei e quando quiser assistir algum lançamento recente que não tenha no Netflix, procuro na internet e assisto.
    Grande abraço!

  28. Pra que pagar pra ver filme se pode se assistir de graça em alta qualidade sem gastar um só centavo , basta se informar , até no youtube já tem filmes completos em full hd pra assistir de graça e sem travamentos

    • Penso que “cada cabeça, uma sentença”. Considerando que um produto audiovisual é um produto, que envolveu trabalho, pessoas, material, custos, acho justo pagar alguma coisa para consumí-lo. Muita gente prefere alugar filme na locadora, o que sai mais caro. Nesse aspecto, eu penso que um site tipo netflix é mais vantajoso financeiramente. Já ver gratis e baixar é realmente possível, mas quem o faz tem que ter consciência que está consumindo algo sem dar nada em troca. è uma coisa predatorial. Se todo mundo faz isso, o cinema acaba.

  29. Caro Philipe,
    não sou assinante do Netflix ainda, porém seus comentários foram únicos e totalmente imparciais o que demonstra sua credibilidade.
    Parabéns pela iniciativa.

  30. Já faz um ano que assino a netflix. No começo, realmente, não tinha muitos filmes novos. Mas depois de um certo ponto, começaram a vir mais filmes novos (Parker, Invasão a Casa Branca, Samurai X). Gosto de filmes de ação, e para mim, vale a pena assinar, assistindo em qualidade Hd 1080, com internet 5Mb

  31. Philipe,
    Procurei na net sobre se vale a pena assinar o Netflix e seu post foi muito util. Tenho 3 filhos de 13, 11 e 9 anos, e a filha do meio está me “atormentando” diariamente (para não dizer a cada minuto) para eu fazer o teste de 30 dias.
    Minha preocupação era justamente quanto à qualidade do serviço e a faciliadade do uso, já que tenho receio de fornecer o número do meu Visa, por experiências passadas. Além disso, gosto de ter certa tranquilidade na escolha, e a opinião de que usa é importante.
    Gosto muito de filmes, embora não seja cinéfilo. Mal aproveito os títulos que comprei e ainda não assisti. Por isso mesmo, não teria o Netflix para mim.
    Muda de figura em relação aos filhos, que querem novidades. Li em algum lugar que não tem pornografia (é verdade?) e isso é bom. Meu filho menor quer assistir todos os episódios de Lost – embora não acho que seja para a idade dele. Minha filha do meio tem interesse nesses filmes tipo Conto da Nova Cinderela e outros que acho bobinhos, mas são da idade dela.
    Quem sabe eu também me empolgue e assista no meu iPad mini, quero muito experimentar. Mas cinema é como malhação, se não tiver vontade e disciplina, você paga e não usa.
    Grato pelas dicas.

    • Não tem pornô não. O netflix tem dois modos, o adulto e o kids. Vc opta por qual quando loga. (opta toda vez que loga, afinal pode ter criança na sua casa) o kids é LOTADO de coisa. Aqui em casa Galinha pintadinha é hit diário. As séries são boas. Recomendo testar sim.

  32. Gostei do desabafo, mas em alguma coisa voce tem razão. Fui convidada para ver os filmes da Netflix, várias vezes, mas achava que paga 16, 90 era muito. Mas quando tentei baixar alguns filmes , vi que realmente a Netflix é o melhor. Por exemplo, eu nem sabia que existia a série Stargate Atlantis, e agora fiquei sabendo que tem Stargate Universe, e muitos outros que eu não conhecia! Nota 1000, Netflix, continue, assim, mas não vá se empolgar!

  33. Philipe,
    Depois de ‘ver’ o NetFlix funcionando num amigo de Porto Alegre (moro no interior do RJ), me interessei, pois é demais uma Claro HDTV por 153,00 por mês.
    Pois tenho achado muy estranho a quantidade de gente que nem sabe o que é Netflix, e como é difícil ter dicas básicas do que é necessário para experimentar a côsa. Mesmo aqui em seu ótimo site o pessoal fica comentando que gosta de “Sexta Feira 13 XXVIII” mas nada é dito acerca dos básicos funcionais – só Smart TV ? TV comum com o tal XBox ? ou com o Chrome Cast ? e o Apple TV, é o único jeito de se ter um controle remoto, ainda que com as limitações dos produtos Apple ?
    Acho que mesmo nesta ótima postagem, tipo “tudo sobre o Netflix”, há o pecado da falta de básicos, o tom é de quem domina há anos, nem ocorrendo sobre tais funcionalidades iniciais (… mas a postagem não dizia ‘…vale a pena ?’ – então presume-se que não é para ‘veteranos’, não lhe parece ?
    Um abraço,
    Nelson

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.