Não seja estúpido, use camisinha

Muito legal esta animação do mesmo maluco que fez Bruce Lee versus Homem de Ferro, Patrick Boivin.
Este video é uma bela zoada no Papa Bento XVI, que em uma recente viagem pela África, ondo estão os países que mais sofrem com a aids, disse que usar camisinha é contra os preceitos de Jesus. Tooooma!

Deve ter sido assim que Ele expulsou os vendilhões do templo, hehehe.

fonte

Related Post

37 comentários em “Não seja estúpido, use camisinha”

  1. Eu descordo.

    Acho que no contexto que o Papa diz que o uso da camisinha não freou o avanço da AIDS está correto.

    Esquecendo a questão religiosa da coisa, o que o Papa diz tem coerência, pois ele prega a castidade.

    Vendo por esse lado o uso da camisinha vai mesmo agravar o avanço da AIDS.

    Pelos seguintes pontos:
    1 Incentivar o uso da camisinha é a mesma coisa que dizer: “Façam sexo!”.
    2 A AIDS se pega, na maior parte dos casos, pelo ato sexual, então, o cara esquece naquele dia de usar a camisinha, ou na empolgação, ele não usa. Pronto, já foi o suficiente para ter contraído o vírus.
    3 O Papa prega a castidade no casamento. Se neguinho não saísse por aí traindo a esposa e o marido, não haveria necessidade do uso de camisinha para evitar a AIDS, pois você terá seu único parceiro que é sua esposa/marido.
    4 Quem nunca, na empolgação, esqueceu de colocar a camisinha? (Eu sou um deles que esqueceu várias vezes)
    5 A camisinha pode estar furada e o parceiro tem AIDS, se isso acontecer, não será a pílula do dia seguinte que vai resolver seu problema, pois você contraiu o vírus e vai ficar desesperado.

    Ainda acho que existem outros pontos (partindo da lógica e não da questão religiosa) que mostram que o Papa disse tem coerência.

    Mas comentando sobre o vídeo…

    O cara manja da arte de animação, hein?

    • O mundo é constituído de pessoas de diversos tipos, índoles, comportamentos, crenças, etc etc etc…

      … e enquanto nem todo mundo é católico, ou segue fervorosamente o Papa, dificilmente quem tem uma vida sexualmente ativa vai aceitar o fato de ter somente um parceiro sexual, ou vai deixar de trair ou coisa e tal…

      Então a melhor maneira de se evitar o HIV ou outras doenças sexualmente transmissíveis, na medida do possível, é conscientizar essas pessoas a usarem camisinha, não é mesmo?

      • Caro João, esse é o ponto principal da conversa:

        “Nem todo mundo é católico” você diz.
        Então, por que todos se escandalizam com o que uma pessoa, que não diz respeito à sua religião, falou?

        Tanto é “verdade” que a camisinha é o melhor método de se evitar a AIDS que ela cresceu em índices alarmantes durante os anos.
        A camisinha está aí há muito tempo e, no entanto, não brecou o crescimento do HIV…
        Como você me responde isso?

    • O papa exigir castidade é uma coisa. Ele condenar o uso da camisinha é outro. Ele condena.
      Dizer “faça sexo seguro” é diferente de dizer: “Trepe com quem e quando quiser”.
      Os caras da África não vão parar de fazer sexo porque o Papa diz que deve ser assim. E nem vão parar de se contaminar. Por outro lado, dar ouvidos ao que o papa tem a dizer sobre sexo é algo tão escroto que nem vale a pena debater, e a mídia faz isso para poder ter algo que dê algum ibope.

      • Philipe, o Papa não exige nada de ninguém…
        Ele, enquanto pedra edificadora da Igreja na terra, tem o dever de dizer qual o caminho os cristãos católicos devem seguir.
        Tais dogmas são úteis na vida de qualquer um, mas segue quem quer…

        Por que se alarmar com alguma coisa sobre alguém que é “tão escroto”, como você diz, então?

        Se a camisinha está fora dos dogmas da Igreja, nada mais certo do que dizer que não é correto usá-la. Principalmente se for o Papa.

        Eu não entendo como divinizam tanto um pedaço de borracha…
        Como se isso fosse a solução de tudo.

        A AIDS cresceu quando se propagou o movimento hippie onde o sexo era praticado com qualquer pessoa, em qualquer lugar, de qualquer forma…

        Bom, então após a consciência do uso da camisinha ser algo tão magnífico, por que não diminuiu tal crescimento?

        • O Papa não vai dizer “Faça sexo seguro” (onde “sexo seguro” = usar camisinha), pois não está dentro dos dogmas da Igreja.

          Quando se diz “Faça sexo seguro” é a mesma coisa que dizer “Faça sexo e ponto final”.

          Essa história de sexo seguro é da boca pra fora.

          Eu dúvido um leitor desse blog que não praticou sexo sem camisinha porque esqueceu, porque não tinha, por causa da empolgação…

          Acredito que existam leitores que não praticaram sexo, mas aqueles que praticaram, eu tenho certeza que alguma vez já esqueceu de encapar o danado…

          E essa é a realidade.
          Desde pivete que eu ouço esse papo de usar camisinha, de sexo seguro e desde pivete que a AIDS só cresce…

          Esse papo já se demonstrou furado faz tempo.

          • Mas é verdade. A Aids só cresce mesmo. Talvez porque algumas pessoas esquecem de encapar o “garoto”. Talvez porque muitos tiozinhos tenham visto no viagra um novo renascimento sexual. Talvez porque com os coquetéis, as pessoas não ficam mais com aparência cadavérica, e aquela mulher ultra-mega-gostosa pode estar contaminada, não saber e espalhar isso pra geral.

        • A camisinha evitou que milhões de pessoas tenham aids, é obvio e isso nem se discute.
          Mas concordo que isso é medida paliativa e não vai solucionar o problema da aids. Eu não disso que o papa é escroto. Eu disse que é escrota a discussão. O papa vai à África, visita varios países e o que a mídia quer é que ele diga pra o povo usar camisinha. Isso sim é escrotice, porque não vai acontecer. Não adianta, e isso é justamente por causa dos dogmas. É uma confusão visívelmente fabricada para vender jornal. Eu disse que isso sim, é escroto.

      • :/ Nunca vi as coisas por esse ângulo que o rapaz aí em cima colocou e vou mais longe Filipe, me sinto ofendido com o titulo do seu post.
        Para que eu não seja considerado um estúpido eu devo usar preservativo?!
        Inteligente é quem usa preservativos?!
        O blog é seu – disso eu sei – e você faz dele o que quiser – também sei disso -. Mas não é verdade que aqueles que querem seguir as doutrinas católicas e decidiram se casar ou permacerem virgens sejam estúpidos.

        Inteligente e/ou esperto é quem usa camisinha? droga? fica bêbado? e etc?

        Temos que ser Maria vai com as outras agora? Caso contrário somos estúpidos?

  2. Cara o autor do vídeo é muito bom, tem também uns jogos dele no youtube, um de street fighter e o outro chamado bboy joker ! Fora a animação jazz vs general lee.

    Quanto ao tema concordo com o Papa, ele como figura religiosa deve manter os dogmas da sua religião, e no cristianismo em geral é pregado que a pessoa só deve ter relações sexuais após o casamento, o que quer dizer que você deveria ter apenas um parceiro sexual durante toda a sua vida, e sendo assim, tornando desnecessário o uso de camisinha como meio de prevenir dst, e dentro desse contesto o Papa realmente está correto em alegar ser contra o uso de preservativo, pois seria o mesmo que ele diser “Podem tranzar com qualquer um, mas usem a capinha !”.

  3. “3 O Papa prega a castidade no casamento. Se neguinho não saísse por aí traindo a esposa e o marido, não haveria necessidade do uso de camisinha para evitar a AIDS, pois você terá seu único parceiro que é sua esposa/marido.”

    Nas partes mais pobres da Africa tanto faz se vc tem só um ou mais parceiros, grande maioria é portadora, então não faz muita diferença.

    E eu não concordo com essa “proibição” das camisinhas não…

    • Claro, após anos onde todo mundo transou com todo mundo e com “tudo” (macacos, cachorros, cabras…) você acha que isso não geraria consequências?

      O ponto principal do avanço da AIDS foi o sexo desenfreado, encapar o meninão agora, já não gerará esse efeito tão milagroso que se diz…

      O lance é resolver da forma correta.
      Não tapar o sol com a peneira.

  4. O papa prega a doutrina aos católicos e quem queira dar ouvidos. Ele respeita o livre arbítrio de cada um, não condena. Outro problema da camisinha: só protege o homem. Hoje em dia a libertinagem tá grande e a desinformação também. O cara não troca de camisinha quando transa com mais de uma pessoa (homem ou mulher), então ele serve como “ponte” pro vírus.

    Do ponto de vista religioso, nunca que a Igreja deve mudar seu discurso. Apoiar o sexo livre seria ir contra o mandamento da castidade e o do adultério. Como ela poderia ir contra leis dadas por Deus (segundo as crenças de nós católicos) ? Incongruente, seria o fim dela, que é o que muitos querem.

    • Bom… Isso aí já é questão para teólogos do Vaticano e não pra mim. Mas se eu fosse o Papa o que eu diria? Eu diria: O mandamento é “Não matarás”. Se o fiel dá um vacilo, e errar é humano, somos seres imperfeitos e erramos e violamos as questões do adultério, nós devemos buscar minimizar os problemas, e não aumentá-los. Se o fiel sabe que errou ele tem que buscar não piorar as coisas, e nesse caso, usar camisinha pode significar cumprir o primeiro mandamento.
      Sobre a idéia da camisinha só proteger o homem, eu discordo totalmente, pois isso é uma alegação circunstancial, que envolve sexo grupal. Sexo grupal é coisa menos comum do que sexo a dois. Além disso, acamisinha é um item descartável, a menos que o cara seja o ser mais pão duro do universo, ele deve jogar a camisinha fora depois do coito.
      Então ela protege tanto o homem quanto a mulher. Tanto é que as prostitutas passaram a adotar a camisinha como item obrigatório.
      O que me intriga nesse rolo da igreja e da camisinha é a idéia de que dizendo para as pessoas se precaverem a igreja estaria estimulando o sexo livre. Na minha cabeça há uma diferença abissal entre proteger sua própria vida e a liberação para fazer o que quiser. Mas muita gente não entende assim e só posso lamentar.
      Felizmente eu penso com minha própria cabeça e não com a do papa e nem por isso eu saio por aí comendo todo mundo.

      • Olha, eu concordo plenamente com o papa, o sexo é um ato de amor, não somente prazer, o prazer faz parte sim, graças a Deus, mas acima de tudo é um ato de amor, que deve ser praticado por duas pessoas que se amam e ja se entregaram um para o outro no matrimônio!!
        Não pensem que eu estou falando isso só para gerar polêmica, mas eu vivo isso na minha vida a cada dia!!
        Eu namoro há 4 anos e até hoje conseguimos manter a castidade com a graça de Deus! vamos nos casar, mas isso não é motivo para apressar as coisas! eu tenho certeza que ele é o homem da minha vida, mas tudo pode acontecer, a gente pode terminar, talvez, quem sabe, e, se isso acontecer eu vou ter a minha consciência limpa a certeza de me entregar somente para aquele que será uma só carne comigo!!
        mas talvez a questão não seja essa, a questão é que A IGREJA SEMPRE VAI SE FIRME NAS SUAS DECISÕES não importa o que os outros dizem! a igreja sempre vai ser contra qualquer método anti-conseptivo, e contra o sexo desregrado! ela não vai se abalr por críticas, pois quem fala não é o papa, mas Deus fala na bíblia sobre a castidade!!
        Então essa discussão não vai chegar a lugar nenhum, até os “CRENTES” que dizem serem somente eles os certos, aprovam o uso da camisinha, rejeitando a palavra de Deus que condena qualquer coisa que possa ser contra a VIDA.
        Se alguém me convencer do contrário, eu mudo pra qualquer religião que me mandarem, pois tenho certeza que minha fé está alicerçada em DEUS!!

        • Este é o problema com os religiosos. Ficam cegos e param de refletir. Eu também levo uma vida que aos olhos da igreja Católica seria considerada perfeita. E olha que tô há 10 anos casado! Com a mesma mulher!
          Eu fiz primeira comunhão, sou batizado e casado lá. Mas isso não me impede de ser crítico com a Igreja. Eu nunca, jamais, em momento algum vi nenhuma autoridade divina nas figuras eclesiásticas. Acho que religião serve para manipular o povo. E reconheço isso, pois eu sei perfeitamente que o povo PRECISA ser manipulado e pensar com a própria cabeça é privilégio para poucos. Vivo uma vida em acordo com o que prega a religião, mas não por medinho do capetinha ou coisa ridícula do tipo. Eu vivo uma vida “correta” porque acho que é melhor assim.
          E nem por isso eu condeno quem faz sexo por fazer, por pleo simples prazer. Eu acho que cada um tem que saber de si e a igreja deveria deixar isso mais claro para as pessoas. Segue aquela porra lá quem quer. Outra coisa, a camisinha não é contra a vida. Ela não mata ninguém, – como o não uso do preservativo por acontecer – a camisinha IMPEDE a concepção. A vida não é o espermatozóide e nem o óvulo separados. São apenas células, como as milhares de células que morrem quando o PADRE bebe VINHO, que é bebida alcóolica. Células morrem o tempo todo e o tempo todo são produzidas. A igreja deveria repensar seus conceitos e dogmas, pois o que funcionava para um mundo há mil anos já não funciona hoje.
          É muito fácil fazer campanha pró natalidade quando não é você que cuida, e só arrecada dízimo. Está muito claro que as religiões sempre legislaram em causa própria, e o que é pior, usando o nome de Deus – um ser eminentemente mitológico – para manipular pessoas.

  5. O cara é bom, é criativo e manja fazer umas animações show de bola.

    Sinceridade, o papa condenar ou apoiar o uso de preservativos. É indiferente.
    Obvio que o papa condena o uso de camisinha, falando também ao mesmo tempo, “mulheres fechem as pernas” “homens, sosseguem o bicho”, “façam sexo apenas com um único parceiro”. O que se isso fosse aplicado, diminuiria a incidência de DSTs, e até mesmo esse numero crescente de pessoas no mundo, que ta fodendo com todos os recursos naturais do planeta.

    Entretanto, se observarmos o outro lado, também ouviremos o “Mulherada abrem as pernas” “Homens, apresentem suas cobrar” “Vamos trepar, mais usando camisinha”. Obviamente, mesmo com o pessoal tendo um numero grande de relações sexuais, traindo, transando com vários parceiros (as), e USANDO PRESERVATIVOS, o numero de DSTs, também cairia. Também diminuindo numero crescente de pessoas no mundo, que ta fodendo com todos os recursos naturais do planeta.

    Ou seja, dois lados com opiniões diferentes. Cada lado com um grupo de pessoas que apóiam essa idéia. Mais que no final das contas, chegam a um mesmo resultado: Diminuição de DST….. e filhos…..

    A Pergunta é: Mesmo com dois grupos grandes, os que apóiam o uso de preservativos, e os religiosos que não apóiam o uso (mais também mandam fecharem as pernas). Porque então o numero de DSTs está crescendo (junto com o aumento populacional)??????

    A resposta é simples. Porque, mesmo dentro desses dois grupos, sempre vão ter pessoas que não seguir isso, vão continuar trepando sem camisinha com vários parceiros. E até mesmo os que se dizem santos e vão na igreja todo o santo Domingo, vai existir um “Santo do Pau oco” (ou paoco). Sempre vai existir a pessoa que vai estar em campanhas distribuindo camisinha e metendo sem usar ela e sempre vai estar aquela moça com um terço na mão…… e o resto na boca (ta a piadinha foi sem graça e difícil de entender, mais tudo bem).

    Dai quem entendo o que eu escrevi vai pensar. “Putz Mário, pra vc não tem jeito, ta tudo fudido, não tem salvação”.
    Bom eu digo que tem salvação. E essa salvação foi já criada por alguém, e ele já deu a solução. Essa cara chama Deus. E o que ele fez para salvar a humanidade? A resposta: A doença (sim, a própria DST, não necessariamente ela, pode ser qualquer doença).
    É Contraditório e sem sentido, mais somente Deus, matando várias pessoas tem grande chance de salvar a humanidade.

    Sr. Kling, você que está lendo o que eu estou escrevendo antes de todos ter lembrado do post que escreveu que Deus foi um grande assassino e lembrado da dor de cabeça que deu? Pois é, não apague o que eu escrevi, please.

    Bom enfim, como as doenças, como a Aids vão salvar a humanidade?
    Vamos supor que amanha, de a louca no mundo inteiro, amanha todo mundo resolve fazer o MEGASURUBÃO. Todo mundo come todo mundo, todo mundo dá para todo mundo, ninguém é de ninguém, e todos são de todos. Nisso TODOS pegam o tal do vírus HIV. Ta, e dai? Num vai ter recursos, remédios e drogas o suficiente para todo mundo. O que acontece? Morte.

    Ta, só provou que eu sou meio psicopata. Mais a boa noticia é que, se amanhar, todos pegarem o HIV, uma porcentagem de pessoas (acredito que aproximadamente 30% se não me engano), vão sobreviver. Tipo, a doença não vai se manifestar, mesmo estando com o vírus. Pronto, daí já resolveu o problema da AIDS (Só to dando ela como exemplo). Pois ninguém vai mais transar se preocupando com a doença. Um problema a menos se resolveu. Outra coisa que se resolve, é a diminuição da exagerada população mundial. Assim, menos recursos naturais utilizados do planeta, diminui a emissão de gases, diminui o desmatamento, diminui a poluição nos rios. Resultado: homeostasia.

    Alguns devem estar pensando, “esse Mário só ta falando isso, pq não tem porra nenhuma, pq se tivesse ferrado com alguma doença, não tava falando isso”.
    Ta, pode até ser. Mais o que quero dizer é o seguinte, tanto faz se essas campanhas tiverem sucesso ou fracasso, Se tiverem sorte, beleza então. Se tiverem azar, deixa então Deus fazer o trabalho dele, que é mandando doenças em todos. Se não querem Pegar AIDS, então usem camisinha, se protejam, mesmo se um dia tiver o megasurubão. Não se protegeram? Se fuderam, Deus só está fazendo o seu serviço. Ta, você é religioso, então transe só na hora de ter filhos, ou fechem as pernas ou guardem seus instrumentos cilíndricos de trabalho, não traiam, afinal, mesmo apoiando a proibição do uso de preservativos por opinião religiosa, traição vai estar indo contra as leis de Deus, traiu? O pipiu caiu? Azar, Deus está fazendo o seu serviço. Caso contrario, as doenças estão ai justamente para uma boa causa.
    Bom, acho que é isso.

    Oferecimento: Maionese Mário, curta essa verdadeira viagem.

  6. Gente, a grande questão é a seguinte, o Papa quer queira ou não é o manda chuva da igreja católica na terra, e a igreja tem que seguir certas regras, e seria totalmente incoerente ele falar que é a favor do uso de camisinha tendo em vista que na religião dele o homem e a mulher tem um único parceiro sexual durante toda a sua vida… ‘até que a morte os separe…’ lembram ?

    Agora o Papa não obriga ninguém a fazer nada, dá ouvidos quem quer, segue o que ele diz quem está afim, afinal, livre-arbítrio é para isso. Agora claro que ao se manifestar sobre um tema tão polêmico a maioria das pessoas tendem a tirar suas próprias conclusões, agora se imaginem no lugar do velhinho e com uma igreja gigantesca para cuidar de um lado e milhões de não católicos também olhando para ele esperando o que ele tem a dizer… Não se pode agradar gregros e troianos. :happy:

    • Isso sem falar no óbvio do óbvio: Camisinha não é pra evitar aids e sim filhos. A função original da camisinha é ser um método contraceptivo e para a igreja, a função do coito é a reprodução. A Igreja não reconhece o prazer sexual.
      Daí que a igreja vem e fode tudo. (sentiu o trocadilho?)

      • Putz Philipe, sou um cara que aprecia seu trabalho, mas quando você resolve falar da Igreja, fico decepcionado.

        A Igreja vê o sexo como uma forma de reprodução sim, porém, o prazer está atrelado a isso.
        A Igreja não condena o prazer no sexo, de forma alguma.
        A questão é:

        Como será esse prazer?

        Fora do casamento?

        Então não está correto.

        Deus quis que tivéssemos prazer, tanto é verdade, que ao praticar o sexo, sentimos prazer.

        • Isso quem falou com essas mesmas palavras foi um padre, no casamento de uma amiga minha:

          A IGREJA NÃO RECONHECE O SEXO POR PRAZER! SEXO É PARA PROCRIAR!

          Quem disse foi o padre, não eu. Eu me limito aqui apenas a dizer o que ele falou. Até porque eu cago e ando para o que a igreja pensa ou deixa de pensar. Isso não me afeta em nada. Eu não tenho nada contra quem segue os preceitos e doutrinas dessa ou daquela igreja. Todo mundo é livre para fazer o que quiser, ou se prender ao super-ego adicional que preferir. Não é o meu caso, mas respeito quem age assim.

          • Bom, aí fica difícil argumentar, pois você vai ficar daí falando que o padre disse e eu vou ficar daqui dizendo que ele (ou você) está equivocado.

          • A gente concorda cara. Eu e você pensamos que o padre lá estava equivocado. (eu acho que ele tava meio bêbado)
            E se nós concordamos, não temos motivos para debater.

          • Eu só sei de uma coisa, a gente so vai ver quem está certo ou errado quando a gente morrer aí sim vamos ver quem vai para o inferno e pagar pelos seus pecados, enquanto isso acreditem no que quiserem, mas cuidado com as ofensas!! não é porque o blog é seu que vc pode sair ofendendo as pessoas, dizendo que o padre estava bêbado sem provas, se vc achou isso, prove primeiro pra depois falar, leve um bafometro pra ele e honre a sua palavra, assim vc não se rebaixa tanto!(¬¬)

  7. Eu não sei exatamente o que o santo padre disse, quais as palavras, mas a menos que ele tenha feito uma antipropaganda da camisinha de forma mentirosa, não vejo porque tanto bafafá em torno disso. O mesmo com a questão do aborto. Vi em alguns sites dizendo “papa cria polêmica em visita à africa”. Eu acho que criaram polêmica em torno da visão da igreja, não foi o papa que criou a polêmica.

    Enfim,não sou católico e não concordo com a visão da igreja sobre o assunto, mas sei lá. Acho que pegam no pé demais deles, tambem.

  8. “É o que mais intriga as pessoas e o que sempre sera lembrado, e sempre tera muita discussão pq as pessoas tentam entender o sentido davida, e aqui entra a questao do pecado(o que é e o que não é…);o mistério está ai, e todos sempre buscam as repostas…”

  9. Nossa, nunca vi tanta gente ignorante junto. Se voces querem ser virgens até o casamento e só querem transar com as esposas e maridos o resto da vida, parabéns. Espero que o conjuge de voces seja virgem também e que voces só façam sexo para procriar. DEUS me livre e guarde de tanta pureza.

  10. isso aí(cara Fernanda). todo mundo aqui só faz sexo para procriar! Somos ignorantes!
    e mesmo no “ato” ninguem sente prazer pq sofremos lavagem cerebral.
    Parabéns por ter tido a liberdade de escolher o prazer mesmo num país tao tradicional e católico! Tenho certeza de q homens nao faltarão!
    Ooops, vc escolheu!?
    DEUS me livre e guarde de tanta liberdade!
    kkkkk!!

  11. Bem, vi que este tema nutre uma falta de tolerância e educação a medida que mais ideias se vão debatendo com as anteriores dadas. Enfim, a religão é isso, a dúvida, o cogito, o livre-arbítrio, cada um segue a sua doutrina, cada um tem a sua religião, ao meu ver, todos, friso bem, TODOS sentem ter alguma crença embora muitos não o admitam ter. O que nos move é nada mais que as ideias, em suma, a religião é apenas o pensamento na primeira pessoa, a religião é formada até onde o respeito e a sabedoria conseguem alcançar em cada um de nós.

    Fiquem atentos, dia 12 de Dezembro de 2012 promete mudança para todos. ;]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares