Mulher da Bósnia alega que cura qualquer problema de visão lambendo o olho da pessoa!

Nossa, véio! Que aflição:

eyeball-licking

Você deixaria uma mulher de 77 anos lamber o seu olho?

Pois é. Tem gente que deixa. A senhora de 77 anos, se chama Hava Cebic, e vive na aldeia de Crnjevo no norte da Bósnia. Ela ficou famosa por uma pratica tão estranha quanto nojenta: Lamber o olho dos outros.  Popularmente chamada de “linguinha de ouro”, muita gente acredita que ela tem poderes naquela língua melada que ela teima em passar no globo ocular alheio. Segundo suas reivindicações, ela pode curar qualquer tipo de doença ocular apenas lambendo olhos dos doentes.

Hava está ajudando seus vizinhos e amigos com sua prática Gump  há 40 anos, e agora sua fama se espalhou ao ponto de pessoas de aldeias vizinhas viajarem  vários quilômetros só para ter seus olhos lambidos pela dona!

A idosa disse que descobriu as propriedades curativas misteriosos de sua língua quando ela era ainda uma menina. Seu irmão havia se queixado de olhos ressecados, e como uma brincadeira, ela o agarrou e lambeu seus olhos. Mais tarde, ele disse a ela que ele tinha sido capaz de ver bem melhor depois daquela lambida mágica.

O incidente intrigou Hava e ela decidiu tentar a técnica em outras pessoas com problemas oculares. Para sua surpresa, funcionou maravilhosamente – Hava descobriu que era capaz de curar alergias, olhos secos e cansados, conjuntivite e acredite se puder: Glaucoma! Segundo ela, sua língua pode até mesmo reduzir os sintomas de doenças mais graves como a catarata.

Dilícia!!!
Dilícia!!!

Quando Hava era casada, seu marido não gostava muito de ver a mulher dele lambendo o olho de gente doente. Ele vivia reclamando, conta ela:

“No começo, meu marido estava muito confuso e não queria que eu praticasse a lambida no olho dos outros”, disse ela. “Mas um dia ele acabou se ferindo com uma farpa no olho e depois que eu o lambi,  ele ficou bom e concordou que eu tinha um dom, e eu deveria ajudar os outros.”

“Agora, sempre que alguém tem algo preso em seu olho ou qualquer outra coisa, eles vêm a mim”, disse ela, orgulhosa. “Eles vêm de diferentes cidades e aldeias e em um minuto ou dois, seu problema está resolvido. Mas eu sempre me certificar de que lavar minha língua em álcool antes ou depois de uma lambida de olho. ”

Hava disse que guarda com carinho os nomes de todas as pessoas a quem ela ajudou nos últimos 40 anos. Ela nunca pediu um tostão sequer por sua ajuda, mas ela aceita quando as pessoas expressam sua gratidão, oferecendo tanto dinheiro quanto eles podem pagar. Ao longo dos anos, as pessoas têm vindo a ela de tão longe como Sarajevo, Zenica, Tuzla, Kaknja, e outras cidades da Bósnia e até Croácia.

Há casos em que sua lambida conseguiu proporcionar uma cura, onde até mesmo hospitais falharam. Aconteceu isso com um homem que tinha uma terrível dor nos olhos e os médicos lhe disseram que não havia cura. Desesperado, o paciente procurou a ajuda de Hava, e ela foi capaz de melhorar a sua condição com apenas uma cuspida. “Este é um dom e um milagre”,  diz ela, que afirma  ter certeza de que seus filhos não poderão assumir o posto após a sua morte. Ela só espera que a língua seja cortada depois que ela morra para poder continuar a tratar as pessoas.

 

Fonte, fonte

7 comentários em “Mulher da Bósnia alega que cura qualquer problema de visão lambendo o olho da pessoa!”

  1. No Japão, as autoridades de saúde estão preocupadas com jovens que acham que lamber o globo ocular dos outros é um ato de carinho e intimidade. Parece que isso já virou fetiche e tem até nome: oculolinctus.
    Fonte: http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/asia/japan/10124306/Japanese-craze-for-eyeball-licking-leads-to-rise-in-infections.html

    Responder
  2. kkkk, será que se ela lamber outro olho cura hemorroida também?

    Ou será que qualquer língua é capaz de curar problemas de visão. Já que é algo incomum de se verificar…

    Responder
  3. Mande esta história para 10 pessoas nos próximos 5 minutos senão seu olho vai cair e sua língua, atrofiar. Foi assim com Lala Pahtur, um profissional de teleatendimento na Índia. Ele ignorou esta história e antes do fim da semana, uma mosca resolveu depositar suas larvas em seu olho enquanto ele dormia. Ele sentiu tanta dor que mordeu e cortou a própria língua.
    Se você enviar esta história para 15 pessoas em 14 milésimos de segundo, você será agraciado com um crescimento anormal da sua língua e poderá proporcionar sensações nunca antes vistas na história deste país às pessoas que tiverem a sorte de cruzar seu caminho…

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares