Grunt – Escultura

Pessoal, já começo este post pedindo desculpas. Era pra eu estar modelando agora a caçadora de lobisomens, mas acontece que nessas mudanças, acho que dei mole e coloquei minha massa num ambiente não muito adequado. Como resultado, a massa ficou dura feito cimento. Tentei ainda recondicionar a massa, dando marretadas e colocando solvente de polyclay, mas pouco adiantou. Acabei foi machucando os dedos. Com isso, busquei uma solução para a falta de massa. Ofereci a um fabricante de polyclay nacional chamado Bozzi a oportunidade de fornecer a massa em troca da divulgação da massa deles, mas seja por falta de visão de marketing ou desleixo mesmo, eles nem me responderam. Então encomendei ao meu fornecedor de material de arte nos Estados Unidos duas caixas da Super Sculpey. Enquanto não chegar, não posso começar a menina lá.

Paralelamente, a pouca massa que eu consegui recondicionar, dava pra fazer pelo menos um busto. E foi isso que eu fiz. Por completa preguiça eu não tirei fotos do processo de escultura deste busto. Ao invés disso, optei por largar minha webcam filmando enquanto eu esculpia. O processo levou cerca três horas, mas tive que interromper porque no meio do processo comecei a passar mal pra dedéu. Quase vomitei no boneco, hahaha. Acho que foi alguma coisa que eu comi.

No dia seguinte dei mais uma trabalhada de cerca de uma hora. Acho que esta peça me tomou cerca de 4 horas no total.

Bom, eu não sei se vale a pena converter o video gigante que resultou da escultura do Grunt. Vou pegar apenas alguns frames e colocar aqui.Não creio que valha a pena usar o video todo para colocar no youtube, porque eu filmei com webcam, e webcam é bem ruim em termos de imagem, sobretudo para coisas com muitos detalhes, porque não tem um macro que preste.

Bom, tudo começa com a base. Usei uma base fina de MDF que eu já tinha aqui.

%name Grunt   EsculturaNela eu coloquei um parafuso grande, pra facilitar e não precisar colocar arame.

%name Grunt   EsculturaDepois disso eu peguei um pedaço de papel alumínio e apertei no parafuso, pra juntar numa forma compacta de enchimento. A razão disso é poupar a massa que já era pouca. Em seguida começo a cobrir com massa.

%name Grunt   EsculturaApós cobrir eu começo a esculpir sobre a estrutura. Aquela bolinha na imagem acima era a massa reservada para a cabeça.

%name Grunt   EsculturaAqui estou eu, modelando a cabeça do Grunt.

%name Grunt   EsculturaPrendendo a cabeça no busto. Precisei usar um arame nesta parte, porque a cabeça pesa muito e com o calor do forno, a massa dá uma certa amolecida. Com isso, a cabeça tenderia a cair. O arame ajuda a sustentar a cabeça durante a fase do forno.

Depois que eu coloquei a cabeça, achei a peça muito pelada. Então resolvi inventar um capacete meio doido pro Grunt. Criei um capacete em forma de folha, feito em metal batido. É parecido com um bibico militar, mas com um visual de fantasia. Depois, dessa “folha” saem abas de couro grosso, uma sobre a outra, como se fossem umas barbatanas que existem em algumas roupas de samurais. Por baixo de tudo eu resolvi colocar uma cota de malha, descendo até o ombro, para proteger de golpes no pescoço.

%name Grunt   Escultura

Eu fui inventando na hora. Não deu nem pra fazer concept. É divertido pra caramba fazer essas paradas inventando na hora. Tem coisa que parece que a peça pede. Tipo aquela levantadinha no capacete. Não sei porque, mas foi irresistível não levantar ali.

%name Grunt   Escultura

Aqui a peça já começava a ficar pronta. A imagem tá um lixo, mas dá pra ver que o Grunt tinha uns olhões esbugalhados.

%name Grunt   Escultura

Isso eu achei legal quando estava fazendo, mas depois parei e comecei a sentir que os olhões davam um toque meio de cartoon ao personagem. E não estava combinando. Posteriormente, eu arranquei os olhos do Grunt e remodelei menores.

Aqui foi na altura que eu parei.

No dia seguinte, já sem massa polyclay praticamente nenhuma, usei durepoxi para fazer vários detalhes. Adicionei cabelos nas laterais, remodelei as orelhas, que estavam muito Yoda. Coloquei também uma ombreira de armadura de gladiador nele. Nem tudo que é cinza é epoxi. Tinha ainda alguma polyclay da Fx arte aqui em casa e eu usei no Grunt. O que é rosa é super sculpey.

Em seguida, retirei o Grunt da base. Com um estilete de modelismo muito afiado, cortei com cuidado o excesso de massa que prendia o busto no parafuso. Depois cortei um pequeno tubo plastico e parafusei o Grunt novamente na base, mas dessa vez por baixo. O tubo plastico, serviu para disfarçar o parafuso, dando um acabamento melhor. Agora com fotos de melhor qualidade, veja como ficou:

%name Grunt   Escultura

%name Grunt   Escultura

%name Grunt   EsculturaNo lance do epoxi tem um macetinho que não me lembro se já falei dele em algum outro artigo de bonecos. O truque consiste em aumentar o tempo de secagem e maciez da massa adicionando a ele óleo mineral. (cuidado pra não exagerar. Eu usei óleo mineral, mas acho que outros óleos devem servir, como esses usados para massagem. De soja, azeite e etc eu não testei). O efeito é ótimo, e vou te dizer, se você esculpe e nunca testou isso, tente. Fica tão bom que parece macumba, haha.

%name Grunt   Escultura

%name Grunt   Escultura

%name Grunt   Escultura

Bom, é isso. Tirei essas fotos há uns dez minutos atrás. Agora vou pintar o Grunt.

Eu fico pensando. O que será que é este bicho? Ele é uma espécie de primata, um ser que está em algum lugar no meio do caminho entre um humano e um gorila. Usa equipamentos encontrados nas cavernas, testemunhas de batalhas épicas de tempos imemoriais. Este é Grunt. O pior inimigo que um cavaleiro pode ter no campo de batalha, mas com uma mentalidade de criança de cinco anos.

Hoje a noite devo colocar as fotos da pintura.

Artigos relacionados

Comments

comments

17 comentários em “Grunt – Escultura”

  1. O Busto está parecendo com uma especie de mistura de Orc com um Troll, wow! Um ser mais violento e sanguinário..
    ficou louco! Lembra senhor dos anéis! :ohhyeahh:

  2. Cara, acho suas esculturas MUITO fodas. Esta de parabens!!!
    Eu moro no Rio e tinha muita vontade de aprender a fazer isso!!
    Vc fez algum curso?? Ou aprendeu na marra??
    Onde vc compra os materiais para as esculturas??
    Mal pelas perguntas!

    Abss

    • Oi Thiago. Cara eu aprendi na marra. Quer dizer, tô aprendendo ainda.
      Os materiais eu compro em papelaria mesmo. Não tem nada de excepcional além da massa importada, que aqui, na hora do aperto e na falta de material importado, até que da pra substituir por durepoxi. O resto é instrumental de dentista (que o meu dentista me deu) espátulas que vc encontra em lojas de doces (casa de confeiteiro) e papelarias de grande porte. As tintas que eu uso são de artesanato e de tela mesmo. Já a base eu compro no Saara numa loja que se chama JN e fica na Rua Senhor dos Passos.

      • Vlw Philipe!!!
        Eu adoro pintar e fazer qualquer outro tipo de trabalho manual, é quase que uma terapia, mas ainda não tentei fazer esculturas.
        Se começar a fazer, qualquer dia te falo!! heheheh

        Abs

  3. “O Busto está parecendo com uma especie de mistura de Orc com um Troll, wow! Um ser mais violento e sanguinário..
    ficou louco! Lembra senhor dos anéis!” 2

    Cara ia dizer quase exatamente isso… 😛

  4. E ae galera…to aprendendo a modelar, segue link da minha primeira peça em andamento…Kratos (GOW)

    Nesse momento ela esta pronta e aguardando pra ser assada.

  5. E ai Philipe tudo bem?

    Tô precisando de umas dicas de pintura…ja vi seus trabalhos e queria que vc me desse umas dicas.

    Quanto ao artmakers…o que é isso????

    • É um fórum de escultores de bonecos, onde tem um monte de caras que curte e alguns são feras mesmo. A maioria é de brasileiros. Mas tb tem gringos e artistas brasileiros que trabalham com isso no exterior. Eu sou moderador lá.

  6. E ai Philipe, blz? Estava pensando em começar a modelar, só por hobby mesmo, tava pensando em usar durepoxi pra fazer miniaturas, só que não tenho experiencia nenhuma com modelagem, então tenho medo de secar o durepoxi antes de terminar a miniatura. Pelo que li parece que o ideal é a super sculpey, mas apesar de ser barata lá fora, o frete pra cá é o olho da cara :shocked: ! Você recomenda durepoxi mesmo para iniciantes?
    Sabe alguma massa tipo a super sculpey (massa plástica é isso?) que seja barata e de fácil acesso?

    Valeu amigo e parabéns pelos seus trabalhos, são maravilhosos!

    • Vitor, o durepoxi nem é ruim, aliás, é muito bom. O problema dele é que ele é uma cola, né? Não é um produto pensado para a escultura. Mas existem macetes que melhoram um pouco a vida de quem quer esculpir com epoxi. A primeira dica é usar um pouco de óleo de bebê ou óleo mineral ao amaciar a massa. Isso estende em mais ou menos uns 40 minutos o tempo de secagem e te dá a chance de fazer mais detalhes. Mas tem que usar POUCO óleo, ok?
      Outra dica boa é não misturar grandes quantidades de massa. Vá fazendo devagar e sempre. Se a peça necessitar de muito volume, a dica é usar o papel aluminio amassado para “encher”.
      De fato importar sculpey tá foda. O custo é obsceno. Não é uma ideia ruim começar com o durepoxi. Eu comecei com este tipo de massa, e ainda uso até hoje.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.