Funk Evangélico


O leitor Djair me mandou isso.

Que doideira. Será que Funk e religião combinam? Talvez sim. Talvez não.

O problema é como tudo isso é feito, afinal Funk não é putaria, e por mais que existam interesses meramente mercadológico da exploração do imaginário social que tenta estabelecer esta conexão direta, funk não é mulher cachorra rebolando com cara de capa de filme pornô.
Funk de verdade é um ritmo musical maneiro, mas no Brasil, ele é convertido numa coisa chamada “funk carioca” que é mal usado, deturpado e vilipendiado por verdadeiras corporações exploradoras de pobres e que em última análise, opera como um tipo de “paredão cultural” que estabelece o que deve ser música de “preto, pobre, favelado”, quando na verdade a finalidade da música é justamente quebrar os muros de separação social.
Do jeito que é produzido hoje, o funk carioca, sexual e industrial da Furacão 2000 e congêneres é a materialização musical da miséria intelectual do povo.

Ok,ok. desculpa. Chutei o pau da barraca nessa.



Escreva o que achou deste post. (Apreciaremos sua educação)
  1. Bruno Zavan disse:

    Eu tenho umas musicas aqui evangelicas diversos ritimos ^^ (Axé, Modão, forró[particularmente não ouço com frequencia :s ] entre outras)

    Não precisa ser só “Aleluia Gloria Deus irmão” pra se sentir na presença do Pai. O grande probleminha é a má divulgação desses cantores ou grupos de música… Mas é isso ai cara, sobre o funk é simplismente a verdade tudo que você diz; o que era pra ser uma arma contra o preconceito se tornou um dos maiores aliados do racismo :meh:

    Responder
  2. John John disse:

    Quando eu achava que nadapodia piorar…..

    Responder
  3. Carla disse:

    Sou faltou umas “cachoras” ou uma “fruta das grandes” descendo até o chão.
    Muito triste… tsc, tsc, tsc…

    Responder
  4. Bruno Zavan disse:

    [quote comment="56334"]Sou faltou umas “cachoras” ou uma “fruta das grandes” descendo até o chão.
    Muito triste… tsc, tsc, tsc…[/quote]

    Triste?? ^^

    Você prefere “Créeeeeeu”

    ? -. ^

    Responder
  5. luciano disse:

    concordo plenamente.

    Responder
  6. Marcos disse:

    Cara concordo contigo em relação ao funk, sou católico e creio que com muito cuidado e disernimento podemos usar qualquer muisica parar evangelizar inclusive o funk, existe heavens dance e eletrocristo que são movimentos católicos e por falar nisso no início do videio ai o cara se benze não sei se ele é evangélico não:

    http://www.youtube.com/watch?v=miWwZASya9Q

    Responder
  7. Bruno Zavan disse:

    Ai Galera, deem uma olhada nesse video Aqui!

    É uma reprodução do poema “A Casa” de Vinicius de Moraes” em estilou SOUL music. Muito legal!

    http://www.youtube.com/watch?v=-n78UVUpgsk

    Não sei se esse é o melhor lugar pra mostrar nossa criatividade musical, mas como o post fala sobre musica, e o clima é totalmente GUMP… ^^

    Quem sabe eu ganho até um post! :D

    Responder
  8. Anônimo disse:

    x_x :D :wow:

    Responder
  9. essas músicas são muito legais :cool:

    Responder
  10. mayssa disse:

    AMEI TUDO PORQUE SOU UMA EVANGELICA ADOLESCENTE :love: :love: :shocked: :ohhyeahh:

    Responder
  11. mel disse:

    que coisa mais rídicula , misturar evangelização com isso aí , funk , quando ouvimos esse tipo de música , se é que podemos chamar isso de música , logo vem na cabeça meninas com roupas minúsculas rebolando que nem p ***, que nem cadelinhas chamando o macho para cruzar , e vem querer colocar o nome de Jesus no meio disso , façam o meu favor , cada coisa tem o seu lugar ,

    Responder
    • Bruno Zavan disse:

      Quando ouço pop, lembro de capital inicial, de maconha(?)…

      Quando ouço musica “lenta” lembro de musicas depressivas do mundo, o mesmo estilo usado para “adoração”…

      Poxa, forrozinho lembro das neginhas gorda dançando estranho… nem por isso é ruim…

      quando ouço Lázaro lembro tbm do axé…nem por isso deixa de ser uma adoração…

      Reveja seus conceitos.

      Responder

Responder.