Foto gump do dia: Naga Fireballs – As esferas luminosas

O fenômeno ficou conhecido como Naga Fireballs. São essas luzes vistas ao longo do rio Mekong, no Laos e na Tailândia. 

Foto gump do dia: Naga Fireballs - As esferas luminosas

São bolas de fogo vermelhas do tamanho de bolas de basquete que parecem elevar-se silenciosamente da água, subindo para o ar até uma altitude estimada em  100 metros e desaparecendo. Eles parecem ocorrer todos os anos em torno do final de outubro e variam de trinta a milhares! 

Esse fenômeno é um mistério completo e existe há tantos anos, que  são reverenciados na Tailândia como parte da estação quaresmal budista.

Foto gump do dia: Naga Fireballs - As esferas luminosas Foto gump do dia: Naga Fireballs - As esferas luminosas

Todos os anos, no Wan Ok Phansa, o último dia da celebração da temporada, grupos enormes de pessoas se alinham na margem do rio para assistir, na esperança de ver essas bizarras bolas de fogo se levantarem da água. A celebração comemora o retorno do Buda na forma Naga, e é amplamente aceito por alguns budistas que as bolas de fogo são na verdade a respiração dos Naga, uma serpente marinha gigante que desperta todos os anos em homenagem à Quaresma Budista. Fotos como essas foram tiradas por anos e os cientistas têm muitas teorias sobre o que representam, mas até hoje, nenhuma prova definitiva.

Estas bolas têm uma cor amarelo-avermelhada e são de diferentes tamanhos, desde pequenos brilhos cintilantes de luz até grandes bolas de fogo. Toda a visão das bolas de fogo nascendo à noite dos rios é muito bonita, com tons de romance que atraem uma grande multidão de todo o mundo. O surgimento e desaparecimento das bolas de fogo geralmente ocorre silenciosamente sem qualquer tipo de ruído, no entanto, alguns que conseguiram aproximar-se das bolas de luz mencionaram a audição de um zumbido suave. Esta exibição de esferas brilhantes que flutuam no ar recebe uma grande resposta do público como  um tipo de torcida: “oohs” e “aahs” a cada aparição.

Alguns pesquisadores afirmam que deve ser o gás de fosfina sendo liberado do fundo do rio, outros dizem que é o metano. Mas qualquer um deles exigiria condições ambientais altamente específicas e concentrações precisas para produzir as bolas de fogo. Muitos cientistas simplesmente não acreditam que esse tipo de precisão possa ocorrer todos os anos em outubro, no mesmo lugar, ano após ano. Há relatos britânicos das bolas de fogo dos anos 1960, e supostamente há escritos em templos budistas das luzes ocorrendo há muito tempo. Nos últimos tempos, as luzes resultaram em um aumento no turismo, já que são divertidas de assistir; mesmo que ninguém saiba exatamente o que diabos é isso.

fonte

Related Post

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares