“Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço” – Conheça o Golden Baba da Índia

Se você está enjoado de ver os pastores enchendo a bunda de dinheiro nas costas dos fiéis miseráveis em uma profusão infinita de denominações evangélicas que grassam pelo Brasil, vai  achar surpreendentemente corriqueiro o “modus operandi” desse homem sagrado na Índia. Dá uma olhada no naipe da figura:

Golden-baba-at-Sangam

Com seu peculiar apelido de GOLDEN BABA, esse cara se tornou milionário e arregimentou um séquito gigante de seguidores fiéis que crêem em sua mística. Seu nome real é Bittu Bhagat, e ele gosta de aparecer em grandes eventos religiosos na Índia seguido de um sem número de seus fiéis, tendo sempre ao lado duas mulheres (Inri Cristo feelings) européias, com cara de pastel.
É claro, Golden Baba diz (Inri Cristo Feelings 2) que é um santo vivo.

 

Golden-Baba-with-devotees

Golden-Baba-India
Ele orienta que seus seguidores devem viver na pobreza. Curiosamente, o “Baba dourado” usa roupas e acessórios de ouro que custam centenas de milhares de dólares. Ele parece ter pelo menos um bom poder: o de convencimento, que certamente usou para convencer suas seguidoras, (o cara tem um bom gosto para selecionar as discípulas) a dar-lhe todo o dinheiro e posses que tinham e seguí-lo por onde quer que ele fosse.

"Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço" - Conheça o Golden Baba da Índia

"Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço" - Conheça o Golden Baba da Índia

 

Graças a sua obsessão pelo metal precioso, o Golden Baba esteve na mira da Receita Federal da Índia. Ele também atraiu a atenção da imprensa, quando fez uma aparição na peregrinação sagrada Kumbh Mela acompanhado como sempre das duas jovens europeias em seus braços, enquanto ostentava dezenas de sólidos acessórios de ouro em volta do pescoço e nas mãos.

Eu sei que o cara ta mais para um bicheiro-carnavalesco endinheirado do que para um homem sagrado. O engraçado é vê-lo pregando os benefícios da pobreza para a pureza da alma, e as recompensas de uma vida simples, “livre das perversas possessões mundanas”.

"Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço" - Conheça o Golden Baba da Índia

Enquanto Bittu Bhagat diz a seus discípulos que o certo a fazer é evitar sua riqueza material, até mesmo suas roupas, o relatório da Receita Federal na Índia diz que ele só aceita doações em ouro maciço. Antes de ser um “homem sagrado”, e um “Deus vivo”, como se intitula, o cara era só um alfaiate simples. Mas agora isso mudou. O relatório dos fiscais federais diz que o homem que prega e exige a pobreza de seus discípulos tem uma fortuna de vários milhões de dólares e viaja em uma frota de veículos com motorista, onde alguns de seus carros preferidos são Mercedes, Bentleys e BMWs.

“Esta é a minha maneira de pregar, as pessoas vêm para ver o meu ouro”

Esta frase lapidar do Golden Baba foi proferida durante um discurso na Kumbh Mela, em Allahabad. Referindo-se a sua recusa em pagar um único centavo em impostos, Bittu Bhagat que só se veste com roupas feitas com fios de ouro, e que segundo estimativas valem US$ 400.000, disse:

“Este é o ouro de Deus, não meu. Eu sei o que os funcionários fiscais estão tentando fazer, mas espero que por estar perto de mim eles vão eventualmente ser levados para o caminho de Deus e dar-se conta da sua ganância.”

Enquanto atribui a ganância ao governo, o Baba de ouro conduz seu rebanho de europeus (agora pobres) atrás de si, enquanto asseclas jogam pétalas de rosa por onde ele passa com sua montanha particular de ouro.

"Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço" - Conheça o Golden Baba da Índia

 

 

fonte fonte fonte

Related Post

10 comentários em ““Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço” – Conheça o Golden Baba da Índia”

  1. o ouro é todo de Deus, mas no momento como ele não pode usufruir de sua riqueza, o baba toma conta pra ele, é como diz aquele velho deitado, “pequenas igrejas, grandes negocios.”

  2. Sabe o que é isso? O resultado de DORGAS, MANO!!! Os europeu filim-di-papai frita os célebros deles com as dorgas, ficam pastel das idéia e vão pra India atrás de iluminação espiritual. Daí caem na lábia dos gurus.

    É só ver a quantidade de maluco beleza que vira Hare Krhishna por aqui. É o mesmo processo.

  3. Fiz um voto de pobreza com as seguintes condições: vou jogar o dinheiro pra cima o que DEUS pegar é dele. Como ele não pegou eu vou ficar administrando para ele.
    COMO TEM GENTE BURRA NESTE MUNDO, NE?
    Com tanto “avanso” (?) tecnológico, escolas, descobrimentos, desmistificações, ainda tem gente vivendo na idade da pedra.
    Por isso que o mundo é o que é, Vai demorar muito para sermos um planeta evoluido, de verdade!

    • pra ser um planeta evoluido antes precisa de uma invasão “alienigena” e extinção de alguns poucos bilhões … ou outra era glacial pós meteoro …

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares