Dica: Politriz de bancada

Quem me segue la no Twitter sabe que faz ERAS que eu estou atrás duma boa politriz de bancada. Há um tempo atrás eu estava por lá reclamando como não faz o MENOR sentido uma politriz de bancada custar caro e um esmeril também de bancada, cujo motor é da mesma potencia, custar barato. Isso ja tem uns dois anos e até hoje não entendo a logica dessa porra.
Mas seja como for, finalmente chegou minha politriz lá do Bangood, que vou te falar, curti bastante.

Dica: Politriz de bancada

Acho que o grande lance dessa pequena politriz é sua rotação controlável, que vai de zero a 10.000 rotações por minuto, com BAIXO RUÍDO. Quer dizer, o segundo grande lance, depois do preço, pois ela esta saindo a R$266, enquanto por aqui a gente não acha politriz de bancada nova por menos de R$400, só usada ou gambiarras.  Ela vem com dois jogos de rebolos, sendo um de alta abrasão e outros dois de polimento. Um amarelo para joias e coisas delicada se um branco para peças mais intermediárias.

 

Dica: Politriz de bancada

 

O ponto onde ao meu ver poderia melhorar é que não vem nenhuma pasta de polimento. Eu gostaria de uma bisnaguinha de polimento de brinde, mas pensando friamente tem até logica, na medida em que o fabricante não sabe que tipo de polimento o cliente vai querer e existem mais de 5 pastas diferentes para cada coisa: Metal, plastico e abrasões diferentes.
Dica: Politriz de bancada

Além desses no kit vem duas escovas extras e uma chave Allen.
Isso é uma coisa legal, embora a politriz tenha aqueles encaixes cônicos que permitem espetar qualquer rebolo de mercado disponível. E também ela permite colocar dois rebolos duma vez, o que achei bem útil. Dá pra por exemplo, espetar ate uma pedra de esmeril num dos lados para afiar ferramentas. O controle da rotação é dimmerado via potenciômetro, bem na frente do equipamento. Dica: Politriz de bancada

Outro ponto a se destacar nessa politriz de bancada é seu tamanho pequeno, bem como seu peso. Geralmente essas coisas ficam na periferia da mesa, e não é recomendavel meter ali um motor excessivamente pesado, com risco de tombar. Essa aqui é leve e pequena, com cerca de 15 cm de uma ponta a outra. Dica: Politriz de bancadaClaro que uma das coisas que pode ser um problema é seu peso leve, se você tem mão de ogro, aí recomendo muito usar a furação da base da politriz e prendê-la na mesa com parafusos.  Falando em parafusos, essa politriz tem um opcional comprado separadamente que a transforma numa retifica de chicote. Eu fiquei empolgadão pq vinha isso pintado na embalagem, e achei que o GB mandou errado, aí fui abrir e… fuein, fuein, fuein…

Certeza que eles tem só uma embalagem para os dois modelos, provavelmente pra redução do custo.
Dica: Politriz de bancada

Penso que no campo de hobby, escultura e até mesmo para o profissional de jóias e trabalho protético, se você não é aquele tipo de heavy user, essa ferramenta dá conta legal.

O equipamento realmente vale à pena, o que justifica bem sua pontuação de cinco estrelas no índice de satisfação do Bangood. Veja só.  Por sorte a minha não taxou. Sempre dei sorte no Bangood e nunca taxaram nada de lá. Não há , no entanto, certeza de que a receita não vá te ferrar. Brasil tem dessas loterias. Mas com o preço dela em 70 dolares, está bem perto do limite, creio que passa batido.
Um belo equipamento por um preço muito bom. Deixei um bom tempo ligado para polir uns chaveiros aqui e nem esquentou. Maravilha o silêncio dela. Minha próxima aquisição no Bangood deve ser uma tupia. Tem umas realmente boas lá. Comprar ferramenta é o melhor vício!

Related Post

1 comentário em “Dica: Politriz de bancada”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares