Depois do clareamento e da tatuagem lá onde o sol não brilha, vem aí a escultura do brioco!

Realmente a máxima de que neguinho faz tudo para ganhar dinheiro, se revela inexoravelmente certa. Depois co clareamento anal, e tatuagem anal, chegou o o momento de imortalizar seu ânus com essa sensacional escultura em bronze do seu roskoff!

14214_889116471110272_1554988115774554094_n

Por cerca de R$ 2.000,00, o artista inglês Magnus Irwin aplica um alginato siliconizado naquele lugar e a partir dali, ele faz uma réplica em cera das pregas do teu rabo. Em seguida, ele replica essas pregas de cera copiadas fielmente do seu roskoff em bronze, através do método de cera perdida. O resultado é uma peça de bronze do seu ânus, que depois é polido e colocado nessa linda caixa de jóias, para você levar pra casa e quem sabe presentar aquele a quem você ama, ou mesmo dar de lembrança ao seu proctologista no aniversário dele.

Acredite se puder, o negócio de Irwin esta dando certo e tem gente fazendo.

O Artista
O Artista (note as garrafas de goró ao fundo)

Magnus Irwin começou seu estranho trabalho de replicar as pregas dos anos dos outros fazendo interessantes furinguinhos de chocolate.

Isso deve ter gerado muitas piadas e trocadinhos com dar para os amigos comerem  seu *
Isso deve ter gerado muitas piadas e trocadinhos com dar para os amigos comerem seu *

Ele ficou quinze anos (QUIIIINZE ANOOOS) dupliucando o cu dos outros em chocolate até ter a ideia de imortalizá-los em bronze:

enhanced-15251-1423240586-14

Não tô de zoeira, quer comprar um fiofó de chocolate? Entre na loja e compre.

PAra ver mais sobre o processo, incluindo o video, aqui está.

Fonte
Este post foi uma dica do Josef

Related Post

11 comentários em “Depois do clareamento e da tatuagem lá onde o sol não brilha, vem aí a escultura do brioco!”

  1. Dizem que gosto é igual c*, cada um tem o seu. Será que as pregas são iguais impressões digitais e fundo de retina? Tai um bom método de identificação na falta dos outros tradicionais. Kkkkkk pensa na situação .

    • [Caixa do banco] – Vai sacar quanto, senhor?
      [Cliente] Cem reais, por favor.
      [Caixa do banco] Digite a senha do cartão, senhor…
      [Cliente] Om. Aqui está.
      [Caixa do Banco] Ok, senhor, agora é só passar pela biometria para aprovar o seu saque. Favor introduzir a sonda anal para verificação de identidade, senhor.

  2. Esse post só tem um comentário…

    Como alguém perde tempo se preocupando com c* dos outros?

    O c* não é deles? O dinheiro não é deles? O ser humano tem tantas e várias vaidades, e a pessoa vai logo se preocupar com essa apenas por tocar em um assunto tabu?

    Por favor…

    • Paulo, não entendi sua revolta com a questão do cu alheio. Afinal, não deixa de ser curioso que haja muitas pessoas interessadas em replicar em bronze uma parte de sua anatomia. Ninguém aqui está recriminando ou dizendo que não pode. Peo contrário, estamos mostrando que no mundo tem mercado para tudo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares