Criatura bizarra (alien?) é descoberta no Paquistão

Compartilhe

Não é de hoje que histórias envolvendo gnomos, elfos, anõezinhos, leprechauns e micro-aliens são contadas. Recentemente uj video da Tv Al Jazeera surgiu relatando que uma pequena criatura de cerca de 15 centímetros de altura foi vista por várias pessoas, andando de modo desorientado.

A criatura estava viva e apareceu em uma obra de recuperação de uma casa abandonada. Ela se movia lentamente, andava ereta e era exatamente como um ser humano. Mas do tamanho de um brinquedo. Tão logo foi vista, as crianças de um vilarejo pobre a mataram com pedradas e queimaram seu corpo. (Como era de se esperar. Este é o típico comportamento humano quando se depara com algo que não sabe explicar)

Imediatamente a notícia correu e pessoas começaram a dizer que a criatura só podia ser uma criatura extraterrestre. Até agora não há um laudo que aponte sobre o que realmente é esta coisa. Mas que é estranha, é. Abaixo a matéria do canal.

Claro que a história é super interessante, e pode ser apenas um hoax. É possível que seja um feto ou mesmo filhote de macaco. Agora que está carbonizada, é difícil determinar o que realmente era esta coisa. Eu acho que é cedo para afirmar que aquilo é um alien. Mas o povo gosta dessas coisas. A forma é o que mais me impressionou, porque não é compatível com uma criatura que contenha uma estrutura óssea e tenha sido queimada. Aquilo no prato me parece mais um tipo de boneco de massinha muito mal esculpido por sinal. Mas o que dizer das inúmeras testemunhas que alegam ter visto a criatura capturada pelas crianças? Será que estavam inventando para aparecer na televisão?

Pode se tratar apenas de um fenômeno de massa. Alguém ouve uma pessoa dizer que viu uma coisa, ela reelabora aquilo e acredita que também viu.

Aliens diminutos, do tamanho de brinquedinhos são fartamente relatados na causística ufológica, tanto que ganharam uma denominação tipológica exclusiva. Como existem milhares de relatos de aliens, com formas alturas e características variadas, foi necessário buscar um tipo de normatização, para orientar as pesquisas nessa área. Assim, os extraterrestres acabaram sendo denominados em sete grupos tipológicos baseados apenas em suas características físicas. Há uma predominância de certos grupos tipológicos em detrimentos de outros, mas mesmo não chegando a 1% dos avistamentos, a tipologia sigma -de aliens que vão de 1 a 15 centímetros de altura aparece no panorama de contatos. Como as morfologias surgidas na causística variam muito, muitas criaturas relatadas não se encaixam em nenhuma dessas categorias e acabam ficando de fora. É o caso dos aliens do episódio brasileiro que ficou conhecido como caso “Sagrada Família”, que eram cíclopes com pele vermelha ou pintada de vermelho e aparentemente gentis. Leia mais sobre o caso Sagrada Família aqui.

Pesquisando um pouco, temos um grande manancial de casos relatando criaturas pequenas que surgem do nada para espanto, horror e maravilha das testemunhas.

Um dos casos mais famosos é atrelado a uma intrigante fotografia obtida no México.
smallalienpic5625475 Criatura bizarra (alien?) é descoberta no Paquistão

Neste caso, dois homens que parecem ser oficiais de casacão seguram pelos braços uma criatura que visívelmente não é nem uma criança e nem um macaco. A forma é bastante estranha, apesar de ser humanóide. Ele olha para os homens que levantam seus braços com uma certa curiosidade, ou intimidação. Pode-se ver as costelas, a caixa torácica, músculos e uma alongação craniana. Ela parece besuntada com algum tipo de óleo. Seria uma pessoa deficiente? Seria um boneco? Até hoje se especula bastante sobre esta foto e ela permanece no panteão das fotos de extraterrestres mais intrigantes que se conhece.Especialistas que analisaram a foto acreditam que ela tenha sido obtida no fim dos anos 40 ou no início da década de 50. Ao que parece, não havia interesse de esconder a criatura e o fato dela estar nua é bastante suspeito, pois caso fosse um ser humano deformado, dificilmente seria fotografado nu naquele tempo. Os braços não estão estirados, o que indica que o corpo não está pendurado pelas mãos dos homens, como seria se fosse um boneco. Ele está apoiado numa base perfeitamente compatível com um corpo humanóide e aparentemente dá as mãos aos dois homens.

Outra imagem impressionante do que parece se tratar de um pequeno alien atravessando a rua, aparaceu no Chile. A foto fala por si:

chilealien6241737 Criatura bizarra (alien?) é descoberta no Paquistão

Posteriormente descobriu-se se tratar de uma pareidolia, isso é uma interpretação errônea de um padrão. O que parece um alien atravessando uma rua é na verdade um cachorro visto de costas.Embora intrigante, nesta foto não existe alien algum. Ela é um bom exemplo de que nem tudo que parece ser, de fato é.

Fotos de pequenas criaturas humanóides já mortas e ressecadas surgiram no universo ufológico no dia 02 de outubro de 2002. Ela teria sido descoberta escondida num arbusto por uma criança que estava em viagem de férias com os pais. A criança pegou a pequena criatura e a embrulhou em papel. Segundo as testemunhas do caso, ela ficou viva se movendo e piscado os olhos por cerca de oito dias, quando finalmente morreu. Ufófilos imediatamente acreditaram que era um alien. Outros disseram se tratar de fetos abortados de animais do deserto. O ser tem estrutura humanóide e mete apenas 7,2 cm. A história contada pelas testemunhas não é corroborada pelo estado do corpo. O ser está em avançado estado de decomposição. Mostra-se ressecado e mumificado em algumas partes.

smallalien6678020 Criatura bizarra (alien?) é descoberta no Paquistão

Alguns céticos alegaram corretamente que sem um dna que mostre não se tratar de animal conhecido, é impossível dizer o que de fato é isso:
smallalien27134797 Criatura bizarra (alien?) é descoberta no Paquistão

smallalien57186444 Criatura bizarra (alien?) é descoberta no Paquistão

Há também uma foto estranha supostamente obtida no Ceará. Ela mostra uma criatura se debatendo sendo segurada por uma mão humana na frente de um vaso de plantas.

alien465x3727725829 Criatura bizarra (alien?) é descoberta no Paquistão

A foto é bem esquisita e a falta de uma procedência pode sugerir uma montagem ou uma parte de algum hoax. O que aparentemente é a boca do ser na verdade é o focinho de um gato, que é daquela raça sem pêlos. Esta foto serve para exemplificar que nem tudo é o que parece ser.

OS DROPA

Um caso interessante que envolve aliens de pequena estatura é o caso “Dropa”. O caso Dropa é o tipo de Roswell Chinês. O caso é muito vasto e contraditório. Até hoje não há uma definição para o fato, porque é bem difícil investigar ufologia na China. Assim, não vou entrar em muitos detalhes.
Em 1938, um arqueólogo da Universidade de Pequim chamado Chi Pu Tei, encontrou discos de pedra milimetricamente gravados numa caverna nas inacessíveis montanhas de Bayan Kara Ula, na China.
Conforme ele e sua equipe entravam, deram-se conta de mais cavernas; era um sistema completo de túneis artificiais e despensas. As paredes eram quadradas e cristalizadas, como se o corte na montanha tivesse sido realizado com uma fonte de calor extremo. Sobre as paredes havia pictogramas talhados do céu: o Sol, a Lua, as estrelas e a Terra com linhas de pontos que os conectavam.
Semi-enterrado,devido a sujeira da gruta, havia um disco de pedra, obviamente feito por uma mão de uma criatura inteligente. dropa9406135 Criatura bizarra (alien?) é descoberta no Paquistão

O disco teria 22,7 centímetros de diâmetro e dois centímetros de espessura, também tinha um buraco no centro, perfeitamente circular de dois centímetros de diâmetro. Dali surgia um sulco fino em espiral; havia caracteres escritos exteriormente.Este disco é datado entre 10.000 e 12.000 anos de antiguidade (muito mais antigo que as datações das grandes pirâmides do Egito). Entretanto não foi o único, no total haviam sido encontrados 716 pratos. E cada um com caracteres diferentes.
O especialistas não encontrou referências para a estranha linguagem gravada nos discos. Ele levou o material para a Universidade. A forma de gravação e o detalhamento do sulcos e polimento dos discos eram incompatível com a habilidade humana no período histórico daquele sítio arqueológico.

Os discos foram recolhidos e levados, com outros artefatos descobertos na caverna para a Universidade de Pequim e lá ficaram por cerca de vinte anos.
Ao longo de vários anos, o especialista e seus ajudantes tentaram decifrar as inscrições gravadas em dupla espiral ao longo dos discos, sem sucesso.
No decorrer de vinte e quatro anos, outras pessoas haviam tentado decifrar as estranhas inscrições nos discos, porém sem êxito algum.

dropa39459903 Criatura bizarra (alien?) é descoberta no Paquistão

Foi o professor Tyson um dos que, em 1962 se interessou pela editoria dos discos, e se propôs a decifrar o significado destes. Ele e seus colegas descobriram que os sulcos espirais não eram simples desenhos, mas também, uma escritura incrivelmente antiga, gravada de algum modo desconhecido e de um tamanho quase microscópico.

Se isto for certo, seria a escritura mais antiga do mundo, já que, como exposto anteriormente, os discos tem uma antiguidade de 8.000 a 12.000. Para começar, o professor, com ajuda de uma lupa, foi transcrevendo, minuciosamente os caracteres do disco para um papel.

Durante este processo, perguntas assaltaram o professor tais como: “Como pode um povo primitivo fazer uns discos tão exatos?”; “Como elaboraram uma escritura quase microscópica?” e “Quem eram e para quê fim produziram essas centenas de discos?”

Uma vez que os caracteres dos discos foram copiados, o professor Tsum Um Nui e seus colegas começaram a árdua tarefa de tentar decifrar seu conteúdo. Finalmente, intercambiando desenho com palavras e frases, chegou a decifrar parte do código ou escritura. Feito isto, se dedicou a ordenar os discos,da forma mais coerente que pôde, e assim, fazer uma transcrição parcial. A história contada nos discos era simplesmente assombrosa.

O Professor passou para o papel a transcrição, assim como suas conclusões e o apresentou na universidade para sua publicação posterior mas foi censurado. Em 1965, inesperadamente, um artigo escrito pelo filólogo russo Vyacheslav Saizev, apareceu na revista alemã Das Vegetarische Universum, e na revista anglo russa, Sputnik, contando a história dos discos, sua composição, e um extrato sobre o que havia sido decifrado pelo professor Tsum Um Nui.

Os discos contam a história de uma nave espacial procedente de um planeta longínquo que teve de realizar um pouso forçado nas montanhas de Baian Kara Ula. Os tripulantes da nave (Dropas) buscaram refúgio nas grutas das montanhas e apesar de suas intenções pacíficas, os Dropa não foram compreendidos pelos membros da tribo Ham, os quais, ocupavam as cavernas vizinhas e pensando que eram inimigos que queriam apoderar-se de seu território, perseguiram e mataram alguns deles. Quando finalmente a tribo compreendeu a sua linguagem, por sinais dos Dropa, admitiram-nos em seu território ao saber que os recém chegados tinham intenções pacíficas. Os discos também contam como os Dropas não conseguiram reparar os danos na nave e ficaram impossibilitados de voltar ao seu planeta de origem, tendo de viver na Terra.

Segundo o que dizem as pedras dropa, os alienígenas gradualmente se aproximaram os primitivos habitantes locais. Ao longo dos séculos, acabaram se miscigenando com eles.
Curiosamente, o local remoto das montanhas Bayan Kara Ula possui dois povoados pequenos que vivem praticamente isolados do mundo. As pessoas nesses povoados são de baixíssima estatura. São como pigmeus, sendo o grupo étnico de menor estatura na china.
A altura média de um adulto é de um metro e vinte e cinco centímetros. São amarelos, suas cabeças são desproporcionalmente grandes, quase calvos e seus olhos são grandes e azulados, porém não de aspecto oriental. Seus traços são praticamente caucasianos, e seus corpos são sumamente delgados e delicados. O peso médio de um adulto, é aproximadamente de 50 kg.
Alguns investigadores levantaram hipóteses sobre o nanismo do grupo ser derivado da miscigenação humana local com o povo Dropa.
Obviamente, nada disso pode jamais ser provado de modo incontestável, permanecendo uma aura de mistério e contradição como em quase tudo que envolve ufologia.
O canal History Channel fez uma boa cobertura do caso Dropa, que pode ser visto (em espanhol) aqui:
Parte 1, parte 2, parte 3, parte 4

Artigos relacionados

18 comentários em “Criatura bizarra (alien?) é descoberta no Paquistão”

  1. Poxa vida! Alguns sao mesmo intrigantes e curiosos.

    Agora, o do Ceara!! Ateh eu vi q eh montagem, inclusive eh uma montagem carinha do filme Harry Potter 2, ele vem no inicio do filme chamar o Harry em seu qaurto!
    Da uma pesquisada e dpois coloca a foto dele ai pra vc e a galera comparar, pois eu jah tenho minha conclusao!

    Abrass! O site eh muito bom msm!

  2. O Philipe a foto do aliem com os agentes pramim na verdade não é do mexico e sim do 3ºreich são dois oficiais SS, esta na Revista UFO que tenho aqui em casa.

  3. A foto dos cavalos nada mais é que uma simples ilusão de otica, ela ja foi tema inclusive de episodio daqueles documentários que dismitificam essas coisas, e simplesmente quando eles pegara e trataram a foto! o que parece uma humanoidezinho nada mais é que um trazeiro de um cachorro!

    agora não sei dizer se a imagem foi popositalmente borrada! para mim foto borrada não tem credibilidade!

    • Pois é, hehe. Alguns dizem que sim, outros que não. Dá uma olhada nos videos…
      Se serve de pilha, um grupo indígena brasileiro se diz descendente de pessoas que vieram das estrelas. E falam isso com todas as letras. Eles inclusive tem o nome para o “astronauta” que trouxe a linhagem deles para a Terra. O nome dele seria Bep Kororoti. Esses índios fazem um tipo de traje de “astronauta” construído com palha trançada e raízes. Eles vestem um dos homens da tribo com a roupa e este encarna Bep kororoti num dos rituais deles.

  4. PQ você não colocou a foto da aparencia do povo de Dropa? Essa foto é real ou HOAX?
    http://www.theastralworld.com/aliens-ufos/pics/dropa_people.jpg

    • Eu não posso garantir que o povo dropa seja assim, pelo simples motivo que nem sei se existem de fato. As pessoas que investigam falam do povo dropa há 12000 anos atrás. Esta foto é uma foto relativamente recente dos habitantes locais. Ou seja, o povo dropa (se existiu) devia ser bem mais bizarro.

  5. olha ai um criatura similar: http://www.youtube.com/watch?v=MU2ICYpwMa0&feature=PlayList&p=9FABBCB402FE5B25&playnext=1&playnext_from=PL&index=9

    Não entendo a descrença? Acho mais ignorancia acreditar que somos os unicos na terra, do que levar em conta as diversas plurariades de mundos. A NASA, A NESA, a NOSA, essas coisas ai de siglas, investem bilhões em exploração, deve ser tudo hoax né.

  6. Philipie, eu fui atraz, mas só achei uma ou duas, muito antigas, fotos desses povos ae do monte bayan~, alias, nem achei os nomes das tribos, hehe, eu queria pegar eles pra dar uma analizadinha e tal.. você sabe se existe alguma foto recente desse povo? Acho dificil encontrar, ja que nem a tal montanha tem uma pag decente na wikipedia, e tudo que eu google fala sobre esse caso… sem falar que eles são isolados, hehe
    valeu, abraço!

  7. Sobre o alienzinho do afeganistão:

    http://i75.photobucket.com/albums/i317/free_spirit_2006/FakePlasticAlienComparison.jpg

    Eu acredito em UFOs, mas esse é Hoax na veia!

  8. O sitio arquelogico dos Dropa seria o motivo real pelo qual o chineses tanto lutam pelo Tibet. Pois se trata de uma região quase estéril, sem nenhum atrativo real para o Governo Chines.

    Na verdade a “confusão” começou quando cientistas ocidentais começaram a ter acesso ao sitio, algo que o “neurotico” comunismo chines considera um absurdo em função dos “tesouros” que se poderia obter.

  9. Bom, gostaria de saber somente uma coisa: se os Dropas realmente existiram e ficaram na Terra porque não conseguiram consertar sua nave. Cadê ao menos os restos dessa nave, se os discos duraram tanto tempo porque a nave não duraria?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.