13 comentários em “Controlar jogos com a mente”

  1. Não rafael, isso existe mesmo, é fabricado pela OCZ. Não sei se já está a venda, mas quando eu fiquei sabendo que iriam lançar esse aparelho, faz mais ou menos 1 ano e meio. A previsão é de que iria custar 999 reais. Vou pesquisar para ver se já está a venda.

    Responder
  2. Não se isso foi só boato ou real, mas a mais ou menos 1 ano e meio, também ouvi falar a respeito deste sistema, porém ouvi dizer (não me lembro onde) que ele ainda não poderia ser lançado, pois da maneira em que usamos o “poder da mente” para jogar, atirar e tal, quando o jogador recebe-se algum tipo de ferimento ou morte, isto poderia ser sentido pelo cérebro e afetando o jogador em algo. Alguém saberia me dizer se isto é real ou só boatos?

    Responder
    • É só boato, ele já foi lançado, e inclusive o clube do hardwae fez um review dele:

      http://www.clubedohardware.com.br/artigos/1590

      Fiquei empolgado, vou ver se compro um xD

      Responder
    • Fisiologicamente, não tem como isso acontecer, cara. A menos que o cara fosse hipnotizado para sentir a dor, (aí sim, e com restrições) ele não tem como receber um feedback do game neste nível. Lembro que um professor japonês andou tentando criar uma maquina de desconforto para uso em games. Assim, toda vez que levasse um tiro, o cara tomaria um choque. Acho que a idéia não foi à frente, mas imagino que o reforço negativo ia deixar a galera mais profissa nesses mata-mata, hehehe.

      Responder
  3. Muito interessante poder jogar usando o “poder da mente”. Embora o equipamento não tenha sido desenvolvido para portadores com alguma deficiência, acredito que poderia ser aplicado a esse fim… mas, deve ser legal jogar um Gear of War só com o pensamento… mas para a galera que curta games olha o que o pessoal da M$ vai lançar no final deste ano para o XBOX.360… foi chamado de “Projeto Natal” (desenvolvido por um Brasileiro). Usando o que já existe em outras consolas, desenvolveu um novo jeito de controlar os jogos… vamos ver parece legal…

    http://www.youtube.com/watch?v=geMnWqum-Jc

    Responder
  4. fui ver o review
    e me pareceu q é mais controlado com a cabeça e face do que com a mente.. como sugere o título… fica sendo apenas mais uma espécie de detector de movimentos
    por isso achei q era falso

    pois com a mente mesmo fizeram com o macaquinho essa semana aí, que implantaram um chip no cerebro dele, que interpretava os sinais electricos pra movimentar um braço mecanico

    Responder
  5. Nhaaa ou o véio lá é craque em usar aquele negocio ou ele deve ter um joystick escondido la embaixo. Acredito mais na segunda alternativa hehe, pois se fosse tão facil assim ja teria nego vendendo ou botando em saloes de jogos nos shoppings, por exemplo.

    Responder
  6. :wow: :gasp: x_x :lol2: :love: :ohhyeahh: 😛 🙁 0_0 :shocked: :sly: :] ;] :worry: :wow: :curious: :*( 😎 :B :$ 😐 :argh: Muito interessante poder jogar usando o “poder da mente”. Embora o equipamento não tenha sido desenvolvido para portadores com alguma deficiência, acredito que poderia ser aplicado a esse fim… mas, deve ser legal jogar um Gear of War só com o pensamento… mas para a galera que curta games olha o que o pessoal da M$ vai lançar no final deste ano para o XBOX.360… foi chamado de “Projeto Natal” (desenvolvido por um Brasileiro). Usando o que já existe em outras consolas, desenvolveu um novo jeito de controlar os jogos… vamos ver parece legal…

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.