13 Comentários

    1. SkyWylker

      o/
      Eu não tinha olhado até você mencionar aqui. Depois disso, fui conferir.
      :O

      Responder
  1. SkyWylker

    É por isso que gosto do MG. Eu entro aqui e passo horas lendo posts e mais posts. E o mais legal é que o Philipe não se prende a um único assunto ou apenas ao assunto do título do post.

    Parabéns Philipe! Continue assim.
    \o/

    Responder
  2. BEZALEL

    Interssante. Mas eu só tenho medo de uma coisa: “MULA-SEM-CABEÇA QUE SOLTA FOGO PELAS VENTAS”!

    Responder

  3. Tem um ótimo filme do Richard Gere do Mothman. Chama-se “A Última Profecia” em português. Inclusive tem o tal Ingrid Cold, que acho que no filme é Indrid Cold (tem que ver isso aê). Um belo suspense, recomendo! Aliás, acho que vou assistir hoje, pela 12a vez pelas minhas contas hehe

    Responder
  4. chipset

    Otima matéria… Eu achava que sabia algo sobre o mothman, mas na verdade não sabia sobre esse tal.de ingrid cold. E boa dica de filme Gabera, vou assistir com certeza!

    Responder

    1. Assisti o filme de novo mesmo, é Indrid Cold, não Ingrid. Mas não sei se o certo é o que está no filme ou o do post.

      Responder
  5. Daniel Márcio

    Philipe, sei que não vai ter nada a ver com o assunto, mas no trecho onde você fala do Homem-Mariposa você também comenta da famosa figura que acompanhava os desastres: Indrid Cold. Eu tava lendo normalmente o artigo, e num flash de memória fotográfica eu me recordei de algo.

    Thing is, Indrid Cold é um nome que não só apareceu no caso do Homem-Mariposa, mas como também no famigerado caso dos Grinning Men (já ouviu falar?). O engraçado é que não para por aí. A aparência da figura relatada pelos moradores de Point Pleasant, é idêntica (carece de alguns outros detalhes, inclusive) a dos Grinning Men. Olha, não tem nada a ver mesmo com o assunto do post, mas eu tive que comentar. Quer dizer, eu tava lendo sobre colugos, cara! HAHAHAHAHAHA!

    Responder
  6. johnsonn

    “tinha mais de 1,80m e estava vestido com um macacão verde brilhante que cintilava e parecia refletir as luzes da rua. Havia um largo cinto preto ao redor da sua cintura”É uma drag…kkkk

    Responder
  7. Maria Eduarda

    Que saudade de ler aqui! Vc continua fazendo posts ótimos Philipe!
    Eu não tenho medo dessas coisas, porque pode ser que exista, mas não há motivos para se assustar, já que eles só sabem se defender!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.