13 Comentários

  1. Pedro Henrique Nunes

    Talvez a tristeza venha de perceber que mundo da gente morre antes de nós.
    Mas sim, Roberto Bolanos, Chaves , era um genial seu trabalho, talvez ele não seja um “ás” no que fazia, porém fez tão bem feito que é digno da comoção dos fãs. Os outros shows desse autor eram bem legais, simples e divertidos, como Chapolin e o Doutor Chapatin. Quem acha que gostar de Chaves é ignorância tenho é pena. Inteligência e Erudição de uma pessoa não impede em nada dela gostar de filmes como Alien, programas como Esquenta (terrível né, mas), livros do Harry Potter e tudo mais.

    Responder
    1. Júnior

      ignorantes é quem nunca viu chaves por achar ser ignorante .um programa q faz as pessoas rir sem parti para o palavrão ou pornografia deve ser chamado de gênio

      Responder
  2. Ricardo Almeida

    Cara, sinceramente, NUNCA em toda minha vida consegui assistir a um único episódio do Chaves. Mesmo quando criança, sempre achei monótono, repetitivo ao extremo, e chato de doer. Lógico que é um direito meu, mas não é esse o ponto. Eu também não gosto do Lars Von Trier, mas reconheço algo de qualidade no cara. Já esse Bolaños pra mim sempre foi a epítome do humor rastaquera, de baixa inteligência.

    Responder
    1. Mosnter

      Se Chaves era um “humor rastaquera, de baixa inteligência”, fico imaginando o que você assiste, fera; pelo visto, é fã do Zorra Total!

      Responder
  3. luciano

    opa! tudo bom? cara, gosto do chaves e da turma toda aqui, inclusive estava assistindo um episódio na tv do chaves,e pensei comigo… puxa o chaves deve estar velho já… será que já morreu? mas logo depois pensei…não,não morreu, se tivesse morrido ia dar o maior alarde. pronto, passou 3 minutos veio a notícia. arrepiei até cara.
    bom, eu, apesar degostar do chaves e da turma toda, não fiquei triste muito não…penso asssim, pxa ,o cara produziu muito, casou , teve filhos, lutou, desfrutou do que conseguiu,perdeu tbém,enfim viveu,né? tá beleza.
    concordo com tudo o que vc disse aê no post. abraço e manda está certíssimo, tenho muita admiração com quem faz muito com pouco,é isso aê.

    Responder
  4. Rock

    Chaves foi pra mim o maior humorista de todos os tempos! Simples roteiros (historias) com excelentes atores. Se foi um gênio. Triste mas eternizou varias gerações.

    Responder
  5. Diego Borges

    Passada a comoção, fiquei enojado de uma turma escrota que usou a morte de Bolaños pra fazer politicagem. Tipo umas colunistas da folha que falaram aberraçõess do tipo menos Chaves e mais um humorista que eu nunca ouvi falar, e alguns esquerdóides e feministas que tentaram denegrir o seriado como ‘machista, homofóbico, capitalista-opressor’ e demais bobagens.

    Responder

    1. Aquilo é idiotice pura, já que o Cantinflas era também um humorista excelente, de certa forma bem parecido com o Mazzaropi. O próprio Cantinflas reconhecia o talento de Bolanos ao ponto de pedir a ele para que escrevesse um programa para seu personagem Cantinflas.

      Responder
  6. Carlos Ashitaka

    Ok. Que o Bolaños foi um dos grandes do entretenimento, temos de reconhecer que foi. Entretanto, nunca gostei de Chaves, Chapolin e cia. Simples assim.

    Responder
  7. Thiago chipset

    Caraca, até então eu não sabia que existiam pessoas que não gostavam de chaves. Nunca conheci um ser desses…

    Adorava chapolim, o episodio das pedras que flutuavam me dava medo quando criança.

    Responder

    1. Tenho vários amigos que não curtem. Aliás, alguns até odeiam. Minha avó (falecida) dizia que aquilo era tão babaca que ela tinha vontade de se matar quando via Chaves.

      Responder

  8. Puxa…Você conseguiu expressar certinho o que eu estava sentindo. Triste é viver em uma era onde temos acesso a tanta informação e ver o crescimento da ignorância. Chaves e Chapolin são marcos pra mim. Acho magnifico você conseguir fazer rir, é um dom maravilhoso e Bolaños tinha isso. Parabéns pelo texto!

    Responder
  9. Sérgio Higa

    Parabéns pelo texto Philipe. Expressou em palavras o que senti e o que li a respeito da partida desse GENIO.
    Acho que tão marcante quanto a partida do Bolanõs será o dia quando o Silvio Santos se for.
    Eu me considero feliz por pertencer a geração que pode vivenciar e crescer vendo “as mesmas piadas”, rir do humor “idiota” como li em alguns posts no FB. Me considero feliz por ter vivido uma geração que se por um lado não tinha acesso a tanta informação e tecnologia como hj, por outro lado sobrava criatividade, humor inteligente e uma coisa que sinto muito a falta hoje…humor infantil e inocente como os Trapalhões da década de 80 .
    Talvez seja um reflexo do peso da idade dos 40 chegando, mas começo a sentir o mundo um lugar menor, com pessoas fúteis demais e que tem apenas um conhecimento parco, ou pior…sentimentos rasos e somente de aparência bonita, mas sem conteúdo…
    Sobra a saudade e lembranças de tempos que não voltam mais.
    Abraços

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.