Quando o impossível acontece

Na noite que precedeu o vôo, Nicholas Alkemade estava tenso. Pensativo. Seria aquele sua décima terceira missão de bombardeio sobre a Alemanha. Nicholas nunca tivera muita preocupação com o número 13, o tal “número do azar”. Nicholas tinha então vinte e um anos de idade e estava encarregado de uma das mais perigosas atividades a …

Leia maisQuando o impossível acontece

Os feios também amam

Antigamente, (quando eu digo antigamente é na idade média) quando alguém nascia muito feio ao ponto da mãe não acreditar em tamanha estrambulicidade, a criança era abandonada à própria sorte ( sorte dos lobos) ou colocada na “roda” onde – se tivesse sorte – seria adotada por freiras e se esconder em porões fazendo trabalhos …

Leia maisOs feios também amam