Pin It


A pimenta mais ardida do mundo


Dizem que “passarinho que come pedra sabe o * que tem”. Então, se você é daqueles que vai em Salvador e pede seu acarajé quente, pelando… Quero ver você comer com essa pimenta aqui, ó:
250px 2006 10 11 Naga Jolokia Tezpur A pimenta mais ardida do mundo   Curiosidades

Dizem que essa é a pimenta do diabo. Também conhecida pelo nome de Naga Jolokia.
No ano 2000, os cientistas no laboratório de defesa da Índia (só podia ser! Vai gostar de pimenta assim lá no raio que o parta, meu. ) reportaram a Naga Jolokia como sendo a mais potente do universo conhecido, atingindo um score de 855.000 unidades na escala Scoville.
A escala Scoville foi criada para poder estimar com precisão o quanto uma pimenta pode ser ardida. O processo é científico. A pimenta contém a capsaicina, que é um componente químico que estimula os termoreceptores da pele, sobretudo nas regiões de mucosa. Assim, quanto mais capsaicina houver, mais quente é a sensação.
O valor é dado baseado na dissolução da pimenta e seu princípio ativo.
Assim, uma pimenta que leva nota 200,000 ou mais, indica que ela poderá ser diluída 200.000 vezes até que seu princípio ativo não seja mais percebido.

Um tempo depois, um dos exportadores da Naga Jolokia conseguiu um novo laudo onde alguns exemplares da Naga chegaram ao bizarro valor 1.041.427 unidades na mesma escala, o que mostrou que a Naga Jolokia é mais de duas vezes mais quente que a antiga recordista, a Red Savina.

Em fevereiro de 2007 o Guinness certificou a pimenta como a mais ardida do mundo.

Essa é daquelas que a gente come e quando faz xixi, ele derrete o vaso sanitário.

 A pimenta mais ardida do mundo   Curiosidades Category: Product #: Regular price:$ (Sale ends ) Available from: Condition: Good ! Order now!
Reviewed by on. Rating:


Designer, blogueiro, escritor e escultor. Seu passatempo preferido é procurar coisas interessantes e curiosas para colocar neste espaço aqui. Tem uma grande atração por assuntos que envolvam mistérios, desconhecido e tecnologia. Gosta de conversar sobre qualquer coisa e sempre tem um caso bizarro e engraçado para contar. Saiba mais...

7 Comments

  1. mariom@funai.gov.br'

    tenho 144 variedades de pimenta,onde 70% ardem bastante. Como de todas elas e gostaria de provar essa naga jolokia. Onde posso conseguir sementes dessa variedade. Quero plantar em minha chácara, no Tocantins. Existe telefone, e-mail, ou outro meio de me comunicar com quem possui essa pimenta?

    Reply
    • lagra@ibest.com.br'

      Prezado Mário.
      Importei dos EUA cinco sementinhas (deu mais ou menos uns 20 reais)e só uma germinou.
      Tem que tomar bastante cuidado quando da procedência das naga.
      Cuido dela com muito afinco pois ela não suporta o frio e eu moro no RS.
      Minha intenção agora é multiplicá-la.
      Boa sorte na produção.

      Reply
      • ronaldobpaula@hotmail.com'

        ola otacilio..nao teria como vc me arrumar algumas sementes pois sou adorador de pimentas ..queria apenas para consumo proprio..comprei duas vezes e nao germinaram ..nao é facil ..mas aguardo uma resposta , positiva ou negativa ..ronaldobpaula@hotmail.com

        Reply
  2. karen.pompeu@yahoo.com.br'

    ahh gostei de saber dessa pimenta.. muito interessante ! O_o
    imagine quem comer ela em .. coitado :/

    Reply
  3. jowbf@gmail.com'

    Seu comentário pode ser apagado ou moderado se:
    # Escrever de modo ofensivo, desrespeitoso ou preconceituoso
    # Não escrever corretamente (miguxos e coisas do tipo)
    # Postar apenas carinhas
    # Usar o espaço de comentários para fazer propaganda de qualquer tipo
    # Estiver fora dos critérios de conduta ex: Flammers, Trolls, etc.
    # Postar correntes, pirâmides e lixo de spam para pegar grana de trouxas

    Reply
  4. sergiothulis@hotmail.com'

    tem um cara q foi no balanço geral q desafia comer qualquer pimenta ele comeu +- 400 pimenta d uma vs

    Reply

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

x
Clique em CURTIR para receber as melhores histórias da web!