13 Comentários

  1. Mussa

    Conclusão beirando a bizarrice:
    Se o Robert Johnson comesse um tomate hoje em dia ele correria MUITO mais perigo de morrer envenenado do que antes.
    Mesmo assim, ninguém ficaria esperando ele morrer. Contradição quase bizarra.

    Abraço

    Responder
  2. Zé paçoca

    vou ser sincero ao dizer que não li com detalhes seu post mais
    para acrescentar que o tomate é pertencente da familia das solanaceas, a mesma da batata e da goiaba.
    ao afirmar que existe excesso de defensivos concordo com você, mais infelizmente é o mal necessario a um país que não investe em pesquisas de melhoramento de plantas resistentes a certas doenças e pragas, por isso que é esse “mundo de veneno” aplicado na lavoura de tomate, se você visse como é o desenrolar da produção no campo você iria ver a necessidade de aplicação desses “venenos”.E deixo uma ressalva que qualquer produto de origem vegetal sempre tem algum tipo de “agrotoxico”, não vá comprar produtos organicos pensando ser livres disso porque não é verdade! e digo isso porque nenhum é mesmo! lave sempre bem os alimentos e se possivel com hidroxido de sodio numa bacia com água e uma colher de medida.
    parabens pelo post mais tomate não é “fruta” e sim um fruto.

    Responder
  3. HunterDog

    Muito legal esse post!
    Eu tenho tentado cultivar na horta aqui de casa uma espécia chamada “Tomate ameixa preto” muito saboroso e não é difícil de encontrar.

    Depois da uma passada nesse fórum aqui
    https://www.pimentas.org/forum/viewtopic.php?f=26&t=5849

    Lá tem um zilhão de imagens interessantes sobre tomates e eles inclusive enviam sementes caso você deseje cultivar na sua casa. x_x

    Responder

  4. Pati do Alferes, cidade vizinha à Miguel Pereira, aonde eu tenho sítio, é o principal produtor de tomate do estado. Agora, chamar o pessoal de Pati de TOMATEIRO, é arrumar confusão, hehehehehe.

    Tem como se exportar frutas e legumes frescos, não é caro nem difícil, o grande problema está na falta de investimento por parte dos fazendeiros.

    A famosa festa do Tomate, de Pati, a muitos anos não tem nada haver com os plantadores, não passa de shows com gente famosa e pronto.

    Uma associação ligada a pessoas de visão, conseguiria importar know how, para implementar, primeiro localmente e depois se espalhar para diversas regiões, a melhora no plantio, a maior quantidade colhida, o transporte e possível exportação dos produtos.

    Aqui no Brasil, muita coisa não musa porque o pessoal não quer mudar, não quer arriscar… mudança não faz bem ao brasileiro, para que arriscar ganhar 5.000.000,00 se 5.000,00 está bom e dá para o gasto?

    Responder
  5. Rodrigo

    Realmente o chuchu não é da família do tomate. É da família Curcubitaceae (assim como a melancia, abóbora, melão, pepino, etc) e a goiaba é da família Myrtaceae (assim como a acerola, pitanga, eucalipto, jabuticaba, etc).

    Sou estudante de agronomia e por incrível coincidência estive hoje no município de Paty do Alferes que no estado do Rio de Janeiro é o principal produtor de tomate e ainda outro da mesma família Solanaceae que é o pimentão, fazendo visita técnica a produtores da região.

    A questão da utilização de agrotóxicos é bem delicada e para o momento não farei relato sobre.

    É interessante frisar que no próprio grupo de estudantes muitos chamam uma variedade de frutos e tubérculos de legume.

    Quando me perguntam qual o legume preferido respondo simplesmente que é o feijão e que também gosto de sopa de ervilha, esses sim verdadeiros representantes da família. Vale dizer também que o pau-brasil é da família Leguminosae, ou seja, se fosse de comer seria um legume.

    Responder
    1. Biólogo

      Então a Gimnosperma eucalipto e da mesma familia da jabuticaba, pitanga e acerola ? tá sabendo legal em agronomo ????

      Responder
  6. Deco666

    [quote comment="61509"]
    parabens pelo post mais tomate não é “fruta” e sim um fruto.[/quote]

    Ahhh tá… Mudou completamente o sentido agora… Antes não tinha entendido o post.

    Hauahuahauahuah

    Responder
  7. Anônimo

    :love: :X :meh: O_o :ohhyeahh: D: :omg: :raisebrow: 😛 🙁 :/ 😀 :injured: 😆 :sly: :] 🙂 :sly: :shocked: 0_0 :argh: 😐 :$ :B 😎 :*( :curious: x_x :worry: :wow: :gasp: =D :happy: ;]

    Responder
  8. Alexandreoso

    Muito interesante. Achavam venenoso e a santa inquisição desistituiu por ser afrodisíaco porém , faltaram algumas receitas de molhos ..:D

    Responder

  9. Tomate não é uma fruta, é um fruto. Fruta é o termo utilizado para todos os frutos que são doces, portanto nem todo fruto é uma fruta (tomate) e nem toda fruta é um fruto (figo é uma fruta mas não é um fruto, é um síncope, ele é uma inflorescência, ou seja, comemos as flores do figo). Fruto se origina do ovário da flor, a semente é envolvida por uma estrutura que a protege, ou seja o fruto.

    Legumes são apenas os frutos que dão em vagem: feijão, ervilha, soja, ingá, fava, flamboyant, pau-brasil etc. E um dos exemplos mais verdadeiros dos legumes é o feijão.

    Independente da explicação, Tomate é muito bommmmm.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.