Pin It

A fraude de Stonehenge

Segundo a Wikipedia, o nome Stonehenge  vem das palavras do o inglês arcaico “stone” = pedra, e “hencg” = eixo. O lugar é talvez o mais famoso do Reino Unido e se trata de  um alinhamento megalítico da Idade do Bronze, localizado na planície de Salisbury, próximo a Amesbury, no condado de Wiltshire, no Sul da Inglaterra.

stonehenge A fraude de Stonehenge   Curiosidades

Stonehenge constituí-se no mais visitado e conhecido círculo de pedras britânico, e até hoje é incerta a origem da sua construção, bem como da sua função, mas acredita-se que era usado para estudos astronômicos, mágicos ou religiosos.

A estrutura é composta  por círculos concêntricos de pedras que chegam a ter cinco metros de altura e a pesar quase cinquenta toneladas, onde se identificam três distintos períodos construtivos:

  • O chamado Período I (c. 3100 a.C.), quando o monumento não passava de uma simples vala circular com 97,54 metros de diâmetro, dispondo de uma única entrada. Internamente erguia-se um banco de pedras e um santuário de madeira. Cinquenta e seis furos externos ao seu perímetro continham restos humanos cremados. O círculo estava alinhado com o pôr do Sol do último dia do Inverno, e com as fases da Lua.
  • Durante o chamado Período II (c. 2150 a.C.) deu-se a realocação do santuário de madeira, a construção de dois círculos de pedras azuis (coloridas com um matiz azulado), o alargamento da entrada, a construção de uma avenida de entrada marcada por valas paralelas alinhadas com o Sol nascente do primeiro dia do Verão, e a construção do círculo externo, com 35 pedras que pesavam toneladas. As altas pedras azuis, que pesam quatro toneladas, foram transportadas das montanhas de Gales a cerca de 24 quilômetros ao Norte.
  • No chamado Período III (c. 2075 a.C.), as pedras azuis foram derrubadas e as pedras de grandes dimensões (megálitos) – ainda no local – foram erguidas. Estas pedras, medindo em média 5,49 metros de altura e pesando cerca de 25 toneladas cada, foram transportadas do Norte por 19 quilômetros. Entre 1500 a.C. e 1100 a.C., aproximadamente sessenta das pedras azuis foram restauradas e erguidas em um círculo interno, com outras dezenove, colocadas em forma ferradura, também dentro do círculo.

Estima-se que essas três fases da construção requereram mais de trinta milhões de horas de trabalho.

Recolhendo os dados a respeito do movimento de corpos celestiais, as observações de Stonehenge foram usadas para indicar os dias apropriados no ciclo ritual anual. Nesta consideração, é importante mencionar que a estrutura não foi usada somente para determinar o ciclo agrícola, uma vez que nesta região o Solstício de Verão ocorre bem após o começo da estação de crescimento; e o Solstício de inverno bem depois que a colheita é terminada. Desta forma, as teorias atuais a respeito da finalidade de Stonehenge sugerem seu uso simultâneo para observações astronômicas e a funções religiosas, sendo improvável que estivesse sendo utilizado após 1100 a.C..

A respeito da sua forma e funções arquitetônicas, os estudiosos sugeriram que Stonehenge – especialmente os seus círculos mais antigos – pretendia ser a réplica de um santuário de pedra, sendo que os de madeira eram mais comuns em épocas Neolíticas.

Claro, como não poderia deixar de ser, o mistério ao redor de Stonehenge produziu uma série de interessantes – e algumas bem delirantes – teorias sobre suas funções e seu poder. Uma das minhas teorias delirantes preferidas é de que “As pedras só podem ter sido trazidas e montadas por Aliens”.

Eu consigo imaginar um alien atravessando a imensidão do cosmos apenas para pegar umas pedras e arrumar direitinho sobre um gramado. E a teoria maluca de que ali está um portal dimensional?  Mas há outras também muito legais, como a que diz que stonehenge é  um antigo local de sepultamento/templo da lua/terreno de  alienígenas, marcadores galáticos formados pelos antigos dinamarqueses/ por povos gigantes/ou deuses provenientes de uma raça alienígena inteligente.

Há até quem creia que a construção de stonehenge envolveu pesquisas de ondas sonoras. Segundo Steve Waller, pesquisador de ondas sonoras:

Minha teoria é que os antigos bretões, quando ouviam duas flautas em um campo, estavam experimentando padrões de interferência de ondas sonoras, onde em determinados locais, conforme se anda em torno do par de músicos, você ouviria barulhos altos ou zonas silenciosas.

Sabe-se hoje que as pedras maiores vieram aproximadamente de um local a apenas 32 quilômetros de distância, mas os tipos de pedras que compõem o círculo interno – que teriam sido colocadas cerca de 5.000 anos atrás – não são encontradas em centenas de quilômetros.

Adeptos da teoria das ondas sonoras também sugerem que a estrutura megalitica também era uma área para raves. Sim, você leu certo. Eu disse RAVES primitivas.

[toggle style="closed" title="Pesquisadores sugerem que rolava Raves em Stonehange"]Estudiosos da Universidade de Huddersfield, na Inglaterra, afirmam que Stonehenge (foto) era um local onde ocorriam “raves” primitivas onde se tocavam músicas de clima trance. Os pesquisadores da instituição chegaram à conclusão que o formato das pedras do sítio arqueológico faziam do local o lugar perfeito para se ouvir música há cinco mil anos atrás, devido à acústica projetada pelas rochas. O chefe da pesquisa é o Dr. Rupert Till, um expert em tecnologia sonora e musical que acredita no potencial acústico do sítio. “Quando todas as rochas estavam em pé elas produziam uma acústica muito agradável, quase como em uma sala de concertos”, disse ele em entrevista ao jornal Daily Mail. “Nossa pesquisa mostra que existem pontos exatos no sítio arqueológico que produzem efeitos acústicos muito particulares e inusitados, mostrando que talvez um padre ou xamã haveria estado ali, conduzindo alguma espécie de ritual.” Muitas teorias malucas giram em torno do famoso círculo de rochas de Stonehenge. A mais aceita é de que trata-se de uma série de construções druídicas erguidas entre o meio do período neolítico e o final da idade do bronze. fonte[/toggle]

Claro, nem todas as teorias são viajantes. Há quem aposte suas fichas em astronomia e em rituais religiosos.

“No livro From Stonehenge to Modern Cosmology (“De Stonehenge à Cosmologia Moderna”, inédito no Brasil), o astrônomo inglês Fred Hoyle, um dos maiores especialistas do século XX em teorias sobre a origem do universo, defendeu a tese de que o monumento foi erguido como uma espécie de computador capaz de prever eclipses e outros fenômenos celestiais, concluindo que “o conhecimento astronômico desse povo deve ter nascido de muitos séculos de observação”. Outros especialistas enxergam as ruínas como vestígios de um grande templo religioso – e é bem provável que as duas teorias sejam complementares”. fonte

Como podemos ver, Stonehange é um prato cheio para quem deseja construir uma teoria escalafobética sobre pedras enormes e pesadas empilhadas por homens do neolítico, de 3000 a.C. que não conheciam nem sequer a metalurgia. Mas por mais estranhas que algumas suposições soem, todas elas compartilham de um ponto em comum: A formação é antiquíssima.

Mas acredite ou não, existem pessoas que defendem uma teoria ainda mais bizarra que todas estas juntas: Stonehenge seria uma fraude deliberada, fabricada intencionalmente, no século XX! A razão dessa fraude é (tal qual os blocos atuais) discutível, abrindo margem para diversas suposições loucas. Há quem veja nela uma obra dos Illuminatis, há quem veja nela uma piada britânica de alguém muito rico e poderoso. Há quem veja nela um cuidados plano orquestrado por governos para manipular a opinião das pessoas…

É difícil dar ouvidos a estas suposições estranhas quando todos os cientistas nos dizem que as pedras são antiguidades… Mas como dizem nesses fóruns underground: Você pode garantir? Você estava lá quando fizeram?

Bem eu não estava e realmente, pensando por este lado, será que devemos ser céticos com relação a construção da estrutura megalítica?

Recentemente, num site russo eu achei diversas (um montão) fotos que sugerem a construção de stonehange em um período entre 1954 e 1958.

P50326 1 A fraude de Stonehenge   Curiosidades

Esse material supostamente teria vazado por parentes de  uma testemunha,  que sabia de toda a verdade. Segundo o autor diz, a área foi cercada, e estabeleceu-se um perímetro de contenção de vários quilômetros, para que as pessoas não vissem a montagem da estrutura. Ele diz que embora todo mundo tenha a impressão de que as pedras sempre estiveram lá, elas foram cuidadosamente montadas, usando guindastes e equipamentos modernos, marcações precisas e até tratamento do solo. A cada nova etapa, estranhas celebrações e rituais foram levadas a cabo no lugar (inclusive algumas delas podem ser vistas nas fotos)  Parece loucura, mas veja só essas fotos:

 

P50794 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50779 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51664 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51423 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51655 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51338 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50825 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50815 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51032 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51877 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50232 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50213 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P52362 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51449 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50985 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51968 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50980 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51949 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51947 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51951 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50524 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51434 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51945 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50813 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50194 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50457 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50529 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50803 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50802 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50797 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51926 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51918 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51903 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51236 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51218 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51219 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50522 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50521 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51222 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51765 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50512 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50170 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50162 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50317 A fraude de Stonehenge   Curiosidades
P50161 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50133 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50128 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51729 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51725 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51085 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51097 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51058 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50305 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50098 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50097 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50049 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51031 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50022 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51584 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51779 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50196 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50197 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50552 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50585 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P506091 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50609 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50633 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51803 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51819 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50674 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51845 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51850 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51851 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50693 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50704 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50758 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50772 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51210 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51223 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51947 1 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51885 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51886 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51903 1 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50775 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50777 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50780 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50792 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50853 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51949 1 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50930 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50950 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P52373 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P52388 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50217 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P502591 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P502631 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P503071 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P503511 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P51498 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P50368 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P503921 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P503961 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P504611 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P504301 A fraude de Stonehenge   Curiosidades P504951 A fraude de Stonehenge   Curiosidades

O autor ainda oferece alguns “fatos pouco conhecidos”:

 

  1. Pela primeira vez, realizou-se naquela área exercícios militares
  2.  Desde 1898 até o período da Segunda Guerra Mundial o Ministério da Defesa gradualmente comprou grandes extensões de terra na área
  3.  O Ministério da Defesa tem 390 quilômetros quadrados (!) Nos arredores do Stonehenge, alguns dos quais estão permanentemente fechados e  para outros o acesso é muito limitado.
  4.  No passado, nos arredores de Stonehenge foram realizadas obras para um ramal ferroviário e de um aeroporto, ambos foram depois removidos (há outras fontes que sugerem que o aeroporto militar é muito mais próximo, a uma distância de um quilômetro de Stonehenge)
  5.  Em 1943, a aldeia de Imber (15 quilômetros de Stonehenge) e a aldeia Hinton Par  foram despejados. Até hoje a aldeia Imber está sob o controle dos militares
  6.  2 km ao norte de Stonehenge  está localizada a escola da Artilharia Real, que executa operações de  tiro 340 dias do ano
  7.  9 km ao sul-leste, está o aeródromo militar. Nele fica situado o laboratório de Defesa da Ciência e Tecnologia, cujo trabalho é secreto.
  8.  17 quilômetros a oeste de Stonehenge fica uma base militar  de combate aéreo de onde decolam helicópteros “Apache”
  9. Na área de Stonehenge não é permitida a atividade agrícola por causa do perigo de fracasso. Ninguém plantava lá por seculos, já que estranhamente o terreno era muito infértil.  Devido a isso, os prados verdes ao redor de Stonehenge adquiriram valor científico, porque eles representam o último grama natural de terra pura na Inglaterra, e possivelmente – na Europa.
  10. A área ao redor de Stonehenge está há mais de 100 anos – fechada. O território é protegido pelos militares, aviões tripulados e helicópteros bélicos, com disparos diários de artilharia - Os moradores foram expulsos durante a Segunda Guerra Mundial, sob o pretexto dos exercícios; as vilas estão sob o controle dos militares,  e a situação persiste até hoje. - atividades agrícolas sobre uma área de planície ampla, onde o Stonehenge está são proibidas,  existiam no território uma infra-estrutura que permitia a construção em grande escala (incluindo os aeroportos ramal ferroviário), que já foram demolidos como a justificativa de que são “desnecessários”
  11. Talvez um local mais adequado para a construção de Stonehenge seria difícil de encontrar …

Pessoalmente, eu não sei em que acreditar. Não acho possível que tantos cientistas, geólogos, arqueólogos estejam combinados de enganar as pessoas com relação a Stonehenge. Deveria haver uma explicação para estas fotos. Uma suposição para elas seria algum tipo de restauração, levada à cabo pelo governo (o que explicaria a contenção da área, arame farpado, e a falta de populares nas fotos) para preservar a estrutura.

 Sabe-se que no século XX, surgiu uma batalha para preservar o que restou de Stonehenge, mas até isso criou polêmica – como algumas pedras tombadas foram reerguidas e estabilizadas, a interferência acabou produzindo acusações de que as atuais formações seriam falsas. fonte

Embora os restauradores garantam que todo seu trabalho respeitou a posição original das pedras, a questão que fica é se não estamos todos fazendo papel de bobos pensando que aquilo lá é uma obra dos antigos quando na verdade é apenas um cenário montado em pleno século XX. Mas a pergunta que não quer calar é: Se for mesmo uma fraude, por que razão isso teria sido feito?

 

 





Seu comentário pode ser deletado se não estiver de acordo com as regras de uso.

22 Comments

  1. Legal o post Philipe. Sendo essa denúncia real ou não, é mais um negócio que eu não faria idéia se não tivesse visto aqui.

    Reply
  2. No minimo, as pessoas que moram proximo, ou na cidade mais proxima relatariam alguma atividade na area… acho que isso ai precisa ser melhor pesquisado e investigado (digo a respeito da origem das fotos). Vendo as imagens, acredito ser um trabalho de restauração e muito bem feito por sinal!

    Reply
  3. Foi o que pensei vendo as primeiras fotos. Restauração. Lembro de ter ouvido que chegaram a colocar de volta em seus lugares algumas das pedras do chão. Tb me perguntei: – pra que? Essas conspirações pra mim não colam. O argumento de não conseguir enganar muitos cientistas é um dos que uso para rebater a tal farsa do homem à lua. O contexto só reforça a necessidade de proteção do monumento histórico. Se for área militar e de testes, plausível que se desloquem o monumento. Pode ter sido feitas durante a segunda guerra, para proteção e confundir os alemães que deveriam ter ela como referência. Poderia ser a construção de um set de filmagem, com pedras falsas, mais leves do que as verdadeiras, mas pesadas e difíceis de serem posicionadas somente por homens sem danificar, resultando no uso de guindastes. Se as fotos surgem do nada, tem que se ter cautela, não só da origem, mas das datas informadas. E quanto a história? Quantos tem fotos do local com as pedras? Pinturas e desenhos referentes a elas? Existem ou não? A fotografia foi inventada na década de 40 do século XIX. Se não existirem fotos da época, relatos dos moradores da região de seus antepassados da existência das pedras, ai fará sentido duvidar da credibilidade do monumento.

    Reply
    • Minha opinião é que o monumento existe, é antigo mesmo, mas foi restaurado, remontado, e possivelmente até reposicionado como você sugeriu. As fotos são do processo de restauração e posicionamento das pedras, e inclusive da pra ver que chegaram a concretar algumas partes. Esse concreto ainda está lá pra quem quiser ver. Eu acho que são fotos verdadeiras, alguém viu aquilo tudo e criou uma teoria conspiratória em cima, mas acho uma conspiração meio faquinha, com pouco fundamento. O que é interessante neste caso é imaginar que muita gente acredita que aquela formação sempre esteve assim desde a antiguidade quando na verdade não foi desse jeito.

      Reply
  4. A primeira coisa que pensei é que seria uma replica sendo feita em algum outro lugar do mundo, para atração turistica. Bom eu nunca achei que seria uma fraude, os povos antigos podem ter tido qualquer motivo para telo feito, e o mais provavel é o religioso, ou então algo feito para enaltecer alguém, assim como as esfinges foram feita para os faraós.

    pode ser dificil imaginar como essas pedras pesadíssimas podem ter sido colocadas lá, mas não é impossivel. Os egipcios levantavam obeliscos feitos de rocha maciça usando madeira encharcada, provavelmente o mesmo metodo usado pelos povos da ilha da pascoa para levantar os moais.

    Eu pessoalmente não vejo nada de mais em stonehenge.

    Reply
      • Cara eu discordo, porque pra começar, este post não é uma “notícia”. Ele é um texto sobre pessoas que acreditam que stonehenge, e isso é uma coisa atemporal. Talvez possa ter começado com o famoso hoax de primeoro de abrtil ja citado aqui, ou apenas pegaram algo que já era um rumor para usar no primeiro de abril, o que também faz sentido, e deve ter dado “volume” a especulação. No caso, a especulação ainda está em curso. Quando surgiu o Hoax, eu creio que não haviam ainda todas essas fotos, e elas estão realimentando a especulação, então, é um post atual, de algo que vem acontecendo há algum tempo.

        Reply
  5. Vocês já viram as inscrições nas pedras? Acho que são mais interessantes que as próprias pedras e se são ou não reais.

    Reply
  6. Parece uma restauraão ou mudana de local como ocorreu com o templo de abu simbel no Egito devido aconstruão de uma hidroeletrica(isso explicaria as pedras terem cobertura de gesso em algumas fotos).

    Reply
    • Bem observado. A cobertura de gesso das pedras é uma evidência contundente que não estavam Instalando pedras novas, e sim modificando a posição das pedras antigas, pois o processo de revestir com gesso é padrão para preservação de sítio na arqueologia.

      Reply
  7. Por décadas, a propaganda turística do monumento megalítico de Stonehenge divulgou fascinantes teorias sobre as origens do mais famoso monumento pré-histórico do mundo. No entanto, estes textos deixam de mencionar a reconstrução sistemática que a milenar construção sofreu ao longo do século XX. (por Hudson Almeida revista Mistérios n° 2)
    (…)
    A Polemica
    Em 2001, Brian Edwards, um pesquisador da “Universidade of the West of England”, em Bristol, levantou uma hipótese no mínimo polêmico: Stonehenge não é um sítio intocado. Ao longo do século XX, as ruínas teriam passado por diversas reformas, decisivas para o alinhamento e aparência atual do monumento: a partir das pedras originais, arqueólogos teriam criado o mais famoso monumento inglês. A principal é que, em vez de ser baseada em um criterioso estudo sobre o que realmente as ruínas foram a reforma foi feita para deixar Stonehenge como os arqueólogos envolvidos acreditavam que ela deveria ser.
    Lentamente, a polêmica informação passou a circular, primeiro num restrito circulo de estudiosos e, depois, em jornais, algumas revistas e em sites ligados a temas fantásticos a conceituada arqueologia britânica, o assunto não consegui o destaque esperado, aparecendo posteriormente apenas em algumas listas de discussão na Internet e em algumas matérias mundo afora.
    A reconstituição
    As alterações nas ruínas de Stonhehenge começaram na aurora do século XX e passaram longe de uma simples restauração. Homens e guindastes levantaram monólitos caídos, endireitaram blocos inclinados, içaram peças, formaram “trilithons” (conjunto formado por dois blocos paralelos verticalmente, com um terceiro na horizontal em cima), enfim,definiram o monumento como conhecemos hoje, em trabalhos ocorridos em 1919, 1920, 1958, 1959 e 1964. Nas palavras de Chistopher Chippindale: “Quase todas as pedras foram reposicionadas”.
    Na primeira intervenção, em 1901, uma das pedras, que se encontrava bastante inclinada, foi colocada ereta e fixada com concreto. Porém, a mais radical alteração ocorreu em 1919 e 1920 sob o comando do Coronel William Hawley, membro da Stonehenge Society. Na ocasião, nada menos do que seis pedras foram reeguidas e recolocadas. Em 1958, uma espécie de altar de pedra foi substituído, e mais um “trilithon” edificado. A última modificação significativa aconteceu em 1964, quando quatro pedras foram reposicionadas para evitar uma possível queda. A riqueza de detalhes impressiona, mas qual seria o teor de verdade nessas acusações?
    A confissão
    Por mais chocante que possa parecer, a história da reforma de Stonehenge não é um boato, mas sim um dos mais controversos segredos da arqueologia. De 1901 até 1904, passou realmente pela reformas descritas, que alteraram sensivelmente o sítio original. A verdade tornou-se incontestável quando o Edwards e o arqueólogo Christopher Chippindale, curador da Cambridge University Museum of Archeology and Anthropology, encontraram os artigos retratados das obras realizadas em Stonehenge. A revelação causou mal-estar entre os arqueólogos ingleses. Por que essa informação foi omitida dos livros oficiais sobre o monumento?
    Alguns autores e jornalistas chegaram a afirmar que o monumento de Stonehenge não passaria de uma invenção da “indústria do patrimônio arqueológico” britânico, um mero golpe para atrair turistas. Apesar dessa teoria radical não condizer com a realidade, os membros da English Heritage (fundação responsável pelo patrimônio arqueológico inglês) foram pressionados a se manifestar sobre o assunto. Mais do que se manifestar, a tradicional instituição acabou por confessar.
    Sim, o monumento de Stonehenge havia sido manipulado em diversas oportunidades. Dave Batchelor, um dos principais arqueólogos da English Heritage, é quem confirma a teoria: “Nos anos 60, decidimos ocultar esse detalhe. Mas os tempos são outros, e hoje, acreditamos que essa importante parte da historia de Stonehenge precisa ser contada”…

    As pistas da construção foram cuidadosamente escondidas e os guias arqueológicos foram reescritos como parte da farsa.O arqueólogo Dave Batchelor foi um dos responsáveis pela revisão dos documentos históricos, “Reescrevemos tudos”, declarou ele. “Inventamos a herança celta e até o possível alinhamento cósmico das pedras”.

    Reply
  8. A história é boa mas é fake…

    1- existem centenas de documentações, citações , pinturas e até fotos do stonehenge anteriores a 1900, sim ele estava la e existe um numero massivo de provas quanto a isso.

    2- A obra de restauração nos anos 50 foi feita com total conhecimento público. (essas fotos que você postou vem dessa obra). E é esse material que é usado por ai pra difundir a falsa notícia .

    Reply
  9. Marcos,

    Então publique coloque o link das fotos aqui nos comentários para que se possa ver.

    Reply
  10. Philippe,

    Uma simples busca no Google Maps demonstra que várias informações dos conspiracionistas estão erradas, as duas principais:

    1 – A área não é improdutiva e existem sim plantações até menos de 200 metros de Stonehenge;

    2 – Existe uma pequena cidade há 1 kilometro de Stonehenge, com inclusive uma dominos Pizza em shopping na entrada do mesmo vilarejo, demonstrando que não é uma superplanta militar de altissima segurança…

    https://maps.google.com.br/maps?q=Stonehenge&hl=pt-BR&prmd=imvns&biw=1092&bih=514&ie=UTF-8&sa=N&tab=il&authuser=0

    Mas as fotos são mesmo intrigantes!

    Reply
  11. O que achei mais curioso foi o grande numero de crianças junto as obras. Pareceu mais uma montagem da industria do cinema para algum filme…

    Reply
  12. No!… A primeira referência a esta construção foi feita pelo historiador Henry de Huntingdon em 1130 d.c.

    Reply
  13. Querem sempre nos fazer de bobos igual a ida do homem a lua> EUA e Reino Unido propriedade dos Iluminatis querem sempre manipular a mente da pessoas e inventam.

    Reply
    • Janaína, explique como você considera Stonehenge e a ida do homem à Lua como farsas, mas acredita piamente na existência dos iluminatis? Você os conhece pessoalmente? Não seriam eles as verdadeiras “fraudes”?
      Impressiona como certas “verdades” (sociedades ocultistas, etc) convencem mais do que histórias bem documentadas.

      Reply
  14. É natural que se pense, após ver essas fotos que o Stonehenge é uma grande conspiração, mas na realidade essas fotografias pertencem à construção de um réplica (aliás uma das mais de 20 no mundo inteiro) e essa em particular foi documentada porque se tratava da réplica a ser usada no filme: The Black Knight, 1954
    Enfim, mais uma tentativa ‘estranha’ de ridicularizar quem tenta desmistificar o que está escondido. Como explicaria o autor desse artigo as mais de 200 fotografias do Stonehenge da altura da primeira guerra mundial ou dos documentários de história de 1877?

    http://clonehenge.com/2010/02/07/another-movie-replica-the-black-knight-1954/

    Reply

Comentar

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

x
Clique em CURTIR para receber as melhores histórias da web!