A culpa é dos aliens

Gente, tem um monte de amigos me perguntando em off se eu desisti do Universo Gump, o meu canal do Youtube. Não desisti, mas estou enrolado pra caramba para fazer os videos, porque estou trabalhando nos aliens da Epic Art. E fazer miniaturas, dá um trabalho SOBRENATURAL. E isso é uma coisa que transforma meu escritório numa zona digna de destroços do furacão Katrina. Não vou mostrar foto pq minha mulher vai ficar irada comigo, hahaha, mas imagine aí uma daquelas casas mais bagunçadas do mundo. É por aí.

12002245_1215532748492530_8537697450482859651_n

Como é feito um collectible

A criação dos colecionáveis é um trabalho artesanal muito – ultra-muito especializado. Envolve diversas etapas, que começam no concept, depois evoluem para a escultura. Nessa fase é onde começa a bagunça. A peça pode ser esculpida em oil base clay, em polymer clay (polyclay), ou até mesmo em massinha. Em seguida, segue-se um outro processo, que envolve assar e finalizar a peça. Em alguns casos, a gente faz um molde básico de silicone, e replica a peça em cera. Nem sempre isso é preciso, sobretudo em peças de polyclay. Mas quando é feita, essa primeira replicação é somente para socar detalhes no boneco, e isso é melhor de fazer na cera. Finalmente, quando o boneco, agora em cera, passa a ser a matriz. Essa matriz é então duplicada, com uma segunda forma de silicone, essa num silicone de muito melhor qualidade (leia mais caro) e depois desse processo, a peça pode ser duplicada. Aí começa a fase mais suja da porra toda. Há diversas resinas em que se pode fabricar o modelo. É importante usar câmara de vácuo ou câmara de pressão positiva para remover bolhas da resina. Após a replicação, que leva um bom tempo, e é bem tóxica, a peça segue para acabamento, onde ela vai ser lixada e polida, limpa de rebarbas, e tem imperfeições corrigidas. Nessa fase, o processo de lixamento simplesmente suja a casa INTEIRA com um pó muito fino. Depois a peça vai para o controle de qualidade, e dali segue em diante ou volta para a etapa anterior. Estando pronta, ela é embalada (no caso da peça sem pintura) e no caso da peça a ser pintada vai para outra etapa muito suja, que é a pintura. A pintura, pra vc ter ideia, leva cerca de seis horas! É feita em boa parte no aerógrafo em mais de vinte tons diferentes. Depois vai para secagem, verniz e finalmente embalagem.

Com tudo isso, dá pra ver que é bem difícil de fazer sozinho essa merda toda e ainda gravar videos. Pra piorar, semana passada meu Pc deu uma bicheira bizarra, e perdi o sistema operacional. Assim, preciso reinstalar tudo nele. De modo que mesmo que eu não estivesse trabalhando nas peças da Epic Collectibles, eu não ia conseguir gravar os videos, porque tenho que reinstalar tudo, todos os codecs, todos os programas de edição de video, audio, imagem, e tal. Isso tudo me embananou bastante, mas não vou abandonar o canal não. Em breve tem um novo video no ar!

Related Post

15 comentários em “A culpa é dos aliens”

      • Se você estiver interessado em levar o Mundo Gump para o youtube com consistência, eu posso te ajudar com isso. Eu trabalho com edição de vídeos, estudo marketing de conteúdo e estou justamente procurando projetos em que trabalhar, para ganhar experiência, promover minha marca e começar a minha própria empresa.

        Além disso, acompanho e sou fã do seu trabalho desde 2006, na época do blogger ainda. Seria uma grande honra e uma tremenda oportunidade para mim poder prestar esse serviço a você.

        Sei que você é contra trabalho não remunerado, mas pense nisso como um win-win scenario. Você poderia lançar mais material no Youtube e eu teria uma forma de validar meu modelo de negócios e criar uma reputação. Que tal fazer um teste, com dois vídeos?

        Este é o meu portfólio:

        https://www.facebook.com/PedroOliveiraEdicoes/videos

        Um grande abraço! 🙂

  1. Philipe, sei que o foco dos vídeos do Universo Gump é diferente. Mas acho que você atrairia um número maior de viewers se colocasse, por exemplo, um vídeo com o “making-off” de uma escultura. Tipo o passo a passo, como você sempre fez no MundoGump. Só que ao invés de fotos sequenciais, você gravaria um time-lapse da escultura ficando pronta. Seriam vídeos mais curtos, que atrairiam um número maior de leitores seus e ajudariam também você a unir o útil ao agradável. Eu sou leitor do seu blog há muito tempo e sempre gostei de ler aqueles textos/ contos imensos que você posta. Mas, quando o assunto é youtube, não consigo ter paciência para assistir a vídeos tão longos quanto os que você publica. É apenas uma sugestão, mas acho que ajudaria você a tornar esse Universo mais heterogêneo. Grande abraço.

    • Tiasley, eu estou pra fazer isso tem um tempo já. V´[aruios amigos sugeriram, e até a galera do epic me exigiu que fizesse, hehehe. O lance que me impede é o seguinte: EU nunca sei quando vou ter tempo de esculpir. Com isso, não consigo cominar com alguem para filmar, de modo que isso caberia a mim mesmo, mas nesse caso eu estou esculpindo. Então, a solução seria colocar a cãmera no tripé, mas aí teria o problema de não mostrar bem a escultura, porque eu não esculpo igual todo mundo. Eu não deixo a peça na mesa e vou trabalhando nela. Eu fico com a peça na mão, ando com ela pela casa esculpindo… è foda. Pra piorar minha câmera n~]ao é de video, é uma dslr, o que significa que ela interrompe a filmagem a cada 12 minutos. E uma escultura leva facil umas oito, nove horas de trabalho. E eu tenho mania de esculpir de madrugada. Tentando solucionar isso, eu comprei uma câmerazinha tipo GoPro que posso prender na testa para o espectador ver mais ou menos o que eu estou vendo. Será bem util e o video ficará bom, porque deixo a Dslr em time lapse de video, e completo com o close da GoPro. Só que a Gopro não chegou ainda. Quando chegar pretendo testar esculpindo algum monstro. É uma coisa que está realmente nos meus planos! Só não fiz ainda porque não deu mesmo.

  2. Depois de ver os seus videos no YouTube eu faço questão de clicar em todos os anúncios do seu site antes de ler-o. Continue com o seu ótimo trabalho, eu adoro os seus posts. Abrass.

  3. Philipe, boa noite….sei que aqui não deva ser o local correto para sugerir artigos, mas vc já fez ou faria um texto sobre as alegações de Herbert Hopkins e outros que tiveram contato com os tão famigerados homens de preto ? Abs

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares