78 Comentários

  1. Guilherme

    PUTAQPARIU CARA, arrepiei umas 4 vezes durante a historia, nem acredito que acabou, um dos melhores contos aqui do site, ta de parabéns Philipe

    Responder
  2. Pedro Gafanhoto

    MUITOOOOO FODDAAAAAAAAAA! Mandou bem Philipe! Pqp! Essa bateu maioria dos contos que vc fez!

    Responder
  3. Karla Fausto

    Cara que final heeeiinn…. algumas coisas ainda ficaram no ar, maass ta valendo!!! Parabéns..

    Responder

    1. Também achei que o final foi meio “apressado”… entendo a intenção de fechar logo a história e partir para outra, mas talvez valha a pena revisar tudo desde o início, usando o conto como um esqueleto central e publicar como livro. Sério… vai vender muito. tá muito bom!

      Mas como disse o amigo, se rever as pontas soltas, não correr tanto no final, ficará irretocável! 🙂 Best Seller!

      Agora, se olhar para o Omn poderia causar a morte, e a Áugura via através do olho místico… O que será que aconteceria se a BRUXA visse o OMN? Acho que ia facilitar muito né? hehehehe

      Mais uma vez… parabéns pela história!

      Responder
  4. ALEXANDRE MACHADO

    PERFEITO, MEUS PARABÉNS PHILIPE.LINDO LINDO LINDO

    VAI VIRAR FILME!!!

    MEUS PARABÉNS ,VC É MUITO BOM!!!!!!!!!!

    SOU SEU FÃ, CARA, AGORA MAIS AINDA!!!!

    Responder
  5. Rogerio

    Muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito Bom!!!! Valew Filipe!!!!!!!!! Muito bom mesmo! Yahoooooo!

    Responder

  6. Cara, que final incrível! Eu nunca vi um final que fosse tão bom quanto o desenrolar da história, mas o seu matou a pau hehe

    Você devia fazer um livro dessa história, ficou muito boa mesmo!

    Responder
  7. Rafael Rinö

    Porra Philipe!

    Clap, Clap, Clap…

    Sensacional esse seu conto. Conseguiu prender a expectativa até o final.

    Muito bom, cara. Você tá de parabéns.

    O foda agora é ficar sem ter mais os capítulos da caixa pra ler.

    MAs, eae, a história do zumbi lá vai continuar?

    Abração!

    Responder
  8. Layla

    Puta merda! Final super caprichado,mandou bem demais ,Philipe!
    Amei! E já estou com saudades da caixa. Rsrsrsrs

    Responder
  9. wagner a. r.

    TAQPARIU VÉI, simplesmente EPICO, arrisco a dizer que foi até melhor que zumbi, muito bom mesmo parabens.

    Responder
  10. Isaac

    Perfeito, perfeito. Nunca costumei ler contos muito longos, aliás esse foi o primeiro que eu me despus a ler. E posso falar? Valeu a pena! O final foi perfeito, e final feliz ainda por cima. Sem falar que o conto ter tido exatas 40 partes ainda agradou me perfeccionismo também haha.
    Parabéns Philipe, e obrigado por nos proporcionar gratuitamente este conteúdo excelente.

    Responder
  11. Letícia

    Parabéns Philipe, me prendeu do começo ao fim, tive crises de abstinência quando você tirava um descanso, sofri com o Anderson… enfim daria um filme digno de Hollywood. Incrível mesmo. Novamente Parabéns.

    Responder
  12. Headbanger

    Aplausos!!!!!!!!!!!!!

    Parabéns Philipe!

    É com certeza a melhor história de ficção que já li até hoje. Emocionante do início ao fim.

    Eu disse que nunca te perdoaria pelo “O relato de um MIB”, mas depois dessa, tá perdoado!

    Forte abraço!

    Responder
  13. cwf

    Lágrimas másculas rolaram sobre minha face! Muito lindo este final! Já li vários de seus contos e sempre gostei muito mas este foi simplesmente maravilhoso do início ao fim.

    Responder
  14. cwf

    Lágrimas másculas rolaram sobre minha face! Muito lindo este final! Já li vários de seus contos e sempre gostei muito mas este foi simplesmente maravilhoso do início ao fim.

    Responder
  15. Élvis

    Cara, muito bom o conto inteiro, mas o final foi espetacular! Parabéns e obrigado por mais essa experiência literária fantástica proporcionada a nós!

    Responder

  16. Muito obrigado pelas palavras gentis de vocês, amigos leitores. Também fiquei surpreso e animado com o final. No próximo produto da saga de Leonard, o Caçador, saberemos quem era o Sadduh.
    E vai sim rolar a segunda temporada do Zumbi. O meu amigo Josef esta dando uma força lendo o livro para achar as paginas que deram defeito. Eu vou consertar e republicar. Espero que a caixa vire um livro, como o Zumbi virou, e assim que eu fizer, espero que vocês me dêem uma força comprando ele, hahaha. O próximo boneco como prometido, será o Mungo! Meu plano é sortear ele entre os leitores. Alguém afim de ter um monstro aí?

    Responder
  17. Carlos Takata

    Philipe, valeu a pena esperar por todas as partes dessa história… Muito boa mesmo!!! Você pode lançar um livro, com certeza eu compraria. Quem sabe, suas histórias podem virar um filme também!!! Parabéns, cara!!! Tudo de bom pra você!

    Responder
  18. Dario Baida

    Cara, parabéns!!!
    Em outros lugares pagaríamos muito para ler um conto destes!!!
    Muito obrigado por nos presentear com uma história tão boa!!
    E que venha Leonard, o Caçador!!!

    Responder
  19. Thiago chipset Andrey Ferreira

    Ufa, até que enfim não é?

    Achei o final meio corrido. Mas achei muito justo não soltar todos os segredos de LOST, digo, desse universo que você criou assim de bandeja e deixar pontas soltas para outras historias. Mas enfim, esse final foi muito feliz cara, eu juro que esperava um final mais sombrio, que mudasse o Anderson para o lado negro, sei lá, ou que o deixasse um caçador sangue no “zoio” com sede de vingança.

    No fim o padre surtadinho deu a maior força e a Potestade pareceu bem boazinha, tipo “papai do céu” mesmo. Até a santíssima trindade era mais severa em A Cabana.

    Resumidamente, se levarmos em conta tudo que aconteceu e as emoções e frustrações que passamos junto com o Anderson, a minha nota é 9,5.

    Espero que você reveja algumas coisas quando publicar, sei lá, deixar esse final ai um pouco mais hard pro Anderson, caprichar mais na descrição das senas de sexo afinal o seu publico é maduro o suficiente, e providenciar uma continuação (ainda esse ano) das aventuras de Leonard, não antes de nos presentear com outro conto incrível. Mas pode deixar Leonard e cia de molho por um tempinho.

    Abraços.

    Responder
  20. Daniel

    Excelente, cara. Sem palavras pra descrever. Tive uma segunda-feira sensacional (coisa que não tinha há anos) e ainda me deparo com esse final espetacular desse conto que tanto me envolvi. Você, Phillipe, tem o dom da escrita, toca todos nós leitores com seus contos. Nos faz ter momentos de tristeza, desespero e alegria lendo seus textos. Pouquíssimas vezes comentei em seu blog, mas o acompanhei sempre que pude. Parabéns, sucesso na sua vida. Espero o livro da Caixa pra comprar e reler, pois valerá à pena.

    Muito obrigado por escrever um conto tão bom quanto esse!
    Saudações!

    Responder
  21. Cássia

    Bah cara, esperei tanto esse conto acabar, enlouquecendo no F5 aqui, pra depois sentir um vazio enorme pelo fim.
    Chorei muito lendo, tudo se encaixou de forma tão sensacional que eu to sem palavras.

    Parabéns!

    Responder
  22. Thalles Braga

    Bom de mais U_U se tiver um livro eu compro :p
    sabe aql vazio quando a gnt acaba de ler um puta livro? to sentido agora…

    Responder
  23. Bruno Felipe de Nadai da Silva

    Estou estupefato até agora. Li tudo em cerca de 10 ou 15 minutos, e parece que foi bem mais. A melhor coisa nas suas histórias é que o tempo para enquanto as leio, parece que eu estou lá dentro, esqueço de tudo e entro na história. Me lembro bem de quando conheci o blog, e 6 meses depois conheci o relato de um MIB, e VIREI A NOITE lendo, apreensivo, assustado e muito puto no final hahahaha.

    Parabéns Philipe, você merece!

    Responder
  24. Yuri César

    Incrível Philipe simplesmente incrível o melhor conto do mundogump para mim com certeza, merecia um filme, se fizer um livro com certeza estarei na fila para comprar!
    Parabéns, você é um excelente escritor, continue criando novas obras de arte como essa que foi A CAIXA!
    FANTASTICO

    Responder
  25. Camila

    LINDO! Espetacular!!! Muuuuito bom!!! Essa história daria um filmaço do caramba, você deveria investir nisso, essa história foi épica demais! Até chorei… O Anderson merecia, poxa, ficar rico, ter um filho com a Mara, torci pelos dois desde o começo… Agora to triste que acabou, to com vontade de ver um filme dessa história, é sério! Parabéns cara, vc é demais!

    Responder
  26. Mainardi

    Muito bom mesmo.
    Deu aquele sentimento de “putz, acabou! Não tem mais.” de quando você lê uma história que te cativa.

    A descrição do potestade é semelhante a do Engenheiro do “Prometeus” por coincidência? hhehehe

    No aguardo do Mungo!

    Responder
  27. Edegar

    PQP! Fantástico! Cadê meu exemplar do livro, por favor?! Onde eu pago?

    Parabéns, cara! Se escritor fosse uma profissão que desse boa renda no Brasil, você já tava com a vida garantida!

    Responder
  28. Aline

    Muito bom. Um conto que sentirei falta…todo dia a primeira cosa que vejo na net é o teu site pra ver se tem mais uma parte da historia. Quando sair o livro eu

    Responder
  29. Eduardo

    Fantástico. Ainda lembro de estar de ferias ansioso pela proxima parte da historia, ainda intrigado com o misterio sombrio dentro da caixa. Valeu a pena acompanhar, grande final.

    Vlw

    Responder
  30. Aline

    Muito Bom!!! Sentirei falta deste conto, todo dia eu via o site procurando uma parte nova da historia. Quando sair o livro eu quero uma versão autografada (se não for abuso neh?!) Abraços

    Responder

  31. Parabéns Philipe… Achei que não ia acabar, desisti de ler por algumas vezes, mas sempre retornava pra saber o que tava acontecendo no conto. Valeu a pena cada “Refresh” na página!!

    Quando sai o livro da Caixa?? hahaha

    Parabéns cara!

    Responder

  32. Parabéns Philipe… Achei que não ia acabar, desisti de ler por algumas vezes, mas sempre retornava pra saber o que tava acontecendo no conto. Valeu a pena cada “Refresh” na página!!

    Quando sai o livro da Caixa?? hahaha

    Parabéns cara!

    Responder
  33. Carlos Arthur

    Você leva jeito mesmo pra isso heim cara? Parabéns, mas não se acomode com os louros. Evolua sempre.

    Responder
  34. Diego

    Incrível a quantidade de ciscos que caíram nos meus olhos enquanto lia…

    Responder
  35. Daniel Bart Pinheiro

    Philipe, dessa vez eu tiro meu chapéu e não boto mais. Já havia falado que você ocupa um lugar no meu ranking de escritores favoritos junto com Stephen King e Alfer Medeiros, mas o que você fez em A Caixa me deixou de boca aberta, foram quantos meses do início até a conclusão? Todo esse universo que você criou é digno de uma mente extremamente (leia 10 vezes a palavra “extremamente”) criativa e você é um dos escritores que mais me inspiram a escrever. Esse final de A Caixa conseguiu mexer com meus sentimentos de tal forma que me peguei com os olhos embaçados no meio do capítulo, e adorei a reencarnação do Cabelinho. Philipe, parabéns e muito obrigado por criar essa obra de arte e aguardo ansiosamente o livro de A Caixa.

    P.S.: Ainda não esqueci do livro do Zumbi

    Responder
    1. Daniel Bart Pinheiro

      P.S.S.: Agora eu estou de ressaca literária com 2 histórias, o que vai ser da minha vida agora sem A Caixa? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Responder
  36. Henri

    Parabens Phil, fantastico
    Em algumas partes cheguei a pensar que você pirou na batatinha e iria se perder completamente, mas ai está o final, conseguiu fechar com chave de ouro.
    Lança em livro que eu faço questão de comprar!
    Valeu Phil

    Responder
  37. Andreia

    Uma historia sensacional, adorei! Ri, chorei, enfim, me diverti esperando cada parte por vir.
    Parabens pra voce e pra nos que fomos presenteados com este conto fantastico!
    Abracos.

    Responder
  38. Carlos Dente

    Velho… Tô pensando seriamente em imprimir tudo isso e mandar para ti autografar…

    Responder

  39. Esse final realmente me surpreendeu! Todo o conto, a bem da verdade, foi cheio de boas surpresas. Muito bacana esse universo que criou, e os personagens também me agradam; vou se ‘obrigado’ a ler a Busca de Kuran agora, hehe!
    Meus mais sinceros parabéns, cara! Agradeço por disponibilizar um trabalho assim tão bom pra galera : ]

    Responder
  40. Juliana Vetromille

    UAUUUUU!!! Chorei cara, parabéns!!! Quanta notícia boa no seu comentário mais acima, boneco do Mungo (eu quero), zumbi parte dois, livro do conto A Caixa e mais aventuras do Leonard! Investe nisso Philipe, pois vc tem muito talento e vai colher muitos frutos positivos!!! E eu estarei sempre apoiando por aqui!!!! Valeu por mais esse conto tirar o fôlego!!!! Agora estou ansiosa pela parte 2 do zumbi, vou até ler a primeira novamente, rsrsrrs! Bjos, Juju.

    Responder
  41. Carlos Dente

    Sei que é um elogio incomum, mas cara… Tuas histórias me trazem uma empolgação, uma imersão, comparáveis aos filmes clássicos da década de ’80.

    Responder
  42. Felipe Tavares

    Cara, absolutamente perfeito, o início é EXTREMAMENTE criativo! Daria um filme (ou série) muito inovador!

    Responder
  43. BEZALEL

    ESSE “GERÔNIMOOOOOOOOOOO!!!!’, foi o máximo, hehehe!
    Comediante “Costinha”, ha, essa não. voce é muito bom de época também, PHILLIPE!
    Continuando…”A SAGA DE CABELINHO” (em um outro corpo)… Mas isso é uma outra história…. para o futuro???

    Responder
  44. BEZALEL

    Sem querer ser estraga prazer, mas eu estava aqui pensando: quem sabe você não estaria querendo dizer:”comediante CASTRINHO”? O costinha não era careca, aliás era até bem cabeludo e tinha até um belo “topete”, ao contrário do castrinho que é careca e bem gorduchinho, ela era aquele que contracenava com o Chico Anizio no quadro “meu pai-pai, meu garoto!” Parece também que era ele que interpretava o personagem “fofão”. Desculpe se eu estiver enganado!

    Responder
  45. BEZALEL

    Ha, entendi. O narizão de “batata” e a boca mucha, ne? Ubau uau! (como ele dizia nos micrifones)!

    Responder
  46. Carlos Dente

    E o guru?

    Essa história precisa de uma continuação: Campanha “Volta pra Caixa”!

    Responder
  47. BEZALEL

    Agora?…Carlos dente? Cê tava aonde?
    Mas…de quaquer jeito….apoio a campanha.
    Mas por outro lado, acho que fica meio enfadonho para o autor ficar esticando muito um assunto que à princípio nem era pra ser TÃO comprido. Ele quer MUDAR o rumo da conversa pra não cair em “monotonia”, não concordas? Até pra nós, leitores, também, que sempre “queremos” NOVIDADES, não é? ABRAÇOS!

    Responder
    1. Carlos Dente

      Bezalel,

      Desculpe a demora em responder. Mas convenhamos que o Phillipe pode criar algo com personagens e cenários conhecidos e mesmo assim nos surpreender..

      Responder
  48. Mario

    Porra, muito bom!!!! Faça um livro!! Só da mais alguns detalhes pro final apressado! Pica!! muito bom mesmo!

    Responder
  49. Will

    Não consegui parar de ler esse conto ate o final, nossa que história!!!!!! quantos mistérios, se abrindo um atrás do outro ao longo do conto, que final espetacular, como muitos disseram, e eu concordando, Seria um Excelente livro !!!

    Responder
  50. bielchico

    Philipe, só uma coisa: Você é demais.
    Eu li esse conto em dois dias, porque não consegui esperar mais para ler.
    E que final hein, demais, demais, demais mesmo…

    Parabens pelas experiencias que você nos proporciona, é coisa de louco ler seus contos….
    Você que merecia a recompensa que o Anderson ganhou do Leonard…kkkk

    Parabens mesmo…

    Responder
  51. Debora

    Triste pq acabou! Mas quero que vire livro… geralmente livro tem mais detalhes rsrsrs

    Responder
  52. Raquel

    Olá Philipe! Fantástico seu conto! Se eu te contar que descobri seu blog quando fazia um tratamento na Índia (mal podia andar, me restava a internet para me distrair). O problema é que eu andava tão assustada naquele país que vivia fechada no meu quarto (na clínica). E dei de cara, não sei como, logo com este conto. Aumentou meu pavor naquele lugar, mas eu não conseguia parar de ler. O quarto virou minha ‘caixa’ e muitas vezes me vinha o cagaço de aparecer aquele hindu de cueca (entre outros seres) na minha janela…rs. Quero parabenizá-lo pelo blog e agradecer seus interessantes materiais. Eu não vou comprar seu livro de zumbi porque não me agrada histórias do tipo (mas posso algum dia presentear alguém). Mas já vi em alguns posts e comentários tu bolando uma forma de receber ajuda dos leitores. Eu não encontrei (posso não ter procurado direito) uma maneira, afinal, leio todos os dias e acho interessante pagar o serviço de alguma maneira (além de clicar nas propagandas, rs). Há uma alternativa? Ah, o lado bom de descobrir seu blog recentemente é que todos os dias tem várias novidades! Um grande abraço e sucesso!

    Responder

    1. Oi Raquel. Muito obrigado por suas palavras. Com base na sua pergunta, resolvi por em pratica a pagina de doação e agora ela está no ar neste link: http://www.mundogump.com.br/faca-uma-doacao/
      Eu havia me desmotivado de fazê-la por achar que ninguém ia querer contribuir, mas você me deu esperanças. Muito obrigado mesmo!

      Responder
  53. Emanuel Silva

    Cara, comecei a lê esse conto as 21:00hs do dia 02/03/15 e estou terminando agora ás 06:00hs do dia 03/03/15, não conseguir parar de lê até terminar, parabéns Philipe, você escreve muito bem, realmente tem talento.

    Responder
  54. William

    Nossa, muito bom esse conto. Desde que comecei ler, não consegui parar por nenhum momento, ainda bem que hoje é feriado e pude ler sem me preocupar com outras coisas. Na medida que que eu lia, as imagens começavam a se formar em minha cabeça, como se fosse um filme. Virei seu fã, vou me esforçar o máximo para ler todos os seus contos. Esse conto me surpreendeu, do começo ao fim, quando li esse final, meus olhos ficaram marejados. Não poderia encerrar esse comentário sem te parabenizar pela sua incrível inteligência, de criar histórias que prendem os leitores do começo a o fim e ainda usar fatos históricos e reais em seus contos, deixando os ainda mais interessantes.

    Responder
  55. Alarico Caiser Soze

    Shooowww!!! Um Stephen King brazuca, com vantagens. Valeu demais!

    Responder
  56. João Pacheco

    Philipe, não sei se irá ler este comentário, mas gostaria de te dizer que tu tem um baita talento como escritor, acompanho o site desde meados de 2011, porém só agora que parei pra ler esses preciosos contos. A maneira como eles se interligam em pequenos detalhes é intrigante, espero que você escreva mais fantásticas aventuras envolvendo Leonard e todo esse universo místico que o cerca, em breve pretendo me juntar ao Patreon! Sucesso sempre Philipe!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.