A bola mais esférica do mundo

%name A bola mais esférica do mundo

Eu sei que o título parece meio doido, mas realmente é o que parece ser. Cientistas Australianos estão trabalhando duro para fazer uma bola de silício completamente esférica. A coisa se dá num nível molecular. Não é um trabalho nada fácil. Eles tem que fazer isso organizando cuidadosamente a estrutura atômica da bola de modo que caiba o máximo de átomos de silício possíveis para formar com precisão escalafobética exatamente 1 kg.
O objetivo da pesquisa é produzir a massa física exata de 1kg. Até então o objeto cuja massa definia 1 kg era um cilindro de platina , mantido a vácuo no interior de uma capsula de vidro em Paris. Isso aqui:%name A bola mais esférica do mundo

Realmente, prefiro a bola de Silício Australiana.

link

Comments

comments

8 comentários em “A bola mais esférica do mundo”

  1. – Filho, o que vc quer ser quando crescer?

    – Um cientista mãmãe!

    – Que legal! vai estudar e pesquisar cura pra doenças terriveis?

    – Não! vou fazer uma bola redonda!!

    – o.O!

  2. – Hã?
    – Uma bola, mãe. redonda.
    – Menino, tira o dedo desse nariz! Já te falei que é feio. E deixe de ficar fazendo bolinha de meleca!
    -Ah. droga. Quando eu crescer vou fazer a maior bola do que eu quiser!
    – Anda, vai fazer logo o dever de casa e pare de me azucrinar. Já tô ficando bolada com você moleque!

  3. É verdade. Eu fico pensando que tipo de engenho complicado que deve ser um canhão capaz de ordenar os átomos de silício em uma forma completamente esférica.

  4. Que troço inútil! Pra que vai servir uma bola de vidro bem redonda?? Vai curar alguma doença? Vai servir pra um rolamento que dure pra sempre? E pelo jeito há bastante gente trabalhando nisso, e muito dinheiro sendo usado (ou jogado fora). Ah, vão se foder! Se eu aguentasse estudar pra virar um cientista, eu iria usar minha habilidade pra algo que beneficiasse alguém, nem que fosse alguem da minha família!

  5. Na verdade este tipo de pesquisa proporciona um desenvolvimento científico em muitas áreas. Uma das áreas mais beneficiadas com este tipo de pesquisa é a que produz lentes para telescópios espaciais, como o Hubble.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.