14 Comentários

  1. Thais

    Nossa incrível, eu adorei a descrição dos ambientes foi muito boa, me lembrou um pouco dos animes Evangelion e Lain. Adoro essas suas histórias, você esta de parabéns! Seu blog é otimo e se lançar mesmo o livro garanto que vou comprar.

    Responder
  2. Herms

    Surpreendente! Ficção científica envolvendo políticos brasileiros…nunca tinha visto antes…heheheh

    Responder
  3. Giovanna

    Ficou muito bacana Philipe, me lembrei do Dan Brown.
    Acho que caía bem uma continuação hein?
    Abraços e Feliz Páscoa.

    Responder
  4. Mindu

    Também me lembrou um pouco do Dan Brown…
    Quando vc mencionou Paulo, imaginei que fosse o Paulo Coelho ou qualquer outro Paulo que valesse a pena trazer de volta. Se o Paulo Maluf morresse, o melhor lugar para ele era dentro do caixão mesmo… 😉

    Responder

    1. Bom, na verdade, ele não está sendo “trazido de volta”. Ele está malandramente protelando sua “ida”. Na história, ele forjou a própria morte, visando escapar da polícia e justiça, mas antes efetuou um upload de suas memórias e consciência para aqueles supercomputadores, que por sua vez foram enviados de volta em download para o cérebro de um jovem. Uma operação complexa e arriscada, envolvendo milhões. É algo além da troca de cabeças. É o upload cerebral.

      Responder
  5. Mario

    Bom conto. Lembrou “Frrejack”. Já pensou, se pudesse. um dia, talvez.

    Valeu.

    Responder
  6. Mario

    Corrigindo: “Freejack”. No Brasil levou o subtitulo de “Os imortais”. Com Emilio Estevez, Mick Jaegger, Anthony Hopkins, Renee Russo. É meio filme B, mas é bom.

    Responder
  7. Rom Freire

    Philipe, o número 998756 tem algum significado ou foi escolhido aleatoriamente?Joguino Google que me apresentou 106.000 resultados relativos a esse número. Mas fiquei com preguiça de vasculhar. hehehehehe

    Responder
  8. GFC

    coloca uma continuaçao!
    vai ficar bem legal!
    e eu tinha escrito um texto bem legal enquanto treinava desenho, mas não é bem uma historia, então se eu te mandase dava pra colocar no site se achar legal?( tipo uma seção do leitor-autor)

    Responder
  9. Celso Cortez

    Excelente! Você sabe escrever e desenvolver muito bem um roteiro… Consegue prender a atenção do leitor até o desfecho da estória. Concordo com outros leitores: a idéia de inserir personalidades famosas, algumas inclusives já idosas, da década de 50 e 60 foi muito boa. Se eu fosse um produtor de filmes, com certeza ia te contratar hehehe. Isso ia dar um ótimo curta ou quem sabe, uma série sci fi brasileira, já que no Brasil filmes de ficção científica ainda não são muito produzidos.. Eu sou um aficcionado por sci fi. Assisto a série Black Mirror que trata sobre projetos e idealizações de novas tecnologias, inclusive semelhantes à descrita neste texto e ao que o bilionário russo intenta fazer. Há um episódio na 4a. temporada desta série, chamado “Black Museum” . Quem tem Netflix sugiro que assista.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.