5 Substâncias incrivelmente caras

Compartilhe

Existem substâncias que são caras. Quando se pensa em “substância cara, certamente sua mente apontará para diamantes, rubis, ouro, talvez até platina, certo? Pois aqui está um post com mais algumas substâncias muito, muito caras. Muitas delas são raras e outras chegam a cifras que o dindim não pode comprar.

1- Taaffeite

Magnesiotaaffeite 2N2S 76500 5 Substâncias incrivelmente caras

Taaffeite é um mineral muito raro usado exclusivamente como uma pedra preciosa. Ele foi nomeado após seu descobridor, o conde Richard Taaffe. Ele encontrou esse material em 1945 no meio de um lote de pedras preciosas que havia comprado. Richard desconfiou da pedra e percebeu que estava diante de algo único. De fato, estava.  O custo do Taaffeite hoje varia de 2,5 a 20 mil dólares por grama.

2- Trítio

25 Anos Luz de G s Tr tio Chaveiro Chave Anel de Metal Autom tico Luminosa 5 Substâncias incrivelmente caras

O trítio é um hidrogênio muito pesado, descoberto em 1934. Na natureza, quase nunca ocorre. É usado como um indicador de isótopo, uma fonte de luz radioluminescente para relógios e instrumentos, bem como para a fabricação de armas nucleares. De 1955 a 1996, cerca de 225 kg foram produzidos nos EUA. O custo de um grama de trítio é de 30.000 dólares. Acredita-se que a Lua contenha a maior reserva de trítio conhecida próximo à Terra. O maior empecilho para a produção de fusão nuclear a partir do trítio é que este isótopo de hidrogênio é muito raro na Terra, por isso uma das grandes chaves para a mineração na lua é achar depósitos do Trítio por lá.  O Trítio é interessante porque ele emite  radiação do tipo beta. Como o núcleo apresenta três núcleos que participam na interação forte e, somente um próton carregado eletricamente, o trítio pode liberar uma grande quantidade de energia ao realizar a fusão nuclear, e pode fazê-lo mais facilmente que os outros isótopos mais comuns do hidrogênio. Assim, o trítio poderá ser utilizado (no futuro) para a produção de energia em grande quantidade, o que seria decisivo para uma revolução tecnológica na Terra. Enquanto isso não acontece, pague 30.000 verdinhas por grama.
É comum encontrar chaveirinhos de “gás de trítio” que ficam nada menos que 25 anos emitindo luminescência. (Não, ele não dá câncer.)
Pensando aqui, talvez seja por uma grande quantidade de trítio no sangue do Predador que explique por que ele brilha no escuro…

3- Califórnio 252

55a6f6a1afbc 5 Substâncias incrivelmente caras

Imagina que cena louca: Vc recebe uma herança do seu tio cientista, ex-pesquisador da Area 51, que morreu de câncer no cérebro. Um belo dia, vc vai ate o cofre pegar sua herança e lá só tem uma merda duma bolinha do tamanho da cabeça dum alfinete dentro duma caixa de anel.

Se for uma bolota de Califórnio 252, vc se deu bem, meu chapa! (ou não, na medida que dar de cara com essa bolinha significa reencontrar seu tio em breve)  Porque um miligrama emite espontaneamente 170 milhões de nêutrons por minuto.

Califórnio 252 é um elemento radioativo químico artificialmente sintetizado. É produzido apenas na Rússia (NIIAR em Dimitrovgrad) e nos EUA (Oak Ridge National Laboratory). Ao que parece ele é usado em radioterapia. Este elemento foi nomeado em homenagem ao estado americano da Califórnia e a Universidade da Califórnia.  O custo desse treco por grama é de US $ 27 milhões!

 

4- Amerício

dfb949661336 5 Substâncias incrivelmente caras

Ainda na categoria das bolinhas ingratas que valem fortunas, está o  amerício. Com esse nome estranho ele é um metal de transplutônio, artificialmente desenvolvido usado em instrumentos de medição e pesquisa. O metal é prateado na cor branca, dúctil e maleável. Brilha no escuro. como já mencionei, ele é altamente tóxico, uma intensa emissão de raios gama. O custo de um grama de amerício é de 56 milhões de dólares.

5- Antimatéria

cmsobservesm e1473526544927 5 Substâncias incrivelmente caras

Antimatéria é qualquer substância que consiste em antipartículas que podem ser criadas artificialmente em aceleradores, apenas no CERN (Genebra, Suíça), Fermi Laboratories (EUA), no Centro de Pesquisa Nuclear (Dubna, Rússia). O custo de um grama dessa substância foi estimada em US $ 62,5 trilhões no ano de 1992.

fonte fonte fonte fonte fonte

2 comentários em “5 Substâncias incrivelmente caras”

  1. A substância mais cara que existe é tinta de impressora. Um cartucho com poucas miligramas custa mais do que todos esse materiais juntos. Felizmente hoje em dia temos as impressoras já com os tanques de tinta.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.