2009 é agora

Pois é, não sei se vocês notaram mas eu dei um tempinho de dois dias aqui no Mundo Gump para passar o ano novo. Meu reveillon foi uma coisa bem escrota, digo, bem aventura-Gump. A virada de ano mais sem graça que já passei na vida. Passamos dias e dias pensando um bom lugar para passar o ano em grande estilo. Depois de muito procurar hotéis em lugares de praia (todas com 80% de chance de chover) resolvemos ir para a serra, em Conservatória.

Fomos com meus pais e até levei o vinho que ganhei da Carla e Glorinha para estourar na virada de 2009. Chegamos na pousada, muito legalzinha, apesar de todos os canais da tv serem a Globo.  Almoçamos e depois de cair o maior toró, ficamos na piscina nadando na chuva. Quando deu a hora de ir para ver os fogos, chovia muito. Fomos jantar  e… Cadê restaurante aberto? Nenhum, meu.

Impressionante, os restaurantes da CIDADE TODA combinaram de fechar justo no reveillon! Vendo que não ia ter onde comer, nós resolvemos ir para a cidade maior mais perto, Barra do Piraí, em busca de um restaurante.

Barra do Piraí é uma cidade com mais ou menos 200.000 habitantes e certamente teria um belo lugar para passarmos o ano…

NADA.

Puts, meu, a gente viajou meia hora no meio da chuva por estradas tortuosas para descobrir que Barra do Piraí havia virado uma cidade deserta. Absolutamente ninguém na rua. Eu me senti aquele carinha que acorda num hospital numa Londres deserta no filme “28 days later”.  Só podia ter sido um ataque de zumbis. Não havia ninguém em ruas e mais ruas que percorremos perdidos. A Nivea ia cantando a hora no relógio do celular e a cada minuto aumentava a sensação que a gente tinha se ferrado. Achamos finalmente uma ponte bloqueada pelo departamento de trânsito de Barra do Piraí. Então eu pensei: – Ei, se eles estão bloqueando o transito é porque estão esperando muita gente. Mas onde está toda esta gente?

Esta pergunta voltou comigo para NIterói, porque até agora não achamos o povo de Barra do PIraí. Não vimos nenhuma festa sequer rolando em casa nenhuma. Tudo escuro, tudo fechado. Um ou outro mendigo na rua e só!

Finalmente chegamos ao centro e só tinha uns três ou quatro sujeitos batendo papo na pracinha além de um palanquinho em forma de palco com um DJ. O palquinho era algo tão escroto que eu tentei tirar uma foto para ilustrar este post, mas dada a hora e o desespero, isso não foi possível. Meu pai pisou fundo para tentarmos voltar para Conservatória na esperança de acharmos na estrada algum lugar que pudessemos passar o ano.

Resultado: viramos 2009 dentro do carro do meu pai, tentando chegar na cidade mais perto: Ipiabas. Sentiu o drama?

Fomos as primeiras pessoas a entrar na cidade de Ipiabas em 2009, atravessando o portal da cidade no exato momento que bateu meia noite.

O buraco é tão longe de tudo, um lugarejo minúsculo encravado nas proximidades da Serra da Beleza, com chuva e direito a ouvir dois míseros foguetinhos. E o que dizer do palquinho? E o show na praça com três ou quatro gatos pingados mamando uma 51 na garrafa? Para piorar, fomos procurar lugar para jantar em Ipiabas e… O único que achamos estava lotado com um festão comendo solto lá dentro. Na placa do lado de fora estava: “Compre com antecedência seu ingresso para o único reveillon de Ipiabas!”

Baixo astral, todo mundo rindo da nossa própria desgraça, voltamos até Conservatória, uma cidade turística conhecida por sua vida noturna marcada pelas serestas,  que pela lógica, teria uma dúzia de restaurantes à nossa disposição.

Não tinha. Nenhum. Nada, zero, rosca! Na verdade, tinha sim um restaurante que seria até um exagero promover a espelunca a esta categoria. E nele estava uma faixa: 60 reais por cabeça! A esta altura, já era quase uma da manhá do dia 1 de janeiro. Todo mundo já tinha bebido, estourado champanhe, se cumprimentado. As pessoas estavam felizes e nós estavamos apenas com fome. Entramos na espelunca mesmo e perguntei para a moça do caixa se o restaurante estava funcionando. Com o rabo de olho, eu vi uns velhos dançando uma marchinha “mamãe eu quero mamar!” no meio do “salão” de 3x3m. A moça afirmou positivamente e sentamos numa mesa afastada dos pinguços animados. Dali a dois minutos, eu vi o garçom, uma figura esquálida aparecer com uma cara de velório para avisar que “o restaurante fechou”. Mas que a dona do estabelecimento oferecia para nós a oportunidade única de pegar a CHEPA do self service. MInha mãe perguntou:

-Quanto é?

-Não sei…  – Disse o garçom dando de ombros.

-Então vai lá e pergunta a ela quanto vai ser, ué. – Disse minha mãe já meio irritada.

O cara foi e voltou.

-Quinze reais.

-Quinze o que? Por pessoa?

-Não sei…

-Então volta lá e pergunta a ela se é por cabeça.-Repetiu a minha mãe.

O sequeladinho foi e dali a dois minutos voltou.

-É quinze reais por cabeça sim.

A Chepa do self service, uma comida fria, remexida, nauseabunda de aparência por míseros Quinze reais por cabeça! Olhei do lado e na mesa em que os garçons comiam estava uma comida tão horrenda que sinto vontade de vomitar só de lembrar.

Expulsos do restaurante pé de chulé, fomos para a praça onde uns bêbados e uma galera local que ainda acha o máximo aquele lance dos tempos de footloose de dançar em coreografia, sacudiam o esqueleto ao som de um projeto de DJ. A única parada viável de se comer na CIDADE INTEIRA era um pastel de uma barraquinha.

Não tinha mais pasatel. Mas o cara vendo nossa expressão penúria e sofrimento resolveu ajudar e mandou fazer pastel com massa de pizza pra nós.

Comemos e fomos dormir. Voltei para assistir ao show da virada. Mas já tinha acabado.

Feliz 2009.

Related Post

23 comentários em “2009 é agora”

  1. Bixo do Céu, eu passei a virada na cidade de Campinas. Meu, minha rua ficou bem animada, mas apesar de tudo, sempre achamos que se ferramos e que haveria um lugar melhor pra passar o reveillon.
    Eu acho mais importante as pessoas que passam com nós ao lugar propriamente dito, mas meu… dessa vez vocês pisaram ein ?…ha ha ha, abraço !

  2. Cara, Feliz 2009 pra vc. Muito sucesso, muito trabalho, muitas postagens e toca pra frente o projeto do MIB!!!

    Falta apenas uma parte!

    De resto, muita paz, saúde pra vc e para os seus queridos.

  3. Engraçado !! :B isso me lembrou o reveillon de 2003 q passei em Ilhabela .
    Eu estava grávida e qd saimos todos os restaurantes estavam lotados . Viramos o ano comendo cachorro quente numa barraquinha . O pior foi que fui colocar pimenta e a tampinha escapou , fazendo com que eu comesse o hot dog mais hot da minha vida :lol2:
    Uma mulher que estava do lado até comentou: “vai matar o bebê com toda essa pimenta!!!” . Agora que passou eu acho graça.

  4. ”Voltei para assistir ao show da virada. Mas já tinha acabado.”

    HUaahuhuahuahuahuahuahuahu

    Cara, seu reveillon foi melhor que o meu XD
    Fiquei chapado a noite toda, queria ver os fogos mas nem percebi, só ouvi um ‘pá’ e pronto huaheuaheuae
    O seu pelo menos foi divertido!

    Cara, desejo um perfeito 2009 pra você e toda a família!!!!

    Mundo Gump cada dia melhor!!!

  5. Oii Philipe
    feliz 2009 a vc…
    cara e eu q achei q tinha passado o final de ano meio ruim por causa de um pessoal q foi a praia, mas depois dessa q vc contou até fico feliz !!!!
    hehehehe

    abraço

    continua com essa evoluçao do mundo gump!!!
    virou meu abto de leitura.

  6. Cara… vergonha alheia… quer dizer… vergonha de mim… EU MORO EM BARRA DO PIRAÍ !!!!

    Mas a cidade é bem devagar mesmo, prá uma pessoa que vem de fora e não conhece, com certeza ia ficar bem sem saber onde ir. Teve uma festa em um clube da cidade, a entrada foi R$10 e ficou bem animado, com o público mais jovem do que velho… tinha buffet de frutas liberado a noite toda e outras coisas prá comer mais tinha que pagar…

    Agora, Ipiabas e Conservatória nessa época do ano são o fim-do-mundo, tem nada por lá…

    Bom, mesmo assim, feliz 2009!

  7. Cara, da próxima vez venha pra São Luís – MA. Aqui o governo do estado organizou uma ótima festa (ponto pro ladrão e incompetente Jackson Lago) na Avenida Litorânea.

    Montaram três palcos ao longo da avenida, que tem cerca de 9km, espalhando bem as quase 400.000 pessoas (segundo a estimativa absurda do locutor empolgado, acho que foi entre 100.000 a 150.000). Apesar do grande público não vimos uma única briga ou confusão. Tudo muito bem policiado (também pudera, Jackson Lago tá sendo criticado direto pela ineficiência da segurança pública no estado).

    Tivemos como atrações além de artistas locais a Fernanda Abreu, Tribo de Jah e Fábio Junior. Eu, minha esposa e amigos optamos pelo último. Assistimos os fogos (mal sincronizados mas valeu) e o show de um dos morros com ótima visão pro palco e pro público.

    O show de Fábio Junior, apesar de não ser do meu estilo favorito, foi excelente. O cara é um ótimo performer e os seus músicos backing vocals são um show à parte. Não choveu nada, a noite tava limpa, a maré tava seca na hora da virada (temos uma variação de mais de 8m de maré aqui e nossas praias, apesar de um pouco de poluição, possuem uma das maiores extensões de areia do Brasil), o vento tava refrescando a galera e o clima romântico com o show.

    Enfim, um dos melhores Reveillons que passamos. Fazia mais de cinco anos que não íamos passar na praia mas esse valeu.

    Então já sabe: pense em São Luís no fim do ano.

  8. Putz passar o reveillon no pc é tenso, ano passado o meu foi assim, fiquei me sentindo um lixo, como se fosse a única pessoa que não estava comemorando na maior cidade do país. Já esse ano a coisa mudou da água pro vinho. Literalmente! Estava preparado pra passar mais um Reveillon entediante em casa quando uma gatinha que conheço a duas semanas me ligou e me chamou pra passar a virada com ela na Paulista. Aceitei o convite na hora!

    Chegando lá estávamos abastecidos com uma garrafa de vinho, uma de champagne e algumas latinhas de cerveja. Fomos todo supimpas tentando entrar na avenida por uma das ruas que a cruzam mas não foi possível pois todos os locais de entrada estavam bloqueados e só a equipe do evento podia entrar, ainda eram 18:00. Aí eu perguntei pra um dos 10 milhões de policiais que havia lá que horas poderíamos entrar, e ele disse que até já poderia, mas não era permitida a entrada com garrafas de vidro. Aí andamos mais um pouco até uma rua ao lado onde sentamos numa escadaria em frente a um prédio onde já tinha uma galera sentada, sem falar que tava rolando uma grande movimentação por causa da São Silvestre que tinha acabado fazia pouco tempo.

    O mais legal é que nessa época todo mundo é amigo. Desconhecidos desejam feliz ano novo um para o outro, todos sorriem, até tomamos champagne com um catador de papelão. Mandamos ver toda a bebida que tínhamos, de quebra fiquei com a gatinha, e depois fomos pra um buteco no fim da rua onde compramos mais uma garrafa de vinho e ficamos tomando numa das mesinhas da calçada. O clima estava perfeito. Era um final de tarde bem agradável, até ameaçou cair umas gotas mas isso não aconteceu, estava um calor bem gostoso. O ambiente estava perfeito também! Ficamos lá até umas 23:30, então fomos em direção a Av. Paulista. Tinha uma multidão na entrada que parecia não ter fim! O ruim é que revistaram minha mochila e eu tive que jogar fora lá na hora mesmo um saca-rolha bem legal que eu tinha trazido pra abrir o vinho.

    Mas fora isso a noite foi ótima! Havia 2 milhões e 400 mil pessoas na Paulista. Assistimos o show do Daniel (eca), mas logo em seguida veio o Skank que deu uma animada na galera. Enfim, foi um dos reveillons mais legais que passei nos últimos anos.

    Feliz 2009 pra você Philipe! Foi ótimo descobrir esse blog ano passado!
    Abraço!

  9. Mr.Philipe, sempre venho ao blog, então muito obrigado por me proporconar mesmo que por instantes, boa leitura e entretenimento.

    Gostaria de te desejar um Feliz 2009 :ohhyeahh:

  10. [quote comment="67027"]Mr.Philipe, sempre venho ao blog, então muito obrigado por me proporconar mesmo que por instantes, boa leitura e entretenimento.

    Gostaria de te desejar um Feliz 2009 :ohhyeahh:[/quote]

    Fico feliz que goste Alfredo. Grande abraço e feliz 2009!

  11. [quote comment="66974"]Cara… vergonha alheia… quer dizer… vergonha de mim… EU MORO EM BARRA DO PIRAÍ !!!!

    Mas a cidade é bem devagar mesmo, prá uma pessoa que vem de fora e não conhece, com certeza ia ficar bem sem saber onde ir. Teve uma festa em um clube da cidade, a entrada foi R$10 e ficou bem animado, com o público mais jovem do que velho… tinha buffet de frutas liberado a noite toda e outras coisas prá comer mais tinha que pagar…

    Agora, Ipiabas e Conservatória nessa época do ano são o fim-do-mundo, tem nada por lá…

    Bom, mesmo assim, feliz 2009![/quote]

    Cara vc pode confirmar pra galera aí como estava um breu total a cidade dia 31.
    O clube deve ter bombado, hehehe.

  12. [quote comment="67006"]Cara, da próxima vez venha pra São Luís – MA. Aqui o governo do estado organizou uma ótima festa (ponto pro ladrão e incompetente Jackson Lago) na Avenida Litorânea.

    Montaram três palcos ao longo da avenida, que tem cerca de 9km, espalhando bem as quase 400.000 pessoas (segundo a estimativa absurda do locutor empolgado, acho que foi entre 100.000 a 150.000). Apesar do grande público não vimos uma única briga ou confusão. Tudo muito bem policiado (também pudera, Jackson Lago tá sendo criticado direto pela ineficiência da segurança pública no estado).

    Tivemos como atrações além de artistas locais a Fernanda Abreu, Tribo de Jah e Fábio Junior. Eu, minha esposa e amigos optamos pelo último. Assistimos os fogos (mal sincronizados mas valeu) e o show de um dos morros com ótima visão pro palco e pro público.

    O show de Fábio Junior, apesar de não ser do meu estilo favorito, foi excelente. O cara é um ótimo performer e os seus músicos backing vocals são um show à parte. Não choveu nada, a noite tava limpa, a maré tava seca na hora da virada (temos uma variação de mais de 8m de maré aqui e nossas praias, apesar de um pouco de poluição, possuem uma das maiores extensões de areia do Brasil), o vento tava refrescando a galera e o clima romântico com o show.

    Enfim, um dos melhores Reveillons que passamos. Fazia mais de cinco anos que não íamos passar na praia mas esse valeu.

    Então já sabe: pense em São Luís no fim do ano.[/quote]

    Cara meu sonho é ir aí na tua terra. Babei com a descrição do seu reveillon. Agora em 2009 vou começar a juntar grana para viajar direito no reveillon.

  13. kkkkkkkkkk…e eu que pensei que o meu tivesse sido o pior de todos!! Bom, feliz 2009 pra vc, ainda é tempo de te desejar isso… ah, gosto de ler seu blog…tá no meu agregador!! :=]

  14. Pow!!!! Só teve festão, o meu reveillon foi fdp!!! trabalhei o dia todo e a noite tava com uma dor de cabeça f… e eu não queria tomar remedio (acahva que ia beber), acabei dormindo e minha sogra quem quem me acordou (estavamos na casa dela) na hora da virada, passou-se 1 minuto fui pra casa continuar meu sono e ainda com dor de cabeça!!! Apesar da praia aqui de Manaus estar com um festão (palcos no calçadão e na orla)

  15. Philippe pode visitar aqui cara, vais gostar. Apesar de São Luís ser um “fim do mundo” pra algumas coisas (não existe urbanização planejada, as ruas são esburacadas, alaga em algumas áreas da cidade quando chove bastante, tem muito carro, mas ainda tá anos luz de ser uma São Paulo quanto ao tráfego ruim) ainda é uma cidade boa de ser viver. As coisas são relativamente perto. A melhor época pra ser visitada é no Carnaval ou período de Festas Juninas (este bem melhor na minha opinião, com muitas apresentações culturais acontecendo pela cidade).

  16. Sei que deve ter sido horrível no dia pra você, mas eu to rindo muito com esse texto :B

    Espero que seu próximo fim de ano seja melhor que esse! feliz 2009 pra você e pro Mundo Gump!

  17. Cara, eu sou de Valença… passei o ano novo em Vassouras, BEM mais animado que Barra do Pirai, e fica pertinho era so ter dado uma esticada ate la esse ano teve 25min de queima de fogos, bons restaurantes… Conservatória nem eu tenho coragem de ir ate la rs… a unica vez q passei por la tava tão escroto o lugar que desisti… e olha q eu moro tecnicamente perto de la, outro detalhe é um ASSALTO os preços das coisas.
    Bem foi uma pena que minha cidade te passou uma péssima imagem, mas pode ter certeza que foi o momento errado rs… no geral é bom viver aqui, a festa da igreja matriz de Valença em geral é um grande evento conhecido em outras cidades, depois da uma olhada no orkut procura la “Festa da Glória – Valença” é bem afamado. Bem fica um abraço um feliz ano novo que 2009 traga muitos bons fluidos e que o Mundo gump continue bombando! 😉

    PS.: quando for passar por essas bandas dá um toque que te indico uns lugares legais.

    Abração!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares