20 Abutres curiosos

Compartilhe

Não me pergunte como eu tenho essas idéias. Eu não sei. O que eu sei é que estava olhando pela janela quando tive a ideia de fazer um post sobre abutres. Eu não vi um urubu nem nada disso. Ao contrário, eu logo me peguei pensando em como não parecia uma ideia legal um post sobre abutres e imediatamente percebi que eu tinha preconceito com eles.

Talvez porque o abutre coma defuntos, talvez porque a cabeça dele parece uma piroca leprosa, ou porque eles são naturalmente escrotos… Sei lá. O abutre tentou comer o olho do Conan quando ele foi crucificado pelo Tulsa Doom, lembra?

vul conan 20 Abutres curiosos

 

E se ferrou, claro.

download 21 20 Abutres curiosos

Mas apesar de todo meu preconceito com esta ave carniceira, resolvi dar uma chance ao acaso e fui pesquisar. Para meu espanto, eu que imaginava que todos os abugres eram iguais me surpreendi com sua variabilidade sensacional. Há uns abutres mesmo muito loucos em termos de designe cores, e eu nunca tinha me ligado nisso até resolver criar este post com abutres e parentes próximos parecidos.

“Abutre” é um termo popular, que foi dado às aves falconiformes da família Accipitridae, que comem bichos mortos. Eles são conhecidos também como abutres-do-velho-mundo. Os abutres assemelham-se exteriormente aos urubus e condores (os abutres-do-novo-mundo), mas estes pertencem à família Cathartidae. O que todo mundo parece saber é que os abutres são aves de grande envergadura, que costumam usar as correntes de ar quente para planar, como os pilotos de asa delta do Rio. Seu design lhes deu uma cauda pequena e uma espécie de careca de penas na cabeça (embora nem todos sejam carecas). Essa careca (suponho) evoluiu para permitir que o abutre meta a cabeça (ligada num pescoço em forma de “S” bem comprido) dentro do cadáver do animal para comer-lhe as vísceras.

indian vulture res 20 Abutres curiosos

Uma coisa impressionante sobre essas aves é que elas são inteligentes e muito (absurdamente) eficientes. Um bando deles consegue limpar um defunto rapidinho. Não sobra quase nada. Os abutres são mais longevos em relação a outros pássaros, chegando a viver 30 anos em cativeiro. Isso foi uma coisa que me surpreendeu, uma vez que eu imaginava que um bicho que vive de comer carne podre, até vivesse pouco. Bom, chega de lenga-lenga. Vamos ver uns abutres mutcho locos!

3e4c60541d422fe7a42ad9764e3ba063 20 Abutres curiosos
O Cinereous Vulture (Aegypius monachus) é um grande pássaro raptorial que é distribuído através de grande parte da Eurásia. Ele também é conhecido como o abutre-preto, Monk Vulture, ou Abutre-preto. É um membro da família Accipitridae, que também inclui muitas outras aves de rapina diurnas, como papagaios, urubus e Harriers. É um dos dois maiores abutres velho mundo.

Abutre da Guiné. Note suas penas azuis. Note o cabelinho, véi! kkkk. Eles têm a cabeça e a estrutura geral dos demais abutres mas são azuis. Quesito alegoria: nota 10. Deeez.
c2e250eac85bec9071755125e2ca4539 20 Abutres curiosos

 

Calma, espera só para ver de corpo inteiro!

50d6680c38d2d85c18b9439f43889922 20 Abutres curiosos

Este é o abutre barbudo. Não me espantarei de saber que você está vendo este pela primeira vez. Eu também.
96368ad39b19237c943acb57e16e3e6c 20 Abutres curiosos

Esse é esquisito! Saca só o abutre egípcio:
e2739890f1bab09ecff4be4fd08cb9bf 20 Abutres curiosos

E esse aqui? É um condor da Califórnia
14cf436bdacf28bd48ccf94f9065334b 20 Abutres curiosos

Aqui tem uma outra espécie de abutre egípcio. Note como suas cores ocres se integram à paisagem ao redor.
a59a05db3fb5926316e3b1132b444700 20 Abutres curiosos

Outra foto fabulosa mostra o abutre barbudo ou Lammergeier. Esses caras podem ter uma envergadura gigante e podem comer os ossos! Estima-se que o pH da sua concentração de ácido do estômago é 1.
737d9710ecaf458ed3059ef62f7eeda1 20 Abutres curiosos

Alguém pediu cores? aqui está a cabeça do urubu rei:
635fceea354c9f674dbdb10da9acb33a 20 Abutres curiosos

 

b7e3c64e382d40454a4e7112fa5f6cb4 20 Abutres curiosos

 

São aves de um olhar incrivelmente penetrante.

6037ed875becd31951ecbf1c833564f3 20 Abutres curiosos

Eu não sei de que espécie é este aqui mas posso pressentir o seu dinossauro interior.

0f645b7d38287830335d34a6052a9a79 20 Abutres curiosos

E que tal esses olhos aqui? Se eu fosse um pirata maligno, eu teria uma porra dessas, não um ridículo papagaio no meu ombro, véio!

69c6d021dd0dfe1c3af9b49f2fe9a16e 20 Abutres curiosos

 

Este é o único abutre preto albino que se conhece. Deve ser estranho ter o nome de abutre preto quando você é albino:

9a2cf1428e5767ea2a29ee6456841c72 20 Abutres curiosos

Outro coloridão:

46fc3e6c2a919cf7ef7d79f5482bd9e4 20 Abutres curiosos

 

Aqui está um condor juvenil. Não é muito atraente, né?

c56a8c285bf7e9a950fa72613b496de3 20 Abutres curiosos

 

Não podemos dizer que ele “melhora” quando fica adulto, né?

fc38a4a462438d4305d5106317f11ad5 20 Abutres curiosos

Já este da cabeça azul é o Cinereous Vulture

7a63580fb5208e0ecce4564e0c9357dc 20 Abutres curiosos

 

Aqui está o condor da Califórnia:

80938276c37c9092ffa08f365e9379ab 20 Abutres curiosos

 

Este aqui em baixo é o  abutre da Palma-porca (Gypohierax angolensis) ou abutrinho da asa de águia. Ele é uma grande ave de rapina da família Accipitridae o que também inclui muitas outras aves de rapina diurnas, como papagaios, urubus e Harriers, abutres e águias. É o único membro da Gypohierax gênero. Produz em floresta e cerrado em toda a África subsaariana, geralmente perto da água.

0d3ab59179c010194ac14ed3b060a254 20 Abutres curiosos

Já este aqui não sei qual é:

7501683a9d962b290e4969cac8defed4 20 Abutres curiosos

Nem este:

ccfc9ed3909a60ffd745eab762386ad5 20 Abutres curiosos

Bonus: Este aqui é o clássico abutre africano:

1d87ee40a158307a09fcbe6a4f8a9454 20 Abutres curiosos

 

Artigos relacionados

17 comentários em “20 Abutres curiosos”

  1. Existe algum caso de um desses, ou o nosso mais próximo (urubu generics), atacando humanos?
    No meu trabalho, vira-e-mexe precisamos subir em torres no alto de prédios, e essas gracinhas sempre nos privilegiam com sua indesejada presença.

  2. Eu visitei o zoo de Bauru em abril, existem várias aves por lá e uma delas é um exemplar do urubu rei. Ele é lindo, mas dói assistir ele em um espaço tão limitado (não maior que o banheiro da minha casa) onde mal pode esticar as asas. Enquanto eu estava lá ele ensaiou um voo mas bateu a asa na grade.

    Não julgo pois não sei a história exata dele, o pessoal de Bauru é conhecido pelos tratamentos complexos em aves, na época até havia um tucano com prótese no bico , mas é realmente triste ver o que fazemos com esses animais

    • Sou de Bauru e estive lá semana passada mesmo. Dá dó de ver como o bicho em cativeiro perde toda a vivacidade, o exemplar daqui tá pálido de tudo, não é nem sombra deste da foto.

  3. “Ele é uma grande ave de rapina da família Accipitridae o que também inclui muitas outras aves de rapina diurnas, como papagaios, urubus e Harriers, abutres e águias.”

    Os papagaios são da família dos Psittaciformes! No caso acima, “papagaios” é uma tradução errada de “kite”, que é usado tanto para “gavião” como para “pipa”.

  4. Exceto o urubu rei, não vi outra espécie brazuca no post. Os deuses urubófilos não privilegiaram o BR na distribuição dos espécimes mais lindos.
    Excelente post Philipe!

    • É pq minha intenção era mostrar aves diferentes, mostrar uma que geral daqui já viu seria quase como estabelecer sistema de cotas pro nosso urubu entrar no post.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.