10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás

Após fazer dois posts sobre pedras preciosas coloridas (se você não viu, não perca o post sobre pedras azuis e o post de dez pedras vermelhas de pirar seu cabeção) a Marcela Ribeiro sugeriu este post aqui sobre pedras preciosas com as cores roxo-lilás.
Assim, vamos ver mais pedras preciosas, galera!!!

10 Pedras preciosas sensacionais nas cores roxo e lilás

Há um volume colossal de pedras preciosas e semi-precisas com essas cores. Assim, igual nos outros posts, é impossível cobrir toda a gama de gemas nesses tons, mas vamos ver algumas bem interessantes, começando por…

1- Tanzanita

%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás
Você viu esta pedra com cores azuis fantásticas no post de pedras azuis. Mas a Tanzanita (que tem este nome porque foi descoberta pela primeira vez numa mina da Tanzânia) também aparece em tons de roxo e lilás, como este belíssimo exemplo que ilustra o post.

2- Ametista

%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás
A famosa pedra lilás chamada Ametista é muito comum no Brasil. A ametista é uma variedade violeta ou púrpura do quartzo, muito usada como ornamento. Diz-se que a origem de seu nome é do grego a, “não” e methuskein, “intoxicar”, de acordo com a antiga crença de que esta pedra protegia seu dono da embriaguez. Entretanto, de acordo com o Rev. C. W. King, a palavra provavelmente é uma corruptela de um nome oriental da pedra. A ametista foi usada como pedra preciosa pelos antigos egípcios e era amplamente empregue na antiguidade por entalhadores. Contas de ametista foram encontradas em túmulos anglo-saxônicos na Inglaterra.

%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás
Ametista produz joias lindas

É a pedra oficial do curso de Letras, normalmente utilizada em anéis de formatura, simbolizando o esclarecimento. A cor da ametista é atualmente atribuída à presença de ferro bivalente (Fe2+), mas ela é capaz de ser alterada e até removida por aquecimento ou radiação ultravioleta. Estudos recentes mostraram que a coloração da ametista é devida a impurezas férricas. Estudos complementares mostraram ainda que uma interação complexa entre ferro e alumínio é a responsável pela coloração. Quando exposta ao calor (cerca de 500 °C), a ametista muda de cor e geralmente torna-se amarela, sendo comercializada como “ametista queimada”. A transformação da cor é devida à oxidação, isto é, à transformação de Fe2+ em Fe3+. Veios de ametista expostos ao ar livre perdem facilmente a sua cor.
Por ser muito comum, ela é uma pedra extremamente barata, (quase de graça se você morar em Goiás, onde dá pra achar até pelo chão dessa pedra) mas isso não tinha nem um pouco de sua beleza. A Ametista também costuma aparecer dentro de geodos. Os geodos de ametista são os mais comuns. Dá uma olhada nesse monstro:
%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás

3-Turmalina

%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás

A turmalina é um tipo de pedra coringa. Os minerais do grupo da turmalina constituem um dos mais complexos grupos de silicato quanto à sua composição química, sendo todos eles ciclossilicatos. Trata-se de um grupo de silicatos de boro e alumínio, cuja composição é muito variável devido às substituições isomórficas (em solução sólida) que podem ocorrer na sua estrutura. Daí, mudou uma coisinha a pedra fica totalmente diferente! Os elementos que mais comumente participam nestas substituições são o ferro, o magnésio, o sódio, o cálcio e o lítio existindo outros elementos que podem também ocorrer. Talvez por isso haja turmalinas de tudo quanto é tipo! A palavra turmalina é uma corruptela da palavra turamali do cingalês para pedra que atrai a cinza (uma referência às suas propriedades piroelétricas).

%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás
Não é incomum que as turmalinas tenham até 3 cores na mesma pedra

Outra coisa bem Gump sobre esta pedra é que ela é Piezoelétrica. Todos os cristais hemimórficos são piezoeléctricos e frequentemente também piroeléctricos. Quando aquecidos, os cristais da turmalina tornam-se carregados eletricamente – positivamente numa extremidade e negativamente na outra, tal como uma bateria. Devido a este efeito os cristais de turmalina em colecções podem apresentar uma camada de pó pouco recomendável quando exibidos sob luzes que produzam muito calor. As propriedades eléctricas pouco comuns da turmalina tornaram-na famosa no século XVIII.
Há grandes minas de turmalina no Brasil, como a de São José da Safira, em MG.

4-Madeira opalizada

%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás
Acredite se puder, isso é pedra, mas já foi madeira. Muitos troncos antigos que fossilizaram acabaram impregnados com opala (temos um post ótimo sobre opalas aqui no blog. Clique para abri-lo em nova janela)
A opala é um gel que é depositado em temperatura relativamente baixa em fissuras de quase todo tipo de rocha, geralmente sendo encontrado nas formações ferro-manganesíferas, arenito, e basalto. Pode se formar também em outros tipos de materiais, como nós de bambus. A palavra opala vem do sânscrito upala, do grego opallos e do latim opalus, significando “pedra preciosa.”
A opala é um dos minerais que podem formar fósseis, por substituição. Os fósseis resultantes, embora possam não ser especialmente valiosos do ponto de vista científico, atraem colecionadores por sua beleza. A opala está fácil entre as coisas mais lindas da face da Terra.

5-Sugilite

%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás
Certamente, a menos que você seja geólogo, nunca ouviu falar de Sugilite.
O sugilite, também conhecido como luvulite, é um mineral pouco conhecido, descrito pela primeira vez pelo geólogo japonês Ken-ichi Sugi (1901 – 1948), no ano de 1944, tendo sido encontrado dois anos antes na ilha de Iwagi, no Japão. Mas apesar de pouco conhecido, vem popularizando-se no mercado da joalheria sendo utilizada como pedra semi-preciosa ou ornamental.
O Sugilite raramente apresenta-se em forma de cristais, sendo que, quando ocorre, são cristais prismáticos hexagonais. Sua forma mais comum, no entanto, é de maciço. Sua coloração varia entre o rosa, amarelo, marrom, roxo profundo ou mesmo preto, e sua transparência varia de translúcido a opaco.
%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás
A princípio pensou-se que seria uma turquesa roxa, mas posteriormente verificou-se não haver relação entre os dois minerais.
Na joalheria está se popularizando o seu uso, utilizado em jóias acompanhado de turquesas, malaquitas ou coral. Seus principais produtores são o Japão (ilhota de Iwagi), onde o mineral foi descrito pela primeira vez, Canadá (Mont-Saint-Hilaire, Quebec) e África do Sul (na Província do Cabo). Há relatos de sua presença também na Itália (Ligúria e Toscana), Austrália (New South Wales) e Índia (Madhya Pradesh).

6-Kunzita

A Kunzita é uma pedra que pode ser encontrada aqui no Brasil. A kunzita é uma importante variedade de espodumênio de cor rosa a lilás, utilizada como gema, assim como a hiddenita, outra variedade gemológica. O espodumênio é o nome de um mineral reconhecido como espécie distinta em 1800, sendo a principal fonte do metal lítio (Li). É ocasionalmente encontrado como cristais enormes em diques pegmatíticos. Trata-se de um silicato de lítio e alumínio.
%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás

7-Fluorita

Se tem uma pedra lilás que chega a doer de tão bonita quando bem iluminada, é a fluorita:
%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás
A fluorita é um mineral comum, cujo nome provém do latim fluere devido a sua fácil fusão; é composto basicamente de fluoreto de cálcio (CaF2) usualmente encontrada em cristais cúbicos (sendo frequente também o hábito octaédrico), transparentes a translúcidos, de cor muito variável, com clivagem perfeita. Apresenta brilho vítreo, densidade relativa 3.18. É o quarto termo da Escala de Mohs de dureza. São frequentes maclas de interpenetração.
%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás
A fluorita vem sendo produzida no Brasil para o uso principalmente na industria siderúrgica, para a fabricação de ferro-ligas. Encontra-se nos estados do Rio de Janeiro, Bahia, Paraná e Santa Catarina.
Não sei o que é mais legal na fluorita, se é o fato de que ela acende na luz negra ou se é o fato de que ela acende no calor. A fluorita dá o nome ao fenômeno da fluorescência, uma vez que muitas amostras fluorescem fortemente sob luz ultravioleta. A fluorescência pode dever-se a impurezas como o ítrio ou matéria orgânica contidas na estrutura cristalina. A pedra, como eu disse, exibe ainda termoluminescência.
%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás
Se não bastasse, ela ainda dá umas cristalizações alucinantes:
%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás

8-Vesuvianita

EU fiquei confuso com esta pedra, porque a vesuvianita é amarelada e verde, parecendo com um Jade. Ele é quimicamente, silicato de alumínio, cálcio e magnésio, e que cristaliza no sistema tetragonal. Mas existe um tipo de vesuvianite chamado Mangan que é cor de rosa e com algumas partes ele pode ser um rosa escuro que vira um lilás e vai até o roxo quase preto, como o cristal desta foto.
%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás

9-Titânio

O Titânio tem uma propriedade iridescente que é simplesmente espetacular! O material brilha com cores variadas dependendo do ângulo da luz, quase como uma bola de sabão. O Titânio nesta foto está depositado sobre uma camada de quartzo e a cor lilás é uma das que ele apresenta.
%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás

%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás

10- Bornita

A bornita é um sulfeto mineral contendo 63,3% de cobre e 11,1% de ferro, que cristaliza-se no sistema cúbico. É um mineral com dureza 3,0, e com densidade 4,9 a 5,3 g/cm3. O nome foi dado em homenagem ao mineralogista alemão Von Born.
%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás

Tem uma coloração desde marrom até vermelho bronzeado nas superficies recentemente quebradas, adquirindo rapidamente manchas coloridas iridescentes (como as do óleo quando adicionado a água) quando exposto ao ar, e finalmente negro. As manchas das cores do arco-íris ocorrem devido à formação de óxidos e hidróxidos na superfície quando o mineral é exposto ao ar. Devido à beleza das variadas cores que surgem o minério foi apelidado de “minério pavão”’. O apelido se justifica plenamente:
%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás

A bornita é um importante mineral de cobre e existe largamente em depósitos de cobre porfírico junto com a comum calcopirita. Também é encontrada empegmatitos. A bornita é um mineral importante devido à sua elevada percentagem em peso de cobre. É encontrado principalmente nos Estados Unidos (Arizona e Montana) e no México.

%name 10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás

É isso aí! Espero que tenham curtido o post. No próximo post de pedras veremos as pedras verdes! Se você curtiu o post dá uma força aí pra nós clicando no botão de compartilhar aqui em baixo:

Artigos relacionados

Comments

comments

4 comentários em “10 Pedras sensacionais nas cores roxo e lilás”

  1. De volta da viagem, e atualizando o conteúdo. Vou agadecer pelo post, mesmo na dúvida se a referência foi para mim. rsrs
    Agora, pelo que vejo, faltam pedras marrons.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.